1. Spirit Fanfics >
  2. Irresistível Vingança. >
  3. Só mais um peão

História Irresistível Vingança. - Capítulo 10


Escrita por:


Capítulo 10 - Só mais um peão


Fanfic / Fanfiction Irresistível Vingança. - Capítulo 10 - Só mais um peão

JiU

- Eu tenho que ir Yoo.

Beijo ela e quando levanto ela me puxa de volta pra cama e vem pra cima de mim, sorrio sapeca.

Y - Ficou tão pouco.

- Eu tenho compromisso... -ela faz beicinho - hey, amanhã te dou folga e nós passamos a tarde juntas, que tal?

Ela sorri sapeca e assente, depois me beija e me solta.... me levanto e vou pro banheiro, tomo banho, depois me arrumo, escovo os dentes e saio, me despeço dela e desço, pego meu carro e vou até a casa da Siyeon.

- Vida agitada, eu tô velha pra essas coisas.

Suspiro e saio, vou até lá e toco a campainha, ela abre e me da espaço, deixo os sapatos no cantinho e calço o chinelo que ela me deu, recebo um selinho e sorrio, jogo a bolsa no sofá.

- Eu disse que viria.

Sy - Ta cheirando a sabonete e está com a mesma roupa.

- Chega de DRs por hoje Siyeon, essa já é a terceira.

Sy - Por que você é assim hein?

Ela fecha a porta e vem até mim.

- Eu te avisei que durmo com uma mulher diferente todos os dias.

Sy - Você se tornou totalmente o contrário do que era Minji.

- é eu sei que não me orgulharia de ser quem sou e que meu eu do passado não aprovaria isso mas... eu me sinto bem agora.

Ela suspira frustrada e pega na minha mão, me leva pra cozinha e eu vejo a mesa posta, sorrio e vou lá lavar as mãos pra jantar.

Sy - até onde lembro, você gosta de polvo, então fiz recheado.

"meu favorito"

- Eba.

Sorrio e vou me sentar, ela nos serve e depois senta, começamos a comer em silêncio, ela estava incomodada e eu sem saber o que dizer. Como poderia levar alguém a sério se a pessoa com quem eu fico há 10 anos eu nunca levei?

- Está muito bom.

Sy - Uhm?

- O polvo... está muito gostoso.

Sy - Ahhh... que bom.

Ela suspira e eu tomo um pouco de água antes de limpar a boca.

- Você está preocupada?

Sy - Pensativa.

- Ta pensando na Gahyeon?

"Claro que não JiU."

Sy - Não.

Suspiro e pego na mão dela.

- Só foi engraçado te ver assim no começo...-ela me olha e eu suspiro-  olha, é melhor a gente se afastar, você não é uma puta e... eu nunca vou te levar a sério.

Sy - Você nem tenta.

- Siyeon... eu não sou a mesma de antes, eu levo uma vida boêmia a 10 anos e sou feliz assim.

Sy - Você está envelhecendo Minji, e não tem ninguém por perto, ninguém em quem confiar, tanto que precisa preencher a cama pra dormir.

Respiro fundo.

- Mesmo que eu fizesse isso, que eu tentasse ter uma vida normal com alguém, eu iria alguma hora escorregar e fazer besteira, ou... iria sempre cobrar coisas da pessoa que ela não poderia me dar, principalmente se essa pessoa já me machucou no passado.

Sy - Você disse que se sentia bem comigo.

- Eu me entreguei totalmente a você Siyeon, eu era sua, só sua, te amava cegamente, não doeu te ver aos beijos com o Taemin, doeu escutar você dizendo que era pra "ficar de boa" como se o que sentisse por você não fosse nada.

Ela suspira e levanta, depois vem e senta no meu colo, me abraça e eu abraço ela também.

Sy - Eu fiz isso com você, sabe, essa vida?

- Não... minhas ações e minha maneira de viver não é culpa sua, foi uma decisão minha.

Sy - Mas começou comigo certo?

- Não...já disse que a culpa não é sua.... eu escolhi ter essa vida, eu ,e apenas eu em minhas plenas faculdades mentais, escolhi me trancar dentro de uma armadura de futilidades para viver melhor e mais feliz.

Sy - Você vive nela há muito tempo?

- O suficiente para já ter me acostumado.

Beijo a nuca dela e acaricio sua coxa, ela sorri e vira pra mim.

Sy - vou ficar cheirando a polvo.

- Hahahaha.

Ela me dá um selinho e se levanta, começa a tirar a mesa e eu vou lá escovar os dentes, assim que volto pro quarto vejo ela entrando, sorrio e afrouxo a gravata, ela morde o lábio.

Sy - Você se tornou uma pessoa muito sexy.

- Eu sei.

Pisco pra ela e vou até a cama, ela sorri e vai pro banheiro, tiro a gravata e desabotoo os botões das mangas, depois da gola, relaxo.

"O que eu tô fazendo?"

Ja estava abotoando novamente quando ela apareceu só de Lingerie.

- Pai amado.

Ela sorri e vem até mim,senta no meu colo e começa a desabotoar minha blusa, sorrio sapeca, fazer o quê né? Se tem comida, vamos comer.

