História Is it love ? Drogo - Capítulo 66


Escrita por:

Postado
Categorias Lendas Urbanas
Personagens Personagens Originais
Visualizações 46
Palavras 1.108
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção Adolescente, Luta, Poesias, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Adultério, Álcool, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Desculpe pela demora
Notas finais depois, okay?
love you guys!

Capítulo 66 - Important discoveries


Fanfic / Fanfiction Is it love ? Drogo - Capítulo 66 - Important discoveries

Acordo com meu corpo sendo levantado e logo sendo envolvido por dois braços. O que está acontecendo aqui?

Abro meus olhos e vejo uma silhueta familiar. Stefan. Ele estava andando para algum lugar. Logo sinto meu corpo sendo colocado em um lugar macio e Stefan se sentar do meu lado

Stefan: bom dia – ele me dá um beijo – dormiu bem?

Annie: sim – dou um sorriso sem mostrar os dentes

Stefan: vou preparar alguma coisa pra gente comer, você deve estar com fome – ele me deu um selinho e foi até a cozinha. Olho ao meu redor e vejo que as cortinas estão todas fechadas deixando que poucos raios solares invadissem a casa

Vejo que a televisão estava passando o jornal de Mystic Falls, até que de repente aparece na tela: Damon e Louise atacam novamente assassinando 2 pessoas nessa madrugada. Os corpos das vítimas foram encontrados em uma caçamba de lixo. Ambos foram filmados pelas câmeras de segurança dos moradores. Até agora a polícia ainda não os encontrou e, caso alguém, tenha os vistos entre em contato com a polícia!

Eles não vão parar até não acharem o suficiente e quando eu falo o “suficiente” quero me referir a mim e a minha família

Cansada de ficar sentada assistindo o jornal vou até a cozinha e encontro Stefan de costas pegando alguma coisa no armário. Chego perto dele e o abraço por trás sentindo seu cheirinho de menta

Stefan: qual você prefere. Requeijão ou margarina? – ele me pergunta

Annie: requeijão – disse ainda abraçada com ele – Stef, eu quero ajudar

Stefan: eu já terminei – ele disse se virando para mim com dois pratos – quer suco? – nego com a cabeça – então vamos

Fomos até a enorme bancada e nos sentamos. Stefan me entrega meu sanduiche e logo começamos a comer

Stefan: sabe, eu senti falta de uma camiseta – ele me olha

Sim! Eu levei a camiseta dele pra minha casa caso eu sentisse falta dele

Annie: não sei do que está falando

Stefan já sabia que foi eu. Como? Simplesmente pelo fato de eu não saber mentir em certas horas. Ele olhou para mim e começou a rir sem parar

Stefan: eu sei que foi você moranguinho

Annie: está tão obvio assim?

Stefan: um pouco

Terminamos de comer e literalmente a gente se jogou no sofá. Fiquei deitada em cima do Stefan assistindo televisão com ele. Já as mãos de Stefan estavam de baixo da minha blusa fazendo carinho nas minhas costas

Stefan: o que quer fazer hoje?

Annie: queria ficar à toa aqui com você, mas depois do almoço tenho que ir pra casa – olho para ele e faço biquinho

Stefan: tenho um lugar para te mostrar – ele se levanta ainda comigo no seu colo e o mesmo logo me coloca em suas costas

Stefan abriu a porta de vidro que deu acesso a um enorme quintal lindo que logo mais à frente tinha uma floresta encantadora. Mais aí cai minha ficha que eu estava apenas com meu sutiã, a box do Stefan e sua camiseta

Annie: Stefan! Seus vizinhos

Stefan: relaxa, eles moram em frente à minha casa, aqui ninguém consegue olhar – ele disse continuando andando

Stefan entrou em um caminho de pedras e, logo percebi que estávamos dentro da floresta. Passamos por inúmeras flores maravilhosas e insetos bonitinhos. Mais venhamos e convenhamos, alguns insetos são feios!

Stefan: chegamos – ele para

Olho para frente e vejo um lago rodeado por arvores e logo acima uma abertura onde a luz do sol refletia na agua limpinha

Stefan: quer entrar?

