1. Spirit Fanfics >
  2. It all fell >
  3. Queda

História It all fell - Capítulo 1


Escrita por: Melanie-North

Capítulo 1 - Queda



Light se deteve assim que viu o Toyota Prius dourado estacionado no final do quarteirão, depois de um minuto continuou seu caminho até o velho prédio onde ficava seu apartamento. Seus passos pareciam mais lentos e pesados por saber o que o aguardava, e não se sentia nem um pouco ansioso por tal coisa, já era a sexta vez naquela semana e ainda era terca feira, passou direto pelo elevador em manutenção para as escadas. Cerca de dez minutos e alguns lances de escadas depois estava no andar em que ficava seu apartamento. Viu sem surpresa a super modelo loira que foi capa da última edição da revista Vogue parada diante de sua porta. Misa Amane sorriu assim que viu o Yagami, e o rapaz sentiu seu estômago se revirar. 


- O que você está fazendo aqui? - Perguntou o rapaz.

 
- Eu só quero conversar... 


- Mas eu não, não depois do que você me fez.  


- Eu nunca fiz nada para prejudicar você Light, eu gosto muito de você... 


- Esta sugerindo que a situação em que estou agora é minha própria culpa?! - o castanho se aproximou da loira, raiva tomando sua voz e sua expressão. - Quer saber eu devo ser culpado mesmo, mas por ser idiota de voltar com você vez após vez mesmo sabendo que você jamais poderia mudar!  


- Light? - o castanho desviou o olhar de Misa para a voz masculina suave que o chamava no final do corredor. - Está tudo bem? - Lawliet, melhor amigo de Light, perguntou enquanto se aproximava. 


- Está L. - Light respondeu, não passou despercebido por ele a  careta de Misa para o moreno. - Não precisa se preocupar. 


- Tudo bem então, estarei lá dentro se precisar. - o moreno disse e entrou no apartamento que dividia com o Yagami. Já o castanho voltou seu olhar para Misa, respirando profundamente para se acalmar. 


