1. Spirit Fanfics >
  2. It's Been a Long, Long time >
  3. Here We Go Again

História It's Been a Long, Long time - Capítulo 16


Escrita por:


Notas do Autor


Pronto! Aqui vai mais um capítulo 💙💙💙💙


Boa leitura!

Capítulo 16 - Here We Go Again



Elle’s POV


Eu estou deitada sobre alguém e isso não é um teste. Eu trouxe alguém para a merda da casa. E esse alguém é o Agente Barnes. O cara é um poço de inteligência dentro da equipe dos Vingadores e eu enfiei ele dentro dessa casa para transar. Eu sou muito idiota mesmo. Tudo bem que o sexo foi maravilhoso e eu, definitivamente, não me arrependo nenhum pouco dessa parte específica, mas se ele resolver olhar alguma coisa aqui, vai dar merda. Eu sou um poço de idiotice, posso botar tudo a perder por sexo! E o pior é que eu nem posso esconder nada, porque se eu sair daqui é capaz dele acordar. Que a sorte esteja em meu favor.

- Eu sei que você está acordada. – ele diz com a voz rouca.

Merda. Merda. Merda.

- Opa... Me pegou. – digo levantando a cabeça para olhá-lo. Ele encara o teto pensativo. – Arrependido?

- Não... Apenas pensando.

- Quer falar?

- Não. Você não precisa saber. Não vamos nos ver mais de qualquer forma.

Ai.

-Está aí um motivo bom para você desabafar.

- Não obrigada.

Suspiro. Mas é um babaca mesmo. Reviro os olhos e sento na cama. O quarto está bem bagunçado, fruto da noite que tivemos, mas olhando rápido, não tem nada fora do lugar que seja importante. Exceto minha bolsa com meus documentos que está aberta perto da calça dele. Ótimo.

- Preciso ir. – ele diz se levantando da cama.

- Espera! – digo um pouco mais desesperada do que deveria. O que eu faço? – Toma um banho pelo menos.

- Eu não preciso.

- Acredite, precisa. – eu digo e ele me olha com a testa franzida. Pensa, pensa, pensa. Ah! – Meu querido, você está com cheiro de sexo, já pensou encontrar sua amada no meio do caminho? Tudo perdido para você.

- Eu não vou me encontrar com ela.

- Vai contar com a sorte mesmo? – eu falo e ele me olha parado, nú, de braços cruzados e deve estar se perguntando o que eu tenho de errado, até que revira os olhos.

- Onde fica a droga do banheiro?

- Ei! Mais respeito com meu banheiro. É naquela porta ali. – aponto. – Vai lá que eu vou pegar a toalha e juntar as tuas roupas.

- Por que está me tratando tão bem? – pergunta desconfiado.

- Eu só quero ajudar. Deu para perceber que eu quase não recebo visita.

- Hum...

Ele sai em direção ao banheiro e quando fecha a porta eu pego os documentos e enfio debaixo da cama. Recolho suas roupas espalhadas, uma toalha e entro no banheiro deixando as coisas em cima da tampa do vaso sanitário.

- Não vai colocar uma roupa não? - Agora eu estou começando a me arrepender do sexo. – Não vai mais rolar nada, você sabe né? – ele diz e eu reviro os olhos. Mas que imbecil.

- Quem disse que eu quero? Só está calor, você já viu tudo o que tem aqui mesmo.

- Coloca uma roupa logo.

Eu não acredito que ele realmente está incomodado de ver uma mulher nua.

- Fala sério. – digo baixinho.

- O quê?

- Só toma banho logo.

Bato a porta do banheiro e pego uma toalha para mim e me enrolo nela. Querendo mandar em mim! Aham! Vai mandar muito! Imbecil. Mas foco, preciso tirar outra coisa importante do meio do caminho? Faço uma busca pelo quarto de coisas importantes que precisam ser escondidas. Ah! Merda! Uma foto da Natasha com Steve no chão. Por que isso foi parar no chão? Quando pego a foto, ouço Bucky desligando o chuveiro. Droga. Corro para colocar debaixo da cama e sento nela na mesma hora que ele abre a porta do banheiro, ainda de toalha.

