História Isso É Amor! - Capítulo 16


Escrita por: ~

Visualizações 62
Palavras 1.512
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


E aí amores e amoras!Tudo bem com meus ursinhos kawaiis?
Bom,hj o cap. ta bem bom,eu acho.Desculpa se não tiver mt bom?É que o "lindo" do bloqueio de criatividade bateu...
Então...BORA LER!
p.s.-Não esqueçam do cap. anterior!

Capítulo 16 - Você Foi Um Herói!


Fanfic / Fanfiction Isso É Amor! - Capítulo 16 - Você Foi Um Herói!

LUBA

Estava leeevemente embriagado,conversando com pessoas estranhas e andando aleatoriamente por aí.

Sem perceber fui parar em um beco,como eu havia chegado ali?Eu não sei,mas eu tô com medo.É um beco escuro e sujo...Tem um homem atrás de mim!

??-Ora,ora,ora!O que nós temos aqui?O viadinho se perdeu de seu bando de babacas?

Luba:Que-quem é você?O que quer fazer comigo?

??:Eu sou seu pior pesadelo e vou te ensinar uma lição.Ah,e diga a aquela sua amiga loirinha que NINGUÉM mexe comigo!

Ele apenas avançou em mim e começou a me dar chutes e socos na barriga,costelas e rosto.Eu apenas chorava baixinho com as mãos em meu rosto com a intenção de me proteger,mas sem resultado.

Isso só pode ser um pesadelo!Isso não pode estar acontecendo comigo!Minha visão escurece e eu desmaio ouvindo as últimas palavras daquele idiota.

??:Acho que acabamos o trabalho por aqui.Vamos embora...

T3DDY

-Luba?!Por favor,acorda!-Eu não sabia o que fazer...

Estou chorando,eu gosto dele,não quero que ele morra...Calma Lucas.Pensa no que fazer...Eu não consigo!É tudo culpa minha,isso não deveria ter acontecido.

Pego ele no colo e o coloco no banco de trás do carro junto com as pessoas.

Karen:O que aconteceu com ele?!Porque ele está todo machucado!?T3ddy,nos leva pro hospital AGORA!

Mauro:Eu vou de uber pra dar mais espaço pra vocês...

Gabbie:Não!Ta todo mundo bêbado e da espaço no carro.Eu...-Ela começa a chorar-só estou preocupada com o Luba...

Chegamos no hospital e o Luba foi pra ala de emergência.Será que ele vai morrer?Será que se eu tivesse chegado antes ele estaria melhor?Será que...,Meus pensamentos são interrompidos por um homem e uma mulher.

??:Oi querido,você é amigo do Lucas?-Diz a mulher com feição preocupada.

T3ddy:Sim,sou eu mesmo.Prazer,Lucas e também colega de quarto de seu filho.

??:Prazer Lucas,eu sou o Otto e ela a Carminha.Sabe como meu filho está?

T3ddy:Não...Como vocês souberam que ele estava aqui?

Carminha:Gabriella nos ligou chorando e nos disse o que aconteceu...Mais ou menos.

Enfermeira:Oi pra vocês,Eu sou a enfermeira que vai cuidar do Lucas,ele já está na UTI em estado estável.Ele fraturou uma das costelas e teve uma lesão em alguma parte da cabeça...está em coma,sinto muito.Vocês são os pais dele?-Carminha assentiu com a cabeça-Vão até seu quarto para assinar os papéis de responsáveis,eu estou a caminho.

Apoiei meus cotovelos em minhas coxas e segurei a cabeça nas mão para não chorar,sinto uma mão no meu ombro e olho para frente,era a enfermeira.

Enfermeira:Está preocupado?Não fique,você foi um herói!Se não fosse​ você ele teria ficado mais machucado ainda e poderia estar pior.Não se culpe ta?...Tchau vou indo.

T3ddy:Espera qual o seu nome?Eu preciso saber quem cuida dele.

Enfermeira:Eu sou a Jasmine,prazer.(Aut:Sim,isso mesmo que estão pensando...-Jagi:Caralho!Eu sou foda!)

(Jagi:Três sem...

Aut:Jagi,você não vai mais narrar.

Jagi:Porque!?

Aut:Como você vai participar da história e narrar ao mesmo tempo?

Jagi:Tem razão,mas...Deixa eu fazer pela última vez?

Aut:Ta,vai.

Jagi:Três semanas depois...)