Light havia conhecido Misa há três anos por meio de sua irmã mais nova Sayu, que tinha uma amiga em comum com a modelo, e se encontravam com muita frequência. E foi levando a irmã em um desses muitos passeios que o castanho e a loira se falaram pela primeira vez.  No dia seguinte ao que se viram pela primeira vez Amane entrou em contato com ele, Light nunca pensou muito sobre como Misa conseguiu seu número, provavelmente foi sua irmã que havia lhe dado. Também naquela época ele não se importava muito com isso, não quando uma das mulheres mais bonitas do Japão demonstrava interesse nele. Os dois começaram a sair juntos com frequência, cada vez que se viam Light parecia mais encantado com Misa. Seis meses depois de se conhecerem Light pediu a loira em namoro e quase não conseguiu acreditar quando ela aceitou. 
Os primeiros cinco meses de namoro foram uma maravilha, com a loira andando por aí agarrada ao braço de Light apresentando ele a todo mundo como seu namorado e o castanho se sentia nas nuvens, ele realmente amava Misa. Não entendia porque ela escolheu um estudante como ele quando tinha tantos pretendentes a sua disposição, todos famosos, ricos e mais bonitos que o Yagami; mas realmente não precisava entender para ficar feliz com a escolha dela. Quando os dois estavam prestes a completar seis meses as coisas começaram a mudar, Light apresentou seu melhor amigo a modelo e pode se dizer que foi ciúme a primeira vista.  Light nunca havia pensado em Misa como uma garota possessiva e ciumenta, mas foi o que ela se tornou depois de conhecer Lawliet; ou talvez ela sempre tenha sido, mas o garoto de cabelos e olhos negros e aparência cansada tenha sido responsável por fazer tais sentimentos tão destrutivos virem a tona. 
Misa passou a ligar para Light com mais frequência, e se encontrar com ele com mais frequência ainda, mesmo que sua agenda cheia não permitisse, dando o máximo de atenção possível ao namorado e evitando a qualquer custo que Light passasse qualquer tempo que fosse com seu amigo de infância. Tudo pareceu piorar quando o Yagami começou seu primeiro ano na universidade e se mudou para um apartamento, mais próximo da instituição de ensino,  que ele dividiria com Lawliet. Depois da mudança de ambos os rapazes, a loira ia para o apartamento com muita frequência com a desculpa de limpar a bagunça, "um ambiente limpo é mais propício ao aprendizado." dizia ela, mas passava quase todo o seu tempo ali agarrada a Light ou olhando feio para Lawliet, como se o rapaz houvesse feito qualquer coisa para ofende-la. Depois de um tempo daquilo o estudante de medicina passou a sair toda vez que a Amane ia visitar Light, o que eram muitas vezes por dia.  Percebendo o que estava acontecendo Light conversou com Misa a respeito, tentou descobrir se seu amigo havia feito algo para ela, e quando a resposta foi negativa pediu que ela parasse com seu comportamento estranho com L, afinal aquele era o apartamento dele também. Naquele momento Misa pediu que o castanho fosse morar com ela, e Light se sentiu realmente surpreso e um tanto horrorizado. Misa realmente achava que o problema era Lawliet e não ela? Light suspirou e tentou ser paciente com a loira, pedindo mais uma vez que ela parasse de tratar Lawliet daquela forma, ele era seu amigo, seu melhor amigo e não admitiria que a loira o tratasse daquela forma. E aquela foi a primeira vez que Misa chorou e acusou Light de não ama-la. E foram horas de conversa para faze-la parar de chorar, e mais outras muitas para convence-la a ir para casa. Por um tempo depois daquela conversa a loira ficou mais mansa, fosse com Light ou com seu amigo, o que foi realmente uma surpresa. Yagami imaginou que havia conseguido que sua doce namorada voltasse ao normal, mas tal normalidade só pareceu durar até seu primeiro trabalho em grupo. O mais assustador foi ouvir dos lábios de suas colegas que Misa as havia seguido e ameaçado. Quando Light procurou a modelo para conversar dessa vez a reação dela não foi apenas choro e acusações de falta de amor, mas também de traição e de negligência da parte do castanho. Light sabia que não era à melhor pessoa do mundo e realmente não estava lidando bem com as últimas ações de Misa. Ele achou que era melhor terminar o relacionamento, mas o choro de Misa, enquanto dizia que o amava  e as promessas de que não iria fazer aquilo de novo convenceram o jovem a desistir. A primeira desistência talvez tenha sido o que o marcou como o elo fraco daquele relacionamento fadado a se tornar cada vez pior. 
Misa insistia em levar e buscar o castanho na universidade depois do quase termino depois de um ano e meio de relacionamento, Light sabia que aquilo era uma tentativa da loira de afastar seu ciúme, mas o rapaz estava cansado e se sentindo sufocado por ser constantemente seguido pela loira por aí, como se precisasse de uma guarda costas loirinha atrás de si 24 horas por dia. Ou uma babá, que era o que realmente o que ela estava parecendo. Light começou a manipular a moça, não tinha nenhum orgulho disso, gostava de Misa, mas realmente precisava de um tempo para si, precisava ficar longe dela ao menos por alguns minutos. Não precisou mais que algumas semanas daquilo para que os dois explodisse em uma briga que resultou em termino. 
Foram três dias de silêncio entre os dois antes que inevitavelmente voltassem para os braços um do outro e reatassem aquele namoro degradante para ambos. Os muitos meses de relacionamento depois foram marcados por brigas, perseguições por parte de Misa, manipulação por parte de Light, términos com horríveis palavras ditas, e voltas com palavras doces. Mas a cada volta a relação terminava de uma forma pior, então Light decidiu dar um basta naquilo. Eles já não se amavam mais, não sabiam mais porque estavam fazendo aquilo, ao menos o Yagami não sabia. Os dois estavam fadados ao fracasso desde o dia em que começaram aquele relacionamento e ele, tão inteligente como era, deveria ter percebido isso antes. Essa foi a primeira vez que ele olhou com convicção para Misa e disse que estava tudo acabado, certo realmente de não voltar para a modelo loira e para algo que só estava machucando os dois. Mas ao que parece, Misa não achava que dessa vez seria diferente das outras, continuou atrás de Light, na universidade, em seu trabalho, na rua e em sua porta como agora. Ia fazer dois meses disso, dessa insistência insuportável, mesmo depois de várias conversas que terminaram sempre do mesmo jeito, com Light reafirmando que os dois não voltariam, porque ela não conseguia entender? 


