História Irresistível Pecado - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, HyunA
Personagens HyunA, Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Seokjin (Jin), Lisa
Tags Amor, Hoseok, Hyuna, Jeon Jungkook, Kim Seokjin, Lisa Manoban, Min Yoongi, Pecado, Traição
Visualizações 24
Palavras 936
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi amores, capítulo +18! Desculpem o Hot, ficou bem fraquinho mas prometo melhorar. Boa leitura 😘

Capítulo 13 - SeokJin


Fanfic / Fanfiction Irresistível Pecado - Capítulo 13 - SeokJin

Jungkook e Lisa passaram a madrugada conversando e um pouco da parte da manhã.

Depois que Lisa foi embora Jungkook entra na mansão feliz por ter reencontrado a amiga.

_ Chegando a esta hora?

Hyuna pergunta com certo ciúmes, quando encontra Jungkook no corredor abrindo a porta do seu quarto.

_ Bom dia! Eu estava com Lisa.

Jungkook não conseguia olhar por muito tempo para a madrasta pois ela vestia um baby Doll branco.

_ Para alguém que quer ser padre é estranho que tenha passado a noite com uma garota.

_ Não fizemos nada demais, passamos a noite conversando, Lisa é uma garota de respeito.

_ Entendo! Me desculpe me meter mas é que você sabe, a cidade é pequena e talvez comecem a falar coisas.

_ Não se preocupe, ficamos aqui na fazenda durante toda a noite. Ninguém nos viu e mesmo que tivessem visto minha consciência está limpa.

_ Que bom querido. Vai tomar o café comigo?, afinal seu irmão está dormindo e seu pai saiu ainda a pouco, teve que viajar de última hora a negócios.

_ Me perdoe Hyuna mas estou com muito sono, vou descansar um pouco.

_ Poxa, terei que me sentar sozinha a mesa?

_ Me perdoe mas estou mesmo com sono. Até mais tarde!

Jungkook fechou a porta, e encostou as costas na mesma. Ele se questionava o por que da madrasta sempre aparecer pra ele de forma tão atrativa e sensual, por um momento pensou que ela quisesse seduzi-lo mas depois se condenou por ter tido aquele pensamento, tomou um banho e se deitou adormecendo rapidamente.

Logo que Jungkook entrou para o quarto Hyuna decide entrar no quarto de Jin, trancando a porta em seguida, ela admira o rapaz dormindo profundamente. Então sobe devagar na cama do mesmo ficando em cima do rapaz e começa distribuir beijos por seu rosto e pescoço.

_ Acorda preguiçoso!

Jin ainda com os olhos fechados começa a sorrir com a atitude da madrasta.

_ Uhm...sentiu saudades?

_ Muita! seu pai viajou então sou toda sua.

_ Só minha? (Ele perguntou acariciando o corpo da moça)

_ Claro que sim meu amor…(eles se beijaram intensamente)

_ Sonhou comigo?

_ Sempre!

Jin apertava a cintura da mesma contra seu corpo intercalando entre suas coxas e bumbum.

Hyuna passava as mãos no peitoral de Jin até que desceu uma das mãos até o membro do rapaz que já se encontrava rígido.

_ Como você está safada hoje!

_ Pra você eu sou sempre.

Os dois sorriram e entre beijos acabaram transando tentando fazer o máximo de silêncio possível. Após o ato eles ficam deitados cansados, Hyuna deita no peito de Jin.

_ Qual o seu interesse em meu irmão?

_ Nenhum! Por que? ( A moça menti, fingindo indignação)

_ Hyuna sabe que eu não sou idiota, e ao contrário dele sou bem experiente. Vi o jeito que olha pra ele.

_ E como olho pra ele?

_ Da mesma forma que me olhava.

_ Acho que está com ciúmes! ( Ela diz rindo)

Ele se vira pra Hyuna e pega em seu rosto mas não com delicadeza e sim apertando sem muita força apenas para intimidá-la.

_ Você sabe que odeio dividir o que é meu!

_ Não seja ridículo, você esqueceu que sou casada com seu pai?

Jin se levanta da cama dizendo…

_ Quantas vezes já te chamei pra fugirmos daqui? Você sabe que te daria a vida de rainha que merece.

_ Jin….eu gosto do seu pai. Não me casei apenas por interesse.

Ele gargalha…

_ Jura? E o que está fazendo na minha cama já que o ama?

_ Acontece que seu pai não tem o fogo que preciso.

_ Então só me usa pra sexo?

_ Claro que não amor…. ( Ela se levanta completamente nua e o abraça)

_ Eu amo vocês dois, de formas diferentes!

_ Eu juro que queria entender o que vi em você! (Jin se separa do abraço)

_ Não acredito que vai ficar bravo comigo, logo hoje que podemos desfrutar? Quer saber vou pro meu quarto! Ela começa a recolher as coisas do chão, então Jin a abraça por trás.

_ Não! Fica aqui! ( Ele diz beijando a nuca de Hyuna e a vira de frente pra ele)

_ Não gosto quando me pressiona a escolher entre você e seu pai!

_ Tudo bem! Não vou mais fazer isso, mas é que eu não consigo me controlar, você não sabe o quanto é difícil pra mim ter que fingir que não sinto nada, já falei que te amo.

_ Vamos esquecer isso? ( Ela diz o beijando)

Então Jin a pega no colo e a leva para o banheiro, ele a coloca no chão sem parar de beijá-la e abre o chuveiro, Ele abaixou até a intimidade da garota e começou a chupa-la.

Hyuna se contorcia de prazer segurando nos cabelos do rapaz.

_ Ooh Jin, sua língua é maravilhosa!

Jin ficou ali até sentir que a garota desmanchou se em sua boca, quando ele levantou ela disse…

_ Agora é minha vez!

Ela empurrou o rapaz fazendo com que ele encostasse as costas na parede o beijou e começou a lamber todo seu peitoral, abdômen até chegar em seu membro que estava completamente duro.

Ela começou a chupa-lo olhando para seu rosto, ela adora ver Jin sentindo prazer, quando ele estava próximo a seu limite ela parou fez ele sentar se no chão do banheiro e subiu em cima dele encaixando o membro do rapaz dentro dela.

Ela começou a gemer então Jin a beijou para abafar o barulho que a garota fazia.

_ Você é tão gostosa! Eu não aguento mais, vou gozar…

Então ela sai de cima do rapaz e Jin acaba gozando na boca dela, ele a ajudou se levantar e os dois tomam banho entre beijos e carícias.

Quando de repente escutam batidas na porta.

_ Jin.. acorda!

Jin para os beijos assustado e fala baixo...

_ Meu pai!



Notas Finais


Espero que tenham gostado. Comentem por favor, quero muito saber a opinião de vcs! 😍😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...