----------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------

Sy- Minji

- uh?

Sy - Onde aprendeu a beijar?

- Oi?

Olho pra ela confusa e a mesma sorri se ajeitando no meu peito.

Sy - Você já beijava bem na faculdade, já tinha pegada, era isso que fazia com que eu realmente quisesse ficar com você, eu gostava quando me tocava...eu gosto.

"Foi com a SuA"

- ah... eu não era uma virjona tapada... fala sério Siyeon, eu tinha 19.

Sy - eu tinha 23 e nunca havia sido tocada daquela forma... me fala, quem te ensinou aquelas coisas?

- A tocar foi a Yoohyeon... nós ficamos por um tempo e ela dizia como queria ser tocada por mim, ela gosta de uma coisa mais bruta e era bastante mandona.

Sy - SuA me disse que... ela nunca deixava ser tocada por ela.

Suspiro.

- SuA é impulsiva e bruta, Yoohyeon era mandona, é como dois homens hetes brigando pra saber quem vai dar o cu primeiro.

Sy - HAHAHAHAH... e você?

- Eu era cachorrinha delas... fazia tudo o que a Yoo queria, tipo, "hoje eu quero que você me toque como se tocasse numa deusa"... assim eu fazia, quando ela queria ser tocada com mais brutalidade ela pedia, mas tipo, minha brutalidade não era tão bruta assim... não como a SuA era, uma vez Yoo chegou com a boca inchada de tantas mordidas, ela mal conseguia comer, e foi nesse tempo que ela esfriou com a SuA e começou a ficar comigo.

Sy - Você disse que... era cachorrinha delas?

Sorrio sapeca.

- Eu não me envergonhava de pegar a Yoohyeon escondido porque a SuA vivia aos amassos comigo.

Sy - OI?

Ela senta na cama cobrindo os seios com os lençois, fico vermelha.

- Eu perdi o bv com a SuA, como eu disse, ela era impulsiva e aconteceu num dos surtos dela... estavamos a toa conversando e do nada ela trancou a porta e veio pra cima de mim, eu sempre a tive como uma irmã, e quando ela vinha pra cima de mim eu dizia isso e ela respondia "Relaxa, não é nada demais, apenas beijos, pra você não passar vergonha por aí"

Sy - Eu sabia que vocês tinham rolo.

- Não era rolo, era questão de ego... SuA era a garota popular do colégio, e a melhor amiga dela tinha que no mínimo saber beijar bem pra não envergonha-la.

Sy - A mas tu é tapada mesmo heim.

Ela se estiga e pega minha camisa, depois veste e eu mordo meu lábio, já fantasiando coisas.

Sy - Ela não queria ser a melhor puta do colégio JiU, se ela realmente quisesse que alguém provasse dos seus lábios, não só teria te ensinado a beijar, como teria cuidado da sua pele, seus cabelos, seu dentes, assim como eu fiz... SuA tinha ódio de quando eu comprava cremes pra testar na sua pele, eu dizia "hey que tal a gente tentar esse aqui" e ela dizia "Minji não tem jeito, porque se importa com ela? são só notas Siyeon"... eu sabia que ela não queria que você tivesse uma aparencia melhor, eu também achava que era por puro ego de sempre ser Kim Pica das Galáxias BoRa, mas não era, minha fixa caiu no dia em que eu falei pra Gahyeon que tomamos banho juntas.

- Você falou isso a ela?

Sy - Minha irmã era minha melhor amiga... estávamos bebendo no quarto do Thunder e eles estavam usando drogas que a SuA consegui da treva... Gahyeon e eu nos afastamos e começamos a conversar...

----- FlashBack  Siyeon-----

G - Onde você estava ontem?

- Dormi com a Minji.

G - Você o que? que nojo.

- Hey não fale assim, só dormimos, eu nunca transaria com uma mulher.

G - Ah sim... mas e ai, ela sabe ao menos beijar?

- Te garanto que me surpreendi muito quando ela me beijou e me segurou pela cintura, aquela nerd tem pegada.

G - Muito yuri hehehehe.

- Hahahah verdade, mas enfim... ela é gentil e me deixa cuidar dela, coisa que o Taemin não deixa.

G - Ele é homem, não liga pra Isso, Thunder também é um chato, é uma luta pra tomar banho e aparar certos pelos.

- Ai credo.

G - bem, pelo menos mulher é mais limpinha né...

- Uhum, Minji é bem limpinha e toda lisinha... 

G - O que?..você disse que não tinhas transado.

SuA senta ao nosso lado e deita no colo da Gahyeon.

-Não transamos mas já tomamos banho juntas, é normal, eu tomo banho até com você.

G - é verdade... e então, ela pelo menos tem um corpo bonito?

- Algumas celulites mas nada que um creminho não resolva.

S - Tão falando de quem?

G - Minji.

SuA mudou a cara totalmente e levantou do colo da Gahyeon, me olhando como se fosse me matar.

S - Tomou banho com ela?

- Algumas vezes porque?

S - Sabe que ela não te ver como uma garota qualquer, ela te ama.