PEDRO

Depois que soubemos que Luba estava em coma,nosso grupo começou a ficar mais triste,depressivo,aquele grupo de amigos animado e divertido que existia antes não era mais o mesmo...

Quase todos os dias nós vamos visitar Luba,nos dividindo em grupos de cinco.O mais preocupado entre nós era o T3ddy.Todos os dias ele se lamentava e ficava triste pelos cantos.É...o coma do Luba abalou todo mundo.De resto está tudo normal,aulas chatas,meninas dando em cima de mim(Aut:Ta se achando muito eim Pedro?-Pedro:Shiiiu,deixa eu continuar sua chata...),treinos de futebol(sim,eu passei nos testes e sou titular do time de futebol!Eu não vou muito com a cara do capitão Gustavo;ele é metido,mesquinho,se acha muito e ainda por cima vive jogando sujo,esse não presta mesmo.Merece a megera da Kéfera,aquela piranha já traiu Gusta com meio mundo e o otário ainda não se liga).Ah,a escola foi reformada.Agora os quartos tem duas camas uma ao lado da outra separada por dois criados mudos e uma janela,na parede direita tem a porta do banheiro e na parede em frente a janela tem uma mesa de estudo com um guarda-roupa na parede da esquerda.

Tudo que eu falo com Alice é "Bom dias"s," Boa tarde"s e "Boa noites" s grossos e secos de sua parte.Porque ela não quer ser minha amiga?Porque ela vem me ignorando?Será que ela não gosta de mim?Será que eu não sou bom o bastante pra ela?...

Já era de noite,bem tarde na verdade.Eu acordo com barulhos e palavras desconexas.Abro os olhos e vejo Alice suada e ofegante,ela se remexia e se rebatia como se quisesse que algo parace.Ligo a luz do abajur e me ajoelho em seu lado.As únicas coisas que eu entendi das palavras aleatórias que saim da sua boca foram:"Para!","Não!","Me solta!"...

-Alice,acorda...Alice!-Nada.Tento chacoalhar ela e...nada também.

Dou mais umas chacoalhadas e ela acorda de supetão com os olhos arregalados tentando compassaO

a respiração,me assustando um pouco.

Pedro:Alice...Você ta bem?

Alice:Não...foi real...foi tudo real Pedro!-Lágrimas se acumularam em seus olhos.

Ela me abraça,no começo eu fico meio surpreso,mas logo me deixo levar.Aquele "sonho" me vem atormentando faz noites,eu não consigo mais dormir com ela se remexendo e gritando de madrugada.

Pedro:Ta mais calma?-Ela assente com a cabeça no meu peito-Agora me conta o que aconteceu.

Alice:Ele voltou...

Pedro:Quem voltou?

Alice:Felipe.

Pedro:Quem é Felipe?

Alice:Meu ex-namorado,ele...

Pedro:Ele?

Alice:Ele fez coisas horríveis comigo.E toda vez é o mesmo sonho de sempre...

Pedro:Vai ficar tudo bem me ouviu?É só um sonho.

Alice:E se ele voltar?Eu não quero que aquilo...-Mais e mais lágrimas insistem em cair de seus olhos.

Pedro:Se aquele cusão encostar um dedo em você eu quebro todos os dentes dele!Eu juro que vou te proteger.

Alice:Sério?-Assinto com a cabeça-De dedinho?-Diz levantando o mindinho curvado a frente de seu rosto olhando diretamente em meus olhos com um sorriso cúmplice em seu rosto.

Pedro:Prometo!-Digo cruzando meu dedinho com o seu.

Ela volta a deitar em sua cama e eu na minha.Logo ouço meu nome sendo chamado baixinho.

Alice:Pedro...ta acordado?

Pedro:Tô sim.Ta precisando de alguma coisa?

Alice:Tem remédio para dor de cabeça no kit de primeiros socorros?Pera,eu acho que vou...-Ela sai correndo para o banheiro.Vou em direção ao banheiro para ajuda-la,encontro-a vomitando no vaso e pálida.

Pedro:Ta tudo bem?-Digo encostado na porta.

Alice:Olha pra mim,é obvio que eu não tô bem idiota...

ALICE

Eu não estava me sentindo nada bem,minha cabeça doía,meu estomago estava embrulhado e as coisas se embaralhavam em minha visão.

Pedro faz um pergunta estúpida,respondi sem paciência.

