História It's my soul - Camren - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Camila, Camren, Fifth Harmony, Lauren, Normani, Norminah, Trolly, Vercy
Visualizações 142
Palavras 1.238
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem a demora, meus amores. Eu não estava com inspiração de escrever, sem idéias e etc.. E prefiro ficar sem postar do que postar qualquer coisa pra vocês. Mas curtem o cap, estarei me esforçando pra continuar

Capítulo 10 - Boatos


CAMILA POV

Segunda-Feira, Miami, 06:05 A.M

Mais um dia. Eu acordei de bom humor hoje, estava feliz e bem, como se não tivesse problema algum na minha vida. Fui á escola andando, pois eu não tinha dinheiro suficiente para pegar um ônibus, estou tão pobre a ponto disso, mas tenho certeza que isso vai mudar, tenho que se manter positiva, não é?

Chegando lá, recebi muitos olhares sobre mim, mais do que o normal. O que estava acontecendo? Fui para o pátio a espera de entrar na sala de aula e andando eu ouvi alguns amigos de Lauren falando de maneira estranha, apenas ouvi um deles dizendo ‘’Eu sabia que elas tinham um caso, estava na cara’’ Será que era de mim e Lauren? Acho que não. Ignorei e logo avistei meus amigos conversando e me aproximei.

— Bom dia, gente — falei sorrindo sentando ao lado de Dinah, recebendo mais olhares estranhos

— Camila, podemos conversar a sós? Vem cá — falou Dinah me puxando pra longe com uma expressão séria e apenas assenti.

— Você tem noção do que está acontecendo? — disse Dinah

—  Não. Me fala, Dinah — falei preocupada

— Tá rolando boatos pela escola inteira que Lauren traiu a Lucy e que você foi o motivo do término, cara. Se eu não te conhecesse, iria te odiar, mas eu te conheço e sei da história, mas você precisa fazer alguma coisa, essa merda está se espalhando muito rápido.

— Ai meu deus, por isso eu percebi muitos olhares sobre mim, mas não sabia exatamente o motivo. Eu estou fodida, puta merda.

— Está mesmo, desculpe a sinceridade, mila.

— Mas, o que eu posso fazer?

— Tenta esclarecer a verdade pra todo mundo, ou pelo menos para seus amigos. Eu já tentei explicar mas não deu em nada

— Ai jesus, estou muito nervosa. Mas vou tentar

— Você só terá que esclarecer, se eles acreditarem ou não, aí o problema não é mais seu e você não pode mais fazer nada, infelizmente. — falou Dinah e logo depois o sinal soou indicando que éramos pra ir pra nossa sala

— Verdade.. Você viu Lauren por aqui? — falei a seguindo em direção de nossa sala

— Apenas vi ela passando pelo portão, depois não a vi mais

Que estranho, onde será que Lauren estava? – pensei

[...]

Era aula de física, na qual eu odiava com todas as minhas forças. Não consegui me concentrar em nenhuma palavra que o professor dizia, estava sozinha com meus pensamentos. Eu SABIA que isso poderia acontecer, o que será que estão achando de mim? Provavelmente me odiando, mas eu absolutamente não fiz nada, ao menos não me sentia mais culpada. Eu tinha que fazer alguma coisa, não poderia deixar a situação desse jeito. Até que recebo uma mensagem de Lauren

[7:45AM] Lolo: Camila, você tá ligada no que está acontecendo, né?

[7:45AM] Camila: Sim..

[7:46AM] Lolo: Eu quase soquei a cara de um garoto que falou merda sobre você, estou com muita raiva. Odeio essa porra de boato

[7:47AM] Camila: Calma, Lauren. Violência não dá em nada, é só esclarecer a verdade a todos.

[7:47AM] Lolo: Acho que você não sabe como essa escola funciona.. Não é assim, não adianta. Ninguém nunca vai acreditar

[7:48AM] Camila: Ah.. não sabia, desculpe. Então, o que vamos fazer?

[7:48AM] Camila: Eu normalmente ignoraria todo mundo até pararem de falar alguma coisa

[7:48AM] Camila: Mas, e você?

