1. Spirit Fanfics >
  2. Is It Love ? Ryan - como eu sou agora >
  3. Ciúmes

História Is It Love ? Ryan - como eu sou agora - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Ciúmes


Naquela noite estavamos em um bar bastante movimentado. Na saída do trabalho todas as terças fazíamos esse mesmo ritual , jogar conversa fora , rir um pouco com as piadas do Matt ,e ouvir algumas histórias bizarras do Colin nos shows. Aquilo era divertido de mais , e deixava o clima para outro dia estressante de trabalho um tanto mais amistoso . Enquanto eu me entupia de pequenos pedaços de tira gosto ,Matt quis saber se eu finalmente podia pagar a minha conta . 

Matt: então Luna você vai trabalhar para o nosso ex chefe , tarefa difícil hein.

Luna: nem me conte , hoje eu me senti uma derrotada ele é muito difícil de lhe dar , e tudo que eu o propouserá ele não dava ouvidos . Terminei o dia sendo expulsa do seu quarto pela deixa eu ver... Quadrigessima vez eu acho .... E pra passar o tempo eu fiquei organizando a pratileira de remédios.

Colin: ihhh... Tá em mal lençóis Luninha, olha que quando ele trabalhava na Carter já era um ser humano bem chato pra cassete , imagine agora que não pode mais usar seu brinquedo pra aliviar o estresse .

Colin começou a rir , e eu comecei a me sentir desconfortável em ficar falando dele . Aliás ele não merecia que outros rissem pela sua condição , ou que ficasse fazendo piadinhas desnecessárias .

Luna: acho melhor mudarmos de assunto .

Lisa: meninos a Luna tem razão , viemos para nós divertir e não ficar desmoralizando a integridade do patrão da Luna . Mas não vou negar que foi engraçado quando você pensou que ia o ajudar a fazer as necessidades filiologicas .

Lisa começou a achar graça , logo em seguida parou quando olhou pras minhas costas . Eu ligeiramente virei-me e vi Adam me encarando com os braços cruzados .

Adam: que história é essa de você levar um homem ao banheiro Luna? 

Adam me encarou sério , e me parecia irritado . Eu levantei da cadeira e fui até ele que cruzou os braços um tanto carrancudo .

Luna: não é nada disso que você está pensando . Eu vou ser cuidadora de um homen mais não nessa parte entedeu , só vou ser a companhia dele .

Adam: um homem ? 

Matt: deixa de ser ciumento meu irmão não confia no seu taco?

Colin: Matt boca de nois todos , não tá vendo que só vai complicar a situação com a Luninha .

Luna: é um homem .  Ele é o ex presidente da Carter Corp , a mãe dele me contratou e paga super bem . Eu não podia recusar .

Adam: Luna será que podemos conversar a sós?

Adam parecia irritado , eu fiz que sim com a cabeça então ele saiu andando em direção uma mesa mais afastada .

Adam: então minha namorada vai cuidar de um marmanjo ?

Coçou o queixo desgostoso .

Luna: Adam deixa de ser ciumento não tem nada haver uma coisa com a outra .

Adam: é claro que tem Luna ; você vai passar mais tempo com ele que comigo . Minha namorada vai ficar mais tempo com um cara e eu vou ter que ficar vendo isso .

Luna:  eu preciso do emprego você sabe .

Adam: e eu preciso de você , você não percebe ?

                                         *****

Já passava das onze quando chegamos em casa , Lisa um pouco mais alterada que eu precisou de minha ajuda para encontrar o caminho do próprio quarto . 

Luna: acho que ela não acorda mais hoje .

Falei vendo seu estado na cama . Adam agarrou na minha cintura e saímos do quatro da Lisa .

Adam: será que eu posso dormir aqui hoje ? Eu estou com saudade da minha namorada .

Falou me beijando no pescoço e descendo os beijos até meu decote . Eu arfei fechando os olhos quando senti sua língua chupando meu mamilo direito. Ele me colocou em seus braços , envolvi minhas pernas em sua cintura e saímos em direção ao meu quarto .

Adam me deitou na cama e ficou em cima de mim , eu já podia sentir sua ereção tocar no meu ponto sensível . Então ele tirou a blusa mostrando seus corpo definido pra mim , eu gemi quando ele mordiscou minha orelha . Acabamos jogando nossas roupas em qualquer lugar daquele quarto , nossos corpos nus enroscados um no outro , Adam me penetrando me fazia gemer a cada estocada .

                                   *******

Já eram cerca de oito horas , e ela ainda não havia chegada . Olhei pela décima vez no relógio do meu pulso, será que ela acabou desistindo ? 

Jake: senhor Carter , dona Margot está lhe chamando para tomar café na mesa .

Ryan:  eu não vou ! Diz pra dona Margot que eu estou bem aqui , e me pouparia o desprezar de ver a cara do Richardson logo de manhã .

Jake : ok senhor . 

Luna: desculpa o atraso , eu fiquei presa no trânsito . 

Jake deu um leve sorriso pra mim , e cumprimentou a Parker que me encarou sorridente . Então Jake saiu trancando a porta .

Ryan: parker , atrasada a quinze minutos !

Girei a cadeira para me aproximar dela que estava plantada ao lado do sofá .

Luna: eu juro que não vai mais se repetir senhor . 

Ryan: assim eu espero . Odeio a falta de pontualidade . Vamos me acompanhe Parker.

Luna: vamos sair ? 

Ryan: não, você vai .

Luna: c-como? Você vai me demitir ?

Ryan: bem que eu gostaria , mas você pode ser ultiu pra mim .

Luna: então pra onde você está me levando ?

Ryan: logo vai saber . 


 


 



 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...