História It is love?Ryan - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Personagens Originais
Visualizações 68
Palavras 1.319
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 17 - Sequestro


Emilly

Acordo em cima de uma cama bem dura e com as mãos acorrentadas num cativeiro olho em volta e vejo dois homens na porta 

-aonde estou? 

-Calada. 

-Por favor me diga aonde estou. 

-Já mandei calar a boca-o homem ia partir para cama de mim mas alguém o segura. 

-Não toque na Ana-Ana?. 

-Ana? 

-Sim esqueceu seu nome-Ah não ele acha que sou minha irmã. 

-O que quer de mim. 

-Você e minha refém querida, seu namoradinho tenque me pagar para você sair! 

-E  sequestro? 

-Exatamente

-E se eu disser que não sou a Ana sou a Emilly Ana e minha irmã gêmea. 

-Acha que nasci ontem é garota? 

-Eu estou falando a verdade. 

-Coloque uma mordaça na boca dela para uma patricinha e muito mentirosa. 

Ana

-Ryan não está certo ela teria me avisado-Digo a o Ryan andando de um lado para o outro. 

-Ela deve estar com alguém Ana não se preocupe amor-Ryan me abraça mas sai de perto dele. 

-Ryan liga para ela de novo por favor

-Está bem-ele liga para ele mas ninguém atende-Vamos durmi amanhã ela já deve estar de volta

-Não vou conseguir dormir

-Mas você prescisa amor, se não fizer por mim faça pela nossa filha-Ryan diz me olhando. 

-Está bem eu vou tentar dormir. 

-Você está cansada tenho certeza que irá dormi vem-me me leva até o quarto e me põe deitada na cama. 

-Boa noite Ry-Beijo a testa dele. 

-Boa noite 

Daryl

-Por que está tão pensativo?-Natasha me olha. 

-Estava pensando na Emilly. 

-Aff, naquela mosca morta? 

-Não chame ela assim

-Ela nem gosta de você por que fica correndo atrás de uma qualquer. 

-Ela gosta sim de mim só não assume! 

-Percebi

-por que se importa tanto com meus sentimentos pela Emilly? -ela fica muda e olha para o outro lado. 

-Não me importo só gosto de falar que você e um idiota! 

Ela se levanta e sai em direção a cozinha, enquanto Natasha faz seu draminha pego meu celular para ligar para a Emilly, mas só dá fora de área acho isso estranho ela sempre deixou o celular disponível. 

-Daryl larga esse celular vamos curtir-ela senta no meu colo com uma taça de vinho na mão. 

-Agora não Natasha estou preocupado com a Emilly. 

-Ela pode estar transando com alguém e você aí me dispensando

Ela dizer isso me afetou um pouco mas ela pode ter razão. 

-Daryl vamos curtir um pouco-ela beija meu pescoço e começa a rebolar no meu colo me fazendo ficar duro. 

-Que se foda-Beijo ela e jogo ela no sofá e fico em cima dela. 

De manhã

Ana

Acordo e Ryan está se arrumando para trabalhar eu procuro todos os cantos da casa pela Emilly mas não acho ninguém. 

-Ana?

-Senhor Carter-abraço o pai do Ryan que aparece na minha frente não sabia que ele estava aqui tão cedo. 

-Está tudo bem querida-eu o abraço forte por mais que não goste muito dele eu preciso de um abraço Ryan está longe agora. 

-Minha irmã sumiu desde ontem-chorro. 

-Calma ela deve estar de volta daqui a pouco jovens são assim você sabe-sim eu sei tenho a mesma idade que ela. 

-Mas estou preocupada ela não liga não atende ela desapareceu. 

-Acalme-se 

-Pai?Ana? Está tudo bem? -Ryan aparece. 

-Ana está muito nervosa a irmã sumiu

-Ryan você disse que ela estaria aqui hoje mas não está-abraço o Ryan. 

-Vem cá eu vou ficar com você até ela chegar-Ryan me pega no colo e me leva para o quarto. 

-Ryan quero minha irmã Nova York está muito perigosa e se... 

-calma amor-ele segura meu rosto nesta hora o celular dele toca. 

-alô-Ryan diz. 

-Ryan Carter? 

-Sim... 

-e um sequestro sua mulher tá aqui comigo e se não me der 20 milhões a patricinha morre 

-Minha mulher? 

-Tu é surdo, mais tarde vo liga para nois resolver melhor isso e ah não quero polícia metida nisso não eh se não a sua mulher morre com tiro na cabeça ta ouvindo né 20 milhões agora vo mandar a foto da sua patricinha para tu vê que não ti brincando. 

