1. Spirit Fanfics >
  2. Invisível, ou talvez, não tanto. (Hiatos) >
  3. Um dia no parque de diversões

História Invisível, ou talvez, não tanto. (Hiatos) - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Yo, Kimitsuky_books aqui, com mais um capítulo aí para vocês

Nada a declarar

Boa leitura~♡

Capítulo 12 - Um dia no parque de diversões


Fanfic / Fanfiction Invisível, ou talvez, não tanto. (Hiatos) - Capítulo 12 - Um dia no parque de diversões

                 P.D.V Stella

 Jonathan estava tão bonitinho dormindo, parecia um anjinho, deu até pena de acordar ele.
Nem parecia o mesmo garoto que escondia tudo aquilo dentro de si...
  - Acorda dorminhoco- Disse jogando uma muda de roupas em cima dele, e ouvindo um resmungo de reprovação abafado vindo dele- Vamos sair!
  - O-o que? Stella, temos aula!- Ele me olhou espantado
  - Boa sorte tentando entrar na escola, já são 10 da manhã- Eu disse dando de ombros e saindo do quarto, para ele se trocar.

 Quando ele desceu, fiz uma nota mental para tirar uma foto dele com aquela roupa.
 Camiseta vermelha com desenhos pretos até o meio da coxa(estilo skatista), calça jeans preta com rasgos no joelho, luvas cinza escuro deixando os dedos à mostra, uma toca listrada branca e cinza em seus cabelos e um all star vermelho de cano longo.
 Todos nós já estávamos prontos para ir.
 Clara com uma camiseta verde água ombro a ombro até as coxas, calça legin preta por baixo, um fone branco no pescoço e um all star branco de cano longo.
 Mike com uma calça jeans simples com alguns rasgos, camiseta verde até o meio da coxa com um skate preto pintado (também estilo skatista), uma blusa preta amarrada na cintura, uma pulseira preta com pinos (estilo punk), e vans clássicos.
 Eu estava com uma calça jeans escura, um moletom preto com capuz, que estava puxado sobre os meus cabelos loiros, com um tridente verde água desenhado, até as coxas, Adidas branco, uma gargantilha preta e uma mochila pequena, onde estavam nossos celulares, carteiras e coisas necessárias.
  - 'Ceis' tão parecendo uns delinquentes sabiam?- Perguntou o moreno ainda descendo as escadas dando uma risadinha no final
  Nós também rimos.
  - Bora?- Perguntou Mike. 

Eu ouvi um celular fazendo barulho na minha mochila. Peguei e vi que era o do Jonathan.
 - Hey Jay, você tem mensagem- Disse dando o celular para ele.
  - Ah, é só a Katrina perguntando por que eu não fui para a escola- Diz ele guardando o celular no bolso e fazendo menção de pegar as chaves de seu carro. Mas Mike foi mais rápido.
  - Nada disso! Eu também tenho carteira então hoje eu dirijo- Diz o meu irmão indo para a porta.
  - Quer me dar seu celular para eu colocar na bolsa?- Perguntei entrando na parte de trás do carro.
  - Pode ser- Diz ele me passando o celular por entre os bancos- Para onde vamos?
  - Surpresa- Dissemos os três.
  - Isso não é justo!

 Chegamos no parque e ele estava bem vazio. Provavelmente por ainda ser horário de aula.
 - Parque? O que a gente vai fazer aqui- Perguntou Jonathan
  - Comprar carne- Respondi irônica- Viemos aqui tomar café, porque tem um cara aqui que vende um hot dog D-I-V-I-N-O!- Disse fazendo ele rir.

 Compramos o hot dog e comemos sentados em um banco qualquer.
  - Você tinha razão, isso é ótimo- Disse Jay de boca cheia, enquanto eu fazia uma careta de reprovação.
  - Não fale de boca cheia delinquente!- Disse arrancando risos de todo mundo
  - Olha o sujo falando do mal lavado! Se eu sou um delinquente, você já deveria ter sido presa loirinha- Diz ele arrancando mais risos de todos nós
  - Já disse para não me chamar de loirinha, delinquente!- É, decidi que vou chamar ele assim agora.
   - Prefere que eu te chame de princesa?- Diz ele dando um sorriso malicioso me fazendo corar
  - De jeito nenhum! Loirinha está ótimo!- Disse fazendo os três rirem

  Terminamos de comer e vimos um parque de diversões, também meio vazio, alí perto, então fomos lá.
  Pagamos, entramos e... UAU! Era enorme! Fomos andando e vendo os brinquedos.
  Clara e Mike pareciam um casal. Pegaram um na mão do outro e estavam maravilhados com tudo.
  Vimos uma barraquinha daquelas que você acerta o alvo e ganha um prêmio. Os meninos foram tentar. Cada um pegou três bolas e eles acertaram as três. Eles dois ganharam um urso enorme de pelúcia. Eu adorei e Jay disse que eu podia ficar. Mike deu o dele para Clara. (A: o urso tá na foto de Capa, os dois são iguais)
  Nós passamos o resto da manhã e a tarde inteira lá. Fomos em quase todos os brinquedos. Só estava faltando a roda gigante (clichê), e o túnel fantasma. 

