História It was all right - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Big Bang, Black Pink, IKON, IU, Red Velvet, TWICE
Personagens B.I, Bobby, Chaeyoung, Chanwoo, Dahyun, D-Lite (Daesung), Donghyuk, G-Dragon, Irene, Jennie, Jihyo, Jinhwan, Jisoo, Joy, Jungyeon, Junhoe, Lee Ji-eun "IU", Lisa, Mina, Momo, Nayeon, Personagens Originais, Rosé, Sana, Seulgi, Seungri, T.O.P, Taeyang, Tzuyu, Wendy, Yeri, Yunhyeong
Tags Bigbang, Blackpink, Ikon, Red Velvet, Twice
Visualizações 10
Palavras 1.684
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Nova música


Minha vida é perfeita certo? Tenho tudo que um ser quer, dinheiro, fama, sou bonito. Só que nem tudo é assim, talvez esteja a procura de algo que poucas pessoas tem... Só que eu não sei o certo. Prazer meu nome é Kon So-Hung Yee, um solista da YG entertainment, a famosa empresa de entretenimento de vários grupos de kpop, como bigbang, 2ne1, Black Pink, Ikon, Winner entre outros...

Bom, vivo bem não é? Em uma bela casa junto com minha namorada, Kim YounG Hee, mas ela está bem estranha ultimamente, vive vidrada em seu maldito celular, e nunca me dando atenção, bem, namoramos a seis anos já, ela que me deu força para treinar, mas agora nem vendo minhas apresentações ela quer mais, parece estar enjoada de mim ou algo do tipo.

- Ei, amor eu vou para a empresa, quer vir junto comigo? - digo desligando a televisão que eu estava assistindo.

Hee - Não, eu nunca vou com você, por que de repente eu queria ir junto com você? - ela respondeu seca, como sempre.

- Dá próxima vez eu nem pergunto então, e você nem me pergunte para aonde eu estou indo. - Me levanto e despreguiço, pego o balde de pipoca e coloco para lavar.

Subo as escadas rapidamente e coloco uma roupa para sair, uso o banheiro, pego meu celular, minha carteira e as chaves do carro, quando estava prestes a sair Hee me chama.

Hee - Precisamos conversar não é SoHung? - Ela diz puxando meu braço até o sofá. 

- Nós precisamos conversar desdo ano passado Hee, você que não quis. - digo de uma maneira grossa.

Hee - Não somos os mesmos de seis anos atrás não é SoHung? - ela diz apalpando minhas calças.

- Nossa, como adivinhou. - Respondo ironicamente e ela ri.

Hee - Vamos dar um tempo, talvez assim podemos pensar o futuro desse relacionamento, e talvez assim eu tenha tempo para minha faculdade. - Hee faz faculdade de medicina, ela é super inteligente, ficou um ano parada por causa de mim, longa história. - E assim você pode dar mais atenção para suas fãs loucas por você, já que eu sou um peso morto.

-   Nunca disse isso Hee, você sabe disso. - Digo tentando amenizar a situação. - Você que começou com tudo isso, se conversasse comigo frequentemente, não só ficar usando esse maldito celular.

Hee - Ah, sobre os shows? Pois é, eu quero ser uma médica SoHung, estou estudando muito para isso, sonho com isso desde pequena. Pera, não era você que incentivava tudo que fazia?

- Nunca falei isso Hee.

Hee - Pois é, quando começamos a namorar você disse que nunca iria se cansar de olhar para mim, que nunca iria deixar um dia se quer passar, mas adivinha? Você deixou, e agora estamos quase terminando o nosso relacionamento de seis anos. As promessas que você nunca vai cumprir, idiota pensar que iramos ficar juntos até o final dos mundo. - ela ri. - Pois é, você mudou muito depois que que virou um idol.

- Queria que eu fosse a mesma pessoa para sempre? Um adolescente ingenuo, era isso que queria? Mas você deveria saber notar as minhas mudanças, porque mudei para melhor, Hee, eu ainda te amo só que você nem conversa mais comigo, nem nas férias você tem tempo para ficarmos juntos, ver um filme.

Hee - Não, não SoHung, você não quer ficar comigo, se arrepende de ter passado anos e anos ao meu lado, eu também me arrependo de ter abrido uma ano da minha vida por você. Pode ir para YG, eu vou arrumar minhas coisas e vou sair daqui o mais cedo possivel viu, acho que é a unica coisa que você quer escultar hoje. - Ela se levanta e eu seguro seu braço.

- Hee, fica, eu arrumo um lugar para dormir, amanhã eu vejo um lugar para você morar. É o minimo que eu posso fazer por você. 

Saio de casa com raiva, a unica coisa que eu queria é chorar e me arrepender. Entro no carro e vou até o prédio da YG, estaciono meu carro e saio dando de cara com várias pessoas, fãns. Vários guardas vieram e me cobriram, ignoro as fãns que provavelmente nem são minhas.

Vou até a minha sala de ensaios e começo a chorar, ali mesmo, até que ouço batidas em minha porta. Abro e vejo Taeyang sorrindo com uma sacola na mão.

Taeyang - Tava chorando cara? - ele diz notando meu nariz vermelho.

- Ela quer um tempo Tae. - Digo dando espaço para ele entrar, logo ele faz o mesmo e se senta em uma dos sofás que tinha na sala de ensaio.