Ele volta para o quarto e eu fico looongos minutos lá,colocando tudo pra fora.Volto para o quarto e vejo Pedro mexendo no celular.

Pedro:Ta melhor?

Alice:Tô-tô s-sim.-Respondo batendo o queixo de frio e me sentando em minha cama

Pedro:Você não ta bem.-Ele vem em minha direção e coloca a costa da mão em minha testa-Você ta queimando em febre!Deita,eu vou pegar mais alguns cobertores pra você.

Alice:Nã-não preci-cisa.Vai dormi-mir.

Pedro:Você ta com febre,precisa de mim.-Ele me entrega uma coberta a mais.

Deito e me cubro ainda sentindo muito frio.Eu não conseguiria me esquentar por completo,não conseguiria dormir...

Pedro:Ainda não conseguiu dormir por causa do frio?-Eu confirmo com a cabeça.-Chega pra lá.

Alice:O que-que vai fa-fazer?

Pedro:Te esquentar.Eu ouvi falar que calor humano é bom.-Eu dou espaço na cama e ele se deita ao meu lado me abraçando e acariciando meus cabelos.

PEDRO

O que foi?Eu queria ajudar,sem segundas intenções ta?Mas estava ansioso mesmo assim,pra ajudar...

Me deito a seu lado acariciando seus cabelos enquanto ela apoiava a mão ao lado da minha cintura.Sinto sua respiração ficando leve,olho para baixo e vejo um serzinho fofo de olhos fechados dormindo agarrada em mim,será que eu estou apaixonado?...

~Sonho On~

Alice:O que aconteceu com você Pepo?

Pedro:Eu estava no parquinho e uns meninos mais velhos vieram e me bateram...

Alice:O que?!Vamos lá agora!-Ela me arrasta até o parquinho onde dois meninos mais velhos estavam encostados no muro velho.Ela se aproxima deles com fogo nos olhos.

Alice:Qual de vocês bateu nele?

??:Eu!Porque,algum problema?

Alice:Sim,o problema é que você é tão infantil a ponto de bater em um garoto menor porque não tem amor.Ou vai me dizer que a sua vida é perfeita e fez isso porque quis?-Diz Alice furiosa.O menino fica com os olhos cheio de lágrimas e seu amigo se controlava para não rir,mas vem em direção a nós dois.

O menino mais alto(que é o que Alice enfrentou) puxa seus cabelos.Eu dou um soco em seu nariz e ele começa a sangrar.Seu amigo vem em minha direção me derruba,quando ia me dar um soco Alice o chuta na barriga e ele cai.

Alice:Nunca mais ousem em chegar perto deste parque ta bom?-Eles assentiram com a cabeça com medo e vão embora correndo.

Pedro:Obrigado por me ajudar!

Alice:Eu sempre vou estar aqui com você,não importa o que aconteça.

Pedro:Jura de dedinho?

Alice:Juro de dedinho!-Ela cruza nossos dedos.Nesse dia uma amizade foi celada,uma união entre duas crianças.Naquele dia duas almas forma unidas pelo destino e nunca mais se separaram.Foi culpa do cara lá de cima tá?Bom,na verdade a culpa foi minha...Mas as merdas foi vocês que fizeram.

~Sonho Off~

De quem era aquela voz?Porque ela falava com tanta verdade?Deixa pra lá,é só um sonho.Acabo de perceber que ainda durmo na cama de Alice,ela agarrada em minha cintura respirando perto de meu pescoço.

Se fosse outra mulher,tipo aquelas que eu passo a noite e descarto,eu estaria achando sexy e tal,mas como é ela...É fofo e lindo ao mesmo tempo.Dá vontade de colocar no potinho e proteger do mundo a todo custo.

Saio da cama com cuidado para não acorda-la e vou para minha cama.Olho para Alice dormindo e um sorrisinho bobo surge em meus lábios.

O que será que ela estava sonhando?Quem é Felipe?De quem é aquela voz misteriosa do sonho e porque eu tenho a impressão de que a conheço?,acabo adormecendo com perguntas sem respostas em minha cabeça...


Notas Finais


Então é isso,espero que tenham gostado.Curte e comenta pra deixar meu coraçãozinho quente?Obrigado.
Jagi:Alguém quer adivinhar as perguntas do Pedro?Deixa nos coments.
E...TCHAU!
Jagi:Eu já falei que eu sou foda?Ata,o final...TCHAU!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...