História Is it Love? Matt - Ainda existe amor? - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Is It Love?
Personagens Matt
Visualizações 17
Palavras 940
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem da história ❤️❤️

Capítulo 1 - Nunca mais amar.


Fanfic / Fanfiction Is it Love? Matt - Ainda existe amor? - Capítulo 1 - Nunca mais amar.

Eu estava mechendo em meu computador quando chega uma mensagem, abro ela e era da empresa onde eu mandei meu currículo.

- Jack uma mensagem da empresa - falo toda feliz mais Jack não estava ligando nem um pouco para mim.

- nossa oque diz? - ele continua grudado no celular sem me olhar.

- eu fui contratada, amanhã vou para Nova York. - falo meio triste, Jack estava diferente depois que enviei esse currículo para a empresa, nesses últimos 2 anos ele nunca ficou assim comigo e isso me deixa super irritada.

- vou sair os caras estão chamando. - ele beija minha bochecha e sai do quarto.

Sinto uma lágrima escorrer pelo meu rosto, isso está estranho ele não me trata como antes, com amor e doçura, agora parece que sou uma grande desconhecida para ele. Pego meu celular e ligo para minha mãe.

- alô?

- oi mãe, eu fui aceita na empresa.

- meu amor eu estou super feliz por você, finalmente vamos poder nos ver denovo.

- sim estou super feliz que vou morar com você denovo. - minha voz era desanimada por conta do Jack.

- querida aconteceu alguma coisa? Você não está feliz que ganhou o emprego? - minha mãe me conhece bem e sabe que aconteceu alguma coisa.

- é só o Jack ele está estranho comigo, não me trata como antes. - ouço minha mãe suspirar.

- Vic, porque você ainda continua com ele? - minha mãe nunca gostou de Jack e não sei o porque.

- eu amo ele mãe.

- e onde ele está agora? Do seu lado ou dando umas escapadinhas por aí? - minha mãe tinha um pouco de razão Jack pode estar me traindo porque ele sai quase todo dia e nunca temos tempo para nois dois.

- ele saiu falando que os amigos dele o chamaram.

- filha acorda ele não deve estar com nenhum amigo, aliás você já viu ele com algum?

- não nunca vi - Jack falou que não era um homem de muita amizade e que não tinha amigos, mais depois falou que se envolveu com uns homens que encontrou em uma festa.

- vá atrás dele e veja oque ele faz, e depois vem para Nova York vou estar te esperando.

- certo.

Desligo o telefone e penso em tudo que minha mãe falou, vou seguir Jack e descubro para onde ele vai todos os dias. Desço até a sala e encontro Jack falando no celular, me escondo e tento ouvir.

- vou estar aí daqui a pouco. - ele se senta no sofá e se alonga sorrindo como um bobo. - veste aquela lingerie que tanto amo. - oque? Lingerie ele está realmente me traindo? Minha mãe tinha razão ele nunca me amou foi só para ter dinheiro e agora eu não tenho dinheiro nem para comprar uma roupa.

- eu estou com o dinheiro para te pagar e vou ter você a noite toda como prometido.

Eu não aguento mais ouvir isso, subo as escadas e vou para meu quarto pego as malas e coloco minhas coisa, eu estava cega pela raiva eu queria bater nele até eu não aguentar mais, como ele pode? Me trair depois de tudo que eu fiz.

- você não ia para Nova York só amanhã? - ele estava encostado na porta com os braços cruzados olhando minhas coisas.

- eu ia mais prefiro ir hoje para não ver mais você seu idiota! - falo com toda minha raiva e aperto meus punhos.

- calma ai porque está assim? 

- você acha que eu sou idiota? Acabou tudo Jack, eu fui burra por acreditar em você. - ele se aproxima e tenta me segurar mais me afasto. - não se aproxima.

- não estou te entendendo Vic. - do risada e sinto minhas lágrimas escorrendo sobre meu rosto.

- eu sei que está me traindo, e que por esses dois anos esse amor não existia, você ficou comigo por conta do meu dinheiro seu... - chuto a cômoda e os perfumes e quadros caem no chão.

- é eu fiquei com você por conta do dinheiro e eu sentia algo por você, mais depois isso foi sumindo.

- claro sumiu porque meu dinheiro acabou, se eu ainda estivesse com todo aquele dinheiro que minha mãe me deu você ainda estaria comigo. - me aproximo dele e dou 2 tapas em seu rosto. - seu cretino espero que você queime no inferno.

Volto a colocar minhas coisas na mala e ele continuava na porta me olhando. Depois de tudo arrumado olho para ele que estava com as marcas da minha mão em seu rosto, me aproximo da porta para sair mais ele tampa minha passagem.

- me deixa sair! - Jack me puxa e beija meus lábios, eu não sentia nada apenas nojo. Afasto ele e do mais um tapa em seu rosto. - você ficou louco?

- você não sentiu nada? Não sentiu oque eu senti?

- eu senti nojo, e você nunca sentiu nada.

Pego minha mala e saio do quarto, Jack chamava meu nome mais eu não ligava apenas queria sair dessa casa e nunca mais ver a cara desse homem.


Falei com minha mãe e ela comprou minhas passagens, vou para meu avião e me sento no lugar e começo a lembrar de tudo. Um flash de memórias vem em minha mente, os momentos que tive com Jack, a minha primeira vez que me entreguei de corpo e alma para ele. Olho para a janela do avião e observo as nuvens, eu nunca mais vou amar ninguém, o amor não existe mais para mim.






Notas Finais


Será que Victória vai amar novamente?
❤️❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...