História Is it love Matt - Capítulo 41


Escrita por:

Postado
Categorias Is It Love?
Personagens Matt
Tags Amor, Daryl, Energia, Jogo, Love, Matt, Minegame, Ortega, Romance
Visualizações 397
Palavras 1.436
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 41 - O Reencontro


Fanfic / Fanfiction Is it love Matt - Capítulo 41 - O Reencontro

Manuella

 

Como um flashback eu volto a cena onde eu vir as mensagens do Alaric, ou Bryan eu não sei como devo falar dele agora, mas as mensagens eram recebidas por uma tal de Lana, e esse é o nome da garota que está com o Daryl Lana, será que é ela? Ela nós fez passar por tudo isso.

Eu fico parada a encarando, Lisa mim da um toque no braço.

- Ei tudo bem?

Ela diz me olhando preocupada.

- Temos que conversar sobre varias coisas Lisa, tenho muito a lhe contar.

- Vou dormir na sua casa hoje então.

Aceno a cabeça positivamente, eu realmente estou precisando de uma atenção, de uma pessoa para estar do meu lado nesse momento.

Nos aproximamos e eles param de discutir.

- Tudo bem com o Matt Daryl?

Digo tirando meus olhos da moça e levando ao Daryl.

- Ah sim, quer entrar? Ele está sozinho, mas tem que entrar um por vez.

- Ele está acordado?

- Estava quando sai do quarto.

Eu concordo, mas a moça fica irritada e aumenta seu tom e fala encarando Daryl

- É a minha vez de entrar, eu estou aqui o dia todo esperando para vê-lo, eu vou entrar agora.

Ela se vira e da um passo em direção a porta, mas Daryl segura com força pelo braço.

- Porra Lana, você não vai entrar de jeito nenhum, não escutou o que o médico disse, uma reaparição como essa não é boa para meu irmão. Já está dedico vai embora daqui.

- Eu não vou a lugar nenhum sem ver o meu Matt Daryl

- Manu

Daryl se dirige a mim.

- SIM

Digo um pouco assustado por a discursão deles, quem essa garota pensa que é? Meu Matt? só pode está louca.

Fazendo confusão com o irmão do Matt

- Pode entrar na sala, para vê-lo.

Daryl diz.

- Na verdade eu vou deixar que o Colin ou a Lisa veja ele primeiro, na verdade eu gostaria de falar com você.

- Ok, você fique aqui quitina Lana. Vamos até a cafeteria Manu, estou precisando de um café forte.

- Lisa, vá visita-lo

Minha amiga concorda se dirige a sala e entre.

Matt vai até a moça que esta trabalhando na recepção eu o acompanho e ele diz.

- Por favor senhorita, aquela moça ali

Ele aponta para Lana, e recepcionista olha para ela.

- Aquela moça, não pode entrar no 215 para ver meu irmão.

- Qual seu nome senhor?

- Daryl Ortega.

- E o nome da moça não autorizada?

- Alana

- Ok senhor Ortega, ela não tem permissão para visita-lo

- Obrigado

Ele diz e a moça sorrir gentilmente para ele, e saímos para ir até a cafeteria.

- O que está acontecendo Daryl?

- É uma longa historia Manu, vou deixar que o Matt te conte quando ele estiver pronto.

- Quem é essa moça, eu preciso saber Daryl.

- É uma ex namorada do Matt, isso é tudo que poso lhe dizer.

- Puta que pariu ex namorada.

Levo minhas mãos para meu rosto, e respiro fundo tentando me acalmar.

- O que Manuella?

- Eu posso está errada Daryl, mas essa mulher está manipulando minha vida a alguns meses.

- O que você esta falando?

- Eu estava namorando um rapaz, Alaric, bom na verdade descobri que ele se chama Bryan, ele estava me usando, e influenciada por ele eu e o Matt terminamos.

- Que Loucura é essa Manuella? Isso não faz sentido algum, e o que tem haver com a Lana?

- Eu peguei mensagens no celular dele e o nome do contato era Lana, ela dizia nas mensagens que eu e o Matt tinhas que nos separar.

- Essa puta.

Ele da um soco na mesa, irritado.

- Calma Daryl você tem que me explicar agora quem é essa garota?

- Ela e o Matt namoraram, eles sofreram um acidente e ela foi dada como morta a 2 anos atrás, agora recorrigiu das cinza querendo ver o Matt, mas o Matt pensa que ela está morta.