Entramos os quatro na mesma cabine da roda gigante. Estávamos lá conversando e zuando uns aos outros por causa dos gritos no camicaze e na montanha russa.
       A vista estava linda, o Sol estava se pondo e as luzes do parque estavam ascendendo. Tiramos foto, e ficamos um bom tempo em um silêncio confortável, só aproveitando a companhia um do outro. Até que Jay quebrou esse silêncio.
 - Valeu por hoje galera! Se eu não estivesse com vocês agora, com certeza estaria em casa chorando pensando em me cortar.
 - De nada delinquente!- Disse para dar uma zoada.
- Hahaha, muito engraçado princesa!- Diz ele irônico

 Quando a roda terminou a volta, já estava completamente escuro, e decidimos ir no trem fantasma.
  - Quem vai com quem?- Perguntou Mike
  - Eu não vou com você, não te quero agarrado em mim- Disse Jay
  - Ah, então podemos mandar a Clara com ele, porque daí os dois se abraçam e não passam medo- Disse brincalhona
  - Eu não iria com o Jay de qualquer forma. Não quero a Katrina no meu pé, isso é problema seu- Disse Clara olhando para mim.
  Fiquei sem entender o que ela quis dizer, pois ela pegou o Michael e entrou no último carrinho.
 - Sobramos eu e você delinquente!- Disse entrando no primeiro carro que estava vazio.
  - Vai mesmo me chamar assim?- Disse ele se sentando do meu lado e fazendo um muxoxo
  - Quer que eu te chame como?- Vi ele dar um sorriso malicioso com essa pergunta
   - Daddy estaria otimo~~- Ele sussurrou no meu ouvido e eu corei violentamente. Esse idiota estava me cantando?
  - P-pervertido idiota!- Disse dando um tapa nele, o que fez ele dar uma gargalhada.
  O trem começou a andar. E quando o primeiro susto apareceu eu me agarrei na camiseta de Jonathan. Eu havia falado de Clara, mas eu tinha dez vezes mais medo que ela daquele brinquedo.
  - Está com medo?- Ouvi Jay sussurrar no meu ouvido. Apenas assenti com os olhos fechados e ainda agarrada nele. Senti um de seus braços passar pelos meus ombros. Entrelacei a mão na dele
  - Obrigada...- Disse um pouco corada
- De nada- Eu me virei para ele. Nossos rostos estavam extremamente próximos, nossos lábios quase se colando. Ele estava se aproximando...






   Quando nossos lábios iam se colar, surgiu uma figura de um cara com uma motosserra me fazendo dar um gritinho e um pulo, o que nos separou.

  Eu podia estar morrendo de medo, mas tinha que admitir, foi legal.
  Eu e Jay saímos e nos separamos, para meu irmão e Clara não nos verem daquele jeito. Os dois saíram parecendo que haviam visto fantasmas (coisa que teoricamente era verdade) pálidos e abraçados.
  - Não se mexe! Eu preciso de uma foto disso!- Disse pegando meu celular e tirando uma foto daquilo.
  - Vocês ficaram no primeiro carrinho, a gente estava no último- Reclamou Clara manhosa.
  - Oh meu Deus! Me desculpa bebê carente- Disse zoando com a cara dela- Queríamos dar privacidade para o casalzinho! Rolou beijo?
  - Stella! Que isso? Vamos, aposto que você passou o percurso inteiro agarrada no Jay- Disse Mike para zoar, mas com um claro ciúmes de irmão na voz. Ele e Clara estavam vermelhos.
 Eu e Jay apenas olhamos para direções opostas. Não iríamos comentar sobre aquela cena.
  - Se estão vermelhos foi porque rolou- Disse apenas para irritar e saí correndo e rindo, pois sabia que Clara viria atrás.
 Não estava olhando para onde estava indo, então acabei trombando com um garoto que me segurou pela cintura antes de eu cair.
   - Opa Stella!- Eu o olhei.
   - Como sabe meu nome?- Disse me soltando
   - Fomos do mesmo clube ano passado, sou do 1° B- Ele disse sorrindo para mim.
   Meus amigos chegaram e eu ainda olhava para o garoto.
   -Desculpe, não me lembro de você- Disse
  - Não esperava que se lembrasse, nunca nos falamos. Talvez a gente se veja pela escola- Disse ele indo embora
   - Você tem certeza de que é invisível Stella? Já é o segundo garoto da nossa escola que fala com você- Disse Jonathan. Ele olhava para onde o garoto seguiu... enciumado? Não, deve ser impressão.
   - Sei lá, ele disse que fomos do mesmo clube ano passado. Eu era do clube de leitura.- Disse dando de ombros
   - Vamos embora? Já tá ficando tarde, e você e a Clara ainda tem que ir para casa- Disse Mike olhando para o Jonathan.
    - Sim- Disse Jay simples.


"Hoje foi ótimo!"
Esse era meu único pensamento.

Continua~~


Notas Finais


#STELLALERDADEMAIS

O menino literalmente tava cantando ela o dia inteiro e ela não percebe!!

Stella: você não pode dizer nada autora! Você é praticamente igual!

Fica quieta menina, assim como eu te criei posso te apagar C:<

Obrigada por ler até aqui não se esqueça de me dizer o que está achando

Sayonara ~♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...