História "Irônia do destino" (Baekhyun - EXO) - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Blackpink, EXO, Girls' Generation, Kris Wu, Lu Han, Red Velvet, TWICE, Why Don't We (WDW)
Personagens Byun Baek-hyun (Baekhyun), Corbyn Besson, Daniel Seavey, Jack Avery, Joy, Kim Jong-dae (Chen), Kim Jun-myeon (Suho), Kim Min-seok (Xiumin), Lu Han (Luhan), Oh Se-hun (Sehun), Park Chan-yeol (Chanyeol), Sana, Taeyeon, Wu Yifan (Kris Wu), Zachary "Zach" Herron, Zhang Yixing (Lay)
Visualizações 128
Palavras 1.956
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie pessoal!

--- Vai ser uma fotinha do Baekhyun sim porque só vou mostrar o vestido no capítulo do casamento.

perdão os erros.

Boa leitura🍃

Capítulo 5 - Vestido


Fanfic / Fanfiction "Irônia do destino" (Baekhyun - EXO) - Capítulo 5 - Vestido

Cheguei em casa, minha casa esta uma bagunça. Faz uma semana que eu não arrumo, quase não tenho tempo, tem a faculdade que as vezes eu fico o dia inteiro fora, agora com as coisas do casamento é mais correria.

Hoje é domingo, vai ter um almoço na casa dos meus sogros e Baekhyun me convidou, no caso eu vou conhecer a família do Baekhyun.

Namoramos dois anos escondidos.

Minha mãe está empolgada com nosso casamento, ela diz que não ver a hora do o casamento na igreja. Eu mesma não queria ter casado.

{...}

Vou ver meu vestido de noiva amanhã, vou com Lídia, Joy, minha mãe e minha sogra. Elas estão cuidando de cada detalhe do casamento.

Baekhyun falou que vai passar aqui pra me buscar, ele tem suas coisas não depende dos pais, mas só não saiu de casa por causa da faculdade e do seu irmão mais novo, Jordan, o mesmo tem três anos apenas.

Ligação:

- Oi Baekhyun.

- Oi gatinha.

- Sem gracinha.

- Ok, senhorita. Está pronta?

- Estou.

- Vou passar aí agora.

Ligação and.

Esse menino é muito esperto, ele me conquista rápido.

Desci e esperei ele na frente do condomínio, fiquei mexendo no celular até ele businar.

Entrei no carro

- Oi gatinha. - falou.

- Vai me chamar assim agora? - questionei.

- Sim, você me deu uma segunda chance e eu vou usá-la como eu quiser. - falou.

- Ok, papai. - falei.

- Daddy. - falou me corrigindo

- O que? - questionei.

- Vai me chamar de Daddy. - ele falou e eu rir.

- Ok. - vou entrar na onda desse palhaço.

- Chegamos, gatinha. - falou estacionando o carro.

Descemos do carro e entramos no enorme quintal.

O irmão mais novo do Baekhyun correu abraçando o mesmo, o menino era bem educado me cumprimentou também.

- Quem é ela, 'imão? - perguntou o menor.

- Jordan, essa é a S/n, minha esposa. - falou Baekhyun, levando meu coração bater a mil.

Dei um sorriso para o menor que riu pra mim.

- Seu irmão é muito educado. - falei com ele.

- Não aceito suas falas sem o daddy. - falou subindo uma das sobrancelhas.

- Seu irmão é bem educado, daddy. - repeti a frase novamente.

- Isso gatinha, hoje a noite tem safadeza. - falou no meu ouvido. - No meu apartamento, que eu quase não uso mas tudo bem.

- Tem o que? - questionei.

- Paga pra ver? Vai ser gostoso e você disse que vale na safadeza te reconquistar então esquece o que aconteceu e entra no clima.

O olhei desconfiada.

- Por que eu deveria? - perguntei.

- O que? Entrar no clima? - assenti. - Eu quero seu amor o mais rápido possível, eu quero nosso casamento o mais rápido possível, nossos filhos e nossa família. - falou totalmente carinhoso.

Baekhyun é bipolar as vezes sai do safado para o fofo.

Ele realmente quer começar tudo de novo, mas eu não sei se consigo mesmo amando ele.

- Baekhyun, eu amo muito você, mas do mesmo jeito você precisa me provar que nada daquilo vai se repetir. - falei.

- Não vai. - falou. - Eu te prometo!

