História Is it love Ryan Carter - Capítulo 135


Escrita por:

Postado
Categorias 50 Tons de Cinza, A Vida Secreta de uma Adolescente Americana, Alma Gêmea
Personagens Anastasia Steele, Christian Grey
Tags 50 Tons, Drama, Revelaçoes, Romance
Visualizações 136
Palavras 1.714
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, LGBT, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi amores!!! Todos estão ansiosos por mais? Então lá vamos nós 🥰💙❤️🔥💣

Capítulo 135 - Recaída


1 semana depois....

 

Recebi flores a semana toda, Ryan me enviou quase um floricultura inteira, não o vejo desde que assinei o divórcio, ele me liga diversas vezes e eu não o atendo, não fui na Carter e deixei meu pai em meu lugar, queria evitar me encontrar com o Ryan.

Foi uma semana difícil, Ryan não levou as crianças para sua casa eles ficaram comigo.

 

Sentada à mesa do café, com Lisa e Matt o clima está um pouco estranho, eles não perguntaram nada, mas da pra ver que Lisa está doida para falar algo a respeito.

Meu pai logo se junta a nós.

Lorenzo:— Bom dia Filha!

Emmilly:— Bom dia papai.

Lorenzo:— Como você está hoje?

 

Todos olham para mim inclusive Lisa e Matt.

Emmilly:— Eu estou bem, ou melhor estamos bem rsrsrs

Lorenzo:— Que bom filha, bem o Ryan vira a mansão hoje.

Emmilly:— O QUE?

Lorenzo:— Ele me perguntou se podia vir visitar os filhos e eu disse que sim, pois vocês se divorciaram um do outro e não dos filhos.

Emmilly:— Tudo bem papai, que horas ele vem, assim eu evito encontrar com ele.

 

Mal termino de falar e a campainha toca , meu coração da um salto.

Logo todos olham em minha direção, e eu me mantenho firme.

Lorenzo:— Bem, acho que ele chegou.

Emmilly:— Que maravilha.

 

Em pouco tempo Ryan entra e nossos olhares se cruzam, ele está com uma barba mal feita, com algumas olheiras, parece que eu não sou a única que não tem dormido, meu rosto queima ao vê-lo, droga uma semana sem vê-lo e aí ele me aparece assim sem avisar.

Ryan:— Bom dia!

Matt/Lisa/Lorenzo:—Bom dia!

Ryan:— Bom dia Emmy!

Emmilly:— Oi Ryan, bom dia!

Lorenzo:— Bem Ryan, estamos tomando café, junte-se a nós?

 

Eu olho para meu pai que da um sorriso travesso, quem pode culpá-lo? Ele tem uma grande admiração pelo Ryan.

Sem precisar mandar duas vezes ele se senta e logo se serve de uma xícara de café.

Eu o observo e quando menos espero nos encaramos por alguns segundos, até que eu volto a realidade seguida de um forte enjoo.

Emmilly:— Drogaaaa!!!

Lorenzo:— O que foi filha?

Me levanto rapidamente e vou correndo para o banheiro mais próximo.

Debruçada em cima do vaso, colocando o café pra fora sinto uma carícia em minhas costas, duas mãos grandes na qual eu conheço bem.

Ryan:— Você está bem?

Emmilly:— Estou sim, esses enjoos matinais estão cada vez mais frequente!

Ryan:— Parece que essa gestação está sendo um pouco mais difícil?

Emmilly:— Não muito, isso só acontece pela manhã, não se preocupe!

Ryan:— Você não apareceu na Carter essa semana!

Emmilly:— Eu estava colocando meus pensamentos em ordem.

Ryan:—- Senti sua falta!

Meu coração palpita rapidamente, esse homem mexe com todos os meus sentidos.

Emmilly:— Vou pedir para Maria trazer as crianças.

 

Ele percebe que fui indiferente com sua declaração e assenti, passo por ele e nossas mãos se tocam, o que me faz parar e olhar diretamente em seus olhos hipnotizantes.

Merdaaaaa os hormônios da gravides vão me deixar louca, sem mencionar que não faço sexo a semanas estou matando cachorro a gritos.

