História It is love?? Drogo - Capítulo 53


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 55
Palavras 1.621
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Festa, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Steampunk, Suspense

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Gente que peninha da Sakura😢😢mas vamos ajuda-la no que for preciso..

E a proposito, vocês não estão sentindo falta de alguem ou não estão achando nada de estranho?🙊🙊👼👼😘

Não disse nada🙊🙊...boa leitura...💕❤

Capítulo 53 - Descobertas...


Narrado pela Sakura

Acordo abraçadinha com o amor da minha vida mas ele estava acordado.

Sakura: Bom dia amor! Dormiu bem?_dou um selinho nele.

Drogo: Pra falar verdade nem dorme!

Sakura: Como assim, você não dormiu porque?

Drogo: Não consegue dormir, mas deixa pra la, você esta melhor?

Sakura: Ah mais ou menos..mas estou bem..ainda penso naquelas vozes pedindo por socorro.

Drogo: Não se preocupe não vai acontecer nada com você não vou deixar agora vamos aproveitar que estamos sozinhos.._ele me beija.

Sakura: Agora não vou ver o Miguel.

Drogo: Mas ele não.._não deixo ele terminar de falar.

Sakura: Não..ele esta bem..vou la ve-lo você não quer ir?_digo me levantando com o lençol enrolado em mim porque estou nua.

Drogo: Não..vem cá..depois nós vamos.._ele puxa o lençol e fico nua..acho que fiquei vermelha.

Sakura: Drogo!!_puxo o lençol de novo mas ele não larga.

Drogo: Sabia que você fica fofa vermelha..agora vem aqui._ele puxa o lençol e eu vou junto e caio em cima dele.

Drogo: Dogo quer a sua coitadinha._ele fala com voz de bebe e acabo rindo.

Drogo: Ta rindo de que?_ele ergue uma sobrancelha.

Sakura: Tou rindo de você..tu é bem manhoso quando quer.."risos".

Drogo: Ah ta rindo? Agora vou te dar motivo pra rir._ele começa a fazer cosegas em mim e acabo rindo.

Sakura: Pa-para..para.._caio na garagalhada até que lagrimas começam a sair dos meus olhos.

Drogo: Olha! Ela ta chorando de rir.."risos"..que fofa..foi te torturar mais.

Sakura:Hahaahah...para..para..por favor..a barriga..a barriga...hahahah!

Drogo: Rsrsrs, tabom parei..mas não foi por você..foi por mim mesmo porque não aguento mais rir da sua cara._ele sai de cima de mim e eu levanto e fico catando as minhas roupas que estavam espalhadas pelo chão.

- Ai meu deus..não tenho calçinha pra vestir! O Drogo me paga.

Drogo: Que foi?_diz ele ja vestido, que rapido.

Sakura: Ainda você pergunta!?_mostro a calçinha rasgada pra ele.

Drogo: Hahahahah..Sakura para..não aguento mais de tanto rir.._ele ta tendo um ataque de risos.

Sakura: Oh palhaço não tou achando graça nenhuma._começo a me vestir.

Drogo: Mas eu estou..mas ja parei. Vamos?

Sakura: Vamos!_saimos da cabana e fomos  pra casa da chefe ver o Miguel. No caminho encontramos as crianças. A Aradia ao nos ver corre e pula nos braços do Drogo, por um momento pensei que ela veio me abraçar, tô me sentindo traida.

Drogo: E aí pequena que abraço gostoso._ele da um beijo nela.

Sakura: Agora tô me sentindo triste!_faço cara de triste._ Alguem acabou de ferir meu coração, e eu não ganho abraço?

Robertt: É claro!_ele pula nos meus braços e me da um abraço._dou a lingua pra eles.

Aradia: Assim não vale.

Drogo: Deixa ela..ela é muito dramatica sabe!_ele coloca a Aradia no chão e eu faço o mesmo com o Robertt.

Sakura: Como vai Cassandra?_ela não respondeu.

Drogo: Aradia..cadê o mais pequeno da turma?

Aradia: O Alfredo? Ele ta dormindo ainda mais depois ele vai acordar.

Drogo: Tabom..agora vamos amor!

Aradia: Hmm, amor..o Drogo ta namorando..ta namorando!

Sakura: Para Aradia..ta me deixando sem jeito._disse isso porque todos que passavam nos olhavam e davam risos.

Sakura: Crianças...estamos indo..tchau depois a gente se fala.

Robertt e Aradia: Tabom tchau!

Sakura: Tchau..tchau Cassandra!