O mesmo segurou minha mão.

- Vem, vamos lá. - falou.

Fomos até a parte de trás do quintal e lá estava a família do meu esposo.

- Olha os pombinhos! - falou minha sogra.

Baekhyun me apresentou todos, o almoço foi legal até. Baekhyun e eu brincamos muito, agora eu realmente tenho certeza eu amo muito esse garoto.

{...}

Estava em casa com Fofuxo deitado em cima de mim. Meu celular tocou, olhei era Baekhyun.

Ligação:

- Oi Baekhyun.

- Já esqueceu?

- O que? A oi daddy.

- Oi gatinha, quero te fazer um convite.

- Pode fazer.

- Sehun e Xiumin decidiram sair hoje, você quer ir comigo?

- Eu quero sim, daddy.

- Ok gatinha, vou te buscar em uma hora.

Ligação and.

Lídia me mandou mensagem me lembrando que amanhã é o dia de eu escolher meu vestido de noiva, no caso eu faltarei a faculdade, mas eu recupero.

Eu fui para o banheiro e tomei um banho coloquei uma roupa qualquer e comecei a minha maquiagem, não muito pesada mais uma coisa mais leve.

A hora estava passando muito rápido, coloquei minha calça jeans, uma blusa curta soltinha com mangas, um tênis all star branco e um casaco jeans.

Baekhyun me mandou mensagem perguntando se ele ja poderia passar aqui, respondi que sim.

Fiquei conversando com fofuxo e brincando com ele até que Baek falou que havia chegado e era pra eu descer.

Lídia e Joy vão junto ao seus namorados.

Baekhyun falou que havia chegado eu desci e fui até o portaria do prédio, avisei o porteiro que ia chegar tarde e fui até o carro e entrei.

- O que minha gatinha avisou para o porteiro, em? - questionou.

- Que eu voltarei tarde hoje. - falei.

- Fez amizade com ele pra avisar esses tipos de coisa? - perguntou novamente totalmente enciumado.

- Sim. - respondi provocando.

- Não gostei da ideia, que bom que você vai sair desse apartamento rápido! E você, gatinha, não voltará pra casa hoje. - falou.

- Por que?

- Vai dormir la em casa, mas sem safadeza. Vamos experimentar nossas roupas do casamento amanhã. - falou ligando o carro e dando partida.

- Eu sei, onde nós vamos, daddy? - perguntei.

- Em uma petiscaria. - falou..

- Ok.

{...}

Estávamos conversando sobre a faculdade e sobre nossas vidas estava tudo muito bom ali.

- E você S/n, quando você vai se formar? - questionou Xiumin.

- Junto com a Lídia, daqui três anos só. - falei.

- Eu vou me formar ano que vem. - falou Baekhyun.

- Vai ser aquela festa. - falou Sehun.

- O tema é festa fantasia. - falou Baekhyun.

- Sério? - perguntei.

O mesmo assentiu.

- Resumindo, todos vamos terminar a faculdade menos S/n e Lídia. - falou Joy.

- Isso é verdade. - concordei.

- Olha, eu e S/n vamos nos casar e o casamento de vocês sai quando? - perguntou Baekhyun segurando minha mão.

- Olha, eu Lídia nos conhecemos a cinco anos, mas demoramos de mais pra namorar, quem sabe ano que vem. - falou Xiumin.

Lídia sorriu para seu namorado.

- Por enquanto eu e Joy estamos fora de casamento, é só um ano muito recente e começamos um relacionamento agora também. - falou Sehun.

- Eu e S/n nós vamos nos casar na igreja no final do ano, mas não é o nosso casamento esse é o casamento que os nossos pais escolheram pra nós. - ele falou cada palavra olhando nos meus olhos. - E mais pra frente, amor. - meu coração foi a mil. - Nós vamos ter o nosso casamento. - falou.

Eu dei aquele sorriso, Baekhyun fez meu coração acelerar, todos na mesa ficaram impressionados com suas palavras.

Dei um abraço apertado nele, que saudade desse abraço.

Continuamos a conversar normal, ficamos mais algum tempinho e agora nós estávamos indo em bora pra casa.

- Baek. - o chamei, estava um silêncio no carro.

- Diz.

- Eu amei aquelas palavras. - falei me referindo a mini declaração que ele fez pra mim.

Ele sorriu.

