1. Spirit Fanfics >
  2. Irmão possessivo >
  3. Só meu

História Irmão possessivo - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Oiiieee

Como vocês estão? Espero que estejam bem

FIQUEM EM CASA! pelo amor de Deus!

Não quero ninguém doente ❤

Fiquem com mais um ep

Bjjs ❤

Capítulo 3 - Só meu


Fanfic / Fanfiction Irmão possessivo - Capítulo 3 - Só meu

Dazem dias que não recebo um "oi" de hoseok,  toda vez que tento falar algo ele apenas responde com gentos e nada mais


Se eu estou magoado?


Pra caralho!


 A pior coisa que eu fiz foi me declarar para ele, como pude ser tão burro neste ponto?.Já tinha que ter imaginado que o amor que sinto por ele não é recíproco, mas ele é meu e de mais ninguém, só meu 


- Como eu pude ser tão burro - digo enquanto bebo água - seu imbecil - bato em minha testa logo me virando podendo ver hoseok parado.


Sem me dizer uma palavra passa por mim ignorando minha existência.


- Hoseok? - não me responde - hoseok fala comigo - ainda não diz nada - olha para mim - seguro em seu braço.


- Me solta - diz sem fazer contato fisico


- Por que você tá agindo ? - da uma risada soprada.


- Você quer que eu ainda te fale o por que estou assim? - puxa seu braço - não encosta em mim.


- Você disse que era para esquecer o que aconteceu, mas você não esqueceu e ao mesmo tempo parou de falar comigo - me encara.


- Não da para esquecer que seu irmão mais velho te deu um selinho - se afasta.


- Foi um erro que não vai mais se repetir - da risada.


- Não vai se repetir? toda vez que eu olhar para você vou me lembrar das coisas que me disse - vira de costas.


- Hoseok foi um erro, isso não vai mais acontecer, não faz isso comigo - começa a andar porém o seguro de novo.


- Me solta - me encarou -nunca vai ser a mesma coisa - olha para o nada  - eu não consigo - diz baixo.


- Oque você não consegue?


- Fingir que nada aconteceu mesmo sabendo que seu próprio irmão te deseja - puxa seu braço novamente


- Eu não queria isso - abaixo o olhar. - eu não queria fazer isso.


- Mas você fez - sai da cozinha me deixando sozinho.


Eu não sei mais o que eu faço, essa dor em meu peito está me consumindo, eu não vou aguentar.


Subindo as escadas ouço hoseok dizer algo então vou seguindo a sua voz parando assim na frente de seu quarto que estava com a porta aberta


- Eu não consigo - funga - não consigo ficar perto dele - se olha no espelho - eu não consigo.....eu não posso ficar mais aqui....eu não posso deixar ele saber que é recíproco.....não posso deixar ele saber que também o amo - começa a chorar - eu não posso - se vira podendo assim ver a minha presença - taehyung! - seca suas lágrimas.


- Hoseok - começo a andar lentamente em sua direção.


- V-você ouviu ? - balanço a cabeça - sai do meu quarto - vem em minha direção.


- É serio isso? - fico parado


- Eu não quero você perto de mim, eu não posso fazer isso - segura meu braço - sai por favor - me olha


- Hobi...não faz isso - digo baixo.


- Eu não posso taehyung - me puxa - eu não posso ficar mais perto de você


- Eu acabei de ouvir que você também me ama....por que tá me tratando assim? - vejo o mesmo morder o lábio.


- Eu não posso ficar perto de você- me fita


- É ? - o puxo pressionando-o na parede - você não pode ficar perto de mim ?- digo baixo.


- Taehyung para - tenta sair porém suas mãos estão presas pelas minhas.


- Por que você tá me evitando se  sente e mesmo que eu? - aproximo nossos rostos.


- Me solta vai.....eu não sou obrigado a falar nada a você


- Não é? - aproximo mais


- Me solta - tenta se soltar mais uma vez - somos irmãos isso não pode acontecer- me olha.


