História Issei:O quebrar de Iluções amorosas. - Capítulo 24


Escrita por:

Postado
Categorias High School DxD
Tags Dxd, Kagekao, Traição
Visualizações 16
Palavras 2.519
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Luta, Magia, Sobrenatural, Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 24 - "Um reencontro inesperado no Submundo grego"


Fanfic / Fanfiction Issei:O quebrar de Iluções amorosas. - Capítulo 24 - "Um reencontro inesperado no Submundo grego"

Azazel,Hotschild e Vali se lançariam contra o bipolar mascarado(Kagekao),mas ele usou o "passo-imperador" para se esquivar da investida feita pelo trio de personagens de relevância mediana na história.Eles quase cairiam de cara no chão mas antes que beijassem o solo eles conseguiram se recompôr a tempo e voltaram a se abalançar contra o mascarado. Eles aumentaram a sua velocidade e foram contra Kagekao utilizando seus respectivos poderes. DIVIDE,DIVIDE,DIVIDE!!!---Vali usou a divide dividing para roubar a energia de Kagekao. Azazel lançou uma lança de luz com todo seu poder mágico em direção a Kagekao. E para finalizar,Hotschild em seu balance breaker Lançou um dragon shot com todo o seu poder. O resultado foi uma grande cortina de fumaça que aos poucos ia se dispersando.Ao se dispersar completamentamente.A paisagem agora contava com uma enorme cratera que seguramente empataria em questão de profundidade com 'fossa das marianas'.Além disso a barreira criada ao redor do local foi destruida e todo o restante do local onde ele estavam parecia ter sido alvo de um terremoto.Azazel logo percebeu que não iria demorar para que os humanos chegassem até aquele local e os vissem e isso,no ponto de vista dele,não seria nada agradável naquele momento. ---Hotschild,Vali,vamos logo sair daqui---falou Azazel em um tom de voz cheio de seriedade bastante notável.                                                            ---Mas ele pode ter sobrevivido,Azazel---falou Vali preocupado pela ameaça que certo duas-caras poderia representar em um futuro próximo. Azazel estava prestes a respondê-lo quando Hotschild respondeu o questionamento de Vali.                             ---Depois podemos fazer isso.Por enquanto nos temos que atender os feridos e notificar as outras facções sobre o ocorrido.---Falou Hotschild se intrometendo na conversa dos governador dos anjos caídos e o Hakryuukou mais forte da história.          ---Eu perguntei isso ao Azazel não a você.---falou Vali irritado com a intromissão do novo Sekryuutei. Hotschild apenas suspirou e virou as costas para depois sair voando pelos ares com destino desconhecido . Era a opção certa para ele.Afinal,ele não era alguém obscessionado por lutas como foram a maioria dos que anteriormente haviam portado a 'Boosted gear',nem era um pervertido fracassado que tinha um harém mais não fazia nada com ele como era o anterior portador a ele,segundo o que contou o Dragão Gales sobre seu anterior portador(ISSEI),apesar do tom de voz usado pelo dragão quando se referia ao seu anterior portador tinha um grande ódio e desprezo perceptíveis quando falava dele. **Talvez esteja relacionado com aquele apelido ridículo que deram a ele quando estava com aquele cara.**-Pensou Hotschild enquanto se afastava do local em alta velocidade.                      (Pov Issei).Acordo em meio a uma completa escuridão.A única coisa de que me lembro era de ter tentado salvar o Liu atacando aquele louco que estava o matando depois disso não lembro mais nada.Será que eu morri? Bem...talvez estar morto não seja tão ruim assim. Não estou sendo chamado de corno,pervertido tarado ou qualquer outro xingamento,também não estou sendo espancado pelo clube de Kendô sem falar que aquelas vagabundas já devem ter morrido também.