- Precisa de algo?

- Shampoo.

- Acabou.

- Acabou o shampoo?

- Sim.

É claro que não acabou, mas está dentro da minha mochila que tem uma arma dentro.

- Uma mulher não tem shampoo?

- Tinha, mas acabou. Ontem. Esqueci de comprar. Lava o cabelo com sabonete líquido, não faz diferença em cabelo de homens mesmo. – digo revirando os olhos.

- Hum.

Ele fecha a porta e volta a ligar o chuveiro. Ele vai querer um pente e um creme para pentear talvez. Nota mental: nunca mais trazer ninguém para esta casa. Pego as coisas de dentro da mochila e coloco em cima da mesa de estudos que tinha no quarto. Ok, acho que agora está tudo sob controle. Respira, vai ficar tudo bem. O chuveiro é desligado mais uma vez e escuto sons abafados de Bucky se arrumando. Ao abrir a porta, já vestido, me olha da cabeça aos pés.

- Achei que tinha dito pra você colocar uma roupa.

Que cara chato! Gostoso, mas um poço de chatice. Reviro os olhos.

- E eu achei que você já estava de saída. – digo andando em direção à saída e ele me acompanha.

- Eu vou ser despejado assim mesmo? – paro de andar e dou meia volta para olhá-lo. Esse cara está me provocando mesmo? Meu olho vai sair do lugar de tendo revisarmos olho. – Não ganho nenhum beijinho? – pergunta debochado.

- Até que ganharia, se não fosse pensar em outra enquanto me beija. – volto a andar.

- Quem disse isso?

- Talvez o “Oh Wanda!” ontem.

- Ficou incomodada? – ele pergunta se aproximando de mim.

- Não. – mentira que eu fiquei sim, mas já estava acostumada em nunca ser a principal.

- Loirinha, você é muito estranha. Está escondendo algo? – ele aproxima seu rosto do meu, fazendo menção que iria me beijar.

- E se eu tiver? Algum problema?

- Se tiver, eu vou ter que te investigar.

- Não vai achar nada de interessante.

- Eu duvido.

- Então tenta.

- Pode deixar que eu vou tentar mesmo.

Ele foi aproximando cada vez mais seu rosto até encostar seu nariz no meu. Não recuei, precisava mostrar segurança. Quando ele estava prestes a me beijar de novo, seu celular toca e ele se afasta de mim, mas sem tirar seus olhos dos meus.

- Alô? Tony? O quê? Agora? – ele bufa. – Ok! Já estou a caminho. – ele desliga. – Minha investigação vai precisar ser adiada, loirinha.

- Estou super ansiosa. – debocho e abro a porta. – Au revoir!

Ele apenas da uma risada leve e sai da casa. Perfeito! Agora o cara vai investigar. Mas pelo menos ele não tem muitas informações que o ajude. Ok, tenho tempo. Pego meu celular e ligo para um número bastante conhecido.

- Hey! Lindo da minha vida!

“O que foi dessa vez?”

- Preciso de um favor. Elle precisa ter uma vida normal caso alguém investigue...

No que você se meteu? – ele bufa do outro lado da linha. – você tinha prometido não se meter em encrenca!”

- Eu sei! É que, talvez, algumas coisas saiam dos trilhos. Por favor, me ajuda.

“Ok! Eu dou um jeito aqui. Juízo!”

- Sim, senhor!

Desligo o telefone e entro em meu quarto de novo. Hora do banho, tenho muita coisa para fazer hoje ainda. Na verdade, muito que observar. Bucky, espero que você foque só na sua amadinha e me esqueça de vez. Se bem que... seria bom repetir a noite de hoje. Mas em um motel, menos riscos. Isso. Mas não vai ter próxima vez, sem ilusões de adolescentes, tenho missões urgentes. Foca. Foca. Foca. Vamos encarar o dia!

