História Issues - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~AyzawaMay-chan

Postado
Categorias Voltron: O Defensor Lendário
Personagens Keith, Lance
Tags Declaraçoes, Homofobia, Keith, Klance, Lance, Romance
Visualizações 111
Palavras 606
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fluffy, Shonen-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi!
Estamos aqui de novo!
Não, pera... Eu estou aqui de novo!

Tive que colocar o link da musica usada como inspiração nas notas finais.

Desculpem antecipadamente por todos os erros de digitação, e nos vemos nas notas finais.

Capítulo 1 - Sweet ruins


 

Isso era um grande Problema... Mas...

Nada mais importava.

Ninguém mais importava.

Não, não conseguiam abrir mão um do outro.

Suas bocas ansiavam pelo contato, seus dedos se reviram em ansiedade.

A ansiedade extrema para tocar o corpo a sua frente.

Sentir o gosto da língua de seu companheiro.

Obviamente uma  relação que não fora lá bem muito aceita pelos pais, ou familiares de ambos os jovens.

Keith estava cansado de sofrer por falsos sentimentos.

Lance estava cansado de ser limitado.

Queriam passar mais tempo juntos, se conhecer, se... apreciarem... Da forma mais promiscua possível.

“Repugnante”

Como ambos estavam cansados dessa palavra.

Por mais que Shiro fizesse um esforço para respeitar as decisões de Keith, sabia que quando o mais novo se entregava, era de coração, e isso o preocupava, os relaçionamentos do mesmo não eram fortes o suficiente para tomar nenhuma medida drástica em sua vida.

Keith sabia.... Sim, ele sabia que não deveria confiar assim tão rapidamente, Por deus! Ele sabia.

Mas... Lance era sua ruína.

 

 

E da mesma forma servia para o Latino.

Lance e seus namoros anteriores não foram nada mais nada menos que garotas.

Bem... Se sentiu amaldiçoado, seu mundo virou de cabeça para baixo assim que conheceu Kogane.

Nunca desejou tanto saber mais sobre alguém... Nunca precisou tanto ouvir seu tom de voz para que se confortasse e fosse transportado para outra realidade.

Uma na qual poderia fazer um milhão de perguntas sobre o “amigo”

“Amigo” eu sei, até a autora esta rindo dessa definição.

 

Amigos não se beijam... certo?

Certo?

A não ser que seja uma amizade colorida..

 

Lance estava pirando assim como Keith...

Antes que pudessem, ambos se viram perdidamente apaixonados um pelo outro.

E não aparentava uma simples paixão, era um singelo e puro ato de amor.

Aquele amor aonde ambas as pessoas dão um jeito por maiores que sejam as dificuldades e por mais grossas que sejam as barreiras.

 

E quando a noite caia, ignoravam todos os insultos...

Opniões que não foram pedidas...

E mesmo que tudo e todos dizendo que isso não dariam certo...

Eles não ligavam, sim.

Poderia machucar...?

Muito...

Mas... por mais que doesse.

Eles tentariam até dar certo.

Para eles... O amor não tem opção sexual, sabe?

Acontece.

 

Não é louco oque se faz por um “amigo”?

Para Lance, nada nem ninguém lhe daria mais vontade de agir como bobo para fazer rir do que Keith.

Se perdia, mesmo que o garoto  sorrisse tímido era lindo o jeito que ele corava...

Sempre tentando não o desapontar, imaginava que Keith já tinha muitas decepções.

“Deixe para lá!”

“Foda-se eles!”

Lance gritava toda vez que Keith apontava as coisas que estavam contra eles...

E Keith sorria...

“Se piorar, eu fujo com você!”

E Keith paralisava...

 

“Isso é loucura” começava a rir em timidez da repentina declaração.

 

“Eu sei, mas estou disposto a correr o risco” Lance era ótimo com motivações.

 

“Não tem nem um ano que nos conhecemos.” Keith disse em um tom baixo.

 

“Quantas vezes já chorou por alguém?” Lance perguntara.

 

E Keith não respondeu, atitude que fez Lance agarrar seu rosto, não para um beijo e sim para um contato direto de iris.

“A partir de agora esqueça todas essas lembranças antigas e ruins.”

“Estou aqui, e comigo terá apenas lembranças novas e felizes.”

E Keith...

Keith chorava, sim, de felicidade.

 

 

Merda...

Esse moreno idiota só fazia o coração de Keith bater como se fosse ter um ataque.

E Lance também amava o fato do outro rapaz conseguir causar as mesmas reações em si.

 

Realmente, ambos eram a Ruína um do outro.

Mas de certa forma... É bom, não?

Não?

Doces ruínas.


Notas Finais


https://www.youtube.com/watch?v=3TelNzASkwE
Ebaaa!
Foi curto? foi. kkk
Mas preciso descarregar as ideias :P
Obrigado por ler.
Até a Próxima Klance! (Sim, terá mais... hehe)
:3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...