- E porque ela apareceu só agora?

- Isso é o que eu preciso descobri, vamos voltar, eu não confio naquela mulher.

Voltamos ao hospital e Lana continua sentada no mesmo banco que deixamos, Lisa está do lado de fora do quarto do Matt, e Colin suponho que esteja lá dentro, me aproximo dela.

- E ai como foi? Ele te reconheceu?

- Sim, ele disse que está bem, e também perguntou de você.

- De mim?

Me animo, e um sorriso surge no meu rosto.

- É, ele disse que estava ainda sobre efeito de anestesia quando você veio aqui, e teve uma rápida perda de memoria.

- E o que você disse a ele?

- Que você estava aqui, para vê-lo, mas que só poderíamos entrar um por um.

- Ele está realmente bem?

- Bom apesar das manchas de machucados no rosto, ele é forte.

- Sim, ele é.

A porta abre e o Colin sai.

- Ele está te esperando.

- Obrigada Colin

Abro a porta e entro no quarto, Vejo Matt sentado, ele sorri assim que me ver.

- Oi Matt.

- Oi princesa.

- Que bom saber que lembra de mim

Conforta meu coração saber que ele sabe meu nome, lembra de mim, me sinto preenchida.

- Eu nunca poderia me esquecer de você, eu lembro que a anestesia estava tomando parte do meu corpo e eu esqueci, Mas não durou muito tempo, desculpe.

- Você não tem que se desculpar.

Digo me sentando na ponta da cama

- Como você está?

- Eu que deveria fazer essa pergunta né?

- Não muito bem, com umas dores em algumas partes do corpo, um pouco machucado mas vou ficar bem.

- tenho certeza que vai Matt.

- E o seu namorado veio com você?

- Não, eu não namoro mais.

- Não?

Ele diz rápido e com um sorriso.

- Não, nós conversaremos sobre isso depois.

- Mas eu sai da empresa e vocês estão no carro, digo se beijando, no maior romance, não tem que dizer as coisas para não me ferir Manuella, eu entendo eu perdi você para ele, eu tenho que aceitar. Confesso que não lidei muito bem quando vir a cena, sai em elta velocidade e aqui estou eu.

- Não me faça sentir mal Matt.

- Mas não tem que se sentir, a culpa foi toda minha, em tudo, em perder você, o acidente.

- Não diga isso!

- O que?

- Que você me perdeu, não é verdade, eu estou aqui com você, eu que quase o perdi.

Eu pego sua mão e coloco sobre minha perna abaixo da minha mão, ele olha por um minuto a cena e depois volta a encontrar meus olhos, e sorri.

- Obrigada por está aqui.

- Eu que agradeço Matt, por estar aqui também, quer dizer não precisava ser no hospital, mas quer dizer está vivo, não que eu esperasse que você morresse, mas..

Ele sorri

- Tá eu já entendi.

Batem na porta e o Matt diz para entrar.

O Daryl aparece com a cabeça na porta.

- Tudo bem? Posso falar com meu irmão um minutinho?

- Ah Claro.

Digo levantando da cama para sair. Mas empurram completamente a porta é a vadia da Lana posso escutar a voz dela

- Você não vai me impedir de vê-lo Dary.

Ela aparece na porta e o Matt fica branco feito papel ele diz.

- LANA?

- Oi meu amor, eu estou aqui com você

Ela se aproxima da cama e Matt parece está diante de um fantasma.

Ele desmaia e o Daryl chama a enfermeira que chama o médico, e ela ordena que todos saiam do quarto.

- Ótimo papelão Lana, você quase mata meu irmão.

- Eu precisava vê-lo

- Só agora? Depois de 2 anos você resolve que precisa vê-lo?

- Escuta aqui, você não sabe o que passei, quem é você para me julgar? Devo explicações ao meu Matt e não a você

O médico se aproxima e eles se calam.

- Boa noite, foi um longo dia cheio de emoções para o senhor Ortega hoje, a visita dele está temporariamente encerrada, amanhã faremos um cronograma, mas por hora é só, ele teve um desmaio devido ao desgaste emocional, então sugiro que vão para suas casas e amanhã voltem para saber das noticias, ok? Boa noite a todos.

- Obrigada Doutor.

Digo, respirando fundo e cruzando os braços.

- Eu não saio Daqui

Lana diz me encarando e ao Daryl também.


Notas Finais


Capítulos de segunda a sábado, um por dia.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...