1. Spirit Fanfics >
  2. Iruka Umino >
  3. Trabalho excessivo

História Iruka Umino - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Trabalho excessivo


Fanfic / Fanfiction Iruka Umino - Capítulo 5 - Trabalho excessivo

S/n levou Naruto até em casa como sempre fazia antes para que passassem um tempo juntos. 

Naruto: ─ S/n-san, durante o tempo que você ficou longe, o Iruka-sensei me levou para comer ramen todos os dias ─ Disse sentado na mesa da cozinha enquanto a observava fazer a janta.

S/n: ─ Isso é muito bom ─ Sorriu ─ Fico feliz em ver que vocês estão se dando bem.

Naruto: ─ Quando você arrumar um tempo, a gente podia chamar ele para comer com a gente, né? 

S/n: ─ Acho uma ótima ideia... Ele andou brigando alguma vez com você? 

Naruto: ─ Não. Já tem um tempão que ele não faz isso. 

S/n: ─ Viu? Se você continuar se comportando direitinho, ele nunca mais vai brigar com você. 

Naruto: ─ Não sei se eu quero isso. 

S/n: ─ An? Por quê?

Naruto: ─ Eu até que me divertia vendo a cara de bravo dele ─ Riu. 

S/n: ─ Você pode até estar se comportando, mas seu jeito brincalhão nunca muda, né? ─ Riu.

Naruto: ─ Acho que não ─ Sorriu.

S/n: ─ Mas não dê trabalho ao seu professor, ok? Ele tem vários alunos para cuidar. 

Naruto: ─ Vou tentar.

Iruka também estava sofrendo com o excesso de trabalho da s/n. Por causa disso, os dois também já não se falavam há um bom tempo. Ele não queria que tudo voltasse aos anos que ficou longe dela, não estava disposto a enfrentar isso novamente e até foi procurá-la em casa, mas nunca a encontrava. 

Ele a viu com o Uzumaki depois da aula, mas não queria atrapalhar o momento dos dois. Naruto sofreu muito e ele precisava mais daquilo do que ele. A única coisa que lhe restava era esperar uma outra oportunidade, mas sem ter paciência para esperar, ele apareceu na casa dela às 10:00 da noite. 

S/n: ─ Iruka? ─ Falou surpresa depois de abrir a porta. 

Iruka: ─ Er… Oi, s/n. 

S/n: ─ Oi ─ Disse dando um abraço rápido nele. Mesmo que a interação tenha sido rápida, o corpo de Iruka estremeceu e ele ficou nervoso. 

Iruka: ─ E-eu queria...

S/n: ─ Vai querer ficar aí fora? ─ O interrompeu ─ Vamos, entre ─ Ele assentiu e entrou. ─ Sente-se, vou trazer um café para gente. 

Enquanto ela estava na cozinha, caiu a ficha de que ele só fez aquilo por impulso. A vontade de ver e de falar com ela era tão grande, que o fez agir sem pensar.

S/n: ─ Voltei. E aqui está ─ Disse entregando a xícara e se sentando ao lado dele no sofá ─ O que aconteceu para você vir aqui a esta hora da noite? 

Iruka: ─ Você não apareceu mais na academia. Aconteceu alguma coisa?

S/n: ─ Ah, desculpa. O Hokage está me dando muitas missões que não acabam mais, mas eu vou pedir para ele repensar no que está fazendo. 

Iruka: ─ Entendi. Eu... quer dizer, o Naruto precisa da sua atenção. Ele está indo muito bem na escola por sua causa. 

S/n: ─ Ainda bem ─ Sorriu.

Iruka: ─ Ele não se meteu mais em brigas e também não anda aprontando por aí. Obrigado, s/n. Graças a você, não estou mais me estressando com ele. 

S/n: ─ Não há de que. 

Iruka: ─ Mas ele também ficou triste com seu sumiço repentino, aí eu tentei compensar com o que ele mais gosta, com ramen.

S/n: ─ "Ele também"... quem era a outra pessoa? 

Iruka: ─ Nossa! Reparou nisso?

S/n: ─ Claro ─ Sorriu ─ Agora me fale, estou curiosa. 

Iruka: ─ A outra pessoa sou eu. A gente mal se falou depois de muito tempo e você já some de novo?… Achei que não fosse mais te ver, que nem já aconteceu antes. 

Com essas palavras, s/n sentiu algo diferente. Ela não sabe o porquê, mas estava feliz ao ouvir aquilo. 

S/n: ─ Ficou com medo de que eu desaparecesse para sempre? ─ Falou desafiadora e brincalhona. 

Iruka: ─ Claro. Eu jamais veria a minha amiga e o Naruto se sentiria mal por não ter você por perto.

S/n: ─ Mas não se preocupe, sensei, vou fazer de tudo para ser mais presente. Afinal, não podemos perder os velhos amigos, né?

Iruka: ─ Isso mesmo ─ Sorriu.

S/n: ─ Ah, e o Naruto-chan veio com a ideia de nós três almoçarmos juntos, mas só vou poder quando a minha situação melhorar. O que acha disso? 

Iruka: ─ Acho uma boa ideia, vai ser como retornar aos velhos tempos. Torço para que você tenha mais tempo logo para que isso aconteça.

S/n: ─ Também não vejo a hora ─ Sorriu. 

Iruka: ─ Bom, já está tarde e eu já vou indo, amanhã tenho que dar aula. ─ Disse se levantando. 

S/n: ─ E o café? ─ Disse se levantando em seguida.

Iruka: ─ É mesmo! Esquecemos dele completamente. ─ Os dois conversavam indo em direção à porta e Iruka entregou a xícara dele para ela.

S/n: ─ Como esse já está frio, venha de novo, vai ter um quente. 

Iruka: ─ Claro. Até depois, s/n. 

S/n: ─ Até ─ Disse fechando a porta. 





Dia seguinte…






S/n: ─ Hokage-sama, lembra de quando eu falei com o senhor sobre o Naruto?

Hiruzen: ─ Lembro.

S/n: ─ Então por que está fazendo justamente ao contrário?

Hiruzen: ─ Eu queria confirmar uma coisa.

S/n: ─ Que coisa?

Hiruzen: ─ No começo, a sua aproximação me pareceu algo muito bom, mas depois percebi que se tornou algo prejudicial.

S/n: ─ Prejudicial? Em quê?

Hiruzen: ─ Você mimou o Naruto demais. Ele até ficou triste quando você parou de ir buscá-lo. 

S/n: ─ Como sabe?

Hiruzen: ─ Eu andei observando vocês. Com isso, confirmei as minhas suspeitas. Eu só queria ver como ele reagiria se você parasse de vê-lo, e foi por isso que dobrei o seu trabalho.

S/n: ─ O que está planejando?

Hiruzen: ─ Como você deixou o Naruto mal acostumado, não ficará mais responsável por ele. 

S/n: ─ Então, quem vai ficar?! ─ Falou num tom mais alto.

Hiruzen: ─ Ninguém. 

S/n: ─ Por que isso? Não tem pena dele?

Hiruzen: ─ Eu tenho, mas ninguém é eterno. É melhor que se acostume enquanto ainda está novo.

S/n: ─ Hokage-sama, repense nisso, por favor. Ele nunca teve ninguém, não pode tirar algo e não colocar nada de volta!

Hiruzen: ─ Está decidido, s/n. Agora vou falar sobre a sua missão de hoje. 

Enquanto o sandaime falava sobre a missão, s/n se controlou ao máximo para não gritar com ele. Ela saiu do escritório e foi fazer sua obrigação, mas estava muito irritada e quase colocou tudo a perder. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...