Ficar assim frente a frente com o Ryan me deixa perdidamente fora de mim.

Não consigo me conter e avanço em seus lábios macios, eu o beijo com desejo, e nesse momento foda -se  se estamos separados ou não!

Meu corpo inteiro está em chamas e eu preciso descarregar o que está dentro de mim.

Entre os beijos desabotoo a camisa de Ryan, ele por sua vez desce o zíper de meu vestido, em pouco tempo estamos nus, com o desejo e a necessidade um do outro, ele me encosta na parede. Sua boca começa a explorar meu pescoço me arrancado arrepios pelo corpo todo. 

Sua boca suga um dos meus seios e uma das mãos masseira o outro me fazendo gemer.

Eu agarro seus cabelos e me envergo ainda mais pra ele, minhas mãos percorrem pelas costas do Ryan que se arrepia.

Ryan:— Quanta saudade amor.

 

Sem respondê-lo eu pego firmemente em seu membro rígido e faço movimentos de vai e vem o que o deixa ainda mais excitado.

Ele desce seus beijos por meu corpo e se ajoelha diante de minha intimidade, com suas mãos ele agarra meu bumbum e enfia sua língua em minha intimidade, explorando cada parte sensível, estou em chamas desejando tê-lo dentro de mim.

Rapidamente ele se levanta e ataca minha boca me fazendo sentir meu próprio gosto, seus dedos encontram meu clitóris no qual fazem movimentos circulares o que me faz subir pelas paredes.

Emmilly:— Ahhhh  Seu filho da puta.

Ryan:— Sim eu sou um grande filho da puta, e agora esse filho da puta vai foder você.

Emmilly:—Ahhh sim, agora Ryan...

Ryan me levanta e eu cruzo minhas pernas em volta da sua  cintura, finalmente ele se desliza para dentro de mim, sinto cada parte de seu membro rígido adentrando minha carne úmida, eu rebolo sentido sua ereção satisfazendo meu desejo, seus movimentos entrando e saindo de mim são cada vez mais rápidos.

Ryan:— Goza pra mim Emmilly.

Emmilly:— Ahhh ahhh eu vou....

Mal término de falar e minha intimidade se contrai em um orgasmo.

Ainda encaixados Ryan continua a me estocar até que finalmente se derrama em mim.

Seus olhos acinzentados fixam nos meus um sorriso doce nasce de seu rosto.

Ryan:— Ainda me ama?

 

Responder sua pergunta com mentira é impossível.

Emmilly:— Mais do que você merece.

 

Ele coloca uma mecha dos meus cabelos atrás da orelha e deposita em meus lábios um beijo terno.

Ryan:— Vou fazer de tudo para merecer seu amor, eu juro por Deus que vou retribuir esse amor na mesma medida.

Emmilly:— É melhor nós nos vestirmos, vão notar nossa falta e Evellyn e Heitor sentem sua falta!

Ryan:— E você? Não está sentindo minha falta?

 

Eu respiro fundo e prefiro não responder, começo a me vestir e ele faz o mesmo!

Ryan:— Emmilly?

Emmilly:— Sim?

Ryan:— Vamos recomeçar do zero? Me de a chance de concertar as coisas?

Emmilly:— Rsrsrs concertar? Não Ryan, estamos melhor assim, eu e você não temos concerto.

Ryan:— Por favor, me de a chance de ser o que você merece? Vamos começar devagar? Pelo menos pense nessa hipótese?

Emmilly:— Tudo bem Ryan, vou ponderar sua proposta.

Ele vem para me beijar mas eu recuo, seu maxilar serra e ele nada diz.

Ryan:— Podíamos talvez ter um dia na piscina com as crianças?

Emmilly:—- Tudo bem, será ótimo eles passarem esse tempo com você.

 

Vamos para a Piscina, Ryan liga para Ruan e Jhenny para que tragam seus filhos pra cá.

Estamos todos reunidos curtindo o belo dia Ruan se aproxima.

Ruan:— Que bom que você e o Ruan se acertaram!

Emmilly:— E quem foi que disse que nós nos acertamos?

Ruan:— Oh desculpe eu pensei que tivessem se resolvido!

