História It will be love? - Capítulo 40


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Iris, Kentin, Leigh, Lysandre, Nathaniel, Nina, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky
Tags Amor Doce, It Will Be Love?, Lysandre
Visualizações 57
Palavras 1.651
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), FemmeSlash, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Cap novo! E pensar que a fic está acabando :')
Será possível que a fic termine essa semana... JOGUEI NO AR
Agora vamos sem enrolação começar

Capítulo 40 - Fuck Everybody


Fanfic / Fanfiction It will be love? - Capítulo 40 - Fuck Everybody

LYSANDRE POV'S ON*

Fugi um pouco dos paparazzis, eles realmente são bastante persistente! De qualquer jeito eles tiravam fotos minha, estava começando a me irritar. Quando saí eu fui á uma parte isolada da festa, percebi a presença de John e uma mulher de cabelos azuis, aquele cabelo reconhecível... Eles estavam discutindo e John a pegou pelo braço.

-Eu não terminei de falar vadia- ele a encarava furioso.

-Seu canalha, me solta se não vai ver só.

-Vai fazer o que? Me bater?

-Não, mas eu vou se não soltá-la- saio de meu "esconderijo".

Olhares surpresos dos dois são direcionados a mim. Depois de um minuto de silêncio, John dá uma risada estranha.

-Lysandre, Lysandre, essa garota atrapalha nossos negócios! Deixa que eu cuido dela...

-SOLTÁ ELA, SE NÃO EU VOU...- cerrei os punhos e o encarei irritado.

Mas quanto me dei conta, Samantha o tinha derrubado no chão, com um forte e rápido golpe.Com o babaca já no chão, Sam se direcionou a festa, mas antes eu a interrompi.

-Ei, de nada né- peguei sua mão.

-Você não fez nada, fui eu- ela revira os olhos e responde friamente.

-Se eu não estivesse chegado, podia ter acontecido algo com você idiota- mudei o tom de voz. Aquela garota me deixava doido, ainda era do mesmo jeito, teimosa e orgulhosa.

-Quem pensa que é para falar assim comigo? Eu não sou mais nada sua Lysandre, já terminamos e não me arrependo! Tenho que deixar mais claro ainda? EU NÃO PRECISO DE VOCÊ, EU NÃO PRECISO DE HOMEM NENHUM PARA ME ACHAR COM CARA DE DONZELA E ME SALVAR! Agora eu peço gentilmente que você vá tomar no cu- começou a gritar (Jura?) e saiu de lá me deixando vagar pelas memórias...

FLASHBLACK ON*

Sam já tinha ido ao Japão faz uns dois meses. Como eu sentia sua falta... Todos já estávamos formados, só havia aquela pergunta: O que vai ser daqui para frente?. Estava no meu quarto trancado pensando quando Castiel mandou uma mensagem:

-CARA, SE NÃO ACREDITA! TEVE UM CARA QUE FILMOU NOSSA APRESENTAÇÃO NA ESCOLA E POSTOU NO YOUTUBE! E agora tem uma empresa querendo fazer negócios com a gente!

-ISSO É ÓTIMO- respondi super animado.

-ELE QUER NOS VER NA SEGUNDA! SE FORMOS BONS O SUFICIENTE QUEM SABE A GENTE NÃO É CONTRATADO?!

-SERIA REALMENTE UM SONHO... mas não podemos ficar tão esperançosos!

-Mas ainda assim animados!

Não podia acreditar no que aquele ruivo dizia. Uma empresa? UMA EMPRESA VIU ESSE VÍDEO?! E QUER NOS VER?! Espera um pouco... Se eles viram nosso vídeo vão querer eu, o Castiel, Iris, Nathaniel e... Sam lá?! Nathaniel e Iris é fácil convencer mas Sam... Só espero que eles não contem com ela!

Decide fazer uma ligação para Sami contando a novidade.

-OIÊ MEU AMOR!

-Oie Lys...

-Se não acredita?! TENHO UMA SUPER NOTÍCIA!

