1. Spirit Fanfics >
  2. Isa Swan >
  3. Terceiro

História Isa Swan - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Terceiro


Os quatro foram para a casa de Petra e Sebastian.
Marco e Isa conversavam no carro o que Gabriel havia contado e Marco se sentiu mal por ter se afastado tanto com o bar.
- Na outra parte damos um jeito.
Fala Marco a beijando.
Isa corresponde.
Sentia falta de um beijo de verdade. Edward só dava selinhos nela.
Os irmãos desceram e foram até eles e bateram no vidro do carro.
Os dois pararam e deram risada e saíram do carro seguindo os irmãos.
Sebastian bateu na porta e uma Rebecca enxugando as mãos gritou ao ver os quatro reunidos de novo.
- Meu amor!
Fala ela abraçando Isa com força.
Marco levava a mochila de Isa e os três entraram atrás.


Mirella deixou as meninas em casa e pegou um Uber até o Skrull.
Chegando lá deu um grito.
Tio Arthur havia se superado na reforma do lugar.
Três homens que ela nunca havia visto na vida apareceram.
Um todo tatuado.
E mais dois loiros
E logo Tio Arthur apareceu.
- Mi!
Ele foi abraça-la.
- Eles te assustaram?
E todos olharam Donatello, que a olhou preocupado.
Mirella sorriu e fez que não com a cabeça.
- Eles apareceram depois que gritei. Ficou linda a reforma. Por isso gritei.
Falou Mirella rindo.
Tio Arthur a abraçou com mais força.
- Marco disse que precisava da minha ajuda para decoração, aqui estou.
Falou ela o abraçando e olhando os rapazes.
- Já almoçou mocinha?
- Ainda não tio, deixei as meninas em casa e vim de Uber.
Arthur a olhou.
- Acabamos de pedir comida, está quase chegando, posso pedir algo pra você também, daí comemos juntos.
- Pediram onde?
- No Trakinos.
Falou Arthur com o celular na mão.
- Peça o 10 pra mim.
Fala Mirella e começa a andar para ver o novo Skrull.
Haviam pintado das cores do coringa, verde e roxo, e vermelho e preto com desenhos de morcegos e caveiras enormes.
Havia desenhos e adesivos nas paredes.
As prateleiras eram desenhadas como se tivessem saído do estranho mundo de Jack.
Mirella estava encantada com que estava vendo e não sabia no que podia ajudar.
Logo um dos meninos a chamou e ela o seguiu até a cozinha do lugar, onde viu um ruivo conhecido.
- D?
O ruivo a olhou e sorriu.
- Mirella, estava desconfiado. Gordura e salada.
Mirella riu com os braços cruzados.
Os dois se abraçaram.
Todos sentaram pegando seus pedidos, e Arthur os apresentou.
- Esses são Donatello, Draco e Estefano.
Todos acenaram e começaram a comer.

Após o almoço Arthur deu idéias para Mirella levar alguns itens de decoração da loja da mãe para lá. Ele pagaria.
- Gabriel falou com você sobre Isa?
Mirella perguntou e todos a olharam.
- Wow, entendi.
Derek baixou a cabeça.
- Prometi a Mar cuidar de Isa e pisei na bola.
- Relaxa! E preciso falar com você depois.


Casa dos Cullens

Os Cullens estavam divididos.
Edward e Alice estavam com raiva, se Bella achava que ia ficar de sorrisinhos por aí ela estava bem enganada.
Alice havia achado os meninos super gatos e não havia gostado do modo que a tal amiga esquisita de Bella havia olhado seu Jas.

Jasper estava sentado em uma das árvores próximas da casa e havia notado como a amiga de Isa o olhava.
Mirella era bonita.
Ele achava góticas bonitas, tinham um lado sombrio.
Rose e Emmet estavam felizes, na caçada deles, Rose havia comprado algo a Isa e colocou na mochila da mesma quando teve oportunidade.
Emmet não gostava da forma que Edward tratava sua pudim.
Rose queria entender o apelido que seu ursão havia dado a Isa.
- O melhor amigo de Isa é bem bonito.
Falou Rose e Edward rosnou no andar de baixo.
Esme estranhou.
Rose e Emmet desceram e Jasper entrou.
- O que houve?
Perguntou Esme.
- Edward está bravinho porque Isa voltou a falar com as amigas e conhecemos o melhor amigo dela hoje. E ela tem uma festa para ir no fim de semana.
Falou Rose sorrindo e mostrando todos os dentes.
Esme gostava de ver Rose sorrir.
Edward bufou e cruzou os braços.
- Ela não vai.
- Filho!
Rose o olhou em choque.
- Vocês precisam sair mais juntos. Só ficam aqui em casa, ela é jovem ainda.