**Sinceramente...espero não encontrá-las**---pensou Issei com desprezo contra aquelas biscates que o chifraram e fizeram ele virar um meme conhecido como "Rei dos 8 chifres" ou"Rei dos cornos",também havia aquelas pessoas que por alguma estranha razão o chamavam de "Rei do gado". O simples fato de lembrar de como ele foi alvo de zombaria,desprezo e um saco de pancadas na maior parte de sua vida escolar e saber que as mesmas pessoas que o desprezaram se aproximaram dele na maior cara-pau com alguma espécie de interesse depois de que ele deixou de ser um pervertido fracassado fazia seu sangue ferver.Seu desejo mais sincero era o de invadir a escola com uma metralhadora e sair metralando todo mundo.Porém,graças aos seus pais que o orientaram a manter a calma nessas situações e os "funcionários" (o grupo de mercenários com que ele trabalhava antes de morrer),que o estimulavam a descarregar seu ódio e frustração que sentia por seus colegas de classe nas pessoas que ele matava enquanto exercia sua "profissão",ele pôde se auto-controlar e evitar um massacre em sua Academia. Mas tudo veio a baixo quando ele começou a ser atormentados por essas malditas biscates nojentas e interesseiras que o perseguiam para todos os lados;seja pessoalmente ou via redes sociais.Ele não podia suportar tudo isso. Ele estava tão estressado que nem sequer via os filmes pornográficos que seus amigos mandavam pelo grupo no facebook e messenger e,assim,seu Inferno pessoal continuou até que os líderes das facções bíblicas apareceram em sua casa e sugeriram um "Rating game" valendo sua liberdade.E o pior é que agora ele não tinha aquela maldita lagartixa subdesenvolvida(Ddraig)para quebrar a cara daqueles miseráveis que queriam que ele aceitasse ser um corno manso e não reclamasse. NÃO!!!...Ele não iria voltar com aquelas desgraçadas que brincaram com seus sentimentos,principalmente aquela Ruiva interesseira(Rias gremory)que apenas o reencarnou por ter a 'BOOSTED GEAR'(NOUTERDENN:Para quem discorda disso basta apenas observar o fato da Rias saber que com antecedência que o Issei seria assasinado por Reynare e o deixou ser morto para que depois ela o reencarnasse como seu escravo e caso ele portasse uma sagred gear que fosse considerada inútil para seu clã ela o deixaria morrer lutando contra a Reynare)Inclusive,Issei havia guardado um ódio particular contra ela e pensava em matá-la quando tivesse a oportunidade;nem que isso custasse sua vida. Enfim,ele treinou com Kagekao durante toda uma semana não sem antes disser para seus pais que iria para uma festa.Eles,no ínicio,não permitiram,Então ele,sem opção,fez seus olhos brilharem em tom vermelho escarlate olhando para seus pais para depois perguntar: ---Posso ir a festa de hoje à noite?---perguntou Issei de maneira despreocupada.

---Sim,Issei-sama---responderam de maneira sincronizada como se fossem robôs.                                                   ---Obrigado,Otou-san,Oka-san---falou Issei para depois sair pela porta da frente. Após concluir seu treino com os "funcionários"; ele foi meio vazio para o Inframundo.De fato,após acordar daquela espécie coma em que ele teve algumas memórias de sua infância,pesadelos e matou suas ex-prometidas ele se sentia vazio(no sentido de não achar nenhuma razão para existir,lutar,e não sentir nenhuma emoção tendo,inclusive,surpreendido Kagekao ao falar: " Vamos logo.Quero que aqueles que irritam caiam de uma vez",com uma atitude completamente diferente da atitude habitual dele. Talvez...ele tenha tentado adotar uma atitude mais fria e máscula para tentar ganhar respeito dentro do grupo onde ele estava inserido ou tenha dito isso tentando adotar uma nova personalidade; imaginando ser uma pessoa completamentamente distinta daquele pervertido inútil que era espancado constantemente pela garotas do Club de Kendô e que mais tarde também viria a ser o "O Rei dos 8 chifres". Ele entrou na arena do Rating game onde ele facilmente ganhou de todos os seus adversários com extrema facilidade utilizando uma técnica que,de alguma estranha forma,ele adquiriu. Após fazer sua técnica ele ficou meio estranhado ao ver todos seus oponentes inconscientes no chão.Ele ficou ainda mais confuso quando ouviu alguém susurrando algo em seu ouvido: ---Meu nome é**************---uma voz feminina susurrou embora o último,que provavelmente seria seu nome,não chegou a ser audível para o "Rei dos 8 chifres".Issei olhou para todos os lados procurando a dona daquela voz;mas não obteve sucesso.No final,ele teve que ignorar isso já que o Maou Sir zechs estava se aproximando do grupo um pouco amedrontado e surpreso com a demonstração de poder que ele acabou de fazer. Sir zechs ainda um pouco amedrontado com a demonstração de poder exibida por Issei se aproximou e procedeu a perguntar qual era o desejo deles quando Creepypasta hunter o corrigiu dizendo:--Você quis dizer desejos,não é ?