-Desculpa Lys... Eu estou cansada, passei a noite estudando... Sinto muito, me conta depois, ok? Beijos, te amo!

-Ah,tudo bem, também te amo- respondi desanimado.

Não era a primeira vez, Sam sempre estava cansada, quase nunca nos falávamos. A bolsa no Japão era realmente importante e lá, o estudos eram bem rígidos. Não ficava com raiva dela mas... Só queria conversar... Estamos tão longe e sinto que ela pode me deixar a qualquer minuto.

Quebra de tempo*

Mais oito meses se passaram, minha carreira como membro de uma banda estava começando! Nosso empresário era realmente um gênio mas as vezes bem rancoroso! Iris não havia aceitado ser da banda, ela disse que preferia apenas ir a shows e não ser parte deles, não mas. Por sorte a irmã de Kate, Wendy, se ofereceu sabendo da falta de uma guitarrista. 

Eramos uma banda, a INSPIRE YOURSELF! Estava realmente ansioso para contar mais detalhes para Sam.

-Ei, amor, tudo bem?- perguntei durante a ligação.

-S-sim, t-tá tá. EI PRECISAMOS DAQUILO... NÃO ESSE!- ela aparentemente estava falando com alguém.

-Tem certeza?

-L-lys, eu to ocupada, preciso ir, será o nosso primeiro show, tchau- desligou.. mais uma vez.

Eu sabia como aquilo era trabalhoso, ainda mais Sam sendo uma recente empresária, mas falar com ela era missão impossível!

"Queria falar com você mas realmente não dá, tenho que me dedicar ao máximo á banda!"

"Desculpa, preciso ir"

"Tenho que fazer o agendamento com a ajuda do meu pai, tchau"

"Conseguimos uma entrevista! Espero que nos assista... Ah, estão me chamando, tenho que ir!"

"Estou trabalhando duro para me tornar uma grande empresária, meu pai está me ajudando demais, vivo com sono, me perdoa mas vou dormir um pouco!"

Apenas recebia mensagens desse tipo...

Mesmo com o caso de Samantha, eu estava feliz por que nosso grupo ia progredindo muito, já tivemos nosso primeiro show recentemente e por mais que seja surpreendente havia centenas de pessoas! Só pensava em quão sortudos éramos! 

Também acompanhava o progresso de Sami, estava super orgulhoso dela. Não era apenas o grupo que estava se tornando conhecido, ela também e até fez algumas músicas com eles, era demais!

Semanas depois-

Algum tempo tinha se passado, evoluímos mais e mais. Apesar disso, estava preocupado com Sam, não mandava mensagens faz tempo, bom acho que faz parte... De repente meu celular estava tocando e... ERA ELA! Atendi imediatamente, na maioria das vezes eu que ligava, afinal ela sempre esteve ocupada.

-OIE AMOR- disse animado.

-Oi...

-Tudo bem?

-Vou ser direta Lys... Sinto muito não está conversando direito com você, sinto por não está ai acompanhando o grupo, me desculpa! Mas acho que você não deve ficar com uma pessoa assim... Merece alguém que esteja aí com você te apoiando, que converse com você todos os dias e obviamente essa pessoa não sou eu... Precisamos terminar!

-V-você nunca me liga e quando liga é para d-dizer essas coisas?!- estava começando a ficar nervoso.

-Desculpa..

-DESCULPAS E MAIS DESCULPAS! JÁ ESTOU CANSADO DISSO- mudei o tom de voz- VOCÊ TÁ CERTA DEVEMOS TERMINAR, EU NÃO QUERO MAIS NADA COM UMA PESSOA ASSIM, TOMARA QUE SE DE BEM SAMANTHA!

-Ah, ok, acho que isso é um adeus...

Desliguei antes de ela dizer mais algo e taquei o celular na cama. Por que eu estava agindo assim? Que nem um babaca? Mas Sam está certa numa coisa... Isso não daria certo! O jeito é seguir em frente! Mesmo que seja dificil

FLASHBLACK OFF*

SAMANTHA POV'S ON*

Saí de lá irritada, quem esse cara pensa que é? Por que homens acham que uma mulher não consegue se defender sozinha?! Acabei pedindo uma limosine para me levar ao hotel que estávamos hospedados.