-Mas..-ele desliga. 

-o que ouve? 

-Amor pelo que entendi sua irmã foi sequestrada eles acham que você e ela

-Não-chorro sem parar. 

-Mas eu vou tirar ela

-como? 

-Querem 20 milhões de dólares. 

-Amor por favor-não consigo terminar a frase. 

-Ana Carolina está bem? 

-Eu me sinto...-eu desmaio. 

Ryan

Ana desmaia então pego e a levo para o hospital que merda eu não podia te contado para ela não desse jeito, ela foi atendida então o médico vem falar comigo. 

-Como ela está? 

-Melhor ela apenas passou muito nervoso. 

- mas vai ficar bem 

-e a bebê?

-Tudo bem com ela. 

-Posso ver a Ana? 

-Sim claro. 

Entro na sala e vejo Ana deitada na cama. 

-Ah amor que alívio te ver bem

-E a Maria Eduarda como está? 

-Muito bem

-Que bom quando vou poder voltar para casa? 

-Não sei meu bem mas será logo. 

Saio da sala para deixá-la descansar quando vejo Daryl. 

-O que faz aqui? 

-Fui até sua casa para pergunta se a Emilly estava lá mas o porteiro me disse que não e nem a Ana ela estava no hospital então com correndo para vê-la. 

-Ana está bem mas Emilly não. 

-O que houve com ela? 

-Foi sequestrada-Daryl fica pálido-mas eu irei tirar ela de lá. 

-quanto vai pagar? 

-Não interessa só quero tirar Emilly de lá. 

-também por isso quero ir junto. 

-Não eu vou sozinho. 

-Eu fiz muita merda com ela mas isso não vou deixar ela quero que ela veja o quanto me importo com ela é por que gosto dela. 

-tá bom então vamos

Daryl

Ryan pega uma maleta cheia de grana e liga para o sequestrador. 

-Alô? -Ryan diz. 

-Tá com a Grana? 

-Sim estou com os 20 milhões-fico de boca aberta com o valor que o Ryan vai pagar. 

-Vou mandar o endereço a gente se encontra nesse local as dez da noite sem polícia eh 

-Ok 

-então tá até. 

-Ryan tenho que fazer uma coisa. 

-ok as dez nós nos encontramos

As dez eu e Ryan estávamos num bairro de periferia andando com aquela grana toda vemos um cara parado numa porta não um não! Três todos estão armados 

-Aqui está o dinheiro agora quero minha mulher-Ryan diz. 

Sua mulher? -sussurro para o Ryan

-eles acham que ela e a Ana-Ryan sussurra de volta. 

-Ata

- Ryan Carter que bom ve-lo e quem esse? 

-ele é... Irmão da minha mulher insistiu para vir

-Hum ok tragam a garota-Emilly vem amarrada com um pano na boca-dinheiro depois a garota. 

-Eu levo Ryan

Me aproximo devagar e entrego a maleta e puxo a Emilly com tudo. 

Ele começa a contar. 

-certinho foi um prazer...que e isso? 

A polícia que chamei antes para ir nos seguindo discretamente para prender os miseráveis que prenderam minha Emilly. 

-Eu disse que não era para ter chamado a polícia-o sequestrador atira então só vejo Ryan se jogar na frente de Emilly mas a bala pega em seu braço. 

-parado-a polícia segura eles e colocam as algemas nos bandidos. 

-Oh meu Deus Ryan-Emilly se corre e fica na frente de Ryan-Obrigada por isso mas você vai ficar bem? 

-Sim,eu irei.

 -Emilly. Você está bem? -pergunto olhando para ela. 

-Sim estou obrigado por vir Daryl-ela me abraça. 

-Seus desgraçados filhos da puta vou matar vocês-o bandido fala entrando na viatura da polícia. 

Emilly 

Ryan já foi atendido e retiraram a bala de seu braço a Ana estava no hospital mas o pai do Ryan a levou para casa 

-Ryan muito obrigada mesmo-digo mais uma vez agradecendo a Ryan. 

-De nada vamos sua irmã já deve está preocupada com você. 

Chego na casa do Ryan e a Ana está andando de um lado para o outro 

-Emilly!! -ela corre e me abraça. 

-Ana-chorro em ver minha irmã

-Fiquei tão preocupada. 

-Eu fiquei muito assustada. 

-Vem quero durmi com você hoje minha irmã-Digo. 

-Tá mais antes você tem que tomar um banho pois está com um cheiro horrível rsrs

-Pior que e verdade rsrs

Um mês depois..... 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...