Cassandra: Tchau..gente vamos embora._eles foram embora e nós também.

Sakura: Drogo!?

Drogo: Simm!

Sakura: Porque você estava preocupado com o Alfredo?

Droho: Ah..por nada...curiosidade..aquele garotinho é muito fofo._vejo os olhos dele brilhando ao falar fo Alfredo. Não sabia que ele gostava tanto assim de crianças..ele tratou muito bem a Aradia..acho que ele seria um otimo pai..se ele da miminhos pra Aradia e pra Lorie imagina pro seu proprio filho? Seria muito legal ter um filho..nina-lo, amamenta-lo..é uma sensação muito bom. Chegamos na cabana e vamos pro quarto e vejo o Miguel ja acordado.

Sakura: Bom dia Miguel! Dormiu bem? Cadê a Dália?

Miguel: Dorme bem sim..ah a Dália saiu pra pegar algumas ervas não sei bem o que? Drogo vomo vai?

Drogo: Vou bem..fiquo feliz que estejas bem!

- Espera ouve bem isso?! Preciso ser beliscada.

Miguel: Ah sim..obrigado.

Sakura: Mas cadê os outros?

??: Tomando cafê?_vejo a Dália entrando com um monte de ervas na mão.

Dália: E acho melhor vocês irem também eu cuido do Miguel! Clara!_entra uma menina no quarto.

Clara: Sim..chefe!_ela faz uma reverencia.

Dalia: Leva eles até onde os outros viajantes se encontram.

Clara: Sim..vamos me siguam._ela sai do quarto.

Sakura: Tchau Miguel depois eu volto.

Miguel: Tudo bem..tchau.

Drogo: Vamos amor!_nós saimos do quartos e seguimos a Clara. Caminho todo em silencio até que uma certa pessoa resolve falar.

Drogo: Ei menina, você é sempre assim?

Clara: Assim como?_ela continua sua caminhada sem nem olhar pra gente.

Drogo: Assim..quieta..meninas da sua idade são sempre explosivas..doidas e..

Clara: Só que eu não sou como essas meninas..levo meu trabalho muito aserio..e não tenho tempo pra essas coisas..e eu não sou quieta só não falo com estranhos!

Sakura: Poderias dormir sem essa meu vampirinho...deverias ficar quieto.

Drogo: Engraçadinha..sabe ninguem consegue afetar o Drogo com essas respostas ...pra mim foram meras palavras._ele faz cara de quem não esta nem aí, mas conheço-lo ele, ele não gosta que as pessoas desafiem ele. Continuamos a andar até chegarmos numa casa só que ela era deferente ela não tinha teto..

Clara: Chegamos..seus amigos se encontram la dentro...com liçença escolhida._ela faz uma reverencia e vai embora. Que mania que eles tem de prestar reverencia a mim. Entramos e vimos todos la comendo.

Arthur: Filha!_meu pai se levanta e me abraça e eu retribui.

Sakura: Bom dia a todos.

Todos: Bom dia!

Arthur: Vem senta e come..você ta muito magrinha.

Sakura: Pai eu não sou mais criança e eu não estou magrinha.

Drogo: Concordo coisa que ele não é..é magrinha.

Sakura: Ta incinuando o que Drogo Bartholy?_dou um beliscão no seu braço.

Drogo: Aii..retiro o que disse._sentamos na mesa e eu me sirvo e começo a comer. Apesar de ser uma hibrida eu posso comer essas coisas por causa da meu outro lado (bruxa). Vejo que o meu pai e Nicolae estão bebendo sangue só pelo cheiro da pra perceber..vejo Drogo se servindo de sangue também..aí eu não aguento apanho a taça e me sirvo do sangue e bebo de uma vez.

Drogo: Eii..calminha aí..tem sangue aí no cantoo..deixa eu limpar.._ele lambe o canto da minha boca me deixando constrangida.

Arthur: Mais respeito rapaz! Estamos comendo.

Avó: Concordo..onde já se viu?_o Nicolae se retira da mesa e sai.

Sakura: Que que deu nele?

Drogo: Não é nada..bora beber mais._ficamos na mesa comendo..e o Barctor está muito quieto..também com o Drogo olhando feio pra ele não tem como..deixou o cara com medo..coitado. Terminanos de comer e fomos ficar la fora conversando. Aqui não ha muitas pessoas..não sei porque..depois vou ter que falar com a Dália pra saber mais sobre eles..e meu inimigo. Estou com muita saudades da Lorie e do Peter.

Drogo: Que foi amor?

