História Irresistible love - Capítulo 1


Escrita por:

Visualizações 13
Palavras 1.003
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


espero que gostem.
boa leitura<3

Capítulo 1 - Recomeço


Fanfic / Fanfiction Irresistible love - Capítulo 1 - Recomeço

Quem vê uma menina feliz, rodeada de pessoas, rindo e brincando pode achar que ela tem a vida perfeita que sempre pediu, a família perfeita que ela sempre desejou, mas será mesmo? NÃO, definitivamente não. Muitas pessoas dessa escola acham que eu sou perfeita, OI?? Onde tá essa menina? Porque tenho certeza que não estão falando de mim.

Essas pessoas envolta de mim são meus ‘’amigos’’, admito que faço parte do grupo de populares mas não gosto disso, tem gente que me odeia só por sentar na mesma mesa que o Steve, beleza que ele é um pedaço enorme de mal caminho, mas ele só é uma pessoa. Enfim não gosto disso. As únicas criaturas que são meus amigos são a Alexa e o Nick, conheço eles desde que me intendo por gente.

Minha família é um merda, uma merda mesmo, menos meu irmão mais novo, nem sabe oque acontece direito. Bom, meus pais brigam o dia todo e eles se esforçam para implicar com o outro, pra mim isso nem possível era. Vamos dar um exemplo de acontecimentos sem sentido dessa família, no ultimo aniversario do meu irmão meu pai deu parabéns para ele primeiro que minha mãe, isso gerou uma briga de uma semana já que supostamente meu pai estava manipulando meu irmão a amar mais meu pai, vai entender.

A falta de educação foi embora então posso me apresentar, me chamo Katherine e tenho 16 anos, estou no segundo ano do ensino médio, moro em Portland e AMO tirar foto. Estudo em uma escola que eu basicamente odeio, nada legal acontece, como estamos de férias pedi para minha mãe me por em outra escola, diz ela que está pensando sobre o assunto.

- Kathy?

- oi querida mãezinha, quando for tentar matar sua filha de susto da um aviso pra ela antes, dá tempo de fazer uma cartinha. – mulher doida, vai entrando no quarto dos outros sem nem avisar. – Mas fala meu anjo...

- doida... estava pensando e decidi mudar você de escola mesmo, vive reclamando de lá e tudo mais.

- sério?? Ahhhhhh obrigada senhor!!!

- mas quero que decida rápido pra qual quer ir, ai já fazemos a matrícula .

- estava pensando na Portland high school, pode ser? Lá tem atividade extra com fotografia.

- ok amanhã vemos isso.

[...]

Uhhhhh primeiro dia de aula na escola nova, vai dar tudo certo né? Espero que sim.

Essa escola é bem maior que a minha antiga e estou focada em recomeçar e ser uma pessoa diferente, nem gostar eu gostava das pessoas que eu andava e agora quero amigos de verdade.

Armário...226.... ACHEI, e olha lá um casal se pegando bem na frente dele, ótimo começo.

- eh... oi... desculpa atrapalha, licença meu armário é esse ai atrás de vocês. – que vergonha, eles estão olhando pra mim como se eu fosse a pessoa mais esquisita do mundo.

- ah desculpa a gente, você é nova né? Não me lembro de você aqui ano passado. – a menina disse

- sim, eu entrei agora. Primeiro dia

- me chamo Christina e esse aqui é o Corbyn.

- prazer, me chamo Katherine, mas me chama de Kathy, Katherine é muito comprido

- hahaha claro, gostei de você. Qual sua primeira aula?

- biologia, professora Alice. – falei depois de ler no papel que tinha todos os meus horários

- é a minha também, espero que nossos horários sejam parecidos .

 E eram, passamos o dia inteiro juntas, conheci alguns amigos do Corbyn, o Jonah, o Zach, o Jack e o Daniel. Todos eram maravilhosos mas o Daniel era... nem sei que palavra usar.

Esse vai ser meu recomeço

[...]

Já faz 1 mês que entrei nessa escola e meu objetivo está dando certo, fazer amigos de verdade, Christina é uma pessoa incrível e divertida, viramos melhores amigas, me aproximei bastante do Zach e do Jonah. 

Hoje terá tipo um trote com os novatos, ah olha quem é novata? Euzinha.

- Bom pessoal, como todos os anos os novatos precisam passar pelo nosso rito de passagem.

- E esse ano vamos ajudá-los, vamos sortear nomes de novatos e nomes de veteranos para quer fiquem juntos durante uma semana, só na escola é claro, é por ter que ficar junto com a pessoa o dia inteiro vimos quem tem o horário igual, assim não irá dar problema.

- Então vamos começar, primeira dupla... Amber e Mike [...] última dupla do send ano vai ser a Katherine e... Daniel.

Eu diria que fudeu, cago tudo, poxa eu meio que tenho uma leve queda por ele, para me defender posso dizer que ele tem olhos claros, não resisto à um olhinho claro, é também tem TOOODO o resto. Ah senhor me ajuda.

Prenderam nossas mãos com uma algema e eu não tinha ideia como iríamos ficar assim o dia todo.

- como agora é aula de matemática, vamos passar no seu armário e depois vamos no meu.

No caminho até meu armário ele contava uma história engraçada com seu primo, que eu acho que é melhor amigo do meu irmão.

- Esse seu primo, se chama Ryan?

- Socorro estou presa com uma bruxa! Hahahaha como você sabe o nome dele?

- para seu bobo hahaha, ele é amigo do meu irmão.

- ah mentira, você é irmã do Nicolas? Seu irmão é muito legal.

- prefere ele é?

- talvez...

- ah é??

-Talvez 

- então tá, preciso passar no banheiro - agora ele vai ver quem ele prefere hahaha

- eu tenho que entrar com você?

- como não vou usar o banheiro de maneira mais íntima digamos assim, acho que sim.

-então vamos 

Entramos no banheiro e comecei a me arrumar, literalmente, escovei os dentes, pentiei o cabelo, arrumei a minha maquiagem

- não vamos mais embora não? 

- eu ou meu irmão?

- ahh é isso?? Você 100 vezes.

- hahahahahaha- só queria dizer que essa risada foi totalmente de nervoso.

Fomos para a sala e foi assim o dia inteiro, divertido e conhecendo mais o Daniel.

Confesso que estou cada vez mais impressionada de como ele é diferente do que parece. E eu gosto desse diferente


Notas Finais


obrigada por ler!!!!
pretendo postar uma vez por semana e espero que dê certo
beijo de luz no coração <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...