-- E assim eles procederam a dizer seus desejos para o Maou que os anotou em um bloco de notas para cumpri-los depois.Após falarem seus desejos,o grupo de mercenários procedeu a sair do local utilizando uma técnica feita por Kagekao chamada de "Garganta". Após chegarem em Kuoh pela                               "Garganta",cada um deles procedeu a sair para suas respectivas casas. Enquanto percorria rapidamente a cidade Issei ficou pensando de quem era aquela voz e como os seus oponentes foram derrotados sem que ele se lembrasse como isso ocorreu. Além disso,ele também tinha bastante curiosidade para saber de quem era aquela voz e qual seria o nome dela já que ele não chegou a ouvi-lo claramente. Ao chegar em casa ele tirou o encantamento que havia colocado em seus pais.Eles perguntaram o que havia acontecido para eles estarem alí já que não lembravam de nada que havia acontecido anteriormente e que explicasse e aonde ele tinha ido,uma vez que sua roupa estava manchada de terra,galhos e até com alguns buracos(provocados por balas).     Bem....---falou de maneira nervosa imaginando alguma mentira.                       ---Otou-san,Oka-san,eu não vou mentir... ---Eu estava... ---NO PUTEIRO!!!!---disse deixando seus pais em SHOCK,sobretudo sua mãe que começou a lacrimejar.Issei achou que receberia um monte de insultos e,provavelmente, uma surra de cinta. Mas,para a surpresa de Issei,seu pai se jogou sobre ele e começou a chorar em seu ombro direito. Após deixar de chorar sobre o ombro de seu filho ele(O pai de Issei que eu-o escritor-não lembro o nome). disse:---Filho..eu nunca imaginei que você conseguiria superar o abandono daquelas garotas. A mãe de Issei,ao ver a ação de seu marido,não teve outra reação a não ser abraçar os dois.Após o abraço em família e os três chorarem juntos durante alguns minutos(os pais de issei por perceber que o filho tinha saído da depressão em que se encontrava nem que seja contratando os serviços de uma "profissional do sexo" e Issei;que apenas chorou porque estava surpreso por seus pais se importarem com ele mesmo ele tendo dado uma má reputação a eles ao terem um garoto pervertido como ele em sua família. Após limpar suas lágrimas ele (ISSEI) fez uma reverência à seus pais subiu a escada para se dirigir em seu quarto.Aparentemente,aquelas memórias e alucinações não foram mais que um mero pesadelo.Ele não tinha quase nada com que se preocupar era um quase como... um sonho. Mas...mal sabia ele que um dia todo sonho deve acabar...                               (FIM DO FLASHBACK).Issei ao lembrar disso ficou um pouco feliz até que essa felicidade passageira se esvaiu rapidamente depois que ele sentiu que caiu em algum local.Ao se levantar do chão e erguer sua vista ele viu uma paisagem aterradora. O céu daquele local era um vermelho carmesim decorado por nuvens negras como carvão que,ao invés,de trazer chuva ou produzir raios produziam chuvas de bezouros e demais insetos e criavam aterradores gritos que pareciam os gritos de uma pessoa sendo torturada. Ao ainda estar em SHOCK com a paisagem que acabou de visualizar ele não percebeu que um antigo conhecido dele o havia visto e começou a se aproximar rapidamente dele.                            ---Parece que nos encontramos de novo,não é ,demônio-san?---disse uma voz masculina em um tom doentio. Issei rapidamente daria a volta para dar de cara com um certo sacerdote que provavelmente tem problemas mentais. ---Freed?!!---Issei falaria surpreso ao reencontrar aquele sacerdote louco que quase abusou(sexualmente)uma de suas ex-prometidas (Asia Argento). ---Sim!!!EU,O GRANDE FREED SELLZEN ESTOU AQUI!!!---Disse alegremente com um pouco de loucura.---Mas,para o seu azar...(desembainando uma espada enferrujada de sua cintura)VOCÊ VAI SER EXTERMINADO POR MIM!!!REI DOS CORNOS!!!