- Light. - a modelo chamou baixo tirando o castanho de suas péssimas lembranças. Ele suspirou. 


- Misa, nos já tivemos essa conversa mais de uma vez, esse relacionamento não está fazendo bem a nenhum de nós dois, você sabe. - falou o mais paciente possível na situação atual. O que não é muito. - Eu não quero machucar você, nem ser machucado, mais do que já fomos até agora, por favor tente entender. 


- Não Light! Eu não quero te perder! - Misa tentou abraçar o castanho que fugiu de seu toque. 


- Você ja me perdeu Misa. 


- Não! Eu não aceito isso! Ainda dá tempo Light, por favor volte para mim! - A loira gritou e Light se virou para entrar em seu apartamento e deixa-lá ali sozinha, sinceramente não aguentava mais aquilo. Amane segurou seu braço impedindo-o de se afastar. - Eu preciso de você Light, eu... 


- E você por acaso já pensou em alguém além de si mesma Misa?! - Light falou alto e soou quase como um grito enquanto ele se desvencilhava dos dedos da loira em seu pulso. - Você quer que eu volte para você por que? Por que é incapaz de lidar com uma mudança no seu comodismo? Por que não brincou comigo o suficiente? Por que ainda não conseguiu me quebrar por completo e quer fazer isso antes de me deixar?! 


- Não diga isso Light, eu te amo! 


- Me ama? - o Yagami abriu um sorriso debochado. - Claro que me ama, e você provou seu amor, não é?  Você provou perseguindo as minhas colegas de classe! Ameaçando as minhas professoras até que elas me odiasse por sua causa! Atormentado meu melhor amigo! E eu realmente não sei como Lawliet não me odeia também, ou porque não foi embora e me largou como todos os outros! Por causa do seu amor eu perdi o meu emprego! Por causa do seu amor eu recebi uma advertência de expulsão da universidade! A porra do seu amor está acabando com a minha vida Misa!  


- Você está sendo muito cruel agora Light. - A loira murmurou muito próxima do choro.


- Eu sempre fui cruel Misa, mas você nunca conseguiu perceber até agora. E quer saber, estou cansado de manipular você para que me deixe em paz! E estou cansado de manipular os outros para desfazer as merdas que você me fez! Eu não vou voltar pra você Misa! Nós dois juntos não existe mais, não damos certo juntos, você sabe disso. Não importa quantas vezes a gente tente, sempre vamos acabar do mesmo jeito. - As lágrimas que a loira continha escorreram por suas bochechas e ela soltou um soluço. - Agora, por favor vá embora... 


- Não Light! - a loira disse em tom de súplica. 


- Acabou Misa, não há mais nada a ser dito. Vá embora ou vou ter que chamar a polícia. - respondeu o castanho com frieza entrando em seu apartamento e fechando a porta atrás de si. No mesmo instante ouviu a loira socar a porta violentamente. 


- Não Light, por favor! Por favor! Eu vou ser uma namorada melhor! Por favor, eu juro!  


- Misa, vá embora. - pediu alto o bastante apenas para a loira ouvir do outro lado da porta, mas a única reação dela foi bater contra a madeira com mais força. Logo chamaria a atenção dos vizinhos. 


- Light é por causa dele não é? Foi aquele maldito Lawliet quem fez você me deixar não foi?! - ela gritou, um golpe a cada palavra. - Não escute ele Light! Ele só quer tirar você de mim! Todos só querem tirar você de mim! por favor abra a porta. - ela pediu  chorosa. Light suspirou triste e puxou o celular do bolso da calça procurando o número da delegacia mais próxima e coloca para chamar. 


- Realmente sinto muito Misa, eu não queria que as coisas terminassem desse jeito. - a mulher choramingou alguma coisa entre soluços do outro lado da porta e voltou a bater contra ela com força renovada. Light soltou um suspiro profundo para as batidas querendo mais que tudo que elas cessassem e ele pudesse ter paz, talvez em breve pudesse ter. - Alô, polícia?


Notas Finais


Só eu acho que esses dois não são nem um pouco saudáveis um para o outro?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...