História Is it Love? Daryl - Amor, Desejo, Perigo. - Capítulo 66


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 59
Palavras 1.880
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem ♥️♥️♥️

Capítulo 66 - Preparada para tudo...


Fanfic / Fanfiction Is it Love? Daryl - Amor, Desejo, Perigo. - Capítulo 66 - Preparada para tudo...

Hoje era o grande dia da festa de Dona Ella, ia vim muitas pessoas a maioria de outras gangues e também uns amigos.

- Luna essa roupa ficou linda em você.

Eva entra no quarto em que eu estava e ela estava com um vestido preto colado super lindo.

- e você está maravilhosa com esse vestido.

- pensei que você ia usar um vestido também.

- eu não trouxe muito vestido muito menos para essa ocasião.

Retoco um pouco a maquiagem e a Eva se deita na minha cama ela meche em meu celular e sorri.

- então esse é seu namorado?

Ela mostra a foto minha e do Daryl eu estava beijando ele e nesse dia a gente tinha saído e tinha se divertido bastante.

- você sente saudades dele?

- sim muito.

Ela se levanta e me entrega o celular.

- liga para ele.

- mais e se ele estiver lá no racha onde o Justin está?

- se ele não te atender é porque está lá então tenta.

Disco o número dele e espero ele atender, Eva sorri e se aproxima do celular para ouvir.

- alô?

A voz dele como eu senti falta dessa voz, me encho de felicidade e meu coração começa a bater rápido.

- D-Daryl?

-Luna!?

- sim sou eu.

- meu amor você está bem?

- sim eu estou mais, como estão as meninas?

- o Justin invadiu a casa e trouxe a Jasmin para cá.

- eu sei um dos capangas dele me achou e tentou me matar mais estou bem, e a Maria?

- ela...

Ele faz um silêncio que me faz ficar preocupada.

- oque ele fez com Maria?

- Luna...

- ele...

- sim ele matou a Maria.

Essas palavras fez meu chão desmoronar, a Maria ela era como uma mãe para mim eu não acredito.

- Luna eu sinto muito.

Desligo o celular e deixo ele cair no chão, minhas pernas ficam bambas e eu caio de joelhos no chão, Eva me segura e se ajoelha do meu lado.

- ele... Matou ela.

Aperto minhas mãos com raiva e minhas lágrimas eram de ódio.

- eu tenho que voltar.

- você não pode.

- SE EU NÃO VOLTAR VÃO TODOS MORRER!

Grito com a Eva e ela se afasta de mim, me levanto e me sento na cadeira.

- me desculpe eu...

- tudo bem a gente vai salvar seus amigos mais hoje não dá temos a festa e se conversamos com a Dona Ella, a gente pode convencer ela de ir amanhã para Nova York.

Ela seca minhas lágrimas e retoca minha maquiagem.

- obrigado por sempre me ajudar e por sempre estar do meu lado.

- eu que agradeço por ter uma amiga como você, mais agora sorria e pense que a Maria deu a vida por você e que ela está em um lugar melhor.

- é você tem razão.

Saímos do quarto e vamos para o salão onde tinha várias pessoas e muitas eu não conhecia.

- Luna!

Dona Ella se aproxima com algumas pessoas.

- esses são uma gangue que me ajudou e que vai te ajudar a conseguir sua gangue devolta.

- é uma honra te conhecer senhorita Luna.

Um homem moreno de olhos verdes pega minha mão e a beija, ele olha para Eva e não tira os olhos dela e também cumprimenta ela.

- o prazer é meu.

- bom meninas se divirtam.

Dona Ella vai para a multidão e o moço que falou comigo estava agora falando com Eva, resolvi deixar eles ali e fui até o bar pegar uma bebida e ficar um pouco sozinha, mais alguém se senta do meu lado e era apenas o Edu.

- a Eva te deixou sozinha.

- ela está com outra pessoa.

Ele sorri e bebe sua bebida.

- eu sinto muito pela Maria.

Bebo toda minha bebida de uma vez e o Edu me olha espantado.

- não vai se embebedar.

- eu não vou me embebedar.

- então quando pretende voltar?

- amanhã.

Ele quase se engasga com a bebida e me olha como se eu tivesse falado a coisa mais absurda do mundo.

- você sabe que demora até uns 2 dias para arrumar tudo.

- eu não posso mais esperar esses 2 dias.

Bato na mesa com raiva e Edu segura minhas mãos me tranquilizando.

- eu sei que você quer salvar todo mundo mais amanhã a gente nem se preparou.

Largo minhas das suas e me levanto da cadeira.

- eu nasci preparada e se ninguém vai ir comigo eu vou sozinha.

Vou para outro lugar e encontro um canto vazio onde tinha ninguém, então eu vejo um labirinto eu não tinha visto esse lugar, olho para todos os cantos para ver se não tinha ninguém me observando e entro no labirinto, ele leva para algum lugar mais o problema é descobrir como passar esse labirinto. Fico um tempo andando por ele até que me canso e fico perdida sem saber onde ir, me sento no chão e começo a chorar eu estava perdida e não conseguia sair porque eu andava e sempre ia para o mesmo lugar.

- já desistiu?

Me assusto e quando me levanto vejo a minha vó.

- vó você...

- você não pode simplesmente ficar sentada chorando tem que continuar.

- eu... Não consigo.

- mais você nem prestou atenção para onde estava indo, você está com a mente cheia e...

- e para eu sair daqui tenho que esvaziar a minha mente e apenas focar no labirinto.

