História Is It Love ? - Daryl - Capítulo 37


Escrita por:

Postado
Categorias Is It Love?
Personagens Cassidy, Gabriel, Matt, Personagens Originais
Visualizações 28
Palavras 979
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa noite amorex ❤💭

Capítulo 37 - Pesadelo repentino


Eu visto uma saia colada ao corpo, preta e uma espécie de cropped que eu amo (ft da capa)

Passo um batom vermelho, e rímel, me olhando então no espelho, Eu entao dou um grito quando Mike entra no quarto sem avisar

- Calma- Ele diz rindo e se sentando na cama me olhando de cima a baixo, mordendo seu lábio inferior 

- Que foi, amor?

- Se eu não tivesse feito a reserva no restaurante, te fodia de novo agora mesmo - Ele diz me encarando com seu olhar safado

- Então você gostou? - Digo dando uma voltinha

- Perfeito pra mim, mas outros homens vão olhar também- Ele diz fazendo sinal de negativo com a cabeça - Espera! Só eu posso te ver assim

- Para, amor, vamos logo

- Ta mas eu vou matar o primeiro que olhar pra você, e o segundo e o terceiro e todos

Saímos de casa e agora estamos a caminho do restaurante, olho pela janela e está uma noite maravilhosa, as pessoas andando de um lado para o outro, os enormes prédios de luxo

[...]

Chegamos no restaurante, Mike desce do carro e da a volta, abrindo a porta pra mim sair

- Que cavalheiro, obrigada, amor- Digo lhe dando um selinho 

Ele fecha a porta e eu dou minha mao a Ele, e então entramos, o restaurante é bastante luxuoso e os funcionários parecem ser bem receptivos 

- Boa noite, reserva de Mike Tryder por favor

- Por aqui - A atendente nos leva ate uma mesa com uma vista incrível

- Obrigado 

Mike puxa a cadeira e eu me sento na mesma, ele então se senta na outra cadeira. Olho para aquela linda vista, é maravilhoso

-  Gostou?

- Adorei 

- Sabe? Eu amo seus olhos, eles têm um brilho tão lindo - Eu sorrio ao escutar isso pela primeira vez - Eu amo cada detalhe seu, seu sorriso magnífico - Ele diz acariciando minha bochecha 

- Eu te amo, amor

- Eu também te amo muito - Ele fala pegando em minha mão 

O garçom então chega e deixa e sorri educadamente 

- Boa noite, desculpem o incômodo 

- Incômodo nenhum - Eu digo imediatamente

- O casal gostaria de um champanhe? Ou um vinho? Algo do gênero?

- O que voce quer amor? - Mike fala se virando para mim

- Talvez um champanhe 

- Perfeito, qual vocês gostariam?

- O melhor que vocês tiverem - Mike fala

- Ok, aqui o cardápio, em breve trarão o champanhe - Ele sorri e então sai

Continuamos conversando e em média de uns 10 minutos outro garçom traz o champanhe, e anota nossos pedidos

- Então são duas especialidades do chef, correto?

- Correto 

- Com licença- O garçom sai nos deixando novamente sozinhos

Pego minha taça com champanhe e levo a boca, enquanto Mike observa calmamente cada movimento meu

- Que foi, amor? - Digo rindo

- Eu tenho a mulher mais linda do mundo pra chamar de minha

Eu sinto que agora estou mais vermelha do que qualquer pimenta 

[...]

Estamos no carro a caminho de casa, foi Perfeito, e agora estou conversando com Mike sobre as coisas mais aleatórias possíveis 

- Bolacha é uma palavra muito feia amor, é biscoito

- Bolacha é Salgado, e biscoito é doce, um biscoito recheado por exemplo 

- Você é muito teimosa - Ele diz caindo na risada

Viro e encosto meu rosto no vidro, começo a pensar em muitas coisas e cochilo rapidamente 

Abro os olhos depois de uns 10 ou 15 minutos talvez, Mike dirige calmamente por um lugar que nao conheço, ele deve estar me levando a alguma surpresa então nao digo nada

De repente vejo um homem que me parece famíliar

- Mike para o carro

Ele se vira para mim confuso mas para o carro e eu desço em seguida, correndo ate o homem, que quando me aproximo...

- Daryl?!

Ele olha pra mim, e agora eu estava encarando aqueles olhos por quais me apaixonei, e o homem pelo qual ja tinha me apaixonado

- Bruna...

- Bruna não!!! - Escuto Mike gritar atrás de mim

Mas quando me foi conta, estou beijando os lábios de Daryl, sua língua está dançando com a minha e eu nao consigo dizer se isso é bom ou ruim

Empurra Daryl e me viro para Mike que da passos para tras, entra em seu carro e sai

Com meu rosto molhado de lágrimas, me viro para Daryl que agora sairá andando, com as maos no bolso, calmo, sereno

Eu não tenho tempo de entender o que sinto, só escuto uma voz me chamando "Bruna! Bruna!!". Quando eu caio no chão desacordada

Abro os olhos assustada, o suor percorrendo por minha testa e as lágrimas molhando meu rosto, trêmula eu olho pra Mike que parece calmo

Olho ao redor e estou na casa de Mike como todas as noites desde que comecei meu relacionamento com ele

- O...onde, como...

- Você estava tendo um pesadelo, se acalme amor

Eu não digo nada, apenas o abraço, como um sonho tao simples pode pra mim se tornar um pesadelo? Ser abandonada pelos dois homens que tem meu coração, ou que ja tiveram um dia como no caso de Daryl

Ele acaricia meus cabelos enquanto eu deixo silenciosamente as lágrimas seguirem seu caminho no meu rosto























Abro os olhos e olho ao redor, Mike não esta ao meu lado, eu estou apenas de calcinha e com uma camisa de Mike

Me levanto e prendo meus cabelos em um coque, indo em direção ao banheiro, faço minhas higienes matinais enquanto aquele pesadelo me vem à cabeça 

Desço as escadas, a casa enorme esta vazia, as empregadas estão de folga e tudo mais

Na cozinha encontro um bilhete no balcão: 

Bom dia amor da minha vida, eu queria acordar ao seu lado mas tive que sair pra resolver algumas coisas da empresa pra você 

Não quero que fique muito ocupada, então fui apenas carimbar alguns papéis, volto as 10:30 ou 12:00 no máximo 

Olho as horas e são exatamente 7:14 da manhã 

Beijos, meu amor

Mike

Ps: Te amo, vida



Notas Finais


❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...