Natasha’s POV


Mas que merda. Quem é que está ligando essa hora da manhã pelo amor de Deus?! Steve ainda nem voltou de sua caminhada. Quem quer que seja eu vou matar. Onde já se viu, acordar uma grávida de gêmeos? Levanto da cama lentamente para evitar tonturas e saio em direção ao telefone na sala de estar. Ainda ligam residencial, é o cúmulo do absurdo isso, só pra me fazer levantar. Alçando o telefone e atendo.

- Quem quer que seja eu vou te matar.

- Espera aí Natasha! Não é assim.

- Tony seu imbecil sabe que horas são? Hein? – olho no relógio pra ver a hora exata. – SÃO SETE E MEIA IDIOTA!!! SETE E MEIAAAA! Eu estava dormindo com meus bebês e você me acorda sete e meia da manhã Stark! Você não tem amor a sua vida não?

- Tenho bastante e é por isso que eu liguei antes de tocar a campainha, pelo menos estou seguro.

- Tony vai t...

- Olha a boca!

- Mas que merda que tu tens na cabeça para me ligar agora hein?

- Arrumem as malas de vocês, teremos uma reunião daqui a pouco na base.

- Se é só uma reunião não podia marcar mais tarde? E pra que arrumar malas?

- Eu já estava acordado, com a cabeça cheia. Vamos precisar passar uns dias na base. Lá eu explico. Vamos Rogers, estou esperando vocês aqui na frente.

O imbecil desligou na minha cara! Ah! Mas está muito enganado se acha que eu vou me arrumar rápido assim. Não não não. Tudo tem limites. O telefone toca de novo.

- Não acredito que ainda não foi se arrumar.

- Nos teus sonhos Stark.

- Facilita pra mim vai.

- Jamais.

- Nem se eu falar que eu trouxe uma cesta de doces só para você?

Alguém disse doces?

- Que tipo de doces?

- Um pote de doce de leite e uma barra de chocolate de café só pra começar.

- Só pra começar?

- Uhum.

- 10 minutos. – falo desligando o celular e vou praticamente correndo para o quarto.

São doces, ninguém falou que não pode oferecer doces para uma grávida? Nenhuma recusa mas depois fica chorando que está gorda. Ninguém merece. Pego uma mala e coloco algumas peças de roupas minhas. Se for missão, não vou sair da base então eu posso colocar bastante moletom. Mas o Steve vai precisar do uniforme... Melhor separar logo as roupas dele, já que as minhas é só jogar dentro da mala que está bom. Se bem que os outros vão me ver de moletom, não é algo legal, tenho que colocar uns vestidos. Não gosto de fazer as malas apressada.

- Amor? Por que está arrumando essas malas? – Steve entra no quarto suado com sua camisa em seu ombro esquerdo e se aproxima de mim para me dar um selinho. Será que não da tempo para uma rapidinha? Que benção é essa meus queridos?

- O imbecil do Stark está esperando a gente lá na frente. Vamos precisar ir pra base, mas ele não me explicou o motivo, só que trouxe uma cesta de doces para mim.

- Doces? Por que isso me cheia a confusão?

- Não deve estar errado, mas são doces, Steve.

- Justo.

- Vai logo tomar banho que você está me desconcentrando.

- Desconcentrando? – Steve me aproxima mais ainda de mim até colar nossos corpos. O tecido de seda da minha camisola gruda em seu corpo devido ao suor, ocasionando uma reação em série em meu corpo. Benditos hormônios. – Como eu estou te desconcentrando, querida?

- Soldado... Não me provoca... – digo e suspiro quando ele aproxima sua boca ao meu pescoço, depositando um beijo.

- Stark Pode muito bem esperar lá fora, mas agora eu preciso de você, querida.

- Como quiser, soldado.

——————————————————— 

- Vocês não tem vergonha de me deixar plantado aqui esperando vocês terminarem de fazer coisinhas? – Tony nos olha saindo de casa com as malas com uma expressão impagável. Tudo bem que demoramos para nós arrumar, mas nem foi tanto assim.

