1. Spirit Fanfics >
  2. It has always been you! Jira >
  3. Capítulo 8

História It has always been you! Jira - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpem algum erro, vou revisando e se eu achar edito.

Capítulo 10 - Capítulo 8


Fanfic / Fanfiction It has always been you! Jira - Capítulo 10 - Capítulo 8




Visão Jack


Quando Kira saí fica apenas eu e Lauren, confesso estou me cagando de medo.


— Então... Veio aqui para se explicar, essa é sua chance de se redimir pelo menos comigo! – Ela diz olhando seriamente para mim.

— Sim! quero dizer que minha atitude foi deplorável e não me orgulho dela nem um pouco – Ela me olha atentamente e aponta para o sofá, me sento e continuo a falar – Eu estava bêbado no dia, não vou colocar a culpa na bebida mas ela meio que me deu um empurrão para fazer aquela droga. Acabei descontando meus problemas na Kira, eu surtei pra falar a verdade...acabei falando uma coisa na qual eu não me orgulho e que não é verdade.

— Se escreveu aquilo é porque pensava aquilo, os bêbados e as crianças são os mais sinceros Jack Griffo – Ela está chateada e não é pra menos.


— Sra, Kosarin eu adoro sua filha e nunca em hipótese nenhuma iria pensar algo do gênero em relação a ela, fiz uma burrada e das grandes. Confesso que não pensei nas consequências, só fui ver a burrada a alguns dias atrás, quando encontrei a Kira e a Audrey na pizzaria e a Kira nem se quer olhou pra mim... Aquilo foi como uma facada! e percebi que tinha magoado uma das pessoas mais importante da minha vida.


– Jack eu admiro que você tenha vindo aqui e pedir desculpas para nós, mas você vai precisar reconquistar minha confiança...mas saiba ainda estou magoada pela a atitude que você teve, minha filha ficou muito mal e eu nunca imaginei que você mesmo bêbado poderia dizer aquilo. – Ela diz com um tom de mãe protetora – Mas você já tem um ponto comigo... Agora a parte difícil vai ser com o Danny e lhe desejo boa sorte, mexeu com a menininha dele


— Sim senhora! – Digo respirando fundo.

– Vou pegar uma água pra você – Dizendo isso ela vai até a cozinha e me traz um copo de água gelada.


Respiro fundo e tomo, estou com um baita frio na barriga não sei o que vai acontecer. A porta de vidro se abre e um Danny Kosarin não muito contente entra no cômodo, kira está logo atrás calada e apreensiva.


— Jack! – Ele fala controlado


— Danny – Digo indo em sua direção e estendo a mão para um comprimento, no qual ele retribuí.


— Então... Kira me contou que queria conversar, mas vou dizer só uma vez e espero que você entenda – Ele se aproxima e eu me encolho – Dá próxima vez que dizer ou escrever aquilo sobre minha filha, vou atrás de você na mesma hora... A surra que seus pais não te deram quando criança você vai levar de mim, entendeu?


Puta merda, eu realmente devia ter trazido uma cueca reserva!

— Danny – Lauren diz o repreendendo – tenha calma!


— Estou calmo amor, só estou conversando com ele civilizadamente – Ele sorri para Lauren – Então, voltando ao assunto... Não sei com que tipo de pessoas você está acostumado a lidar, mas comigo o assunto é tratado diferente... Eu realmente espero que você tenha aprendido a lição e pense mil vezes antes de escrever uma merda daquelas, você conhece o Danny Kosarin bonzinho! E para seu bem, não queira conhecer o nervosinho. Entedeu Jack Griffo?


— Ss sim senhor! – Digo gaguejando pelo nervosismo – Não vai se repetir.


— Pro seu bem espero que não.


Um silêncio se instala entre todos ali e junto com ele a tensão.


— Bom... Vou preparar o almoço – Lauren diz batendo as mãos – Danny me ajude na cozinha, Kira e Jack ponham a mesa do lado de fora!

Dizendo isso ela puxa o marido para a cozinha e eu e a Kira ficamos alguns minutos em silêncio.


— Ual – Digo por fim relaxando um pouco.


— Você tá bem? – Ela pergunta com delicadeza.

— Sim! Eu mereci isso – Digo indo até ela dando um abraço e logo em seguida um beijo na sua testa – Bom vamos por a mesa!

— Certo, os pratos ficam nessa cristaleira– Ela vai até a cristaleira do outro lado da sala e me dá alguns pratos.



Caminhamos até a área da piscina onde tem uma mesa de piquenique, Kira põe a toalha de mesa e eu os pratos, damos duas viagens para trazer todos os talheres e copos. Logo em seguida nos sentamos na beira da piscina e começamos a conversar.


— O que minha mãe te disse? – Ela me encara temendo a resposta.

— A mesma coisa que você, vou precisar reconquistar a confiança dela – Digo dando um sorriso singelo – E concordo com isso

— Minha mãe é compreesiva meu pai também mas...

— Ele tá certo Kira, não se preucupe com isso – Pego sua mão e dou um beijo na mesma – Pelo menos não levei uma porrada e estou contente com isso.