- É só a verdade. - falou ele. - Nós vamos ter o nosso casamento, mas relaxa isso não vai atrapalhar sua faculdade, amor. Nós vamos ajeita tudo para que não aja problema. - falou sorrindo para mim.

- Mas eu estou ansiosa agora. - falei sorrindo.

- Relaxa, mas eu quero muito que nesse casamento de agora tenha amor de ambos. - falou entrando na garagem do seu condomínio.

- Com certeza até lá você me conquista de novo e lembre-se nós ja somos casados, amor. - falei pra ele. Foi estranho chamar ele de amor, mas eu realmente amo muito ele.

Nós estávamos indo em direção ao prédio dele, subimos até o sétimo andar.

- Vamos ver se você lembra ainda, qual é o apartamento? - perguntou pra mim.

- Setecentos e quatro. - respondi.

- Acertou, você ainda lembra? - confirmem que sim.

Ele abriu a porta e me olhou.

- Pode entrar. - falou.

- Licença. - falei entrando.

Ele entrou e fechou a porta.

- Você lembra onde é banheiro? - perguntou e eu assenti. - E os quartos?

- Lembro também. - falei.

- Amor. - ele me chamou.

- Oi.

- Nossos pais veio me falar sobre nossa casa. - falou se sentando na poltrona.

- O que tem? - perguntei.

- A nossa casa é nós que vamos escolher, nós iríamos amanhã depois de experimentarmos as roupas. Se você quiser eu te deixo em casa e depois de busco.

- Amanhã? É puxado pra mim eu preciso dar uma estudada em casa, mas eu dou um jeito. - falei.

- Qualquer coisa nós vamos fazer uma coisa atrás da outra, vamos lá você experimenta seu vestido e eu vou ver meu terno, depois nós vamos ver as casas. Ok? - perguntou.

- Sim.

- Você vai querer dormir no meu quarto? Os outros fazem barulho dos carros que passam lá em baixo na rua. - perguntou. - Eu durmo em outro quarto, isso não é problema.

- Não tudo bem, eu quero dormir com você. - falei pra ele.

- Ok. - ele se levantou e passou por mim segurando minha mão e me guiando até o quarto.

- Fica avontade. - falou me deixando entrar. - Eu vou tomar banho no outro banheiro, pega uma blusa minha no guarda roupa, se você quiser, não sei se você vai se sentir confortável de calça jeans.

- Ta bom. - ele saiu. - Amor. - o chamei ele voltou. - Toalha, onde fica?

- No banheiro tem. - me respondeu.

Tomei banho e coloquei uma blusa do Baekhyun, nós dormimos no mesmo quarto, na mesma cama.

{...}

Eu ja estava na loja para ver meu vestido, estava super ansiosa, contei as meninas o acontecido, elas ficaram feliz por mim.

- Vai lá amiga. - falou Joy.

- Será que você acha de primeira? - perguntou Lídia.

- Acho que sim. - falou minha mãe. - A S/n pega um coisa e se encanta ela escolhe ele.

- Ela sabe fazer uma boa escolha. - falou Lídia.

Eu estava olhando alguns vestido até achar o vestido que me encantou. O vestido era simplesmente encantador.

A moça me ajudou a vestir e ele era perfeito!

- Uau. - falei.

- Você gostou? - perguntou a atendente.

- Eu amei! Ele é perfeito. - falei visualizando o vestido no meu corpo.

- Acha que seu marido vai gostar? - perguntou ela novamente.

- Ele vai amar. - falei.

- Vai lá e mostra a elas. Posso te dar um dica?

- Pode.

- Vai no seu gosto quem vai usar é você!

Fui ate onde a meninas estavam.

- Olhem. - pedi.

- Esta linda! - falou minha sogra.

Joy e Lídia falaram que esse é o meu vestido.

- Mãe?

- Eu não gostei muito. - falou ela.

- Mas eu quero esse. - falei.

- Mas ele é feio. - falou ela.

- Mãe, não começa por favor, eu estou feliz, eu quero esse vestido. - falei.

- Então leva esse, querida. - falou minha sogra. - Ficou lindo em você.

Eu estava triste, a minha mãe não concordou com o vestido mas mesmo assim eu levei ele, porque eu me senti ótima vestindo ele.

Eu estou ansiosa pra ver o terno do Baekhyun, eu estou ansiosa pra começar tudo de novo.

{...}


Notas Finais


Espero que gostem!

Bye bye🍃🤠


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...