História "Isso é Apenas o Começo" - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Apink, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, F(x), Infinite, Seo In-guk, SHINee
Personagens Jennie, Jisoo, Jung Eun-ji, Kai, KiBum "Key" Kim, Kim Nam-joo, Kim Taehyung (V), Krystal Jung, Lisa, Min Yoongi (Suga), Minho Choi, Myungsoo (L), Oh Ha-young, Park Cho-rong, Rosé, Seo In-guk, Son Na-eun, Suho, Taemin Lee, Yoon Bo-mi
Tags Anh Jae-hyun, Assédio, Drama, Hentai, Kim Min Jae, K-pop, Revelaçoes, Romance, Violencia
Visualizações 27
Palavras 1.070
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hoje vamos ver Namjoo e Eunji em ação kakaka
Boa leitura amores <3

Capítulo 5 - Foi apenas um sonho Taeminnie


Fanfic / Fanfiction "Isso é Apenas o Começo" - Capítulo 5 - Foi apenas um sonho Taeminnie

-Taemin! Taemin! Acorda caramba! - Sua mãe falava juntando tudo ao redor de Taemin, o quarto estava mesmo um horror.

 

-Que?... - O menino falava bocejando e se espreguiçando. - Omma…

 

-O que foi? - A mulher mais velha falava o olhando com muitas roupas de Taemin em sua mão.

 

Foi agora que ele se deu conta…

 

-OMMA! - Ele gritou e se levantou da cama nas pressas.

 

-Yah Taemin! O que foi!?

 

Ele suspirou depois de perceber que era tudo apenas um mero sonho, que não era realidade… Era tudo imaginação…

 

-Nada… - Ele falou com um rosto decepcionado, sua mãe apenas o olhou e lhe deu um: “Bom dia.”

 

A mulher logo saiu de seu quarto com algumas roupas dobradas em sua mão e logo Taemin se jogou na cama novamente.

 

-Droga, droga, droga!! - Taemin rolava sobre sua cama chateado sobre o que poderia ter sido realidade mas foi apenas um sonho…

 

“Um maldito sonho!” - Era o que Lee Tae-Min pensava.

 

Por um tempo ele ficou ali… Jogado. Tempo depois se levantou e viu que estava 06:45-AM, mesmo assim não se importava a que horário iria para a escola, aliás não tinha nada de interessante lá mesmo…

 

“A não ser, Son Na-Eun.”

 

Arrumou-se e foi às pressas para o colégio. Lá encontrou Jong-in, mais popularmente conhecido com “Kai”.

 

-Chegou um pouco mais tarde hoje. - Kai falava ao seu lado olhando para o seu relógio de pulso.

 

-É novo...? - Ele falou enquanto andava diretamente para a sala deles dois.

 

-É… É sim. - Kai falou, e logo depois havia chegado Naeun conversando com uma amiga.

 

Seu nome era Eunji, Jung Eun-Ji para ser mais preciso.

 

 

 

As duas ignoraram totalmente os dois, que era até normal mas Taemin queria atenção.

 

Taemin ia em direção a Naeun a ter ser tomado a frente por um homem mais alto que estava de costas.

 

-Jaehyun! - Naeun sorriu para ele.

 

-Caramba! É você o Ahn Jae-Hyun não!? - Eunji falava surpresa.

 

-É sou eu mesmo. - O mesmo falava sorrindo.

 

Passou-se 30 minutos de aula, quando todos ouviram um estrondo de baixo.

  

 

 

Deixem que eu resolvo. E que ninguém desça daqui! - O professor falava olhando todos os alunos e logo abriu a porta e saiu para ver o que tinha acontecido.

 

-Ah… - Ela suspirou fundo. - O nosso professor não é um sonho...? - Kim Nam-Joo falava enquanto olhava ainda para a porta de onde ele havia saído.

 

-Cai fora. Ele já tem dono. - Eunji falava enquanto tentava pelo ao menos dar um cochilo em sua mesa com parte de seu rosto jogado nos livros.

 

-E quem é essa “dona”? Hein? - Namjoo a olhou. - Por acaso não me diga que é você?

 

-Qual é Namjoo…? Por que eu o olharia pra ele?

