História Is It Love Ryan :"Talvez seja amor!" - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias 50 Tons de Cinza, Is It Love?
Personagens Anastasia Steele, Cassidy, Christian Grey, Gabriel, Jason Taylor, Mark, Matt, Personagens Originais, Ryan
Visualizações 57
Palavras 714
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Capítulo I


Fanfic / Fanfiction Is It Love Ryan :"Talvez seja amor!" - Capítulo 1 - Capítulo I

Rebecca Steele

Suspiro tirando meu jaleco, ouço a porta de minha sala sendo aberta rapidamente e me viro para ver o que está acontecendo. Vejo uma enfermeira que está com uma expressão de preocupação ela logo começa a dizer:

- Dra. Steele, precisamos de você urgente!- Ela fala rápida.

- Mas eu já acabei meu expediente...- Falo mas ela me corta.

- Eu sei, mas é urgente! Uma mulher está em trabalho de parto mas está perdendo muito sangue e ela está sem forças.- Ela fala mas eu levanto uma de minhas sonbracelhas.

- Façam cesariana!- Digo simples mas vejo que não tem jeito, ponho meu jaleco de novo e vou com ela até a sala.

- O nome dela é Alyssa Forbes.- Ela me informa e entro na sala. Vejo que a obstetra que provavelmente estava a acompanhando em sua gravidez conversando com a moça que está chorando.

Vou para perto delas e as mesmas me notam, eu olho para a obstetra pedindo para conversar com a paciente e a mesma entende e se vai.

- Posso saber o que está acontecendo ? Soube que está tendo dificuldades no parto.- Ela me olha com seus olhos ainda cheios de lágrimas.

- Eu não quero perder meu bebê!- Só isso que ela fala.

- Você não irá! Mas temos que fazer a cesariana! - Informo e ela nega com a cabeça.

- Não quero! Eu sei que parece estupidez mas não quero! - Suspiro e penso em algo.

- Faremos assim! Eu tentarei uma última vez o parto normal e se não conseguimos teremos que fazer a cesariana, Okay ?- Digo calma. E informo a obstetra que irei ficar em seu lugar e chamo algumas enfermeiras para me ajudar.

Vejo que Alyssa está tendo um contração, e começo a incentivá-la para fazer força e assim ela faz. Ficamos nisso por muito tempo e nada, já tentei de tudo até empurrar o bebê pela sua barriga mas nada!

- Teremos que fazer cesariana! - A vejo assentir com a cabeça e peço para prepararem a sala de cirurgia.

- Dra! - Ouço Alyssa me chamar e vou até ela, vejo que está muito pálida e fraca. - Eu preciso te pedir uma coisa! -

- Do que precisa ?- Pergunto a olhando.

- Eu sinto que não irei sair viva daquela sala...- Eu a corto.

- Não fale isso! - Digo. - Você e seu bebê saíram bem depois de tudo.- Completo insegura, enganando a mim mesma a situação está muito complicada.

- Se eu não sair, por favor não deixe meu bebê ir para adoção...- Eu a olho confusa.- Cuide dele para mim, por favor. Sei que estou pedindo muito mas não tenho ninguém! Estou sozinha no mundo.- Eu abaixo a minha cabeça a ouvindo.

- Eu...- Penso no que dizer. - Eu irei cuidar dele! - Falo sem pensar.

- Promete? - Ela pede.

- Prometo. - Digo suspirando.- Irei cuidar desse bebê como se fosse meu!.- Foi só eu para de falar que me avisam que tudo está pronto.

Preparamos Alyssa para a cesariana e começamos a cirurgia.

[...]

Saio da sala abatida, vejo o bebê sendo levado para o berçário.  Yohanna vem até mim, e põe a mão no meu ombro.

- Devo ligar para...- Já sei o que ela irá falar mas nego com a cabeça.

- Não, eu prometi que iria cuidar dela.- Digo e a vejo suspirar.

- Tem certeza ?- Eu afirmo com a cabeça.

- Dê uma olhada na ficha de Alyssa Forbes! Preciso saber se ela não tinha ninguém.- Ela ouve e se vai.

Alyssa morreu, ela não conseguiu resistir a cirurgia. Ela já sabia que isso irá acontecer, e me pediu para cuidar do seu bebê. Ela confiou o bebê em uma estranha!

Vou para frente do berçário, e vejo a pequena ali. Sim é uma menina, ela é simplesmente adorável. Tem olhos azuis e seus cabelos douradinhos já crescidos nem que seja só um pouquinho.

Sorrio ao olhar para aquele pequeno ser que está enrolado em uma mantinha azul! O hospital não tinha manta rosa disponível e a Alyssa não trouxe nenhuma roupinha dela então tivemos que usar essa. Mas confesso que ela virou a minha cor favorita.

Minha pequena.

Minha Blue Ivy.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...