Sakura: Nada..só estou com saudades da minha pequena a Lorie!

Drogo: Ah eu também...mas pelo menos eles estão bem.

Sakura: Ah sim!

Arthur: Filha podemos conversar?_olho pro Drogo.

Drogo: Tabom vou deixar-vos sozinho..vou ali ficar com as crianças..._ele me da um selinho e vai embora.

Sakura: Que foi pai?

Arthur: Vim te entregar isso._ele tira aquele colar do bolso._ Sua mãe pediu pra te dar antes de..antes de.._vejo lagrimas sair dos seus olhos e acabo chorando lembrando da minha mãe.

Arthur: Toma..agora isso é seu._ele me entrega o colar.

Sakura: Porque a mamãe pediu pra me entregar isso?

Arthur: Ela disse que quando precisar de ajuda é só falar com o colar..que ela vai estar sempre do seu lado..te ouvindo e te apoiando.

Sakura: Tenho muitas saudades dela!_choro.

Arthur: Eu também..mas sei que ela agora esta bem..e te olhando..._abraço meu pai.

Sakura: Brigada..pai!

Arthur: Agora vamos enchugar essas lagrimas..aposto que sua mãe não vai gostar se te ver assim._ele limpa as minhas lagrimas me da um beijo e vai embora. Aproveito esse momento pra dar uma volta. Caminho até chegar num carvalho e sento ao pê dela.

Sakura: Ai mãe que saudades de você._fico olhando pro colar. Sinto algo caindo no chão olho pra cima e vejo Nicolae em cima da árvore.

Sakura: Eu cuidado.

Nicolae: Ah desculpa..Sakura que faz aqui?

Sakura: Vim espaidecer um pouco..e você?

Nicolae: Vim fazer a mesma coisa.

Sakura: Será que você poderia descer pra gente conversar?_ele pula da árvore e senta ao meu lado.

Nicolae: Esse lugar é lindo..traz uma paz maravilhosa.

Sakura: Também acho..e vendo daqui..tudo é muito lindo e verde. Ah Nicolae queria perguntar uma coisa!

Nicolae: Pergunta!_ele me olha e eu desvio o olhar.

Sakura: Porque que esses dias você está tão triste e quieto? É por causa da Amanda? Ela disse que pra você se preparar! Preparar pra que?

Nicolae:É por causa do Klaus. Só de saber que meu pai está atras disso..e queria matar seu pai..eu fico triste com isso..e se você sentir odio de mim eu entendo._ele fica triste.

Sakura: Eii._seguro a mão dele._ Não é sua culpa, é o Klaus que está causando todo esse problema não é você nem os seus irmãos.

Nicolae: Eu sei..eu tenho muito odio dele..e sem pensar que ele matou.._vejo lagrimas sair dos seus olhos e ele os limpa rapido.

Sakura: Se não for incomodo quem ele matou?_ele ficou em silencio e não disse nada então eu respeitei o seu momento. Fiquei quieta observando o lugar e olhando o meu colar.

Sakura off

Nicolae on

Foi muito ruim ver a Sakura e o Drogo quase se beijando. Eu gosto dela e ver isso acabou comigo. Me levantei e fui embora. Fico caminhando pelo vale até chegar num carvalho que dava pra ver muito bem essa floresta. Subo na árvore e fiquei lá observando tudo. Depois de uns minutos lá oiço alguem falando. Era a Sakura, na hora meu coração quase pulou pra fora. Sempre que estou perto dela fico assim..será que gosto dela? Não Nicolae ela namora o seu irmão e não posso gostar dela. Eu desço da árvore e sento ao seu lado. Ela faz varias perguntas mas quando deixei escapar a parte de que o Klaus matar alguém que eu amo fico paralisado, quando ela percebe o meu incomodo ao falar disso ela não toca no assunto..ela é bem compreensiva mas vou falar pra ela não aguento mais guardar esse segredo.

Nicolae: Sakura você quer saber quem ele matou?

Sakura: Se você não quiser falar tudo bem eu...

Nicolae: Ele matou..ele matou a minha mãe!_não consiguo me segurar e choro.

Continuaaa😁😁😊🙈😁👿😁


Notas Finais


Queeeee😱😵? Eu ouve direito? O Klaus teve a coragem de matar a sua propria esposa!

Que triste..coitado do Nico..fiquei triste.😢
Esperem pro proximo capitulo..e vamos ver o que o nosso Nico tem a dizer..😢😢

Bye..até o proximo capitulo😚😚😘😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...