História Is it love- Matt (Doce tentação) - Capítulo 53


Escrita por:

Postado
Categorias Is It Love?
Personagens Matt, Personagens Originais
Tags Amor, Ashiley, Drama, It Is Love, Jogo, Matt, Paixão, Romance
Visualizações 612
Palavras 1.686
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Literatura Feminina, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


🌟VOCÊ QUER SER UMA PERSONAGEM DA MINHA FIC? QUER PARTICIPAR DA AGITADA VIDA DE ASHILEY? VOCÊ PODE!!!!🌟

Mais informações a baixo👇

Capítulo 53 - Meu principe!


Fanfic / Fanfiction Is it love- Matt (Doce tentação) - Capítulo 53 - Meu principe!

Começo chorar,Alan não liga e continua abrindo minha blusa,eu  cuspo em sua cara que está a cima de meu peito.


Ele limpa minha saliva com a manga de sua blusa e me olha nos olhos. Está bravo,eu sinto que estou muito ferrada.

- Sua vagabunda! Agora você vai ver.- Ele me pega pelo cabelo e me curva sobre a mesa de seu escritório,está levantando minha saia, Alan desliza a mão pela minha bunda e em volta da minha calcinha branca de renda. Ele começa a dar tapas em minha bunda. Eu balanço minhas pernas para chuta-lo,mas ele impede.

- Me solta Alan! Você tá me machucando.- Digo com a voz tremula de tanto chorar. Ele dá outro tapa mais forte em minha bunda.

- Agora você tá mansa não é mesmo? Agora que não tem poder contra mim está pedindo piedade. Mas entenda Ashiley, você é minha! Sempre foi! Aquilo que eu fiz foi um momento de fraqueza,eu me deixei levar. Todo homem é assim não é? Todos merecem perdão! Inclusive eu. Você não vai se arrepender,vai gostar! Eu sei que esta com saudades.

- Você tá ficando obssesivo, está doente,você tem que parar com isso! Por favor eu...

- Não Ashiley! Você que tem que parar!- Ele diz puxando meu cabelo com brutalidade, trazendo minha cabeça pra  trás,ele coloca a boca no meu ouvido e começa a falar. Eu continuo a chorar mais desesperadamente,estou sem saída,ele está me machucando.

- Oh minha querida! Não chore,eu estou apenas terminando o que eu começei no parque.- No parque? Do que ele está falando?

- Q-que?...- Penso por uns segundos e logo a ficha me cai,eu não acredito...Não pode ser.

- No parque Ashiley! Eu fui o cara que tentei te tocar quando você foi salvar aquele maldito cachorro.- Oh não! Então ele está realmente me perseguindo! Ele jogou o Buth no lago de propósito para que eu caísse na armadilha dele. Meu Deus! O Alan tá ficando obssesivo,eu não estou mais o reconhecendo. 

Ele vai abaixando minha calcinha devagar enquanto vai falando,eu estou odiando! Ele tá agindo como um psicopata.

- Naquele dia eu vi que minha selvagensinha aprendeu a se defender,mas desta vez eu não vou deixar que você impeça isso! Desta vez eu vou te aproveitar ao máximo, minha delicia. - Ele solta meus cabelos e me joga com mais força contra a mesa.

- Meu Deus Alan! Isso tá virando obsessão você....


- Você faz de propósito Ashiley! Me provoca de propósito! Eu sei que essas roupas curtas que você usa são para me provocar,eu sei que você faz isso pra me deixar louco. Isso significa que você me ama.

Ele me interrompe,eu fico quieta e penso por alguns segundos,realmente por um lado a culpa é minha,mas eu só fazia para que ele se arrependesse de ter me traido. Porém a maior intenção era pro Matt,era ele que eu queria conquistar.

- Aquilo não era pra você...- Digo amolecendo o corpo,não posso me debater.

- Então era pra quem? Pro Matt? ERA PRA ELE SUA VADIA?- Ele sem me deixar terminar me dá um tapa forte na bunda,isso seria excitante se fosse ao meu favor,mas está sendo contra minha vontade,eu não aguento mais.