- Eu não me importo, preciso que ela termine meu tcc logo.

G - É SuA, relaxa aí.

S- E se ela tentar algo uh?

- HAHAHA MINJI? HAHAHAHAA não me faz rir BoRa... Minji é uma pessoa estremamente carinhosa e educada, tá mais fácil eu tentar algo do que ela... surtou legal agora.

G - Mandou mal SuA hahaha... aquela nerd é mais inocente que eu e olha que só tenho 18.

SuA levanta puta da vida e vai embora.

G - I a la, pilhou.

- Pois é...acha que ela ta com ciumes da JiU?

G - Pela reação dela? acho que sim, elas eram melhores amigas e provavelmente Minji só fazia essas coisas com ela, agora que você ta próxima ela deve ta com ciuminhos, sabe que BoRa é territirialista.

- Eu sou mais que ela.

---------- Flashback off---------

- Bem eu só tomei banho com a SuA uma vez e ela ficou tarando meus peitos, eu não gostei daquilo e não fiz mais.

Sy - Já tem sua resposta... ela te ama e por isso fez todo aquele caos, ela não admite que te ama e tem ódio por você não notar.

- Agora a culpa é minha?

Ela sorri e senta em cima de mim, começa a rebolar lentamente em cima do meu sexo.

Sy - Sim, você é uma tapada que não percebe  as coisas.

- Eu percebo as mais óbvias, como você querendo gemer um pouquinhos mais pra mim.

Ela sorri sapeca e se debruça, me beija e eu correspondo.

Sy - A melhor parte da JiU, é que ela não é de negar fogo.

Sorrio sapeca e me sento, aperto as coxas dela e beijo sua nuca.

Sy - eu amei quando apareceu na porta e me abraçou por trás, o ódio nos olhos dela só confirmaram que eu tinha ganhado essa guerra.

Foi quando minha ficha caiu e eu fiz ela parar de rebolar.

- Guerra?

Sy - Ela ficou com raiva depois que você foi pra Itália, roubou o Taemin de mim e fez questão de ficar com ele na minha frente no dia que fui visitar Gahyeon , eu disse a ela que aquilo não me atingia porque Taemin foi meu maior erro.. ela disse que meu maior  erro foi ter magoado você da mesma forma que ela fez, e que um dia eu saberia disso, como se ela soubesse que um dia você se vingaria de mim.

- Ela não sabia... ela fez isso acontecer.

Sy - como assim?

- Xin só me perdoou quando eu jurei vingança a vocês e ela sempre me cobrou isso, disse que queria Thunder e Taemin mas nunca procurou eles, ela sempre esteve na cola da SuA.

Sy - Acha que a Xin ta trabalhando pra ela?

- Não, Xin é mais um peão... ce tem xadrex em casa?

Sy - Dama serve?

- Sim.

Ela levanta e vai buscar, me levanto e vou no banheiro, pego a toalha e me enrolo, ela volta e me entrega, pego as peças negras e duas brancas indicando rei e rainha.

- Eu sei que ela é a rainha,mas ela protege alguém e é protegida também, ela e esse rei agem juntos, aqui temos Taemin, Thunder, você, Gahyeon, Xin e Yoohyeon, que foram pessoas que ela manipulou pra me atingir... aqui temos Dami, Luigi, a empresa, GDragon, investidores e.... é isso, eu já sei quem é esse rei.

Sy - Tá me assustando.

Deixo tudo lá e corro, pego o telefone e ligo pro Thunder.

Th - Oi o que aconteceu?

- Cancela o plano.

Th - Porque?

- Porque já está a caminho... - Olho pra Siyeon - alguém mexeu com o ponto fraco da SuA.

Th - O que eu faço?

- Proteja-se, eu já coloquei seguranças pra vigiar sua esposa e sua filha.

Th - Okay.

Desligo e ligo pra Xin.

X - O que foi?

- Está tudo correndo bem, amanhã Thunder virá até a casa Da Siyeon, ele acha que ela é meu ponto fraco.

X - E ela é?

- Xin, Siyeon é meu troféu, eu venci a SuA... Amanhã vamos comemorar, irei pedir Siyeon em casamento.

X - Ficou maluca? sua empresa será dela também?

- Não há castigo pior pra BoRa do que saber que Lee Siyeon é também dona da empresa que tá esmagando a dela... amanhã conversamos melhor, Siyeon terminou o banho.

Desligo e sorrio sapeca.

- Que os jogos comecem.

Ligo pra Yoohyeon.

Y - Ooiiii...

- Oi bebê, eu vou mandar dois seguranças pra te vigiar ta bom?

Y - Porque unnie?

- Porque quero dormir tranquila sabendo que minha bebê está protegida.

Y - Ta bom unnie.

- Quando eles chegarem você me avisa, pergunta os nomes e eu te direi quem são, coloca um pra dentro do seu apê e o outro na porta do lado de fora...xau bebê.

Desligo e ligo pros meus seguranças, mando dois pra cada da Yoo e peço pra dois virem fazer sentinela na frente da casa da Siyeon.

- Se minhas suspeitas estiverem certas, Xin e Dami estão no jogo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...