- São nove horas, Stark. Para de ser dramático. – Steve fala.

- Dramático? Estão todos esperando a gente aparecer na base e vocês se pegando pela casa. – ele diz pegando as nossas coisas e colocando no porta malas.

- Ninguém mandou me acordar sete e meia. E não reclama, já estamos aqui, vamos logo.

- Sim senhora.

Passamos a viagem de carro conversando sobre coisas diversas, Tony não quis falar qual era o motivo da reunião, mas eu to sentindo que eu vou me estressar. Ao chegar na base, fomos para a sala de estar, porque ao que tudo indica não é uma reunião tão séria quanto Stark insinuou. É agora que eu mato ele, ou eu deixo para depois? Quase todos que estavam no chá de revelação estavam na sala, exceto por Wanda e Strange. Que espécie de reunião é essa que até a Laura veio?

- Cadê a bruxinha? – Tony pergunta. E quase na mesma hora, um portal surge no canto da sala revelando Wanda e Stephen risonhos saindo de lá. Opa, temos algum avanço nessa história?

- Desculpem o atraso, tivemos que resolver algumas coisas no Sanctum com Wong. – Dr. Strange diz com um sorriso torto. O que está acontecendo? Merda vou ter que sentar com Wanda para conversar.

- Sem problemas, o casal maravilha aqui resolveu atrasar também. – Tony fala e eu reviro sinólogos me sentando em uma das cadeiras que colocaram ali. – Bom, todos reunidos, eu posso falar agora o motivo. Sabe eu estava de noite conversando com a minha digníssima esposa e a gente chegou em uma conclusão. Naquela época, depois do Loki em Nova York, vocês dois aproveitaram aquele dia, bastante inclusive, mas e no dia seguinte? Vocês simplesmente fingiram que nada aconteceu mesmo?

Está de brincadeira comigo. É sério que eu fui acordada cedo pra isso? E o pior é que todos na sala estavam olhando pra mim e Steve esperando a resposta. Não estavam indignados? Nenhum pouquinho? Sério? Antes que eu pudesse sacar uma arma, apontar para a cabeça de Stark e atirar, Steve me interrompe.

- Eu não acredito que você interrompeu minha manhã com a Natasha pra saber se a gente transou de novo naquela época.

- Entenda Capicolé, eu não consegui dormir direito pensando nisso. Até ontem a gente acreditava na tua pureza.

- Não podia ter mandando uma merda de uma mensagem? – eu pergunto.

- Claro que não. Que graça teria?

- E vocês todos concordaram com essa ideia dele de vir pra a base de manhã cedo? – Steve pergunta ainda indignado.

- Não nos leve a mal, Capitão. Mas todos nós estamos super curiosos pra saber como que vocês ficaram juntos. Ainda é surreal o fato de vocês serem um casal. – Barton fala.

- Eu mandava um áudio no grupo! – eu falo.

- Não tem graça Nat. – Wanda fala. - E quando todos nós nos reunimos assim sem ser para ir a uma missão apocalíptica? Vai ser bom, conta logo o que aconteceu depois daquele dia.

- Por favor, eu também quase não consegui dormir pensando nisso. – Pepper fala comendo uma pipoca. Trouxeram até pipoca!

- Tá bom! Mas Steve vai começar, eu preciso comer meu pote de doce de leite.

- Por que eu?

- Amor, eu não quero pensar em Sharon essa hora da manhã, é contigo, depois eu completo.

- Tá bom!

- Oh! Sharon já vai aparecer? – Hill Pergunta. – Agora eu estou mais animada, deve ter sangue em alguma parte.

- Hill! Não deve ter sido tão grave.- Sam fala.

Foi quase para mim.

 


Notas Finais


Mais histórias Romanogers 😍😍😍
O que será que aconteceu?
E o que Elle está escondendo? Cenas para o próximo capítulo.


Espero que a leitura tenha sido boa!
Até breve e não esqueçam de comentar, seus comentários são mega importantes! 💙💙💙💙💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...