História It was not from my womb, but it is mine. - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 1
Palavras 668
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


desculpe a demora a escola tava complicada

Capítulo 5 - Apareceu


 

algum tempo se passou, questão de uma ou duas semanas, eu já havia projetado todo o quarto de Nion, havia brinquedos, livros, um pequeno closet com as roupas que comprei e uma cama confortável. Havia feito a matricula dele em uma creche próxima de casa, estava tudo perfeito.

sn: meu amor esta na hora de dormir 

nion: so mais um pouquinho 

sn: mas se vc dormir tarde não vai conseguir acordar para irmos ao parque amanha 

o mesmo correu do sofa para seu quarto eu apenas dei risadas. chegando lá eu escovei seus dentes e botei ele na cama, fazia frio então me certifiquei de varias mantas

sn: está quentinho?

nion: uhum

sn; boa noite meu pequeno. beijei sua testa 

nion; boa noite mamãe 

sn: do que me chamou?

nion: mamãe, voce é minha mãe 

não resisti e acabei por deixar uma lagrima escapar.

sn:eu te amo

nion: tb te amo, mas por que chora?

sn:nada não meu bem..

mexi nos seus cabelos ate ele dormi, e fui com o com o coração cheio,  isso udo parece um sonho...

 

quebra de tempo

ja brilhava o sol la fora o que me fez despertar, levantei, escovei meus dentes lavei meu rosto, fiz tudo o que tinha para fazer, vesti uma roupa confortável, um short e uma blusa cigana florida. fiz o cafe da manha, torradas e café para mim, e para o nion frutas, biscoitos e um suco. subi para ver se ele ja tinha acordado, quando cheguei ele estava pulando na cama, sorri e fui pegar ele para poder vestir a roupa, escovei seus dentes, lavei seu rosto, dei um banho nele, e vesti i uma blusa branca fina  com uma jardineira jeans de calça longa na cor na cor vermelha. desci ele dei o café da manha e preparei o carro com a cadeirinha e os brinquedos.

quebra 

 

ja no parque estávamos sentados na parte de areia.

nion:mae 

sn: sim

nion: quero algodão doce

sn: vou comprar

o bloco de areia era cercado e havia guardas pedi para que olhasse ele pq ele ja estava com seus brinquedos espalhados não queria tirar ele dali.

sn off

xxx: hoje ela decidiu levar ele para o parque...

xxx2: nos iremos agora?

xxx: espere ela se distrair mais.

7 homens de vestes elegantes e escuras se aproximam do cercado onde nion estava.

xxx3: ei garotinho 

nion: uhm?

xxx5: voce tem que vir com a gente

nion: não minha mãe mandou eu esperar aqui

xxx: ela não é sua mãe

nion: ela cuida de mim eu moro com ela ela é minha mãe sim

xxx: não ligo, pegue ele 

um dos homens segura o braço de nion forte o mesmo chora

sn

 

escuto um choro alto e ja sabia que era nion, quando me viro vejo pessoas estranhas segurando o meu filho corro ate lá

sn: solta o meu filho voce ta louco ? 

xxx: quem é vc? 

sn: isso não te interessa, o que vc quer com o meu filho

xxx: meu filho que vc quis dizer, eu sou o pai e eu vou levar ele para casa

sn: ele não é um brinde, otario, teve anos da sua vida para dedicar a ele, quer pagar de bom pai agr?

xxx: vc não tem nem onde cair morta, o dinheiro que tenho dara luxo ao meu filho

sn: n ouse chamar ele de filho, vc n esta nem ai para ele, se ligasse teria cuidado dele em todos os momentos que ele adoeceu e que precisou de ajuda, nem isso vc fez, o que eu tenho é o suficiente para dar uma vida digna, ele precisa de amor e carinho vc não tem nd disso então ja que não acrescenta por favor n me faz perder meu tempo com vc.

peguei o homem que segurava meu filho pela gravata e puxei com força

sn: solta ele agora.

o mesmo assustado soltou, peguei ele e as coisas e fui para o carro levando o meu filho para bem longe do cretino



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...