História Is it love, Ryan? - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Is It Love?
Visualizações 32
Palavras 736
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


boa leitura. tive que refazer o capítulo 😡, então apreciem!❤️😁

Capítulo 7 - Noite de gala (convite)


Já se passam de 2:00. Estou exausta. Minhas pálpebras pesam e ameaçam um sono pesado a qualquer momento. Acabei de finalizar o bendito cardápio que critiquei e de estudar para o teste final de sexta. Meu corpo implora minha cama.

Foi só eu encostar, que apaguei. 



Acordo um pouco cansada, 5 horas de sono não me adiantou muito. Me maqueio para disfarçar minha cara amarrada. Coloco uma roupa que dá um leve destaque em minhas curvas. No fundo, quero impressionar o Sr. Carter.

Vou de táxi para a empresa, não estou muito animada. 

Quando chego, Lisa me olha animada e vem falar comigo:

-Oi amiga! Bom dia. Tô vendo essa sua carinha... Passou a noite com alguém? 

-Hahahah, quem me dera. Passei a noite finalizando o projeto do Sr. Carter.

-Sr. Carter? Você já olhou nos olhos desse homem?

-Já sim, longa história. Amanhã juro que te conto. Tenho que ir logo, beijo! 




Subo apressada. Vou direto para a sala do Sr. Carter. A recepcionista já está aqui, com o seu "bom" humor. Não sei se ele já chegou. Mesmo com seu desprezo, essa mulher é minha única salvação.

-Bom dia. Sabe me dizer se Sr. Carter já chegou? 

-Sei.- me responde sem ao menos ligar.

-Ele chegou ou não?

-Sim.

Vou diretamente para a sala dele. Pela janelinha da porta, posso ver ele é uma moça. Eu a conheço, ela trabalha no meu setor. 

Ryan derrubar algo no chão, ela se abaixa para pegar embaixo da mesa. Logo vejo a expressão de Carter mudar, de seriedade para prazer.

Há um minuto, ela ainda não levantou, ela está mamando ele!

Fico revoltada. Ele me trata com rigidez, me pedindo algo de última hora sem ser minha função, exigindo profissionalidade e transa com uma como eu na sua sala. E aí, quer me pedir o que? Para te pagar um boquete também?

Desço para o meu andar. Tomara que Matt já tenha chego, ele apetece meu humor.



-Bom dia, princesa! Ontem você sumiu! Nem me mandou uma mensagem sequer.- ele faz um biquinho fingindo tristeza.

-Hahahah, tonto. Passei a madrugada fazendo um cardápio para o CEO, relaxa, nada de muito importante.

-Carter? Sério?

-Sim! Mas eu fui entregar, e adivinha!- aproximo de seu ouvido e cochicho: ele estava aproveitando uma funcionária logo nessa hora.

Matt ri, achando total graça.

-Falando em sexo, o babão do Gabriel tava te procurando igual doente. Vai atrás dele, porque parece ser de vida ou morte. 



O que Gabriel quer comigo? Sua sala está fechada, bato na porta para ver se posso entrar. Ele me responde instantaneamente. 

-Olivia, Carter está pedindo pra você ir lá imediatamente. Ele disse que está te aguardando.

-Fui lá quando cheguei, ele estava ocupado.

-Ocupado? Com quem?

-Isso já não é da minha conta, mas já estou indo.

Mas já acabou a transa? Nossa, que agilidade.



Chamo o elevador, que se encontra no último andar. Ao abrir, adivinhem quem eu encontro? A mina que mamava o CEO. Ela está meio descabelada e com a roupa amassada. Seu semblante é raivoso. Ela não me vê e tromba em mim:

-Vê se olha por onde anda!

-Desculpa!

Ela sai puta, sem ao menos me encarar.

O que aconteceu?



Subo até o andar, vou direto a sala de Carter, dessa vez ele está sozinho. Bato na porta e tem toda aquela cerimônia.

-Bom dia Senhor.

-Bom dia senhorita. Me disseram que já veio aqui hoje, por que não entrou?

-O senhor estava ocupado. Não quis incomodar.

-Como assim ocupado?- sua expressão agora era de preocupação.

-Estava acompanhado. Pela sua expressão, se eu batesse na porta, você não iria gostar nadinha.

-Isso foi um engano. 

-Não, não foi. Está aqui o projeto. Tenha um bom dia.

Saí de lá sem muita paciência. Ele só estava gastando ela.




Passo meu dia trabalhado no meu projeto sozinha, parece que Carter quer me testar. Já está quase no fim do meu expediente, recebo um e-mail solicitando minha presença na sala de Sr. Carter. 

Apesar de meu temperamento, vou até lá. Confesso que me exaltei, não deixei ele falar. Além de tudo, é Ryan Carter. O cara mais gato que já vi na vida.



-Boa tarde, Senhorita. Gostaria de comunica-lo sobre duas coisas. Primeiramente, sexta que vem, tem algum compromisso?

-Não Senhor. Por que?

-Agora tem. Às 19:00 te busco. Iremos à uma festa beneficente da empresa.

Puta que pariu, minha formatura é sábado!

-Ok. Mais alguma coisa?

-Sim. Sobre o que aconteceu hoje de manhã...

-Não quero saber. Se for só isso, tchau.

Saio novamente de lá. Por algum motivo, tudo isso me incomodava.





Hoje é sexta-feira. Minhas aulas já acabaram. Hoje, será a minha primeira noite de gala.



Notas Finais


Oioioi, PROVAVELMENTE amanhã eu posto mais!
Obrigada pela atenção!❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...