História Is It love: colegial - Capítulo 43


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Collin, Drogo, Is It Love, Matt, Ryan
Visualizações 173
Palavras 690
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 43 - Fala que a gente casou!


O Doutor entra na sala com uma cara nada boa... 

Lana: Doutor o que houve... - eu digo levantando 

Doutor: Podemos conversar a sós. 

Nicolae: Pode dizer na frente de todos por favor Doutor. - Ele respira fundo. 

Doutor: Drogo Bartholy teve uma grande parte do cérebro prejudicava pela batida. Ele teve uma perda de memória... ele só se lembra de estar andando na rua a noite indo pra casa de Lana Bournes. Foi o que ele disse a nós... um psicologo já conversou com ele sobre o acidente, ele está mais calmo agora mas chama desesperadamente por Lana. 

Nicolae: Ele só se lembra da noite do seu acidente... como pode isso. 

Doutor: É se vocês eram íntimos, o trauma deve ter sido grande por isso ele lembra desse acontecimento. 

Ryan: Mas ele pode recuperar a memória Doutor? 

Doutor: Só o tempo nos dira. - Ele se retira da sala. 

E eu estou paralisada tentando processar na minha mente... as lágrimas escorrem pelo meu rosto, mas eu continuo sem reação. 

Ryan: Amor... vamos embora você precisa descansar. - ele diz segurando minha mão, vejo Matt nos olhar desconfortável.. 

Lana: Eu preciso falar com ele Ry... só um minuto. 

Matt: Eu vou com você Lana... - eu assinto com a cabeça, e ele caminha até o quarto comigo. 

... 

Drogo nos encara confuso. 

Drogo: Matt... - ele da o seu melhor sorriso. 

Matt: Eai cara!! - ele diz apertando sua mão.

Eu sento ao seu lado, e o encaro... como ele pode ter esquecido de tudo. 

Drogo: É verdade o que me disseram? Eu esqueci anos da minha vida? - eu sei como ele se sente... meu coração aperta só de lembrar a dor que é. 

Lana: Sim... é verdade! Já se passaram 3 anos desde o Colégio. 

Drogo: 3 anos? Eu lembro que fui te procurar naquela noite do Show... Até Nicolae me ligar e contar do acidente, eu lembro de encontrar a Lisa e correr até o hospital. Depois disso minha mente entra em um grande vazio. - Eu olho pra Matt com lágrimas nos olhos, e ele segura em minha mão. 

Matt: Vou deixar vocês conversarem! 

Drogo: Obrigada por estar aqui irmão! - Matt sorri um pouco desconcertado, e sai da sala. 

Eu pego na mão do Drogo, e o encaro... vendo todos aqueles machucados eu me lembro de como foi difícil quando estive naquela situação. 

Ryan entra na sala nos interrompendo. 

Ryan: Desculpa atrapalhar... Drogo como você tá? - Drogo o encara confuso, depois volta seu olhar pra mim. 

Drogo: Eu to bem Ryan... você - antes que ele pessoa falar algo Ryan o corta. 

Ryan: Amor... tem um monte de paparazzis na porta, o jornal já sabe sobre o acidente. Acho melhor a gente ir, pra ele pode descansar... - Drogo me encara franzindo a testa 

Drogo: Amor? Paparazzis? - Eu respiro fundo, como vou explicar tudo a ele? 

Lana: Ry fala pro John pegar um carro... eu já estou saindo. - Ryan sai do quarto, e eu me volto para Drogo

Drogo: Lana por favor, fala que a gente casou.... e que tem uma menina me esperando no corredor que me chama de papai. - As lágrimas escorrem rta... aquelas palavras me acertaram em cheio, e eu me lembrei de como eu o amei. 

Lana: Você me deixou Drogo. - Ele se senta na cama, e pega em meu rosto. 

Drogo: Não Lana.... eu nunca faria isso. - Ele diz entre lágrimas 

Lana: Você se casou com Lisa... e eu fiquei 2 anos em coma, Ryan e Matt ficaram comigo. Enquanto você seguia sua vida. - Ele balança a cabeça em negativo. 

Drogo: Não Lana... eu te amo.. - ele diz soluçando. 

Lana: Drogo, fica bem. Eu te amei também. - ele me olha desesperado, e eu saio do quarto chorando. 

Eu corro pelos corredores até dar de frente com Ryan... ele me segura e eu desabo de chorar em seu peito. 

Ryan: Vamos pra casa meu amor... vai ficar tudo bem. - ele diz me abraçando forte. 

Lana: Nicolae... eu volto. Amanhã eu estou ai. - eu me despeço de todos e vou até o carro. 








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...