História It's my fate (V-hope) - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 21
Palavras 1.620
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii seus bando de fd... de anjinhos que desceram do céu com "missões"na terra. Voltei com um cáp e espero que gostem :')

Capítulo 17 - Passeio


P.O.V Tae

Eu não sei o que, mas aqueles dois demoravam tanto que estava nervoso... Olhava o relógio praticamente toda hora e é bastante doloroso ter que aguardar minutos passando devagar. Isso é uma tortura para quem está ansioso, quer dizer para quem está com medo... sei lá. Em momento milagroso vejo os dois descendo as escadas, pareciam alunos tensos para fazer uma prova de equações.... será que eu era a equação? Por que? Eu não dou problemas pra ninguém, bom eu não sei. Não estou querendo dizer que equação não é um problema, quer dizer é sim... esquece eu só estou nervoso.

Kookie estava com aparência jovial. Usava uma bermuda, uma blusa colada que dava para ver seus músculos definidos, óculos de grau e seu tênis, seus cabelos estava naturalmente castanhos. Se Kookie não fosse praticamente um irmão para mim eu o pegava e também eu seria o passivo da relação... Kookie ia ganhar. Embora somos tão próximos, mas tão próximos que se as pessoas não nos conhecessem pensaria que somos namorados... mas eu não ligo aparentemente somos um casal bonito. 

Enfim chegando no Hobi, ele estava usando um óculos preto. Seus fios de cabelo erm tingidos com uma cor vermelha e estavam levemente baguncados lhe dando um charme. Usava uma calça jeans rasgada com uma camisa social branca  com pequenas bolinhas azul pra fora da calça, sua mangas estavam arregaçadas e usava um tênis branco. Usava um perfume bastante sensual, eu não estava entendo aquilo ele parecia tão bem vestido ao mesmo tempo, estava consideravelmente tenso e via o tremor de seus dedos. Com o visual do Hobi eu diria que ele tinha um longo trabalho pela frente.

Seu olhar em minha direção estava relativamente nebuloso, para quebra o clima, sorriu torto - Está pronto Tae?  -Engulo seco parecia que estava indo para morrer, sentia as veias dos meu coração pulsando. Apenas aceno um sim com a cabeça. Meu rosto deixava a mostra os meus olhos terrivelmente assustados, contudo eu era conhecido com "sem expressão", porém naquele momento era uma exceção. Tentava falar algo, infelizmente não saía nenhum som da minha boca. Estava muito espantado, Kookie me conhecia e ele deu uma piscadela de conforto. 

Seus passos levemente lentos e charmosos iam até a mim. Quando finalmente encontrou o seu objetivo. Ele me da um abraço de lado, apertando e passando a mão pelo meu ombro-  Vai dar tudo certo! - Diz docetemente. Hobi percebia, mas não falava nada. Entramos no carro de Kookie, estava infernalmente bagunçado. -Não se importem com a bagunça, por favor - Fica sem graça. Hobi o olha revirando os olhos e com seu cenho frazindo - Não é uma novidade -Kookie mostra a língua pra ele - Deixem meu hobbie em paz! Adoro fazer uma bagunça - Revela uma cara sapeca e diabólica-  Né Tae? - Falou em um tom provocativo -Claro- Respondo seco com um ar tedioso. Kookie me olha emburrado e Hobi apenas dá uns risos fracos - Vocês dois juntos irão acabar o mundo um dia - Kookie fica irritado - Eu so tava tentando puxar conversa. Até - Ele bate na buzina do carro com muita força - SAI DO MEIO DISGRACA- Hobi dá uma alta gargalhada - Eita que a criancinha ta emburrada - Fala entre risos provocativas - CALE A BOCA! OU SE NÃO EU CONTO PRO TAE... -Com movimentos bruscos rapidamente Hobi tampa a boca do Kookie 

- Contar o que??? -Pergunto arqueando as sombracelhas - Via arrependimento nos olhos de Kookie e ódio estampado no rosto de Hobi. A pessoa que eu amava deixava mais claro que me escondia algo, em atos seu corpo se mechia nervosamente, tentando arrumar uma desculpa - Tae que tal... a gen-te ouvi-r Girls Gro-ups agora? -Kookie tentou mudar de assunto com certo ar assustador e guagejando. - NÃO QUERO SABER SOBRE ISSO AGORA!  - Falei plenamente irritado - Eles me olhavam perplexos e se entreolhavam sem saber o que fazer - HOSEOK VOCÊ ESTÁ ME ESCONDENDO ALGO DESDE DE MANHÃ! POR QUE? SIMPLESMENTE NÃO CONFIA EM MIM? - Sua resposta era sua expressão frustada -CHEGAMOS! - Kookie grita porque finalmente iria fugir de uma treta de casal- Por favor, espere só mais um tempo! Você vai já descobrir tudo - A cada palavra que ele liberava soava como uma súplica. - Por favor, Tae! - Kookie réplica seriamente. Olho em volta o lugar em que estou - Onde estamos? - Pergunto com uma curiosidade com fusão de preocupação