Casa dos Donovan

Quando Isa trocou de roupa achou uma caixa estranha e abriu e deu um grito.
Era um celular.
Petra foi ver o que era o grito e sorriu.
- Presente de quem?
- Da loira, ela disse que me ajudaria.
Falou e as duas sorriram.
Rebecca havia voltado para o trabalho ficando somente os três em casa, e Isa foi atualizando os dois.
Isa contou sobre o que os Cullens eram, afinal não era novidade para ninguém que Gabriel, era nephilim e todos sabiam sobre os irmãos Clearwathear.
- Tomem cuidado com Edward e Alice.
Os irmãos Donovan a olhavam sem piscar.
- Edward lê mentes e Alice vê o futuro.
- Que merda, mais ele lê você?
- Não e tem uma coisa. Ele tem 117 anos e é virgem.
Fala Isa rindo.
Os irmãos riem com ela.
- Que dó de você.
Falou Petra abraçando a amiga de lado.
- Avise seus pais sobre a inauguração de sexta e passe os contatos para o celular e coloque senha, vou tomar banho.
Falou Sebastian beijando a testa das duas e saindo do quarto da irmã.
Petra colocou música e Isa foi passando os números e fotos para o novo celular.
Mandou o novo número para todos aqueles que deviam saber.

No começo da noite, Isa tomou banho e Petra avisou Maggie por mensagem e que Leah era bem vinda.
Maggie sorriu, levaria comida japonesa e pizza.
As duas faziam as coisas rápidas e Maggie chamaria as meninas caso sua confecção aumentasse.


Mirella havia achado os garotos bonitos, e o tal Don como pediu para ser chamado era bem diferente.
Era muito expressivo e tinha tatuagens variadas.
Arthur resolveu contratar bartenders novos e um DJ.
Mirella fazia anotações e pediu licença e puxou Derek com ela.
- Tenho algo a contar, e vou ligar para Mar me ajudar.
- O que houve?
- O namorado de Isa e a família dele são vampiros.
Derek sorriu.
Estefano e Donatello ouviam a conversa sem querer.
- De boa. Por que a preocupação?
- O insignificante do namorado dela, lê mentes.
Derek ficou preocupado.
- Vamos parar de namorar aí no canto, vocês dois?
Falou Arthur brincando.
- Eu tava falando da família do namorado de Isa para ele.
- Mas a Isa não namora o filho do doutor Cullen?
Perguntou Tio Arthur.
- Cullen?
Perguntou Estefano.
- O que mais temos aqui, além de humanos?
Perguntou Mirella dando risada.
Todos a olharam.
- O quê? Derek é um lobo, Gabriel é um nephilim, Estefano pela palidez e por só ter mexido na comida, deve ser um vampiro, os outros eu não sei.
Falou Mirella se sentando em uma mureta e cruzando as pernas.
Donatello fez cara feia ao saber que um deles era um nephilim.
- Eu sou híbrido de humano com dragão.
Falou Draco como se fosse a coisa mais normal do mundo.
Mirella o olhava como uma criança que havia acabado de ver unicórnio em sua frente.
- Que legal!
Todos riram.
- E antes que alguém fale algo, tenho um irmão gêmeo que ainda não chegou.
Mirella o olhava de boca aberta.
- Você tem asas e solta fogo?
Até pra ela pareceu uma pergunta tonta, mas..
- Sim, tenho asas vermelhas e solto fogo. Um dia te mostro.
Fala Draco piscando.
- E você Don é o que?
- O contrário do Gabriel.
Mirella o olhava mais de perto.
Os meninos deram risada.
- Conhece algum Cullen, Estefano?
- Sim, Carlisle Cullen, um loiro.
Quando Mirella foi perguntar algo seu celular tocou.
Mirella se afastou, embora não adiantasse muito.
Logo Mirella voltou.
- Os deixo agora, tem um cara suspeito rondando lá. Foi bom conhecê-los.
Falou Mirella beijando os meninos no rosto.
Arthur entregou uma lista a ela e a abraçou.
- Precisa de ajuda?
- Derek vai me levar.
Quando Mirella falou isso, viram uma pessoa subindo as escadas.
- Tio Charlie!
- Mirella, garotos. De saída?
- Sim, mamãe está sozinha e tem alguém rondando lá. Derek vai comigo.
- Qualquer coisa não exite em me ligar.
Falou Charlie a abraçando.
- Ligo sim. Trago as coisas quinta a tarde, Tio Arthur.
- Tudo bem, querida.
Derek jogava a chave na mão para baixo e para cima.
Mirella acenou e saiu.


Na Casa dos Donovan

Maggie havia chegado junto com um motoboy.
Leah a ajudou com as sacolas e saíram do carro.
Petra foi receber todos a porta e pagou o motoboy.
Entraram e foram para a cozinha.
Maggie avisou a Charlie que Isa estava com ela na casa de Sebastian.
Charlie deu graças, aos poucos tudo voltaria ao normal.
Ele a avisou que estava no Skrull e falaria com Arthur.
Todos davam risada da roupa que Rebecca colocou era um pijama de girafa.
A mesma mostrou a língua e abraçou Maggie e Leah.
- Vão lavar as mãos, crianças.
E ouviram um celular.
- Deixem tocar.
Pediu Isa.
Era Edward.
- Lee coloque no silencioso, por favor.
Falou Isa indo em direção do banheiro.