Annie: mais é claro que sim!

Desço das costas do Stefan, pego nas suas mãos e entramos nesse lago. A agua estava quentinha. Como isso é possível?!

Stefan fica na minha frente encarando meus lábios. Sem aviso ataco seus lábios macios começando um beijo calmo e desejado

As mãos de Stefan passeavam pelo meu corpo. Seu toque me deixa louca em um piscar de segundos. Como pode ser tão perfeito?

Parai o beijo quando escuto uma voz familiar um pouco tanto longe. E são nesses momentos que eu agradeço minha audição maravilhosa

Saímos do lago e começamos a seguir essa voz. Andamos um pouco e paramos em uma casa simples de madeira. Fomos para perto da janela e olhamos dentro vendo duas pessoas bem conhecidas por mim. Damon e Louise.

Damon de repente anda em direção a porta. Toco no Stefan e faço nos dois ficarmos invisíveis antes que seja tarde demais

Damon: vamos Louise! Eu quero mais sangue

Louise: espera seu apressado – ela dá um selinho nele e logo os dois saem na velocidade vampírica do Damon

Achei o esconderijo seus babacas!

Ficamos normal novamente e entramos dentro dessa casa vendo uma cama de casal, um frigobar, uma televisão e um quadro de costas para nos

Annie: espera um pouco – viro esse quadro e me surpreendo com o que vejo

Havia todo um esquema com fotos da minha família e amigos e no centro de tudo estava eu, mas o que me chamou mais atenção foi que não havia nenhuma foto do Josh. Isso significa que ele não está na mira deles! Isso é ótimo

Annie: está com seu celular?

Stefan: sim – ele tira do bolso, desbloqueia e me entrega

Coloco na câmera e tiro foto do quadro inteiro e logo depois entrego para Stefan. Comecei a vasculhar a casa e rapidamente encontro dentro do frigobar inúmeras bolsas de sangue e, acredite, não são tiradas de laboratórios

Paro de vasculhar quando sinto alguma presença vindo. Toco no Stefan e faço nos dois ficarmos invisíveis novamente. Logo a porta e aberta por Damon. Ele olha tudo e vai até o quadro

PUTA MERDA! EU DEIXEI DESVIRADO! AI CARALHO

Damon: Louise?

Louise: fala

Damon: acho que alguém esteve aqui – ele se vira para ela – o quadro está virado

Fudeu geral

Louise: acho que fui eu, tive que colocar a foto da vadiazinha da Annie

Minha vontade é de pular no pescoço dessa vaca parida e arrancar todos os órgãos do corpo dela e faze-la sofrer até o fim

Damon: vamos agora?

Louise: sim

Eles saem fechando a porta com força

Annie: vamos sair daqui invisíveis, okay?

Stefan: ok

Saímos da casa invisíveis e fomos correndo para a casa do Stefan. Acho que eles não sabem que essa é a casa do Stefan e realmente agradeço por isso

Stefan fechou o portãozinho que dava aceso a essa floresta a trancando e colocando uma mesa extremamente pesada na porta, ou seja, agora estamos seguros

Corremos para dentro e logo fomos para o quarto dele nos jogando na cama. Abraço Stefan e ali ficamos olhando um para o outro

O jogo está apenas começando

 

 


Notas Finais


oi meus amores do meu coração
tudo bem?
ANUNCIANDO 2 COISAS MEGA IMPORTANTES
Primeiramente: a fanfic - como alguns de vocês sabem - esta chegando ao fim *---*
e a segunda coisa é bem interessante! Farei a partir de amanha uma maratona de episódios. Um episodio por dia e, caso eu conseguir, posto dois, okay?
Alem disso os episódios iram sair com 1.500 palavras no máximo, quem sabe 1.800
Comenta aí o que você esta achando dessas descobertas da Annie, o jogo esta rolando com o tempo, não é mesmo?!
Beijinhos na bundinha de vocês
Ate amanha com um episodio saindo do forninho para vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...