Saí do carro dando passos apressados e em minha vista havia lancha, Hobi sabia que eu gostava de diversão. Logo em uma cena engraçada e constregedora. Estava um cara  com bastante raiva batendo numa criança "inocente" - CAGÃO! - Hobi gritou na cara de Kookie - Foi mal... - Fala a criancinha que passava a mão lentamente no local em que foi agredido. Hoseok falava com um moço que estava lado da lancha e em seguida entramos nela. As estrelas estavam nítidas junto com a lua, o transporte marítimo andava calmamente , sentia a brisa do vento acariciando o meu rosto. Até que paramos na melhor vista possível das estrelas. Derrepente escuto um barulho, meus olhos bruscamente vão ao céu e vejo fogos de artificios formando a palavra Taeseok. Repentinamente vejo o Jeon fazendo uma cena obscena com atirador de fogos de artifício - UHUUUUU! EEEEEEEEEEE! CARAAALHO! - Os gritos saíam trovejando de sua boca.

Em questão de tempo, vejo o Seok vindo com uma garrafa de vinho e as taças. Parecia um deus caminhando em minha direção. Eu não estava entendo a intenção dos dois. Hobi se senta na beirada da lancha enchendo as taças, depois vira-se para mim e dá um riso fraco - Sente aqui Tae- Ele bate a mão no local bem perto dele. Sento-me com um ar de brisado. -Lembra daquela promessa que eu te fiz Kim? - Percebia o nervosimo dele. Logo me lembro da promessa quando estávamos na escola - Ahhhh! Aquela que eu só namoraria com você se tu me levasse numa lancha, para vermos fogos de artifícios formando Taeseok e toma um vinho tinto, olhando para as estrelas - Literalmente passava a mão na minha cabeça - Sim! Então quer namorar comigo? - Seu rosto mostrava algo ansioso e nervoso ao mesmo tempo. Então por um bom tempo ficamos nos olhando, na esperança de um de nós falar algo. Tudo estava explicado Hobi queria fazer uma surpresa, foi tão fofo. Abro um sorriso largo e respondo

- SIM! - Me jogo em cima dele, lhe abraçando bem forte. Começamos a rir feito bobos e decidimos nos beijar, era um momento em que selevamos as nossas almas e por isso o nosso beijo era bem calmo. Na minha cabeça volta a história da promessa e afasto o Hobi e com surpresa na cara pergunto - Você levou a promessa a sério mesmo? - Ele franzi o cenho sem entender o objetivo da pergunta - Claro! Por que? - Até o Jeon se aproxima para ouvir - É... queeeee, bom eu não precisa disso pra namorar com você. Era só ter me pedido. - Ele demonstra um ar de interrogatório - Que? Como Assim? Então por que disse aquilo? - Fico em um beco sem saída - Bom...

{Na escola}

Procurava por Jimin na escola inteira, não sabia se ele estava na aula de dança ou na educação física, dava passos largos e apressados. Até que eu encontro um menino de cabelos morenos, me dando um sorriso pelos olhos - Oii Tae! Tudo bem? - Simpaticamente fala com uma voz doce - Preciso falar com você! - Ele retribui um olhar preocupado,girando o boné na cabeça - Tudo bem, pequeno Tae! - Nos sentamos e ele me olha ainda com sorriso - Pode dizer! - Olha... é que tipo.. você sabe que to tendo um caso com o Seok. - Ele afirma com a cabeça - Então tipo só estamos ficando e não há nada mais do que safadeza... porém eu quero algo a mais, quero namorar com ele.

- Jinnie coloca os dedos no seu queixo e olha para o lado - Huuummmm! Primeiro você pergunta se ele quer algo mais sério, se ele responder um "sim", para não ser muito fácil você pede para que ele faça alguma promessa romantica e vamos ver se ele realmente é seu homem pra vida. - Meu espanto estava a mostra - Que? Eu não sou nada romântico! - Ele dá um olha de desdém - Se vira! Taehyung - Logo solta uma risada quando ver meu olhar desesperado - To brincando qualquer coisa romântica, pesquisa na internet, ora. - Minha expressão se torna em tristeza - E se ele disser um "não" e depois disse nos afastarmos e acabarmos até nossa relação safada? - Ele me olha tentando procurar a resposta certa - Você vai superar ele e perceber que ele não é o cara certo.

{Atualmente}

Sério! Tudo isso pra nada! - Kookie fala cuspindo as palavras. Hobi se vira frustadamente e fica sem palavras. Meu ato de conforto passa as mãos pelo seu ombro e beijo sua bochecha. - Te amo! Não me importo, você fez isso e me deixou muito feliz. - Seu olhar se vira para o meu - Eu também! - Sorriu sem mostrar os dentes - Eii ainda estou aqui, viu? -Jeon grita indignado com braços cruzados. - Hyung e eu nos entreolhamos, logo em seguida soltamos uma gargalhada - Que tal a gente ir pro parque? - Pergunto com brilhos nos olhos - Sim!!!! - Kookie dava saltinhos em comemoração - Não!  - Hobi falava com medo - Ah você vai sim -  Dou um sorriso diabólico - Não vou não! - O advogado foge do meu olhar tenebroso.








Notas Finais


O que acharam?
Comentem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...