1. Spirit Fanfics >
  2. Isso Foi Por Você. >
  3. Capítulo Dois.

História Isso Foi Por Você. - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


.

Capítulo 2 - Capítulo Dois.


Fanfic / Fanfiction Isso Foi Por Você. - Capítulo 2 - Capítulo Dois.

Quando chegamos no banheiro do avião que mais parecia um quarto de pânico de tão pequeno que era ele. Hierro beija meu pescoço com intensidade, sinto sua língua quente passando pelo meu pescoço e baixando até a nuca, fico toda arrepiada e ele diz: 


-Tá parecendo uma gata arrepiada Zulema! Diz ele com algumas risadas e tira minha blusa.


Eu não dou muita atenção ao que ele diz, ele me vira para a frente dele ficamos olho a olho, olho para baixo e logo vejo sua ereção saltando e quase rasgando a calça que ele está vestindo e digo:


-Parece que está com muita Tesão né? Digo eu com algumas risadas até que ele cola a boca dele na minha. Sinto o gosto de sua boca sua língua quente fazendo os movimentos circulares com a minha. Ele baixa minha calça junto com minha calcinha. Quando ele coloca seu pênis em mim, fico pensando na minha cigana será que ela vai fazer alguma coisa comigo?



Logo tenho uma ideia de tentar fugir daquele avião mas preciso me livrar do Hierro. Logo uma turbulência começa no avião até que Hierro bate a cabeça no teto do banheiro e cai no chão vejo seu sangue escorrendo na parede do banheiro até que ele abre os olhos e tenta levantar dou vários chutes na cabeça dele com a ponta dos meus saltos até que ele desmaia por completo. 



Pego suas algema que estão na parte traseira de sua calça e coloco uma de suas mãos, e a outra parte da algema na pia. Na porta do avião tem um gancho para pendurar roupas e apoio a algema de plástico até que ela quebra e fico finalmente livre.


Parte dois: Se livrar da outra policial, o avião ainda está em turbulência e aproveito que todas as máscaras de oxigênio caíram, pego uma delas e com o cabo dela enforco a policial com todas as forças que eu tenho até que ela apaga.



Pego sua arma que está na sua cintura. Vou até a saída de emergência que lá está uma aeromoça e digo apontando a arma para ela:


-Abre o compartimento dos paraquedas agora! 


Ela tenta abrir mas não consegue até que eu digo:


-Você só tem mais duas tentativas, da próxima leva um tiro na cara!


Até que sinto uma forte dor na cabeça e caio no chão, vejo o Castilho até que apago por completo.


Notas Finais


.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...