História Is it love Matt - Capítulo 46


Escrita por:

Postado
Categorias Is It Love?
Personagens Matt
Tags Amor, Daryl, Energia, Jogo, Love, Matt, Minegame, Ortega, Romance
Visualizações 420
Palavras 1.544
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 46 - A Cabana


Fanfic / Fanfiction Is it love Matt - Capítulo 46 - A Cabana

Manuella

 

Acordo bem feliz relembrando a noite passada, o sorriso não sai do meu rosto, passo uma mão na cama e viro paro o lado que o Matt está, mas não sinto ninguém, abro meus olhos com o susto e sento na cama. Tusky pula na cama para me da bom dia.

- Matt?

Grito mas ninguém me responde.

- Bom dia filho

Faço carinhos no tusky e ele parece bem feliz, me levanto da cama para procurar pelo meu moreno, nada no banheiro e nem na cozinha.

- Matt? Onde você está?

Onde ele se meteu agora, pego meu celular para ver se surgiu alguma emergência e ele me mandou mensagem, mas não há nada no celular.

Batem na porta e eu me do conta que estou nua caminhando pela minha casa, batem novamente na porta e eu rapidamente visto um vestido folgado e vou atender, espio no olho magico meio resiosa mas esperançosa que seja o Matt, mas é a Lisa, o que ela faz aqui a essa hora? E nem me avisou? Abro a porta e ele me da o seu melhor sorriso.

- Bom dia dorminhoca, como está?

Passo as mãos em meus olhos na tentativa de despertar completamente.

- Entre Lisa? Ta tudo bem?

Ela entra e eu fecho a porta.

- Ah claro tudo ótimo, eu só vim buscar o garotão.

Tusky pula na Lisa assim que a ver.

- Ah Oi lindinho vamos passar o fim de semana juntos.

- Ah porque Lisa?

Cruzo meus braços e olho para Lisa com duvidas.

- Como assim porque? Você vai sair com seu gato. Tem café nessa casa?

- Eu acabei de acordar e está tudo meio confuso gata, então você vai ter que traduzir.

Lisa se levanta do chão onde fazia carinho no tusky e caminha até a cozinha, e põe agua na cafeteira.

- Isso significa que não tem café, vamos lá, preciso de um pouco de cafeína já que fui tirada da cama.

Eu sorrio para Lisa ainda com meus braços cruzados e fazendo sinal de negação com a cabeça.

Até que meu telefone toca, é o Matt.

- Matt?

- Oi princesa, dormiu bem?

- Muito bem obrigada, agora você faria a gentileza de me explicar porque fui tirada da cama a essa hora e querem sequestrar meu cachorro?

Lisa coloca a mão no peito, fazendo cara de falsamente ofendida.

- Ah nós vamos viajar esse fim de semana, então a Lisa já chegou que ótimo, faca um pequena mala com algumas peças de roupa para o fim de semana, daqui 30 minutos chego aí.

- Viajar como assim?

- Ah não preocupe vai dar tudo certo.

- Porque não me avisou antes Matt?

- Eu avisei

- Onde? Quando?

- No hospital disse que iriamos para um lugar só nós dois.

- Ta mais eu pensei que..

- Chega de pensamentos por hoje amor, faça sua mala já to chegando, eu te amo.

Lisa se aproxima de mim e grita no celular.

- Ah obrigada Lisa por ser sempre uma amor e sair da cama, para fazer favor para seus amigos.

Sorrio para ela, e coloco no viva voz, Matt da boas gargalhadas e diz por final.

- Eu te amo também Lisa, não fique com ciúmes.

- Idiota.

Ela diz e volta para a cozinha.

- Já chego aí amor.

- Mas o que devo levar Matt? Para onde vamos?

- Deve levar poucas roupas o resto improvisamos, eu te amo, até mais

- Eu te amo.

Finalizo a ligação, vou até a cozinha e tomo a xicara que a Lisa tomava café.

- Agora eu também faço café para você.

Ela cruza os braços e vira os olhos.

- Ah você é uma amor Lisa.

Digo dando beijinhos em seu rosto e ela sorri.

- Agora vem, me ajuda ele não disse para onde vamos, o que devo levar?

Seguro sua mão e a guio até meu quarto.

Por fim o Matt disse pouca roupa, mas não disse para onde vamos o que me fez colocar uma peça de cada estilo, algumas calcinhas, escova de dente, tolha, perfume e a bolsa já está muito cheia.

- Pegou o secador de cabelo minha linda?

- Será que vai ser realmente preciso Lisa?

- Uma mulher prevenida vale por duas.

- Fácil falar mas a bolsa já esta cheia.

- Hum vamos dar um jeito nisso.

Lisa pega a bolsa e a organiza de um jeito que ainda cabceira algumas peças de roupas além do secador.

