1. Spirit Fanfics >
  2. Itachi x Kisame 2 - Então.. aconteceu! Somos pais! >
  3. Preparativos

História Itachi x Kisame 2 - Então.. aconteceu! Somos pais! - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


O tão aguardado momento.. c h e g o u :")


ah! E eu não tô mais tão gripado by the way! TvT <3 muito obrigado a todos pelos desejos de saúde!

(P.S, 4 em japones é Shi - Shizuma.. mantenha isso em mente enquanto leia! 2, eu admito que não achei nenhuma foto que parecesse os dois arrumando a casa ou qualquer coisa assim, então botei essa porque 1achei fofinha, 2 parece q o Itachi tá de tpm :V anyway enjoy~)

Capítulo 1 - Preparativos


Fanfic / Fanfiction Itachi x Kisame 2 - Então.. aconteceu! Somos pais! - Capítulo 1 - Preparativos

Kisame POV

Já faz quase 3 anos que moramos aqui, nessa vila.. nossa! Como o tempo voa, eu me lembro de realizar as missões na Akatsuki como se fosse ontem.. aiai, que saudade dos outros membros, nunca mais ouvimos falar de nossos amigos. Há dois anos atrás houve a quarta guerra ninja ou algo do gênero, mas esse lugar que vivemos não foi atingido, e continuou com a serenidade de sempre.

Nossas rotinas eram.. diferentes das de antes. Itachi passava a tarde inteira no hospital, fazendo exames enquanto eu andava pela cidade toda, ajudando os idosos com suas cargas, ás vezes sacolas, outras vezes móveis.. Por incrível que pareça, todos me aceitaram tão bem por aqui! A maioria das pessoas me cumprimenta e, os idosos que ajudo sempre me retribuem com trocados e lanches aqui e ali.. Confesso que de primeira não queria sair da Akatsuki, mas hoje eu não trocaria essa vidinha por nada! Ah, e durante a noite é o período que tenho a graciosa companhia de Itachi-san, claro.. Ele está muito melhor! Há meses eu não o escuto tossir uma vez sequer, e como já se passaram 3 anos de 4 ou 5 anos de tratamento, ele já está quase curado.. Aliás, eu não sou o único que sustenta a casa.

Itachi criou um hobby bobo que se tornou uma pequena venda; uma compra de poemas. No primeiro ano de nossa nova vida, ele se sentia muito solitário em casa e começou a escrever para passar o tempo.. Os moradores ficavam curiosos por suas poesias e agora, o pagam para escrever poemas com temas específicos, que orgulho dele.. Mas não é só por amá-lo que estou pensando tanto nele neste momento, hoje é uma data importante.. Nosso aniversário de 4 anos juntos. E eu mal posso esperar para voltar para casa e mimá-lo a noite inteira!

 No caminho de casa comprei uma bandeja com 10 dangos, algumas ervas para chá e um vasinho com brotos de rosas vermelhas, suas favoritas, e corri o mais rápido que pude para casa, abrindo a porta em poucos segundos

"Cheguei!" Me deparei com a mesa posta, e Itachi com seu charmoso avental

"Ahh! Kisame! Não era pra você chegar tão cedo!! Você arruinou minha surpresa!" 

"Heheh, desculpe Itachi-san, eu não podia mais aguentar a saudade" fechei a porta e andei até ele o abraçando forte e beijando sua cabeça "eu trouxe algumas coisinhas.. Sei que não é nenhum presente tão impressionante, mas.."

"eh, se contar com os anos de parceria são mais do que quat.. espera.. você trouxe dangos.. e.. rosas..?"

"Aham, e chá"

"..ah, droga, você me conhece tão bem.." ele pegou as sacolas de minhas mãos e me deu um selinho "Agora vai tomar banho que eu não quero suor na minha mesa"

"Você age tanto como uma mãezona!" eu ri "Ah, e, como foi sua terapia hoje?"

"Foi bem.. hm.. normal. Disseram que eu estou 78% curado."

"Ah! Isso e ótimo!!" exclamei

"Vai logo tomar banho, Kisame, eu tô quase acabando aqui. Durante o jantar a gente conversa."

