História Irresistível Pecado - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, HyunA
Personagens HyunA, Jeon Jeongguk (Jungkook), Kim Seokjin (Jin), Lisa
Tags Amor, Hoseok, Hyuna, Jeon Jungkook, Kim Seokjin, Lisa Manoban, Min Yoongi, Pecado, Traição
Visualizações 15
Palavras 1.615
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura 😘

Capítulo 11 - Tentação


Fanfic / Fanfiction Irresistível Pecado - Capítulo 11 - Tentação

Os raios de sol aparecem atravessando as cortinas iluminando o quarto, Jungkook abriu os olhos com dificuldade devido a luz.

Ele espreguiça e olha o relógio que estava na cômoda ao lado e percebe que são 09:00 da manhã. Jungkook se levanta vai até o banheiro toma um banho, escova os dentes volta para o quarto e se troca. Coloca uma camiseta branca, uma calça jeans azul escura, um tênis branco, se perfuma, penteia os cabelos e desce.


Chegando na sala ele dá de cara com Soo Mi.


_ Bom dia Noona!

_ Bom dia meu amor! Dormiu bem?

_ Maravilhosamente bem! Obrigado.

_ Venha, servirei o café da manhã para você.

_ Me desculpe, não deveria ter acordado tão tarde, suponho que todos já tenham tomado o café.

_ Eu te acompanharei! (Hyuna desce as escadas avisando)


A madrasta vestia um vestido rosa claro bem decotado e extremamente curto, e uma sandália da mesma cor do vestido.


Jungkook a olha dos pés a cabeça. Mas desvia o olhar voltando a atenção a Soo Mi


_ Então servirei os dois, sentem se já trago tudo!


Os dois se sentam nas mesmas posições da noite passada ficando de frente um para o outro.


_ Dormiu bem Jungkook?

_ Dormi sim e a senhora?


Hyuna solta uma gargalhada!


_ Meu Deus, me senti com sessenta anos agora. Me chame apenas de Hyuna! Apesar de ser casada com seu pai não me considero uma senhora.

_ Me desculpe, não quis ofendê-la.

_ Tudo bem! ( Ela diz com um sorriso no rosto) E quais são seus planos pra hoje?

_ Pretendo visitar uma grande amiga!


Hyuna tira o sorriso do rosto e fica curiosa.


_ Amiga?

_ Sim, tenho uma amiga de infância que era como uma irmã pra mim, temos a mesma idade e sempre brincamos muito, estou com muita saudades dela.

_ Entendo!


Soo Mi chega com o café e os pães, logo em seguida sai para buscar o restante.


_ Posso acompanhá-lo se quiser, afinal as coisas por aqui devem estar diferentes e eu dirijo, posso te levar de carro!

_ Não quero incomodá-la!

_ Não será incômodo, afinal fico o dia todo aqui sem fazer nada, seu pai não me deixa trabalhar.

_ Tudo bem então, eu aceito! (Jungkook fica sem graça mas resolveu ser educado e não recusar, afinal não teria nada demais.)


Eles terminam o café e Jungkook sobe para o quarto, ele escova os dentes, e pega a correntinha que Lisa havia dado a ele.


_ Vamos?

_ Vamos! (Jungkook responde ansioso.)


Hyuna entra no carro e Jungkook faz o mesmo, eles conversam assuntos aleatórios enquanto saem da fazenda rumo ao centro, Jungkook contempla a bela vista, árvores e uma mata alta acompanham a estrada de terra e o sol ardido ficava cada vez mais forte.


Finalmente o centro da pequena cidade já pode ser visto, casas e comércios começam a aparecer, carros e pessoas andando entre as ruas, realmente o centro da cidade de HopersVille estava bem evoluído, Jungkook avista a sorveteria, aquela que ele costumava ir com Hoseok e que pertencia aos pais de Lisa.


_ É aqui! Eu vou na sorveteria, minha amiga é filha dos donos.


Hyuna estaciona o carro, saindo do mesmo, Jungkook também saí, atraindo os olhares de todos que passavam, ele era tão bonito quanto seu irmão SeokJin e também era novo aos olhos dos moradores da redondeza.


Eles entram no comércio e Jungkook vê que por dentro as únicas coisas que mudaram foram as cores das paredes. Ele segue até o balcão de atendimento e pergunta:


_ Bom dia! Gostaria de saber se a sorveteria ainda pertence aos Manoban?

_ Bom dia, sim, pertence a eles, mas os donos não se encontram, saíram de férias.

_ A filha deles também? Lisa?

_ Não na verdade ela ficou é minha chefe. ( A moça diz sorrindo), mas ela saiu, foi fazer algumas compras, ela acabou de sair creio que vai demorar.

_ Ok, muito obrigado! Vou espera-la um pouco aqui.

_ Fique a vontade, quer fazer algum pedido?

_ Claro por favor um milkshake! E Hyuna gostaria de um sorvete?

_ Eu aceito um de chocolate, afinal está muito calor.

_ Vou preparar e já sirvo, fiquem a vontade!


A atendente vai preparar os pedidos e Jungkook e sua madrasta se sentam em uma das mesas que ficam dentro do estabelecimento.


_ E então essa sua amiga, é amiga ou foi algum tipo de namoradinha?

_ Não! Lisa é minha amiga. Eu nunca namorei ninguém.

_ Sério? Nem um beijo em ninguém?

_ Sim ( Jungkook responde abaixando a cabeça sem graça com o assunto.)


_ Aqui estão os pedidos! ( A atendente entrega tudo e sai novamente)


Hyuna pega um pouco do sorvete com a colher e começa a comer de forma sensual, provocando Jungkook que tenta o máximo não olhar a madrasta. Ele virá sua atenção para a vidraça e fica olhando as pessoas que passam na rua até que…


_ Droga!