- Foda-se...eu quero você, só você - o olho com desejo


- Então por isso que você sente tanto ciúmes - passa a língua em sua bochecha - é por isso que você é tão possessivo - da uma risada soprada - nem sei o por que tem tanto ciúmes do yoongi.


- Yoongi? - digo já irritado - o que você tem com esse babaca? - aproximo nossas bocas. - você é só meu, tá em entendendo?.....não quero você com o yoongi, eu já te disse isso mil vezes


- Você não manda em mim


- Eu não mando em você? -dou um pequeno sorriso antes de iniciar um falso beijo, os olhos de hoseok que antes estavam abertos se fecharam, os labios que antes estavam fechados se abriram - você ainda não quer ficar perto de mim? - em meus labios tinha um sorriso ladino.


- Me solta!


- Me diz que não quer sentir o gosto do meu beijo ? - dou um beijo em seu pescoço - tá arrepiado?- tenta se soltar mais uma vez


- Me solta tae - diz baixo


- Quer mesmo que eu te solte? - deixo outro selar em seu pescoço - me diz que não quer meu cheiro misturado com o seu ?- falo rouco.


- Cala...a...boca - diz ofegante


- Com todo prazer - selo nossos labios começando um beijo calmo porém com desejo


As mãos que antes estavam presas agora estavam em volta de seu pescoço fazendo o beijo ficar mais gostoso


- Você não sabe como eu queria isso - dou um leve sorriso antes de puxar seu lábio inferior - não sabe mesmo - o pego no colo dando outro beijo


Nossas línguas dançavam durante o beijo deixando-o com um ar mais excitante


- Você é meu.....só meu - coloco-o encima do movel apertando suas coxas com desejo


- Eu sou só seu? eu não sabia disso - da risada


- Você é só meu  e de mais ninguém - beijo seu pescoço.


Com uma de suas mãos hoseok coloca em meu membro massageando o mesmo lentamente me fazendo gemer


- Oque você pretende fazer? - digo ofegante


- Você sabe - sei bem o que você quer, safado


- Vem - com ele em meu colo coloco deitado na cama ficando por cima - gostoso do caralho - o beijo com vontade explorando cada canto de sua boca


Tirando sua camisa sinto uma fisgada em meu membro, certamente sinto desejo em vê-lo sem camisa


- Não sabe o quanto eu queria te ver assim - passo a mão em seu abdômen - só para mim - dou selares em seu abdômen até o cós de sua calça


- Você me deseja tanto assim? - olho para o mesmo


- Você não sabe o tanto - subo até chegar em sua boca - não mesmo - beijo mais uma vez transferindo todo o desejo que sinto


Descendo novamente tiro sua calça e sua boxer o deixando completamente nu. Segurando em seu membro começo a masturba-lo lentamente arrancando baixos gemidos do outro


- Eu quero ouvir você gemer - aproximo minha boca do seu pau - geme para mim - coloco em minha boca


- Tae...- diz em gemidos


- Geme para mim.... - sinto outra fisgada em meu pau.


Chupando toda a sua extensão arranco diversos gemidos do outro que me fizeram pirar, poderia ouvir aqueles gemidos o dia inteiro, sem exceções


- Ah  não chupa ele assim.....tão gostoso - paro de chupa-lo


- Eu quero que você me chupe - vou até o mesmo dando um selinho e logo me deitando


- Como você quiser - da um sorriso indo até a minha calça apertando meu membro por cima


- Aahhh não aperta ele assim amor.....eu tô durasso - vejo o mesmo com um sorriso em seus lábios


- Eu tô vendo - tira a calça


- Olha que a gente não fez nada - passo a língua em meus lábios - para você ver o que me causa


Tirando minha boxer hoseok coloca sem demora meu pau em sua boca me fazendo gemer alto


- Agora eu que quero ouvir você gemer - começa a chupar


- Não tem como não gemer com você chupando assim - como ele pode ser tão bom nisso?