"Sim senhora.." ele me encarou com seus olhos avermelhados e uma expressão raivosa, saí correndo e me tranquei no banheiro.

.

.

"Aaaaah Kami, Itachi você cozinha MUUITO bem.."

"você sempre fala isso.."

"Porque É VERDADE! Você poderia abrir o próprio restaurante fácil!"

"Pfft, não diga bobagens, Kisame.." ele sorriu e segurou minha mão "eu me esforço mais quando cozinho pra alguém que amo.."

esse rostinho aqueceu meu coração, mas logo se apagou, Itachi cruzou os braços e desviou o olhar

"..aconteceu alguma coisa?"

"Sabe.. Kisa.. eu acho que precisamos conversar sobre algo sério.. ''

Desculpe, aquecer meu coração? Retiro o que disse, ele acabou de ficar EM CHAMAS DE ANSIEDADE.

"..você tá me assustando Itachi-san, e-eu fiz algo de errado?!"

"Não não! Não é isso, é que.." ele suspirou "Você.. lembra da conversa que tivemos sobre, o que faríamos se um dia saíssemos da Akatsuki?"

"..moraríamos juntos em uma casa..?"

"E...?"

"...eeeeee.." murmurei "..ter.. um.. filho..?"

"Exatamente sobre isso."

"Mas Itachi-san, achei que o combinado era pensarmos nisso quando você estivesse 100% curado!"

"Certo, mas.. você.. não acha que poderíamos adiantar um pouco..?"

"Por que isso tão de repente?"

Ele travou por um tempo, então olhou para o lado 

"Kisame.. eu.. nunca te contei isso mas, na primeira noite que dormimos aqui eu tive um sonho que me abalou por um tempo.. e. Hm.. nesse sonho, você andava com uma criança, e se referiam a mim como se eu estivesse morto. No sonho, era como se eu fosse um fantasma, e.. bem.. hoje é nosso aniversário de 4 anos juntos." ele pausou "Sei que isso vai parecer estranho mas, o nome do garoto era Shizuma. e... por Shi ser o número 4.. eu.. sinto que isso é certo. Eu não sei como explicar, mas isso parece tão certo.."

"..." eu congelei enquanto o encarava. Não sabia o que dizer. "..certo."

"huh?"

"Eu confio em você. Eu aceito. Se você quer, eu quero." peguei a mão de Itachi e levei á minha boca, beijando seu punho, seus olhos brilharam e ele deu um suspiro de alívio  "mas.. como teremos o filho? sendo que.. sabe. Somos dois homens"

"..Bem. Você sabe que eu passei muito tempo no hospital.. eu fiz amizade com uma enfermeira lésbica faz alguns meses, e ela me contou duas possibilidades. 1, que é estúpido e eu não vou fazer, 2 uma barriga de aluguel."

"E qual é a 1?"

"Você não vai querer saber.."

"Itachiiiiii"

"Ugh.. era. eu virar.. uma mulher para engravidar."

"Huh, soa bom-"

"eu não vou fazer isso Kisame!"

"Hah, tudo bem tudo bem calma. Eu ia dizer 'soa bom para piorar sua saúde', corvinho.."

"..então.. você.. quer mesmo, Kisame? Certeza absoluta?"

"Sim, Itachi-san.. 1000% de certeza absoluta!" sorri "como funciona isso?"

"Ah, bem, no hospital eles coletam amostras de esperma e fertilizam.. aí.. o óvulo vai pra uma mulher que se oferece como barriga de aluguel.."

"Huh. A ciência está diferente, hein?" ri e levantei minha taça "Vamos fazer isso o quanto antes.. amanhã de manhã mesmo. Pode ser para você?"

"Achei que seria mais difícil de te convencer" ele riu e levantou sua taça, brindando comigo "Ao nosso futuro.."

 


Notas Finais


owo



P.S; Shizuma é 8 anos mais velho que Sarada Uchiha, esse spoiler será importante na fanficagem de MitsuBoru ;>


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...