Jungkook olha a madrasta!


_ O que foi?

_ Deixei cair sorvete, poderia me passar o guardanapo por favor? ( Hyuna diz manhosa)


Jungkook pega o guardanapo e entrega para a madrasta, que pega o mesmo e começa a esfregar o papel em seu decote.


Jungkook sem graça, resolve que talvez o melhor seja ir embora, voltaria mais tarde sozinho para ver Lisa.


_ Bom… vejo que já está terminando o sorvete, assim que terminar podemos ir, talvez ela demore e não quero tomar seu tempo.

_ Bobagem, já disse que não faço nada. Mas se quiser ir então vamos.


Os dois se levantam Jungkook vai até o balcão, paga a moça e diz a ela:


_ Diga a Lisa que um amigo dela esteve aqui, mas que voltarei depois para vê-la.

_ Claro, quer me dizer seu nome por favor?

_ Prefiro que seja surpresa!


Jungkook se despede da moça e segue com sua madrasta, ela resolve passar em algumas lojas, e comprar várias coisas, Jungkook a acompanha, mas na verdade está louco pra voltar para a casa, ele se sente muito nervoso ao lado de Hyuna.


_ Meu Deus, já são três da tarde! Você deve estar faminto,vamos?


Jungkook concorda e os dois entram no carro, o tempo muda e de repente começa cair alguns pingos de água que logo se formam em uma grande tempestade.

Quando chega na parte de terra da estrada o carro acaba atolando.


_ Não acredito Jungkook! O carro está atolado!


Hyuna tenta acelerar, mas é em vão as rodas do carro deslizam sobre a terra encharcada!

_ Quer que eu tente empurrar?

_ Será uma boa ideia?

_ Podemos tentar!


Jungkook sai do carro se molhando inteiro e tentando empurrar o carro, mas é em vão.


_ Não iremos conseguir! (Jungkook entra novamente no carro todo molhado.)


_ Olha só você está todo molhado, pode ficar doente, tire a camisa!

_ Não tudo bem estou bem assim!

_ Vamos, sempre carrego no carro uma toalha, ela é de rosto portanto pequena mas serve pra te secar, ela pega no porta luvas a tal toalha.

_ Não vai tirar?


Jungkook completamente envergonhado diz mais uma vez que não há necessidade.


_ Com licença, mas não permitirei que fique resfriado. ( Hyuna começa a puxar a camiseta do garoto pra cima na intenção de tirá-la)


Embora o rapaz pudesse ter evitado ele não conseguia tomar nenhuma atitude, então apenas deixou a mulher tirar sua camisa.

Hyuna olhou o peitoral definido do rapaz e umedeceu os lábios com a língua. Pegou a toalha e começou a secar o Garoto.


_ Sabe Jungkook! Você é tão lindo! Tem certeza que quer ser padre?

_ Cla...claro que sim! Quer dizer, eu...é...o que quero.

_ Você sabe que poderia ter a mulher que quisesse não sabe? ( Ela diz provocante)

_ O que…. quer dizer com isso? (Ele diz sôfrego)

_ Quero dizer que além de lindo é um rapaz tão inocente e respeitador, qualquer mulher gostaria de ter um homem assim.


Jungkook não consegue responder, apenas senti todos os pelos do corpo se arrepiarem e fecha os olhos, abrindo logo em seguida ao ouvir o barulho de outro carro que estaciona um pouco a frente do de Hyuna.


Um homem alto sai do carro com um guarda chuva em mãos e vem em direção ao carro.

Então o homem bate no vidro e Hyuna abre…


_ O que vocês estão fazendo aqui? (Jin olha para o irmão sem camisa com uma expressão de surpresa e raiva)

_ Fui levar Jungkook no centro mas na volta o carro acabou atolando devido a tempestade!

_ E por que está sem camisa?


Quando Jungkook ia tentar explicar Hyuna toma a frente.


_ Ele tentou desatolar o carro, mas não adiantou nada acabou encharcado e pedi pra que ele tirasse a camisa pois poderia ficar doente!


SeokJin não gostou nada daquela explicação que pra ele estava muito mau contada.


_ Ok! Tentarei rebocar o seu carro tenho uma corda no meu. Jungkook vista-se pode pegar mal se alguém te ver assim.


Jungkook pega a camisa e a coloca molhada mesmo!

Depois de algumas tentativas Jin finalmente consegue tirar o carro daquela lama, ele retira as cordas e todos voltam para a fazenda.

Entrando na mansão, Jungkook caminha rápido até o quarto. Deixando a madrasta e seu irmão pra trás.

Parados na frente da porta Hyuna diz:


_ Jin, assustou seu irmão!


Jin a segura pelo braço puxando a madrasta para bem perto do seu corpo.


_ Eu ou você?

_ Acho que causei outros sentimentos nele, menos medo! (Ela diz sorrindo)

_ O que é hein? Não se contenta só com um, quer os dois irmãos? ( Jin dizia nervoso a apertando cada vez mais)

_ Você está me machucando! (Ela dizia apertando os dentes e olhando fixamente nos olhos do mais novo)


SeokJin a solta.


_ Me desculpe, mas não quero ver você de gracinha com ele? Você é minha entendeu?


Hyuna solta uma gargalhada…


_ Sua e do seu querido Daddy! Não se esqueça que sou casada. (Ela diz e dá uma piscada pra ele saindo logo em seguida.)


Jin passa a mão pelos cabelos tentando se controlar.


“ Meu irmãozinho tem que sair daqui, mesmo que pra isso eu tenha que infernizar a vida dele”


















Notas Finais


Espero que estejam gostando!
Seria muito bom se vocês comentassem pra eu saber a opinião de vocês 😘❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...