- Como você fez essa magica?

- Nunca revelo meus segredos gata.

Ela pisca para mim o que me faz rir.

- Agora vista alguma coisa decente, vai rápido

A Lisa diz em tom de ordem, quando vê que ainda estou com um vestido de usar em casa.

- O que devo usar Lisa calça, já que vamos de moto?

- Ah não vocês não vão de moto.

- Não?

- Não, ele me disse que iria buscar o carro, então não né.

- Então posso usar um short.

- Perfeito

Ela pisca para mim, me da um beijo e leva o tusky, antes eu faço um discurso para ele dizendo que ele deve obedecer a Lisa, o que a fez morrer de rir.

Em alguns minutos Matt chega e faz piada da minha bolsa enorme chega de roupas.

- Ainda bem que eu te disse para levar pouca roupa, ou você iria montar uma loja de roupas né?

- Hahaha muito engraçado, mas você não me disse onde iriamos, então não sei que tipo roupa levar senhor espertinho.

- Hahaha você ta linda

Ele me abraça e da um peteleco na cabeça e em seguida leve beijinho na testa.

- Vamos Matt? Estou curiosa.

Entramos no carro e Matt dirige quase duas horas até chegarmos ao nosso destino, quando ele para o carro e me convida a descer eu o olho emocionada, ele me trouxe para uma fazenda, tem uma vista maravilhosa, vejo cavalos e ouço barulho de riacho o cheiro de ar puro entra pelas minhas narinas, eu quase pulo no Matt mas vejo quem tem algumas pessoas nos olhando, quem são?

Matt desce do Carro abre a porta para que eu possa descer e segura minha mão, as pessoas se aproximam mais e o senhor quase emocionado abraça o Matt.

- Quanto tempo Mettew?

Matt sorri e retribui o abraço.

- Joey, essa é a minha namorada Manuella.

- Prazer Joey

Estendo minha mão e ele me cumprimenta sempre com um sorriso, ele se afasta e uma senhora que parece ser companheira do Joey me abraça e diz.

- Oh querida obrigada por trazer nosso Matt de volta.

Eu retribuo seu gentil agraço e dou lhe meu melhor sorriso.

- Meu anjo essa é a mulher que me criou parte da minha vida.

- Muito prazer em conhecê-la Ana.

Um rapaz que aparenta ser um 3 anos mais novo que o Matt se aproxima dele.

- E como está o Daryl Matt?

- Muito bem Den, e você como está?

- Ah como sempre cuidando das coisas aqui

Matt da um rápido abraço e um tapinha nas costas, em seguida o rapaz acena para mim e rapidamente desvia o olhar.

- Querida você quer ver algumas fotos dos Gêmeos pequenos, é uma verdadeira fofura, mas foi eles que me deixar de cabelos brancos.

A senhora me olha com um sorriso muito gentil, mas o Matt rapidamente responde por mim.

- Seria muito gentil de sua parte aninha, mas vamos para a cabana agora, está com a chave Den?

O Rapaz entrega uma chave ao Matt, que da um beijo na testa da Ana mas que rapidamente volta para mim.

Entramos novamente no carro, nos despedimos das pessoas e Matt dirige novamente.

- Porque não me deixou ou ver as fotos, eu gostaria muito.

- Hahaha esse gostinho eu não vou te dar.

- E o rapaz ele parecia meio estranho.

- O Den? A Ana e o Joey encontram o Den abandonado em frente a casa deles, eu e o Daryl já éramos rapazes e ajudamos a cria-lo, ele prefere o Daryl, ele o mimou muito, enquanto eu o mais ajuizado ficava com as partes das broncas.

- Eles me parecem ótimas pessoas.

- E são princesa, outro dia com mais tempo te trago aqui novamente e você vai poder conhece-los melhor.

Aceno positivamente animada, Matt estaciona o carro e eu avisto uma cabana, uma linda cabana, ele novamente abre a porta e segura minha mão, param ajudar a sair do carro.

- Nossa Matt isso é...

- Lindo?

Aceno positivamente, a cabana tem uma vista linda para um riacho cheio de pedras, a cabana não é só uma cabana simples é uma casa linda de madeira, não sei porque chama de cabana.

Matt me abraça por trás enquanto eu cruzo os braços e observo a linda vista.

- Vamos entrar princesa?

Eu me viro para ele eu beijo seus lábios.

- Eu adorei Matt, isso é lindo.

- Você gostou mesmo?

- nunca vir lugar mais lindo Matt.

- Mais eu tenho a mais Linda vista, você e isso aqui.

Seguro seu pescoço e trago seus lábios até o meu.

Isso sim é felicidade.

 

 

 

 

 


Notas Finais


Capítulos de segunda a sábado, um por dia.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...