 

-Por que ele é lindo, másculo, perfeito, gostos… - Eunji a interrompeu.

 

-Xi!! Dá pra calar a boca? Eu gostaria de… D-o-r-m-i-r um p-o-u-c-o! - Falava ela com um certo ar de ciúmes.

 

Mesmo de sempre… Essa era Eunji. O tipo de garota que não liga para tais coisas inoportunas.

 

“Mentira”, “cara-de-pau” talvez era isso que a definiria. Ou talvez algo menos pesado, “direta”. Muito direta.

 

No fundo ela sabia o que ela mesma sentia.

 

-Professor! - Já havia acabado a aula e Eunji tinha ido em sua direção.

 

Seo Guk a olhou e botou suas mãos no bolso. - O que foi Jung?

 

Ele sempre a olhou como uma simples aluna e sempre com aquele ar de “Bad Boy”.

 

-O que havia acontecido lá em baixo? - Eunji o olhou.

 

-Nada que os meus alunos tenham com que se preocupar. - Foi direto o mesmo e logo começou a andar. Eunji se sentiu decepcionada.

 

-Você brigou com a Eunji?! - Naeun falava surpresa com Namjoo.

 

-Não foi uma briga, mas como uma “discussão”.

 

-”Discussão”? Você quer dizer uma discussão sobre um homem, não é? - Naeun a olhou sem expressão.

 

-Qual é Naeun, até parece que você nunca gostou de alguém! - Ela saiu de perto da mesma e foi indo embora até se esbarrar em alguém e cair em cima do mesmo.

 

Os dois caíram no chão, só que em uma posição um pouco meio…

 

Bizarra…

Ou…

Estranha… Não, diferente essa era a definição.

 

Todos que estavam em volta riram por Namjoo estar em cima de Lee Tae-Min.

 

E era realmente uma posição que parecia ser…

Ser o que você está imaginando agora!

 

Taemin cruzou o olhar com Namjoo que olhou também para a saia da mesma que estavam entre suas pernas. Com certeza ele ficou tenso… Principalmente naquele lugar.

 

Naeun correu dali, não chorando, não triste. Mas tenho certo receio dela estar brava.

 

Eunji não muito longe dali viu sua amiga Naeun correndo dali, se perguntou o porque. Mas deixou ela ir embora e foi diretamente para onde Naeun havia corrido.

 

-Caramba Namjoo! - Ela viu aquilo e foi na direção da mesma e a puxou pelo braço que a mesma levantou rapidamente. - Você é uma!... Uma!... - Ela respirou fundo mais não adiantou de nada, brigou com Namjoo até chegar ao banheiro.

 

-Desculpe… - Falava ela dentro do banheiro.

 

-Você é uma filha da mãe mesmo! - Eunji fechou a porta do banheiro e sussurrou xingando algo, mas Namjoo não ouviu. - Lave o seu rosto.

 

Namjoo não hesitou, apenas ligou a torneira e botou suas duas mãos debaixo d’água e lavou seu rosto levemente.

 

Eunji suspirou e se escorou na porta do banheiro quando escutou baterem na mesma.

 

Ela abriu e era Seo In Guk, ele lhe deu um papel pequeno que despercebidamente não passou no olhar de Namjoo. A mesma guardou o papel entro as suas roupas, especificando entre seus seios.

 

-Quem era? - Namjoo falou com o rosto molhado com seus olhos fechados.

 

-Apenas a diretora perguntando o que havia acontecido.

 

-Ah… Ok. - Namjoo falou.

 

-Depois daqui poderiamos ver os meninos… - Namjoo completou.

 

-Não, primeiro vamos ver a Naeun. - Eunji estava séria.

 

-Porque ela?

 

-Eu há vi correndo… E sei lá… Saber o que tinha acontecido.

 

-Mas ela não é prioridade. - Namjoo falava quando secava seu rosto.

 

-Mas pra mim é. - Eunji falou.

 

-Mas pra mim não. - Namjoo rebateu.

 

 

-Encerrou Namjoo. - Ela saiu do banheiro e a esperou na porta do banheiro, a mesma saiu e sim, fez o que Eunji iria fazer. Ir atrás de Naeun.

 


Notas Finais


Comentários há fazerem?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...