Na Casa dos Cullens

Edward estava irritado e com raiva. Isabella não atendia o celular e já estava de noite. Ela estava pensando em ir na casa dela.


Loja

Monise estava agitada.
O homem não parava de rodear a praça em volta da loja, e isso a deixava nervosa já que estava sozinha e seus vizinhos também eram mulheres. O barbeiro não havia aberto a loja, iria abrir daqui uns dias.
Logo um carro parou e ela viu sua Mirella descer com alguém.
Os dois sorriam e conversavam.
Ela conhecia aquele ruivo de algum lugar.
Os dois chegaram mais perto e Monise gritou.
Mirella sorriu as vizinhas e olhavam o ruivo.
- Mamãe!
- Derek?
- Sim senhora.
Monise abraçou Derek com força.
- Eu vou lá ver o cara.
- Cuidado filho.
Mãe e filha se abraçavam.

Derek chegou cumprimentou o homem e perguntou se o mesmo queria ajuda.
O homem ficou sem graça.
Era novo na cidade e o carro estava quebrado e o guincho demorado.
Derek riu e ligou para o mecânico que ficava no posto de gasolina.
- O guincho mais próximo é em Port Angeles e um pouco longe, eu liguei pra um mecânico e ele já chega. Sou Derek e você?
O homem não sabia como agradecer.
- Sou Leon, o futuro barbeiro.
Os dois riram e um carro parou.
- Derek?
- Alonso.
Os dois se cumprimentaram.
- Esse é Leon, o novo barbeiro.
Os dois acenaram e Leon foi explicar o que havia acontecido.
- Eu tô ali na loja dos Walker.
- Tudo bem, mande oi a Mirella por mim.
Pediu Alonso e Derek foi andando.

Mirella contava a mãe sobre Isa e se tinham alguma poção do gênero.
Monise sabia fazer poções por causa de sua avó, que havia sido uma aprendiz, sua mãe nunca quis aprender, então Monise aprendeu e passou a filha.
- Tenho que ver meu amor.
As duas sorriram ao verem Derek.
- Quem é o homem?
- Seu futuro vizinho, o carro quebrou e o guincho que ele chamou não veio.
Derek falou rindo.
- Novo na cidade.
Falaram as mulheres juntas.

Logo os homens vieram para a loja.
- Meninas!
Saudou Alonso.
As duas riram.
Leon entrou na loja e pediu desculpas.
- Boa noite, eu sinto muito se assustei vocês.
Disse olhando Mirella.
Monise sorriu.
- Mamãe ficou assustada.
Mirella falou e um homem alto entrou na loja.
- Boa noite a todos.
- Papai.
- Derek, rapazes.
Nicolas entrou e beijou a esposa.
- Amor, ele é o barbeiro.
- Mamãe pode separar essas coisas pra mim amanhã?
Falou Mirella entregando a lista a mãe.
Monise pegou e leu por cima.
- Vai levar quando para Arthur?
- Na quinta a tarde e provavelmente ficarei por lá, fiz novos amigos.
Falou Mirella abraçando a mãe.
- Vamos indo, podemos comer pizza, para ninguém precisar cozinhar. É bem vindo Derek.
Falou Nicolas.
Todos saíram e fecharam ali.
Os demais lojistas terminavam de fechar e pegavam seus carros.


Edward não aguentando esperar Isabella atender foi na casa da mesma e deu de cara com a casa toda escura.
Já se passavam das 21 horas e não havia ninguém em casa como assim?
Edward estava irritado.


Isa na casa dos Donovan contava sobre os Cullens e de cada um deles.
Ficaram espantados pelo Cullen mais velho ser um vampiro.
Petra não gostava de Alice e nem de Edward e comentaram dos olhares de Mirella para o loiro.
- Seria legal os dois juntos.
Falou Isa.
Todos riam e brincavam
- Vamos indo então? Boa parte de nós acorda cedo e seu pai ia falar com Tio Arthur.
Falou Maggie e todos começaram a se despedir.
- Voltem sempre!
Falou Rebecca na porta abraçando Isa.
Todos se abraçaram.


Chegaram em casa junto com Charlie e todos entraram. Dormiriam ali.
Leah e Isa dividiriam a cama de Isa.
Isa tinha dado a idéia devido Edward.
Charlie estava feliz, trancou a casa e foi deitar com Maggie.
- Boa noite, meninas.
- Boa noite, tio e tia.
- Boa noite, mamãe e papai.
Todos riram e apagaram as luzes.
Amanhã seria outro dia.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...