História Is it Love? Daryl - Amor, Desejo, Perigo. - Capítulo 57


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 48
Palavras 888
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 57 - Amigas de infância.


Fanfic / Fanfiction Is it Love? Daryl - Amor, Desejo, Perigo. - Capítulo 57 - Amigas de infância.

2 semana depois...

Essas semanas foram muito boas, depois que Justin foi embora não aconteceu mais nada de mal na minha família estava tudo normal, mais sei que ele está tramando algo e aposto que vai ser muito pior.

- Luna o Roger perguntou se você vai querer correr hoje no racha, vai ser só mulheres.

- só mulheres vão correr então eu vou.

Ele me dá um selinho e vai no banheiro, a Maria estava ensinando a Jasmin a andar e ela está aprendendo muito rápido. Meu telefone toca, era o Roger me ligando.

Alô?

Oi Luna você vai correr hoje?

Claro, quantos que vai ser a aposta?

Não vai ser tão alta só 800 mil

Bom eu estou indo para ganhar e não pelo dinheiro.

É mais tem uma mulher que já ganhou várias corridas e agora vai correr aqui hoje.

Eu também já ganhei várias corridas e não é agora que eu vou perder.

Certo vou apostar em você boa sorte daqui 3 horas começa sem atrasos, e fala para o Daryl vim quero falar com ele.

Ele desliga o telefone e eu ligo a TV para ver as notícias, quando ligo no canal tinha uma foto minha junto com a dos meus pais.

- senhor Ryan Carter anuncia que acho sua filha desaparecida a quase 20 anos e que seu esposa Emma está grávida, veja um pouco da reportagem.

Tinha várias pessoas tentando falar com os dois e fazendo várias perguntas.

- Ryan o senhor sabe onde está sua filha?

- eu já achei minha filha e ela está bem e minha esposa está grávida então vamos ter mais um integrante na família.

Depois os dois entram na limusine e a gravação acaba.

- então essa foi as notícias de hoje, até amanhã com mais notícias para você.

Desligo a TV e não acredito que sabem quem eu sou, agora vai ter vários paparazzis atrás de mim e jornalistas junto com os fotógrafos.

- está ficando famosa.

Daryl se senta do meu lado e dá um sorriso sacana.

- sim e agora todos da cidade sabem quem eu sou e vão ficar me perseguindo.

Cruzo os braços e Daryl me abraça.

- isso até que é bom, caso alguém queira te sequestrar não vai conseguir porque você vai estar cercada de pessoas.

- e mais mesmo na frente de todo mundo podem me dar um belo tiro fingindo que é um paparazzi ou algo do tipo.

- fica tranquila nada vai acontecer.

Ele beija minha testa e me aperta mais.

- eu vou me arrumar logo é a corrida.

- assim eu vou estar lá para ver a minha musa ganhar.

Beijo seus lábios e subo no meu quarto para tomar banho.

Vou com minha moto e o Daryl com seu carro, o amor dele está nesse carro aposto que ele não largaria por nada.

Chegando lá dava para ouvir o barulho dos motor das motos das garotas, cheguei bem na hora de começar, olho para as meninas e elas olharam para mim, mais quando olho para uma ruiva algo me diz que eu já vi ela em algum lugar, saio dos meus pensamentos quando a buzina apitou e todo mundo correu com suas motos.

A corrida acabou e deu empate entre eu e a ruiva então o prêmio ia ser dividido, ela tira seu capacete e na hora me lembro dela minha amiga de infância.

- Júlia?

Ela olho para mim e eu tirei meu capacete, ele colocou as mãos na boca surpresa.

- meu deus Luna!

Ela corre até mim e me abraça forte.

- Luna você está...

Ela me olha de baixo para cima e segura minhas mãos.

- está mudada mais linda doque antes.

- você que está maravilhosa.

Ela me abraça denovo, escutamos alguém pigarrear atrás de nois 2 e nos separamos.

- assim eu fico com ciúmes.

Daryl se aproxima de mim e coloca seu braço em volta do meus ombros.

- já arrumou até namorado.

- Daryl essa é a Júlia minha amiga de infância, Júlia esse é Daryl meu namorado.

Eles dão um aperto de mão e Roger abraça a Júlia.

- a esqueci de falar Roger é meu irmão.

Na hora meu queixo caí.

- você nunca me falou que tinha um irmão.

- é que eu conheci ele depois que fui embora.

- entendi.

- que tal a gente ir na casa do meu irmão para agente conversar um pouco mais.

- eu topo e você Daryl.

- claro que sim vamos.

- calma ai quem disse que vocês 3 iam dar uma "festinha" na minha humilde residência.

- agora é minha casa também Roger.

- mais quem paga ela sou eu.

- então você dorme em outro lugar já que está incomodado.

Na hora deu vontade de rir e Daryl não se segurou e deu risada.

- não de risada seu idiota.

Roger fala num tom bravo e Daryl para a risada e olha para ele com ironia.

- então vamos porque aposto que meu irmãozinho não vai querer dormir em um hotel.

Ele bufa com raiva e olha para a Júlia quase fuzilando ela com o olhar.

- pode sim seus pirralhos de 7 anos.

Ele sai andando e nois 3 saímos dando risada cada um com seu veículo até a casa de Roger.


Notas Finais


❤️♥️🧡💛💚💙💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...