1. Spirit Fanfics >
  2. Irresistível Vingança. >
  3. Mais pertinho.

História Irresistível Vingança. - Capítulo 16


Escrita por:


Capítulo 16 - Mais pertinho.


Fanfic / Fanfiction Irresistível Vingança. - Capítulo 16 - Mais pertinho.

Gahyeon

- C-Como assim?

J - Isso o que você escutou... me apaixonei por você, eu não sei quando começou,  mas quando percebi já tinha acontecido, eu quis me afastar da Harin pra você não achar que eu estava usando  sua filha pro meu Benefício, de fato eu não estava... eu gosto muito dela, assim como gosto de você e mesmo te vendo todos os dias, eu te distanciei de mim, só mantendo o nível profissional.

- Siyeon sabe disso?

J - Sabe que estou gostando de alguém, ela acha que é a Yoohyeon, mas eu e a Yoo não temos mais nada a quase dois meses.

Respiro fundo e me levanto, eu não contava com essa resposta.

- Olha Min...JiU, eu sei o que está passando, mas... entenda, a Harin é nova demais pra sofrer depressão.

Ela suspira e me olha.

J - Me perdoa, eu realmente não sabia que ela estava mal.

- Ela tá... já não quer mais comer, isso ta me preocupando.

Ela abaixa a cabeça e engole seco.

J - Ta dispensada... eu vou lá as 8 visitar ela ta bom?

- Promete?

J - Prometo.

Saio e pego minha bolsa, desço nervosa e pego um taxi, vou pra casa, ao chegar passo direto pro quarto, minha filha estava dormindo, então jogo a bolsa pro lado e sento na cama, fico pensativa.

Sy - Você ta bem?

Me assusto e olho pra porta, suspiro.

- Tô.

Sy - Não parece, levou bronca no trabalho?

- Quem dera.

Sy - Meu deus....ce foi demitida?

- Claro que não.

Sy - Me fala que eu tô ficando preocupada.

- Senta ai.

Ela senta, respiro fundo e olho pra ela.

- Fui perguntar o motivo pelo qual ela não aparece há um mês pra ver a Harin.

Sy - Porque terminamos.

"A claro."

- Ela disse outra coisa.

Sy - Que ta com a puta da Yoohyeon?

- Não.

Sy - Que arranjou puta nova?

- Vai deixar eu falar ou não?

Sy - Fala.

- Ela disse que se distanciou pra Harin não se apegar a ela... e também porque se apaixonou por mim.

Sy - por você? hahaha... o que você tem que eu e Yoo não temos?

"Neurônios, Caráter..."

- Não sei.

"...Dignidade..."

Sy - JiU tem um histórico de mulheres bem padrão, você não se encaixa nele.

"...humildade, humanidade, não sou fútil..."

- pois é eu...

Sy - Ah ...já sei, é a Harin... ela não ta apaixonada por você, só ta confusa porque gosta da bebê... relaxa mana, você não é pro bico da JiU e ela sabe disso, ela não merece alguém como você.

Ela sorri e beija minha testa.

Sy - Ela é uma pessoa fútil, superficial, egoísta, ela só se encantou com a bebê, mas quando isso perder a graça ela vai desistir dessa idéia e levar a primeiro modelo que ver pra cama... vou por seu jantar pra aquecer.

- Ela ta vindo pra cá, chega as 8.

Sy - Uhmm então vou aquecer pra ela também.

Ela sai do quarto e eu suspiro.

"...Respeito, amor próprio, opinião formada... independencia..."

Levanto e vou tomar banho, relaxo um pouco e vou me vestir, coloco pijama e vou até a Harin, olho se ta sequinha, sorrio acariciando o rostinho dela, a mesma acorda e sorri quando me ver, pego ela no colo.

- Oi meu amor.

B - Omma...

Dou beijinhos nela e saio do quarto, desço bem no momento que a JiU entrava, estava com roupas de algodão e tomada banho, assim que Harin viu ela praticamente se jogou, mas consegui segura-la, JiU vem até mim com lágrimas nos olhos, pega a harin do meu colo, abraça ela já chorando.

J - Minha paceira... saudades de vc, desse cheirinho.

B - Min--ji.

JiU me olha e eu dou risada, ela brica com a Harin que começa a rir, as duas vãos pro chão e ficam brincando, Siyeon estava me olhando séria, suspiro.

Sy - Usar a Harin é golpe baixo.

- Que? não acredito que disse isso.

Sy - Fura olho.

Ela sobe e eu vou até as duas.

- JiU posso falar com você?

J - Pode.

Ela sorri, parecia muito feliz.

- Sabe o favor que eu fiz?

J - Uhum.

- Acho que... eu quero uma casa.

J - Só escolher o local, quer perto do trabalho?

- Simples assim?

J - Eu sou bilionária Gahyeon, comigo as coisas superficiais são bem fáceis.

- eu não tenho condições de manter uma casa no centro.

J - Simplesmente escolha Gahyeon.

Ela fica vesga olhando pra Harin que começa a rir.

- Minji.

J - Uhm?

- Você... -ela me olha - Quer jantar?

J - Eu jantei em casa.

- Okay, eu vou jatar, qualquer coisa é só chamar.

------------------------------------------------------
Dia seguinte.
---------------------------------------------------

Chego na empresa com a Harin no colo, ainda achei uma má idéia trazer ela pro  trabalho mas a Minji fez todo um escarcéu e eu acabei cedendo. Me encaminho até minha mesa e sento com ela no colo, ligo meu PC e fico esperando ele iniciar, foi quando eu vi ela saindo do elevador com a Xin , elas entram, Xin vai para a sala dela e JiU me chama, levanto com a bebê e vou atrás, ao entrar vejo o cercadinho, sorrio.

J - Gostou? A moça disse que é super seguro, não tem cheiro nem corante pra fazer mal, é macio e os brinquedinhos são todos aprovados pra idade dela... você fica tranquila sabendo onde ela tá e eu bem pertinho da minha Parça de papinha.

Entro ainda sorrindo e coloco a Harin dentro, ela foi direto nos ursinhos e no cantinho tinha almofadas, ela vem com um pijaminha de unicórnio e me entrega.

J - Veste nela pra não sujar a roupinha, eu vou lá embaixo pegar os relatórios pro balanço.

Ela sai e eu vou vestir a bebê, guardo as roupinhas dela e pego a mamadeira de água, dou pra ela tomar, depois guardo e fico brincando de bolinha com ela.

"Não acredito que ela teve toda essa preocupação."

Olho pro lado e percebo que ela trocou alguns móveis também.

"o que você ta aprontando Kim MiNJI?"



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...