Emmilly:— Tudo bem Ruan, eu só estou tentando manter meus filhos com uma boa convivência com o pai.

Ruan:— Bem ainda aposto em vocês dois, você sabe que o Ryan ama você Emmilly, ama tanto que o ciúme que sente o deixa cego.

Emmilly:— Eu sei Ruan, mas está na hora do Ryan parar com isso, está destruindo aos poucos o que sinto por ele, eu não tenho forças mais pra passar por turbulências.

Ruan:— A história de vocês sempre foi turbulenta Emmy, e no fundo é toda essa turbulência que fortifica ainda mais o relacionamento de vocês.

Emmilly:— De certa forma você tem razão, mas acho que precisamos dar um tempo, não posso simplesmente aceitar tudo o que aconteceu de braços cruzados.

Ruan:— Concordo, você sabe que tem um grande poder em cima do Ryan, aproveite e use isso ao seu favor.

Emmilly:— Rsrsrs acho que vou seguir seu conselho rsrsss

 

Sou surpreendida quando vejo Penélope chegar com Andrew.

 

Penélope:—Emmyyyy Eiii como você está linda.

Emmilly:— Você aqui?!? Rsrsrs que bom te ver!

Penélope:— Liguei para seu pai a alguns dias e ele nos convidou para ficar uns dias aqui.

Emmilly:— Maravilha, será ótimo ter vocês aqui.

Penélope:— Fiquei sabendo sobre você e o Ryan.

Emmilly:— Digamos que estou dando um tempo, ou melhor uma lição no Senhor Carter.

Penélope:— Bemmm acho que a presença do Andrew aqui vai incomoda-lo bastante kkk, aliás estamos noivos.

Emmilly:— Não diga? Juraaa? Que ótima notícia.

Penélope:— Sim Rsrsr bem quero você é o Ryan como padrinhos então espero que até lá vocês já tenham se acertado, mas antes o que acha de deixarmos o grande Carter com ciúmes para ver o que ele está perdendo?

Emmilly:— O que você planeja?

Penélope:— Bemmmm você está solteira certo?

Emmilly:— Sim por que?

Penélope:— Rsrsr não me chame de tarada, mas Andrew e eu somos um casal moderno se é que me entende.

Emmilly:— Moderno como?!?

Penélope:— O que acha debuta farra nós três?

Emmilly:— Você só pode estar brincando?

Penélope:— É óbvio que não, vamos Emmy, quer matar o Ryan de ciúmes ou não?

 

Será mesmo que estou pronta pra toda essa modernidade?

 

Emmilly:— Eu não sei Penélope, eu não saberia o que fazer ou como fazer.

Penélope:— Deixa comigo, essa noite vamos todos para a balada, e depois é só relaxar e curtir o momento ok?

Emmilly:— Tá bom, mas você sabe que eu estou grávida né?

Penélope:— Eu sei Emmy, calma você não vai transar com ninguém, a menos que você queira.

Emmilly:— Rsrsrs você só pode estar louca Penélope kkk

Penélope;— Relaxa Emmy, vai por mim, essa noite o Ryan vai se arrastar por você!

Emmilly:— Você é foda kkk

 

Estamos todos juntos na piscina até que Penélope diz.

Penélope:— O que acham de uma baladinha essa noite?

Ruan:— Pra mim ótimo.

Jhenny:— Eu topo

Ed:— Eu também.

Penélope:— E você Ryan?

Ryan:— Se a Emmilly for irei também.

Emmilly:— É claro que vou.

Penélope:— Perfeito então todos iremos.

 

Ryan se aproxima de mim, e logo Penélope encosta também, ela me puxa para perto do Andrew.

Andrew:— Fiquei sabendo que está grávida Emmy?

Emmilly:— Sim estou rsrsrs

Andrew:—Parabéns, você fica ainda mais linda grávida.

 

Andrew da uma piscadela pra mim e eu coro, olho para o Ryan, que fecha o punho mas nada diz.

Emmilly:— Obrigada Andrew, você é sempre muito gentil.

 

Continua....

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Gente vamos ver o que vai rolar?!? Não vou judiar muito do nosso casal, mas vem babado por aí acompanhem!!!❤️😱🔥💣


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...