-Boa noite senhorita Mikaelson- o porteiro me cumprimentou.

-Boa noite- respondi entrando.

Fui para a minha suíte, assim que abri comecei a tirar minhas roupas e fui para a banheira relaxar um pouco. Já estava lá a uns vinte minutos, saio  e coloco uma regata preta e um shorts confortável me deitando na cama incrivelmente macia e gostosa. Fecho meus olhos soltando um longo suspiro.

Logo sinto um leve carinho no meu rosto e abro os olhos imediatamente.

-Te assustei Sami?- era Hailey, a baixista do grupo. Ela era uma garota doce e tímida no começo, mas depois que conhecia ela era mais aberta, divertida e até atrevida. Seus cabelos eram ruivos avermelhados e tinha hipnotizantes olhos verdes.

-Hailey? O que faz aqui?- esfreguei meus olhos, a mesma estava em cima de mim.

-Eu fiquei te procurando a festa toda- ela me encara e morde os lábios- E o motorista disse que tinha te levado ao hotel, então...

-Sabe isso é meio constrangedor- respondi observando que ela estava apenas de lingerie.

-Por que? Nem é a primeira vez- respondeu se aproximando do meu rosto.

-Talvez você deva achar outra pessoa, eu sou alguém bem ocupada- argumentei enquanto ela dava longos chupões e beijos no meu pescoço.

-Você só fala de trabalho, trabalho, por que não tenta se divertir um pouco?- começou a me beijar sensualmente e pegar minhas mãos e colocar em sua cintura.

-Eu não posso...- tentei parar, era fato que eu estava ofegante.

-Para de falar- continuava a me calar com aqueles beijos deliciosos, doces e agitados ao mesmo tempo.

-Não p-podemos... o que... os outros vão achar?- tentei pará-la, mas como das outras vezes fracassei, ela estava começando a me deixar excitada enquanto rebolava em meu colo.  

- Ah, quer saber? Foda-se todos- disse e troquei nossas posições ficando em cima dela e a beijando ferozmente que estava a apertar a minha bunda.

FLASHBLACK ON*

-SAAM- alguém me gritava enquanto caminhava para fora do estúdio.

-Hailey?- olhei confusa para a mesma.

-Pode me ajudar com essa música?- perguntou timidamente, logo assenti e fomos para um banco.

Nos sentamos e comecei a ler a música dela, realmente era boa, só faltava alguns pequenos detalhes. Mesmo eu sendo tecnicamente chefe deles, eu sempre os tratava como melhores amigos.

-Posso te perguntar algo?- ela me olhou.

-Sim?

-Você já pensou em beijar uma garota?

-Eu já te contei que eu sou bissexual?- dei uma leve risada, a mesma me olhou surpresa.

-S-sério?!

-Sim, agora vamos terminar isso daqui- disse apontando para o rascunho dela.

Não demorou muito para terminamos, a música ficou realmente maravilhosa. Soltei um longo suspiro, apesar de não ter demorado eu estava cansada.

-Obrigada Sam.

-Disponha- fui me levantar para sair.

-Espera aí- Hailey foi me puxar pela blusa que vestia mas acabou se desastrando e caindo, me puxando junto. Realmente constrangedor, ela estava em cima de mim e de saia.

-D-desculpa- falou baixinho.

-Tudo bem- respondi rindo.

Nos levantamos e não sei como um silêncio começou. Hailey estava me encarando como se quisesse dizer algo, e eu apenas esperava. Quando mais uma vez ia sair, a mesma me puxou para perto de si e me beijou... foi calmo, lento e bom. Quando paramos percebi que ela estava bem vermelha e envergonhada, mesmo sendo um ano mais velha que eu.

-Isso foi melhor do que eu pensava!

FLASHBLACK OFF*

CONTINUA...

 


Notas Finais


Não se preocupe, irá continuar amanhã! Quer dizer mais tarde rsrsrsrsrsr
Beijinhos e até <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...