- SOCOR....- Antes de terminar de gritar Alan põe a mão em minha boca e sem eu perceber ele penetra com força e violencia seu pênis dentro de mim. Eu solto um gemido de dor,meus gritos saem abafados, pois a mão dele está me impedindo de respirar direito.

Uma idéia me vem a cabeça,eu abro a boca e mordo seu dedo com força.

- Aaaa! Sua filha da puta!- Ele me xinga,eu fico com mais raiva,então mordo com mais força! Sinto o gosto de seu sangue. Ele continua gritando e finalmente consegue tirar seu dedo de minha boca e seu membro de dentro de mim. Alan se afasta e pega em sua mão para amenizar a dor,eu aproveito a oportunidade e me levanto.

- ALGUÉM ME AJUDE!- Grito mais alto. Me visto rapidamente batendo com minhas mãos na porta.

- ASHILEY? - Ouço uma voz familiar e preocupada me chamar através da porta,eu reconheço! É o Matt.

- Matt! Me ajuda. - Tento destrancar a porta mas Alan me pega por trás me fazendo afastar da porta. Eu solto um grito abafado e chuto sua canela, mas não adianta,Alan passa o braço por meu pescoço quase me sufocando, não tem como eu me soltar.

A porta começa a fazer barulho! Matt parece estar chutando a porta para arromba-la. - Atrás de mim ouço Alan apertando em algo e falando "segurança". Matt chuta a porta com mais força, um estrondo enorme ecoa por todo o prédio,a porta se abre e ele me vê quase sufocada nos braços de Alan.

- Fique longe! Se não eu a mato.- Alan diz apertando com mais força meu pescoço.

- Não! Cara,porque você tá fazendo isso?  Solte ela! - Ele diz tentando se manter longe, para não arriscar minha vida.

- Sabe o que eu vou fazer Matt? Eu vou mata-la! E você terá a grande honra de assistir.- Alan começa a me sufocar,antes que Matt venha me ajudar eu recupero forças para jogar minha cabeça pra traz,fazendo bater com força no nariz de Alan,que nem no dia que ele tentou me assediar no parque.

Ele coloca as mãos no nariz e eu consigo correr de seus braços em direção ao Matt, logo em seguida Matt se joga em cima dele e começa a soca-lo com força. Mas Alan tenta revidar, tudo que estava em cima da mesa de escritorio cai no chão quando Matt joga Alan em cima dela.


Eu não sei o que faço,ninguém vai me escutar daqui, eu não me meto na briga,posso acabar levando um soco também,estou desesperada. Matt está apanhando de Alan e eu não sei como fazer. Não há ninguém aqui e nem um alarme ou algo do tipo.

De repente vejo um extintor de incêndio pendurado na parede do andar,pego ele em minhas mãos e entro na sala onde está ele e Matt.

Quando entro vejo Matt em baixo de Alan sendo enforcado por ele! Eu sem pensar duas vezes pego o extintor acerto com força na cabeça de Alan,que cai no chão quase desmaiado. Eu caio de joelhos no chão,cansada com tudo que acaba de acontecer,quando olho para Matt vejo seu rosto sangrando.

- Princesa! Você está bem? - Ele pergunta se arrastando no chão e passando a mão em meu rosto, me analisando.

- Matt você tá sangrando! - Digo como se fosse novidade,não sei o que falar além disso,eu apenas o vejo me encarando, uma lagrima escorrega por meu rosto. Eu não posso acreditar que quase fui violentada pelo meu ex. Se não fosse pelo meu príncipe encantado....Eu não sei o que teria acontecido. 

Começo a chorar de novo...Meu choro sai sentido e cheio de carisma. De novo a minha vida dá errado! De novo eu me ferro,será que isto nunca vai mudar? Será que nunca mais minha vida vai voltar ao normal? 

