História Is it love Gabriel - a grande conquista - Capítulo 30


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Drama, Romance
Visualizações 89
Palavras 649
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Helloooo peaplos! Mais um capítulo feito com muuiito amor! Espero que gostem e BOA LEITURA ♥

Capítulo 30 - Chegando em San Francisco


Fanfic / Fanfiction Is it love Gabriel - a grande conquista - Capítulo 30 - Chegando em San Francisco

*** NARRADO POR GABRIEL

Chegando em San Francisco fomos direto para o hotel, Cassyd ficou o tempo todo encostando em mim e com a desculpa de que estava  desconfortável em sua poltrona se apoiou um pouco em mim, não gostei muito mas fiquei sem graça em afasta- lá.

Meio dia temos um almoço de negócios com alguns investidores, depois uma reunião a tarde e finalmente a noite poderei descansar. Lou ainda não me respondeu deve estar ocupada.

*** NARRADO POR LOUIZA

- Bom dia filho!! Mamãe hoje é toda sua! E... Eu fiz uma lista de atividades para a gente! - Pomodoro abana o "rabo" dando pulinhos de alegria, até parece que ele me entende.

Depois de alimentar Pomodoro coloco minha roupa esportiva e o prendo em sua coleira, descido leva lo a um passeio ao parque. 

Passamos a manhã toda no parque, já são quase duas da tarde e sinto meu estômago roncar. Hora de voltar para casa! Este tempo foi realmente muito bom, aproveitei para esfriar um pouco a cabeça pois dês de que Gabriel me disse que iria viajar com a " miss silicone" não parei de pensar no que poderia acontecer.

Chegando em casa pego meu celular e vejo que há várias mensagens.

" Princesa, vamos todos ao show do Collin la no The Last club o que acha de vir também? " - Diz Matt, ótima idéia! 

" Claro Matt, que horas? " - Eu respondo.

Não demora muito chega sua resposta.

" As nove. Nos encontramos lá?" 

" Pode crê" - Respondo brincalhona.

Percebo outras mensagens são de Gabriel... Uma diz que ele estava prestes a embarcar e com saudades e a outra com pontos de enterrogação. Então decido ligar, espero não estar atrapalhando. Chama algumas vezes até que alguém atende.

" Já com saudades? - Eu brinco."

" Sempre. Por onde estava que não me respondeu?"- Ele tem o tom repreensível.

" Em um compromisso inadiável com Pomodoro. - Escuto ele rir do outro lado da linha.

- "E você... Como anda as coisas por aí?"- Pergunto curiosa.

" Bem... Acamos de terminar o almoço com os inventores e as cinco temos uma reunião e então estou livre para conversar a noite toda com a minha linda. - Meu coração gela.

" Acho que você vai ter que mudar seus planos pois essa noite vou ao show do Collin com a galera." - Ele suspira, parece irritado.

" Tudo bem então, agora tenho que ir, até amanhã." - Ele diz secamente.

" Até amanhã." - Respondo bem baixinho, é incrível como nossas conversas passam de quente ao frio, hora cheia de amor hora tão secamente.

             *****

Já passa das nove e eu estou super atrasada para o show depois da conversa com Gabriel fiquei meio para baixo, ele não ficou contente em saber que eu iria sair com o pessoal, mas o que ele quer? Que eu seja uma prisioneira? Jamais! Me arrumei maravilhosamente, realmente estou de matar! Vou ao encontro dos meus colegas.

*** NARRADO POR GABRIEL

Saber que Louiza vai sair sem eu estar por perto me deixa inseguro, a ideia de ter ela rodeada por outros homens me enfure. 

Depois de um banho ando de um lado para o outro pensando se ligo ou não para me desculpar da forma grosseira na qual me despedi, ouso batidas na porta, vou ver que é.

- Cassyd... O que faz aqui? - Ela está vestinda para noite e me encara sorrindo.

- Vim te fazer um convite. -  Sua cara é casual.

- Um convite? - Estou confuso.

- Sim... Como não temos mais nenhum compromisso o que acha de sairmos para beber alguma coisa? - Faço sinal de negativo com a cabeça. - A qual é ... Só uma bebida e a gente volta! - Ela insiste, será que devo aceitar? Ela não parece convidar por maldade, ela parece sozinha...

 

 


Notas Finais


Eaaaaaaaiiii? Sera que Gabriel vai aceitar o convite da siliconada? Se caso aceitar o que a Lou vai pensar sobre isso? Espero que tenham gostado e ATE A PROXIMA ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...