Taeyang - Esquece ela, você mesmo disse que tava pensando em terminar o relacionamento. - ele diz tirando um soju da sacola. - Minha esposa e eu de vez enquando temos umas discussões. - ele diz apalpando minhas costas.

- Ela falou que se arrepende de ter passado seis anos comigo Taeyang, e eu não me arrependo, aprendi muita coisa com ela, ela que me deu força Tae, eu nem sei como eu estaria aqui sem ela. - digo tomado um pouco do liquido.

Taeyang - Quem sabe você não consiga achar alguem melhor SoHung? Sabe, hoje vai ter a comemoração da YG, vai ser na janta, engaja com alguém.

- Sei lá, se alguém chegar em mim eu converso, só que eu tô sem vontade de chegar em alguém, a Hee me deixou assim. - digo lembrando. - Tá, quem tem a mesma idade que eu na empresa?

Taeyang - Olha, uma dica, não procure a mulher pela idade, procure uma pessoa do seu tipo. Tipo as meninas do Black Pink. Me empresta o seu celular vai. - Logo dou meu celular para o mais velho. - WOW, você tem bastante idols no seu celular. - Ele diz rindo. - Ok, Black Pink... NOSSA, VOCÊ TEM O CELULAR DA IU.

- Sim, eu dei por educação, ela queria conversar comigo esses dias, só que como a Hee ia ficar com ciumes eu achei melhor não.

Taeyang - Você é um banana cara, liga para ela para sair, olha, se você quer alguem da sua idade tem ela, ela tem vinte e cinco né? - Logo concordo. - Perfeito. - Ele vasculha mais meu celular. - Você colocou o numero das meninas do G-Freind como "G-Freind SB".

- Se eu colocasse SinB a Hee iria surtar.

Taeyang - Aigoooo, tudo é ela, que bom que eu sou seu amigo, olha, vou mudar para "SinBs2". - ele diz rindo e olhando ao celular.

- Tae, me sinto sujo, não queria me separar dela. - Digo choramingando. - O que eu vou falar para a minha mãe? Ela amava a Hee.

Taeyang - Quem tem que gostar da pessoa é você, não sua mãe, alem disso, sua mãe gosta de todo mundo, ela é a melhor pessoa que eu já conheci, ela vai ser uma ótima sogra. OLOKO, tem o número do Twice, você tem belos contatos, Red Velvet, tem o número do PD-min? Ele disse que não tinha mais.

- Eu sou como um filho para ele, não é minha culpa de eu ser uma boa pessoa.

Taeyang - Tem um ótimo gosto para mulheres não é SoHung? - ele diz olhando os contatos.

- Sou um homem reservado... Taeyang, eu tem algum lugar para eu dormir? Sabe, a Hee tá lá na minha casa e eu não posso ficar no mesmo lugar que ela se não vai dar merda.

Taeyang - Você é um ótimo namorado SoHung, isso eu tenho que admitir. Tive uma idéia. Sabe a casa da IU? - logo concordo. - Vai lá bêbado e  eu tenho quase toda certeza que ela não vai negar sua entrada.

- Vai dar ruim Tae, mas eu posso tentar no Black PInk, elas moram a sei lá, uma quadra da minha casa.

Taeyang - Faz o que você quiser menino, mas eu acho que as meninas do Black Pink são meio safadas. 

- Relaxa Tae, tudo sobre controle. - Digo fazendo o mais velhor rir.

Taeyang - Tá, melhor a gente quardar as bebidas, alguém pode passar pode passar e ver você chorando. - Me levantando e começo a recolher as bebidas e jogando no lixo.

- Tae, te amo. - Falo zuando.

Taeyang - Eu também... Me amo. - Dou um soco em seu ombro e ele sai da sala.

Começo a criar um monte de teorias que a Hee me traia, será? Pera, teve um dia, que eu ouvi ela falando no celular.

"Estava de noite, estávamos dormindo juntos como sempre, até que. Hee se levanta e vai até a varanda junto com seu celular.

Hee - Jung, não tá? Eu não posso ir para sua casa, o SoHung não sai do meu pé, e eu tô cansada dos trabalhos da faculdade.

Hee - Eu não vou fazer isso com você de novo, você quase fez dentro de mim, Jung eu não posso ficar grávida."

Ela me traia? Aigo, como eu era tolo, por que tudo aquilo não acabou lá mesmo? Ela me traindo e eu apenas continuei parado lá? Fingindo que dormia.

- Isso pode virar uma música. - Penso e pego um bloco de notas. - Aigoooo, eu sou corno? - Digo puto, começo a chutar o ar até que Eu caiu.

[...]

Pego uma roupa no YG, me troco e vou até o Ikon.

- Ikon. - Digo batendo na prota, e June abre a porta, ele estava bonito. - Nossa June, bonitão mesmo né? - Digo rindo, logo o menor da espaço para entrar e eu entro com o bloco de notas.

Queria mostrar a música para alguém.

- Pessoal, sabe a Hee?

Jay - Sua namorada.

- É, eu sou corno. - Digo e eles começam a rir. - Aigoo, que foi?

B.I - Nada Hyung, é que ainda bem que o PD-MIN não sabia que você namorava, só nós, e Taeyang Hyung.

Bobby - O que é esse bloco de notas?

- Não tá meio óbvio? Você mesmo disse que é um bloco de notas. - Digo e o menor bufa. - Tá, é uma música que eu compus por ser corno. - Entrego a ele e ele começa a ler em voz alta. - Eai, gostaram?




- Continua 😊 -



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...