---disse para começar a correr como louco (o que de fato ele é) em direção a Issei que rapidamente invocou sua foice e a utilizou para bloquear o ataque de Freed. (Aclaração: A fama do Issei como sekryuutei nessa fanfic era tão grande que,quando ficou público o seu divórcio de suas esposas virou um escândalo não só na facção demoniaca como também em todo o mundo sobrenatural provocando que até os que estavam mortos,no submundo governado por Hades;soubessem que o Sekryuutei tinha se divorciado pela infidelidade de todas suas esposas) ---Maldito!!!como você pode estar vivo depois do Kiba ter te matado?!!---Perguntou Issei enquanto aplicava bastante força em seus braços para tentar bloquear o ataque de Freed.           De fato,agora que ele não tinha mais seu corpo físico os poderes regenerativos e os super sentidos faziam bastante falta.                                                                                                                ---Se você estiver falando daquele viadinho com quem você andava posso dizer com certeza que depois de matar você..(pausa repentina em seu discurso com intuito de dar um ar de suspense à sua pessoa). EU VOU ATRÁS DELE !!!---Gritou exitado com a ideia de matar o cavaleiro(ou cavalo;caso se refira ao fato dele ter a peça de cavalo no Xadrez satânico de DXD) de Rias Gremory. ---CALE-SE!!!MISERÁVEL!!!CERO!!!---Gritou Issei para depois disparar uma rajada de energia de sua foice à queima roupa contra o sacerdote abusador(de freiras). Uma cortina de fumaça extremamente densa se formou. Issei deu a volta para ir embora já que ele achou que havia matado Freed mas ele ficou surpreso ao ouvir uma voz.---Corno..Eu ainda tô aqui!---disse notavelmente irritado Freed enquanto saia da cortina de fumaça mostrando que estava com a maior parte dos trapos velhos que estava vestindo destruídos e tinha uma grande cicatriz no peito provocado pelo poder que Issei havia lançado.                                Freed começaria a correr com sua espada enferrujada em suas mãos até Issei. Issei apenas pôde bloquear seu ataque e os dois começaram a usar a força bruta para tentar fazer retroceder a arma de seu respectivo adversário. Freed ao ver que ele e Issei em questão de força estavam muito igualados resolveu apelar para um truque sujo. ---Ei,cara,me diga como é ser corno?---perguntou Freed com um sorriso doentio e malicioso em sua face. --Cala..A BOCA !!!--Issei gritou tentando criar outro Cero com sua foice pela segunda vez. O sorriso demente do sacerdote abusador(de freiras) apenas se alargou mais e seus olhos brilharam de alegria ao ver sua esperada oportunidade. --ADEUS BASTARDO !!!--gritou com ódio e alegria em sua voz para depois cuspir nos olhos de Issei e chutá-lo com toda sua força em seus testículos o jogando contra um pequeno monte perto dalí. --Olhe o lado bom-disse Freed se aproximando de Issei dando gemidos de dor enquanto segurava suas bolas que haviam sido destruídas pelo chute de seu adversário.                                                        Você depois de ser morto não vai  ser chamado de Corno novamente...-disse apenas a alguns poucos metros de Issei,empunhando sua espada.                 --Agora..MORRA!!!--com suas duas mãos Freed faz sua espada cair como um relâmpago em direção a cabeça de Issei. Issei fecha bruscamente seus olhos achando que era seu fim quando,de repente,ele abre seus olhos ao ouvir um forte grito.                                ---MEU BRAÇO!!!FILHO DA PUT*!!!---Gritou segurando o que seria seu cotovelo já que o restante de seu braço havia sido decepado. embora,estranhamente, não estivesse sangrando mais que algumas poucas gotas. ---Sinceramente,Hyoudou,não esperava que você fosse perder contra esse lixo.---Disse em tom de decepção um homem de aparentes 20 anos,cabelo castanho largo e olhos verdes enquanto empunhava uma tramontina benzida. ---LIU?!!---disse Issei extremamente surpreendido.                                                                                               ---Que interessante reencontro...---Disse uma voz feminina em um tom de voz vazio;ausente de emoções. ela era uma mulher trajada com um vestido negro que cobria todo seu corpo (como aqueles largos vestidos usado pelas mulheres de países islâmicos),de olhos vermelhos sangue,com pele palida como a neve e cabelos escuros como a escuridão da noite,e estava escondida entre algumas rochas logo a alguns metros de Liu. continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...