História Isso não foi uma coincidência - Namjin, Jikook, Taegi - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 73
Palavras 1.107
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii gente nova fic!!!
Dessa vez Namjin, meus pais, OTP FOREVER, melhor shipp do bts 😂 😂 😂
Espero que gostem....

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Isso não foi uma coincidência - Namjin, Jikook, Taegi - Capítulo 1 - Prólogo

Capítulo número 1


Kim Namjoon, um simples desenhista, ele vive na praça central de Seul desenhando pessoas e paisagens, é o que ele ama fazer, desde de criança, ele desenhava tudo o que via pela frente, no Natal, o seu único desejo era que sua mãe lhe desse uma caixa enorme de lápis de cor, sabe aquela que vem mais de 100 cores diferentes? Então... é essa mesma! Sua família nunca teve condições de comprar uma dessas pra ele, o que fazia o pequeno garotinho ficar muito triste por não ganhar o que realmente queria, mas ele recebia muito amor de sua família era isso que realmente importava para aquele pequeno, porém grande, coração.

Namjoon sempre foi do tipo de muitos amigos, era sempre amigável, até com quem não conhecia, sua mãe sempre dizia "Seja bom com as pessoas, que elas serão boas com você também" pena que o conselho de sua mãe as vezes não dava tão certo, pessoas o julgavam por ser feliz, educado, sempre disposto a ajudar alguém quando precisasse... Ninguém é tão feliz assim certo? Sim! Por incrível que pareça, Namjoon tinha mágoas no seu coração, principalmente pelo seu pai, que abandonou sua mãe e o abandonou quando eles mais precisavam, no memento em que Namjoon se assumiu Bissexual! Seu pai ficou tão enfurecido que quase levou Namjoon para um hospital se sua mãe não tivesse se metido no meio. Aquele foi o momento mais triste na vida de Namjoon, depois disso seu pai saiu de casa e deixou a casa pra eles mas levou quase todo o seu dinheiro, sua mãe teve que começar a trabalhar em dobro, chegava em casa todo dia "destruída" de tanto trabalho. Para ajudar sua mãe Namjoon começou a ir para uma pracinha perto de casa, desenhava pessoas e paisagens e vendia seus desenhos, todos os dias quando saia da escola ia para aquela mesma pracinha e isso acontece até os dias de hoje.

Quando ele tinha uns 18 anos conheceu a sua primeira namorada, Baek Soyeon o nome dela, era uma menina linda de cabelos pretos e curtos, olhos bem escuros e um rosto angelical. Namjoon sempre diz que foi a amor a primeira vista, pra ela também foi, eles namoraram por quase 4 anos, isso porque no 3 ano de namoro Soyeon engravidou, ela não queria aquele filho, ela dizia que era muito nova pra cuidar de uma criança, ela pensava em abortar mas Namjoon nunca quis que isso acontecesse, ele disse para ela não abortar a criança e quando nascesse ele mesmo cuidaria dela ou dele e assim fez, depois de 9 meses o pequeno Kim Minhyuk nasceu, ele era a cara da mãe com o narizinho do pai, era um bebê adorável, Minhyuk ficou o tempo necessário com a mãe já que ele precisava de leite materno mas quando esse tempo acabou o primeiro relacionamento de Namjoon também acabou, ele nunca mais viu Soyeon e também nunca mais entrou em um relacionamento sério. 

Atualmente Minhyuk tem 3 aninhos de idade e Namjoon tem 24 anos, Minhyuk nunca perguntou onde estava sua mãe e também não mostrava interesse em saber, Por um lado isso era bom, pois Namjoon também não sabia. Minhyuk passava a maior parte do tempo com seu pai o vendo desenhando as pessoas e sempre perguntava "Papai, você faz mágica?" "Papai, Como você faz para ficar tão parecido?" "Eu posso desenhar também?" Namjoon não entendia como um bebê podia ser tão curioso e tão fofo, ele amava seu filho e não o abandonaria por nada.

Kim Seokjin, Um simples garoto de 19 anos que trabalha em uma barraquinha de flores perto da praça central de Seul, era seu único trabalho, trabalhou naquela barraquinha quase sua vida toda depois de que saiu do orfanato onde foi deixado bem pequeno, quase recém nascido, como era muito pequeno não lembra da face de seu pai muito menos de sua mãe, já pensou em perguntar para a diretora do orfanato, quem o deixou ali ou pelo menos o motivo der ter ter o abandonado, mas Jin, assim chamado pelos seus amigos, Era muito tímido, mas ele nunca desistiu de procurar os seus pais biológicos até hoje vive procurando dicas de quem eram seus pais, a única coisa que ele sabe é que seus pais vieram de Busan. 

Seokjin saiu do Orfanato com 13 anos de idade, as responsáveis pelo orfanato, pensavam que Seokjin nunca sairia daquele lugar por estar a muito mais tempo do que as outras crianças, então elas decidiram levar Seokjin para a casa de uma delas e quando ele tivesse 18 anos ele estria livre para fazer oque quisesse, e foi isso que elas fizeram, no mesmo dia pediram para Seokjin arrumar suas coisas pois ele não viveria mas ali. 

Seokjin viveu por muito tempo praticamente sozinho, então ele teve que aprender a se virar sozinho, até mesmo aprendeu a cozinhar, Começou a trabalhar com 13 anos na mesma barraquina de flores em que trabalha hoje em dia, ele trabalhava para juntar dinheiro para quando ele tivesse 18 anos ele não precisasse morar na rua. Seokjin era um menino bem a frente de sua idade, sempre pensava em seu futuro, sempre pensava em ter uma família grande e reunida,pensava em encontrar o amor da sua vida, alguém que o amasse na minha vida mesma intensidade. Seokjin nunca escondeu sua sexualidade para ninguém... Todos sempre souberam que Seokjin era Homossexual, alguns o julgavam, óbvio, sempre tem um outro que nunca está feliz com nada, mas Seokjin nunca se deixou abalar com isso. Em uma época pararam de zoar Seokjin por sua sexualidade pois viam que isso não o abalava, Seokjin não ligava para o que as pessoas diziam sobre ele.

Seokjin namorou quando tinha 16 anos, digamos que foi um namoro bem... Conturbado, JIN sempre foi um garoto caseiro, nunca bebeu, prefere ficar em casa assistindo a um filme debaixo de uma coberta, já o seu ex Junhoe era totalmente o aposto... Vivia saindo, bebendo, se metendo em brigas. É com diz o ditado: Os opostos se atraem. Eles se amavam muito, mas por causa de um desentendimento eles se separaram, esse desentendimento foi justamente pelo fato de Junhoe beber muito além da conta, foi por isso que terminaram mas Jin não se sente abalado pelo seu término, ele acha que foi um livramento de um relacionamento que nunca daria certo por serem muito opostos, mas o Jin ainda espera que um dia ele encontre o cara perfeito pra ele. Isso pode estar prestes a acontecer. 




Essa foi só um pouco da História de Kim Namjoon e De Kim Seokjin. Mas a melhor parte ainda está por vir. 



Notas Finais


Então gente foi isso espero que tenham gostado e comentem por favor 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...