História It is Love Colin- A força do Amor - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias 10 Coisas Que Eu Odeio Em Você, 50 Tons de Cinza
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Desejo
Visualizações 176
Palavras 734
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


O nosso lindo CEO na capa 😍

Capítulo 18 - Palavras machucam


Fanfic / Fanfiction It is Love Colin- A força do Amor - Capítulo 18 - Palavras machucam

Após dois meses que eu e o Colin estamos juntos. 

Sobre a mensagem mistériosa? Não recebi mais. Foi uma verdadeira brincadeira sem graça. Preferir não contar nada para o Colin.

Daqui a uma semana é meu aniversário quase ninguém sabe, apenas a Lisa, só que ela não tá mostrando que esteja lembrando .

Acho até bom que ela não esteja lembrando mesmo, aí ela iria querer fazer festinha, eu não gosto muito de ser o centro das atenções .

Lisa: Bom dia, Júh! Hoje estou indo mais cedo. Tenho uma reunião com as outras recepcionistas . 

Ela me diz um pouco as pressas 

Júlia: Calma, irmã! Você não tomar café? 

Lisa: Não posso, já estou atrasada demais . 

Júlia: Leva pelo menos uma maçã, se você não comer nada, pode passar mal. 

Ela me olha com amor

Lisa: Ah irmãzinha sempre preocupada comigo, parece até que sou eu a irmã casula. Tá bom, aqui, olha, peguei uma maçã. 

Lisa logo após que pega a maçã me diz tchau e sai correndo, e ainda fico em casa tomando meu café.


Termino o meu café e vou chamar um táxi para ir para o trabalho. Chegando na Carter  acabo trombando com alguém. Era um loira, que me lembrava alguém, mas não sei quem. Aparentemente estava furiosa, e era bastante mal educada que nem pediu desculpa. 

Vejo que a Lisa viu o momento e vou pergunta a ela quem era 

Júlia: Você viu aquilo? 

Lisa: Claro, super mal educada . 

Júlia: Você já a viu por aqui ? 

Lisa: Algumas vezes, mas não sei quem é. 

Depois que conversei com a Lisa subir para 42° andar, chegando vejo logo uma cabeça marrom por trás das baias, que reconheço em qualquer lugar. 

Júlia: Bom dia Moreno 

Lhe comprimento com um beijinho na bochecha.

Matt: Bom dia, Princesa! Lembra-me de nunca lavar essa bochecha . 

Dou uma cotovelada no Matt, que dá um bela gaiatada, que chama um pouco a atenção dos nossos colegas de trabalho próximo .

Júlia: Matt seu banana rir mais baixo, se não nós vamos receber outra bronca do Gabriel.

Ele faz uma carinha de menino arrependido e acabo rindo . 


Demos uma pausa agora. Resolvo ir dá uma visitada ao meu rokeiro preferido .

Chegando em sua sala vejo que ele está conversando em seu celular, e ele parece está furioso 

Colin: EU JÁ ENTENDI, OK? SÓ DEIXE ELA EM PAZ.. E TCHAU ! 

Ele percebe que estou ali presente e fala : 

Colin: Não te ensinaram a bater na porta ? 

Suas palavras saem como espinhos 

Júlia: Desculpe, a porta tava encosta, aí eu resol...

Ele me interrompe . 

Colin: Tudo bem, já que entrou, não precisa de explicação. 

Júlia: Com quem você tava conversando? 

Colin tirar seus olhos do computador. 

Colin: Será possível, Júlia? Você vai virar uma namorada chiclete agora. Me poupe, não é da sua conta, quem estava falando comigo . 

Aquilo foi a gota D'Água . Por que Colin estava me tratando assim? O que fiz para ele me tratar assim? Ele nunca tinha agindo assim comigo. 

Eu estava segurando para não desabar aqui e falei : 

Júlia: Tudo bem, Colin! Já estou indo. Vir que você não está com bom humor.. tchau.

Saio dali sem nem da tempo dele responder, e entro no elevador e solto minhas lágrimas sem nem menos prestar  atenção em quem estava atrás de mim . 

??: Tudo bem senhorita 

Ele fala me entregando um lencinho .

Júlia: Vai ficar todo bem, obrigada! . 

Respondo ele limpando minha lágrimas.

Quando olho para ele, fico surpresa é o chefão daqui, o grande Ryan Carter . Nunca tinha visto ele pessoalmente, só em algumas colunas sociais .

Ryan : Percebo que Senhorita não está bem, posso saber o que houve? 

Ele quer mesmo saber? -Penso.

Júlia: O senhor quer mesmo saber, os problemas de uma simples funcionária como eu ?

Ryan: Creio que posso ouvi-la, talvez aconselhara 

Ele me dá um sorriso amigo. 

Contei tudo o que houve a ele, ele me disse para me dá uma tempo para pessoa, pois ele não deveria está em um dia bom . 

Nós tornamos quase amigos, até que chego ao meu andar. 

Júlia: Obrigada por me ouvir, toma seu lencinho, e mais uma vez obrigada! 

Ele balança a cabeça em negativo 

Ryan: Pode fica com o lencinho, senhorita, e tenha uma boa tarde! 

Júlia: Tenha uma Boa tarde também, senhor Carter. 

Ele apenas assente com a cabeça e as portas do elevador se fecham.


 

 


Notas Finais


Gente o capítulo foi meio muchinho, pois tou meio sem ideias. Mas prometo melhorar ... Beijo no core de vcs❤️😘😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...