História "Isso é Apenas o Começo" - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Apink, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, F(x), Infinite, Seo In-guk, SHINee
Personagens Jennie, Jisoo, Jung Eun-ji, Kai, KiBum "Key" Kim, Kim Nam-joo, Kim Taehyung (V), Krystal Jung, Lisa, Min Yoongi (Suga), Minho Choi, Myungsoo (L), Oh Ha-young, Park Cho-rong, Rosé, Seo In-guk, Son Na-eun, Suho, Taemin Lee, Yoon Bo-mi
Tags Anh Jae-hyun, Drama, Hentai, Kim Min Jae, Revelaçoes, Romance
Visualizações 42
Palavras 1.238
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu demorei? Demorei até d+ mas tá aí, o capítulo quentinho!!

Capítulo 3 - Quase ou agora? Part. 1


Fanfic / Fanfiction "Isso é Apenas o Começo" - Capítulo 3 - Quase ou agora? Part. 1

[...]

 

 

Uma semana havia se passado e Naeun já estava a caminho da casa de Jae-Hyun… Ela chegou há frente do portão e bateu dali mesmo até que ele abriu a porta de sua casa e foi atendê-la.

 

- Chegou cedo. - Jae-Hyun falava quando abria as portas do portão. A menina não falou nada, apenas sorriu e os dois entraram dentro da casa de Jae-Hyun.

 

Sua casa era esplêndida, em aparência parecia pequena mas quando entrará lá dentro percebe que há bem mais detalhes do que o lado de fora.

 

- Aqui é bem bonito. - Naeun falava quando deixava seus livros em cima da mesa da sala.

 

- Obrigado. - Jae-Hyun falou quando a acompanhava. - Sente-se por favor.

 

Os dois se sentaram, um em cada sofá Naeun se perguntava onde estariam seus pais… Era estranho uma casa tão grande só para Jae-Hyun estar ali. A curiosidade de Naeun ganhou e quando percebeu já lhe estava perguntando.

 

- E seus pais? Onde estão eles? - Ela perguntava cruzando suas pernas passando as falas da peça.

 

- O que? Há sim! Os meus pais estão trabalhando no momento, só quem está aqui só sou eu e meu irmão. Ele está lá em cima, no seu quarto. - Ele apontou para o suposto quarto de lá de cima.

 

- Há sim….

 

Naeun olhou para o mesmo lugar que ele havia apontado, mas logo os dois começaram a ler as falas e também decorá-las.

 

- Conseguiu decorar já as fala? - Jae-Hyun interrompia o silêncio que havia naquele espaço, Naeun fez com o rosto tipo: “É… Mais ou menos…”. Os dois riram daquilo.

 

- Ok. Então vamos começar! - Jae-Hyun se levantou do sofá nada brusco, ele aparentava estar empolgado.

 

- Então tá bom… Eu acho... - Naeun falava normalmente quando se levantou e ficou á frente de Jaehyun. - Você começa primeiro.

 

- Está bem… Bom eu vou pular umas falas pois tem algumas que eu não terei que falar com você, são com os outros artistas.

 

Ela concordou positivamente, porém havia algo que não a parava de perturbar. E o beijo?

 

Naeun nunca beijou ninguém… Que triste. - A mesma ficou pensando nisso.

 

Certo tempo depois os dois estavam na metades das falas quando chegaram na parte da cena do beijo. "Que droga!" - Naeunnie pensava.

 

“Malditas falas… Porque teria logo um beijo!? Não poderia ser um abraço ou um comprimento de mãos!?” - Era os pensamentos de Naeun também naquele momento.

 

- Você já beijou alguém? - Jaehyun tirava Naeun do seu transe.

 

- Como é? - Naeun se espantou com sua pergunta inesperada.

 

- É… Se você já beijou alguém… É por causa que nas falas estão escr… - Naeun o interrompeu.

 

- Ah... Ah sim… Mas é claro, quem nunca beijou não é mesmo!? - Ela falava nervosa, isso estava bem claro.

 

- Então tudo bem. - Jaehyun olhou diretamente para sua boca… Ele estava se aproximando mais e mais...

 

- JAEHYUN!!! - Alguém os interrompeu, os pegando no flagra. - Quem é essa!?

 

Adivinhe quem era? Exatamente.

Era o seu irmão mais novo, Ahn Min-Jae de 16 anos que era um mala-sem-alça muito, muito atrapalhado!

 

Naeun ao o ver corou. Ela não estava preparada para ser pega se beijando com alguém. Principalmente por um desconhecido.