- Não se preocupe minha princesa! Tá tudo bem agora...- Ele de repente me aconchega entre seus braços, me deixando muito espaço para chorar em seu ombro. Seu abraço parece um calmante,eu me sinto mais relaxada,mesmo com tudo que acaba de acontecer. Ficamos assim, no chão abraçados ao lado de Alan que está jogado no chão gemendo de dor.


Em menos de 1 minuto Alan começa a se levantar, eu e Matt nos soltamos e o encaramos sem dizer uma só palavra. Do nada ouvimos o "plin" do elevador.

De repente dois guardas de ternos pretos entram na sala,cada um pega com força o braço meu e do Matt,fazendo a gente se levantar.

Quando ficamos em pé segurados pelos braços deles. Alan se levanta e começa a falar:

- SUMAM COM ELES! Eles me agrediram! Joguem-os na rua imediatamente.- Ele diz passando a mão em sua cabeça, que está sangrando graças ao extintor que acertei nele. Bem feito! Não me arrependo de nada,se não fosse ele seria o Matt. 

- MENTIROSO! Você é um mentiroso! Seu filho da puta! Desgraçado! Você me paga.- Digo tentando me soltar dos braços do guarda para quebrar a cara de Alan,filho da puta! É isso que ele é! Um filho da puta.

- Mentira nada! Fora daqui! Estão os dois demitidos.- Ele diz como se nada tivesse acontecido. A raiva de novo me sobe,sinto minha pele em chamas,a sua falsidade acaba comigo! É isso que eu sempre odiei nele,a falsidade.


-Ashiley não! - Matt me diz,mas eu o ignoro e continuo me debatendo.

Eu me puxo com mais força e finalmente consigo me soltar. Vou em sua direção e sento um tapa em sua cara,logo o guarda me puxa de novo e nos tira daquela sala.

- Eu te odeio Alan! Te odeio! Seu filho da puta. - Ele me manda um sorriso diabólico sem que ninguém veja,ridículo! Eu não acredito que ele ainda tem a cara de pau de mentir. 

Depois de 10 minutos chegamos na saída da Carter Corp. Eles nos jogam com grosseria para fora da Carter,tanto que eu sem querer me desequilibro e caio no chão. 


- Ashiley você tá bem? Tá machucada? - Ele pergunta se abaixando e passando a mão em meu rosto.

- E-estou bem,não se preocupe.- Eu e Matt nos olhamos por alguns segundos! Matt me dá um beijo delicado em minha testa e me ajuda a levantar.

Nós começamos a andar pela calçada olhando pro chão, sem dizer uma só palavra. 


- Porque ele fez isso com você princesa?- Matt diz quebrando o silencio. Eu suspiro e começo a olhar para meus pés, continuando a andar.

- Matt eu tenho que te confessar uma coisa....- Ele vira seu rosto para mim e começa a me olhar atentamente,seus olhos estão brilhando ao reflexo da lua.

- O Alan é meu ex-namorado....- Ele inclina a cabeça como se tivesse dizendo "Oi? Como assim?".

- Perai Ashiley! Do que você tá falando?- Eu bufo de nervosismo,eu realmente não consigo guardar segredos do meu moreno. 

- Não faz tanto tempo,isso foi a 2 anos atrás....Antes de eu vim para a Carter....



Notas Finais


Você quer ser uma personagem de (Matt- doce tentação)?😆

É fácil! Basta entrar no nosso grupo no Watsapp,e enviar "#Tôdentro",isso será um passe para participar da fic.😁

Depois você me passará seu nome e eu escreverei em um papel! Será um sorteio! Eu mandarei o vídeo do sorteio no grupo e o nome que aparecer no papel será a nova personagem de (MATT- Doce tentação).

PS: A nova personagem será a nova amiga da Ashiley,fazerá o papel apenas de coadjuvante e nada a mais.
Ela não sairá da fic! Ao menos que a pessoa sorteada queira.

A garota sorteada pode inventar um personagem também! Isso dependerá apenas de você.

Então participe! Entre no grupo e mande a "#". Beijinhos 😍❤

Link do grupo:https://chat.whatsapp.com/9ZZyNu3JESEL7kEbWRGTfq


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...