Com gemidos desesperadamente altos me dou conta que eu estou totalmente entregue ao outro, com um leve deslize hoseok enfia fundo de mais fazendo encostar em sua garganta


- Caralho - mordo meu lábio - filha da puta.....como pode ser tão bom ? - puxo seus fios - hobi.....para...para vai - vejo o outro continuar - hobi assim eu vou gozar....para amor - me olha com um sorriso - eu vou gozar caralho.....para vai - mordo meu lábio - eu não quero gozar agora....não seja malvado


- Eu não sou malvado - vem em minha direção - me dá um beijo? - por que você pediu meu bem? era só vir


O deito na cama enquanto o beijava


- Eu vou te fuder - beijo seu pescoço - vou te fuder o mais gostoso possível para você nunca esquecer


- Então me fode - me da um beijo - fode vai


- Sem te preparar?


- Só vai eu aguento - passa a mão em meus fios


Entrandevagar aar vejo hoseok fechar os olhos enquanto tinha sua boca aberta, certamente está doendo


- Posso me movimentar? - vejo o mesmo com cara de dor porém assentiu com a cabeça


Começando movimentos lentos ouço gemidos de dor que logo se transformaram em gemidos de tesão


- Gosta assim? - dou um beijo em sua testa


- Gosto......puta que pariu que gostoso


- Gosta de um sexo manhosinho? - dou um sorriso - eu amo isso....é tão intenso - vou mais fundo - awnh...gostoso do caralho - mordo seu lábio inferior


- Vai mais rapido - me abraça - eu quero você todo dentro de mim, o mais rapido e mais fundo possível - passa a língua em meu nódulo da orelha


- Quer? - vou mais rapido - assim que você quer? - vou mais fundo


- Hhum - começa a gemer em meu ouvido.


- Não geme assim - mordo meu lábios.


- Eu te amo - diz baixo.


- Awhn....repete - um sentimento diferente tomou conta do meu corpo quando ouvi o outro dizer que me ama


- Eu te amo - me olha - me desculpa só ter contado agora.....mas eu sempre te amei - me dá um beijo


- Amor senta um pouquinho nele - saio de dentro do outro


Ficando por cima hoseok senta em meu pau começando a rebolar


- Rebola vai - bato em sua bunda - gosto do caralho....rebola para mim - se movimentando para frente e para trás hoseok mordia seus lábios com tanta força que dava para vê-los vermelhos - vem cá....me dá um beijo - apenas dá um sorriso - não vai me beijar? - ainda com um sorriso em seus labios faz não com a cabeça - tá me negando um beijo?...é so um, não seja malvado com seu taetae


- Só um? - se aproxima juntando nossos lábios enquanto ia mais rapido


- Amor.....não faz assim - arranca gemidos arrastados de mim


- Tae.....tae eu vou gozar - começa a ir mais rapido


- Vai? - seguro em seu pau o masturbando-o


- filho da puta - começa a gemer loucamente - taehyung.....tae......eu - goza em meu abdômen junto de um gemido alto


- Amor? - o puxo - eu ainda não gozei - dou um selinho - me faz gozar - dou um sorriso safado - deita de ladinho para mim vai


Já de lado entro no mesmo devagar começando estocadas fundas e rapidas


- Segura meu pescoço - diz em gemidos


- Como? - que fetiche é esse meu bem?


- Aperta meu pescoço - coloca minha mão - aperta ele e vai rapido - faço o que foi pedido podendo ouvir gemidos do outro


- Puta que pariu - aperto mais forte - você é  só meu, e sempre vai ser meu - beijo seu pescoço, e em segundos me desmancho dentro do outro


Com a respiração desregulada abraço o outro que também tentava arrumar sua respiração


- Tae eu preciso de falar um negócio - seu tom me preocupa.


- O que foi amor? - passo a mão em seus fios


- Nada não.....esquece - dou de ombros e apenas o abraço sentindo seu cheiro


No momento nem imaginava o que poderia ser, e nem sabia que poderia me prejudicar no futuro


Notas Finais


Oiii

O que será?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...