 

- Ela é quem vai fazer o papel da Julieta

 

Jaehyun coçou sua cabeça como pensando: “Porque tinha que aparecer logo ele!? E ainda nesse momento?”

 

- Eu… Eu já vou indo embora… O meu irmão deve estar preocupado.

 

- São ainda 06:35-PM Naeun.

 

- Eu sei m-mas eu combinei com ele de ir ao mercado antes das 07:30-PM então…

 

- Vocês dois realmente vão fingir que eu não existo, ou o que? - Min-Jae estava ficando bravo.

 

Min-Jae falava em um tom grosseiro, realmente ele ao ver Son Na-Eun não gostou dela nem um pouco.

 

- Oh desculpe de verdade… - Ela se curvou em um gesto de desculpas - Meu nome é Son Na-Eun.

 

- Você não disse que iria embora? - Min-Jae cruzou seus braços e Jaehyun suspirou fundo.

 

- Ela já está indo, não é Naeun? - Jaehyun a olhou e a mesma apenas confirmou.

 

- Sei. - Min-Jae disse em expressão irônica.

 

Certo tempo depois, Naeun se “despediu” de Min-Jae e pegou seus livros e foi para fora, acompanhada de Jaehyun.

 

- Quer que eu a leve para casa? Parece pesado esses livros em sua mão.

 

- Não, não. Tudo bem, Chorong combinou de vir me buscar já, já ela chega.

 

- Você lá dentro me disse outra coisa.

 

- É mais ela havia me ligado hoje de manhã e disse: “Dongsaeng! Se eu aver tempo passarei nesta casa imediatamente sem nem uma reviravolta ao meu trabalho! Fighting!”, ela acabou de me mandar mensagem dizendo que está vindo Jaehyun.

 

Quando Naeun imitou sua amiga era completamente fofo, Jaehyun realmente tinha vontade de apertar aquelas bochechinhas.

 

- Me chame de oppa. É mais bonito do que meu nome.

 

Naeun corou e sorriu sem mostrar os dentes, quando olhou de novo para a rua, sua unnie já estava chegando buzinando.

 

- Eu já vou indo… - Ela fechou o rosto de um jeito fofo, mostrando que estava com vergonha e complementou no final… “Oppa”.

 

- Olha quem está já namorando. Não é Naeun! - Disse em tom harmonioso.

 

- Unnie por favor, vamos embora... - Naeun falava quando entrava dentro do carro.

 

- Minha sansaeng é tão fofa quando tímida. - Chorong falava “atenta” no trânsito.

 

- Você bebeu unnie?

 

- Só um pouquinho, não foi muita coisa.

 

- Como é que é? Você está doida de beber agora!?

 

- Eu já falei, não foi muito ok? Agora fica calma aí que já estamos chegando no supermercado.

 

Naeun ficou calada depois de então depois quando chegaram no supermercado, apenas Naeun desceu, entrou no supermercado e comprou o que tinha de comprar. Na volta se deparou com Taemin, Minho e Kai andando de bicicleta nas ruas de Seoul, mas não os chamou nem nada, apenas segui-se diretamente para o carro.

 

- Vamos unnie.

 

- Vamos dongsaeng.

 

Chorong unnie dirigiu calma até a casa de Naeun onde ela estacionou e as duas desceram do carro. Quando Naeun entrou se deparou com Kai, Taemin e Minho sentados no chão da sala assistindo TV.

 

-Mas como é que...? Ué vocês não estavam perto do supermercado, e agora estão aqui!?

 

- Nós também a vimos, mas o Taemin não quis fal… - Minho falava mas Kai lhe deu uma bela de uma cotovelada.

 

- O que o Minho quis dizer é que não estávamos com T-E-M-P-O porque o Suho queria nós aqui, não é? - Kai lhe deu um olhar ameaçador e Taemin estava com uma cara meio “fechada” para os dois.

 

- É… É isso mesmo.

 

Depois de todos se comprimentaram, Naeun foi para o seu quarto. O seu irmão havia saído para comprar bebidas, Chorong unnie só estava dando atenção para Minho o seu primo, e Kai e Taemin estavam jogando vídeo-game.

 

- Yah… Que cansaço… - Naeun se olhou no espelho e pegou sua toalha e foi para o banheiro pequenino dali do quarto. Enquanto ela tomava seu banho, escutou a porta bater e percebeu que esta devida pessoa acabaria de entrar em seu quarto.

 

Ela terminou o seu banho nas pressas achando que poderia ser sua unnie. Saiu ela apenas de toalha e se deparou com...

 


Notas Finais


E aí? Quem é o Boy Magia dessa vez?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...