- que? Não, você tem que ir aonde seu destino te levar.

- mais como que eu sigo meu destino?

- você tem que acreditar em si mesma, porque está insegura e imaginando que não vai conseguir, mais você vai acreditar em você e continuar.

- eu não consigo sozinha.

- você não está sozinha.

Maria aparece e fica do lado da minha vó.

- vocês estão mortas como...

- só você vê a gente e quando precisa de ajuda a gente aparece para te ajudar.

- eu só posso estar ficando louca.

- Luna você tem que salvar a todos e a Jasmin não fica com qualquer um, e se ela não parar de chorar ela vai fazer o Justin ficar com raiva e vai fazer algo com ela.

- eu sei eu preciso voltar amanhã, mais ainda não falei para a Dona Ella.

- então você vai falar com ela, e como uma líder você vai olhar nos olhos dela e vai falar bem firme, eu sou Luna Carter e como líder vamos todos voltar amanhã e salvar minha gangue e eu vou proteger todo mundo mesmo se eu estiver machucada ou quase morrendo.

Suspiro exausta eu não sabia oque fazer eu estava confusa.

- olha Luna sua vó tem razão, faça isso eu sei que vão te ajudar.

- Certo! Eu vou fazer e se ninguém me ajudar eu vou sozinha.

- eu sei que a Dona Ella vai te ajudar.

- mais e agora como eu saio desse labirinto?

- siga o som.

- som? Mais que som?

As duas somem e eu fico novamente sozinha no labirinto.

- certo Luna você vai seguir o som mesmo que não esteja escutando na...

Então eu ouço algumas vozes susurrando e vinha pelo lado esquerdo do labirinto.

- siga o som.

Eu seguia todos os sons e em minutos chego em outro lugar que tinha uma caixa dourada, me aproximo lentamente da caixa e tento abrir mais precisava de uma chave, na verdade uma chave redonda?

- aí meu deus o baú.

Levo um susto com minha vó.

- oque tem dentro?

- abra.

- eu não tenho a chave.

- a chave é o medalhão que você tem no pescoço.

Abro meu medalhão e olho a foto dos meus pais junto com minha irmã que tinha 4 anos e eu era apenas uma bebezinha.

- é só colocar ela ali e o baú vai se abrir.

Coloco meu medalhão no baú e um leve brilho aparece sobre a caixa que logo abre.

- uau.

Tinhas umas armas todas decoradas, fotos, ouro mais outros pertences.

- esse baú é onde eu guardava todas os meu pertences.

Pego uma das armas e elas eram meio pesada.

- você vai usar essa arma é como um presente.

- nossa essa arma é linda.

A arma tinha uns detalhes de prata e uns desenhos pretos.

- e as fotos?

- são de seus pais, de quando eu era de outras gangues etc...

- você era bem bonita.

- todos me conheciam pelo cabelo, eu pintava ele de roxo nas pontas e fazia um penteado do lado bem bonito.

Olho as fotos da minha vó e realmente ela tinha um cabelo lindo.

- então foi assim que você era conhecia senhora Sharon.

No baú tinha um colete de balas que tinha o nome da minha vó.

- um colete personalizado legal.

- você também tinha um.

- eu tinha?

Ela aponta para o baú e tinha um colete escrito meu nome.

- mais eu...

- eu ia dar para você mais não deu tempo.

Pego o colete novinho e era lindo demais.

- vó é lindo.

- então você tem que voltar leve só algumas coisas do baú e não deixe ninguém ver.

Pego uma bolsa que tinha no baú e coloco todos os pertences que vou usar e também umas fotos e um pouco do ouro vou precisar para comprar mais outra casa.

- agora tenho que voltar e também tenho que seguir os sons?

- sim mais antes.

Uma pessoa sai de trás da minha vó e fico feliz.

- Jassie?

Minha irmã aparece e eu corro e abraço ela.

- vocês 3 como... Eu consigo ver vocês?

- dom de família.

Minha vó fala isso como se fosse normal.

- dom de família? E como eu não sabia disso.

- Luna você não sabe de quase nada.

- logo a mamãe vai contar para você.

- mais lembrando só os familiares podem saber já seus amigos não podem.

- gente eu tô muito confusa eu... Vou indo.

- tabom, não vejo a hora de ver minha pequenina.

- você aparece para a Jasmin?

- sim ela é da família e quando crescer vai fazer maravilhas como você.

- ela está bem porque o Justin pegou ela.

- ela está bem vou sempre proteger ela e você.

Ela pega minha mão e me entrega um medalhão.

- dá para ela esse medalhão, e quando ela abrir ela vai ver sempre minha foto com ela.

- tabom.

- Luna corre estão procurando por você, siga os sons.

Todas somem e eu sigo os sons para sair do labirinto.

Saio do labirinto e volto para o quintal da casa.

- Luna eu estava te procurando.

Edu vem até mim e fica olhando para minha bolsa.

- e essa bolsa?

- e... Só estou me arrumando para amanhã.

- na hora da festa? 

- sim porque não sei que horas vou ir embora.

Ele me olha desconfiado mais logo me puxa pelo braço e faz eu andar com ele.

- então guarda essa bolsa e vai para o jantar estão todos na mesa e só tava faltando você.

- certo já estou indo.

Vou guardar minha bolsa no quarto para ir jantar, porque sei que vou ter uma longa noite...





Notas Finais


Até o próximo ♥️❤️💙🖤💛🧡💚💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...