Sorrimos um para o outro

– Quer entrar? – Ela aponta pra piscina.

— Com que roupa?

— Acho que meu pai pode emprestar um shorts – Ela olha com espectativa


— Bom se não incomodar, ok!

Sorrindo ela se levanta e vai ate a casa, depois de uns minutos volta com um shorts nas mãos

– Tome acho que esse serve

— Onde posso me trocar?

— No banheiro principal, vou me trocar no meu quarto.


Me levanto e vamos juntos para dentro da casa, Kira segue para seu antigo quarto e eu vou para o banheiro me trocar. Tiro a roupa e fico apenas de cueca e logo em seguida ponho o short de cor preta, preciso apertar o elástico para que não caía. Volto até a piscina e fico esperando.
Depois de um tempo a porta se abre e ela vem em minha direção, está com um biquíni azul escuro de alças finas.

— Pronto! Vamos entrar? – Ela ajusta a parte da frente e logo depois me encara


— Hmmm é sim, você está muito bem... Está bonita – derrepente a imagem dela sem roupa vem a minha mente e sinto meu rosto queimar, vejo que ela estuda minhas feições e sem pensar pulo na piscina.


— Como está a água ? – Pergunta rindo

— Gelada, mas boa! – passo a mão nos cabelos.



Ela mergulha na piscina e ressurge na minha frente, arrumando o cabelo molhado e sorri um sorriso singelo e carinhoso que só Kira Kosarin sabe dar.

— Não quero que isso acabe! – Fico com os braços apoiado na borda da piscina lhe encarando – Só de pensar que a noite vou precisar voltar a realidade, isso me deixa com raiva.

— Te entendo, tirando o que aconteceu a meia hora atrás não mudaria mais nada – Ela fica na mesma posição que eu, ambos se encarando ambos lado a lado – Mas somos adultos então...


— Eu só espero que aquela maluca tenha colaborado, já estou cansado...

— Ela vai precisar aceitar, mas você uma hora ou outra vai precisar ficar frente a frente com ela, não adianta ficar evitando o confronto... Uma hora ele vai aparecer – Ela diz olhando pra frente


— Eu sei! Infelizmente eu sei. Vou resolver essa situação hoje, te deixo na sua casa e vou resolver isso. – Sorrio e ela retribuí


— Só não perca a razão – Ela da uma piscadela.


— Razão eu perco com você com ela é a paciência – Falo alto demais – O PENSAMENTO COM CONEXÃO COM A BOCA


— KKKKKKKK quer dizer que tiro sua razão – Ela caí na gargalhada – Bom saber!

Em seguida ela mergulha e eu faço o mesmo, quando subimos estamos a centímetros um do outro nossas bocas quase se tocando quando...


— Hurum Hurum – Danny está parado na borda da piscina nos olhando com os olhos cerrados, me afasto de imediato – O almoço está na mesa.


— Tá, já vamos sair pai – Kira nada até a borda da piscina e sai ficando ao lado dele, faço o mesmo mas fico distante dos dois.

Caminhamos até a mesa e Lauren nos entrega as toalhas.

— Como está a água? – Ela pergunta pra mim com um sorriso amigo

— Gelada, mas boa! – Sorrio de volta


— Êh devia tá boa até demais – Danny me olha e toma um pouco de suco.

— Pai – Kira fala pedindo clemência

— O que houve? – Lauren encara todos esperando um resposta


— Nada amor, vamos comer! Eu e você depois vamos ter uma conversa senhorita – Ele se direciona a Kira que concorda.

Fico em silêncio e só falo quando alguém me pergunta algo.

— E sua namorada Jack– Danny pergunta e sei que não é por acaso

— Não tem mais namorada, terminamos, peguei ela me traindo. – Digo firme e educadamente

— Sinto muito – Lauren diz


— Não sinta! Foi na verdade um empurrão pra mim sair do relacionamento. Não estávamos mais dando certo – Sorrio e vejo que Danny me encara atenciosamente.


— Hmmm – Ele toma seu suco e não fala mais nada.



17h00


Já ao entardecer me despeço dos pais da Kira e vou em direção a minha casa. Kira decidiu ficar pois Danny a levaria até seu AP, decidi não contrariar afinal ele ainda está Puto da vida comigo. Vou pedindo a Deus para que Paris tenha colaborado e tirado as coisas dela da minha casa.

Quebra de tempo na casa


Assim que eu estaciono vejo a luz acesa, pelo jeito a maluca ainda não saiu. Quando entro na casa vejo o meu produtor implorando para que ela colabore.


— John! – Ambos se viram para mim, e sem tirar os olhos da Paris falo – Espera lá fora, agora vamos resolver como adultos.




DESCULPEM ALGUM ERRO, VOU REVISANDO POR AQUI E EDITO SE ACHAR ALGUM.

O Aniversário é meu mas o presente é de vocês, mais um capítulo.
Galera quero a opinião de vocês, vocês vão escolher em que capítulo o Hot de Jira vai rolar e como vai acontecer. Deixe nos comentários e eu quero vocês interagindo com concordo ou discordo beijos fiquem com Deus.



















Notas Finais


Comentem muito, e desculpem algum erro


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...