[7:49AM] Lolo: Eu normalmente socaria a cara de todo mundo e mandaria todos tomar no cu e se foderem

[7:49AM] Lolo: E é isso que eu vou fazer

[7:50AM] Lolo: Eu tô chorando de tanta raiva, como você está calma?

[7:50AM] Camila: Eu só aparento estar calma, mas por dentro eu estou com raiva também, muita.

[7:51AM] Lolo: Mas não deve estar mais do que eu. Por favor, não me segure no intervalo. Só digo isso. Até

[7:52AM] Camila: É o que? Lauren!

 

LAUREN POV

Hoje não está sendo um dos meus melhores dias. Chorei de raiva durante a aula toda, soquei a mesa diversas vezes, tanto que minha mão está vermelha. Quem será que espalhou a merda deste boato? Lucy? Ela realmente faria isso? Não falo com ela desde sexta-feira. Eu preciso imediatamente terminar oficialmente esse namoro, ou ele já está terminado? Eu não sabia.

Se a confusão fosse apenas comigo, tudo bem. Mas envolveram Camila nisso também, piorando a situação, onde Camila e eu saímos como vilãs e Lucy, a vítima.

[...]

Chegou a hora do intervalo e com ele mais ódio e raiva. Caminhei rapidamente até o pátio, onde recebi vários e vários olhares sobre mim. Sinto alguém colocando a mão sobre meu ombro, me fazendo virar para a pessoa. Era John, uns dos meninos da minha sala. Não gostava nem um pouco desse garoto. Ele acha que tem alguma intimidade comigo, coitado.

— Traindo, não é, Lauren?

— Se metendo na vida dos outros, não é, John? — falei com raiva nos olhos

— Pelo menos não sou eu que traio minha namorada. Mas mandou bem, Jauregui. Trocou a esquelética pela novata gostosa — disse rindo junto com seus amigos atrás dele

— Vai se foder, seu mimadinho de merda! — disse o empurrando forte — Eu só não falo algumas verdades e segredos seus que eu sei na frente de todos, por que não vou me rebaixar ao seu nível — disse praticamente gritando no pátio

Eu sabia de algumas coisas dele, algumas merdas, na verdade. Ele enganava seu próprio pai, dizendo que iria a uma festa e que precisava de dinheiro, mas ia comprar drogas pra uso próprio ou venda. E ele também traía a namorada ano passado, com várias garotas diferentes. Que hipocrisia, né?

Saí andando, me sentando num banco, para me acalmar. Até que Normani senta ao meu lado com uma expressão preocupada.

— Lauren, mantenha a calma, por favor.

— Mani, você sabe como eu sou estressada.

— Eu sei, Lo. Mas a escola esse ano está mais rígida, se virem você dando soco em alguém, já sabe o que acontece, né?

— Sim.. sei muito bem — disse desviando o olhar — Eu só odeio esses boatos falsos, por que acreditam nisso?

— As pessoas são assim mesmo, acreditam em tudo que ouvem.

— Agora todos estão odiando a Camila, e a mim também. Eu nem ligo se me odeiam ou não, já que muitas pessoas já não gostavam de mim, então não faz diferença. Mas Camila é nova aqui e isso traz uma imagem ruim pra ela, ela é uma pessoa tão boa, tão bonita, aqueles olhos castanhos, os traços latinos de seu ros.. — parei até perceber que pensei alto

— Lauren, você está apaixonada? — disse Normani rindo — É isso mesmo?

— E-eu acho que sim. Quer dizer, ela é linda, por dentro e por fora. Vai dizer que é mentira?

— É verdade, acho Camila linda, como metade da escola.

— Metade da escola? — falei surpresa

— Sim, as últimas semanas ouvi todos falando dela, e como a desejavam — disse Normani e senti uma ponta de ciúmes em minhas veias

 

CAMILA POV

Vi hoje no intervalo Lauren discutindo com um garoto, provavelmente de sua sala. Eu iria levantar e tentar afastá-la, mas ela me disse pra não a segurar. E assim o fiz. As horas passaram rápidas, pra minha sorte. Caminhei em direção a minha casa, mas fazendo um caminho diferente, pois era um atalho e mais rápido.

 Chegando na calçada de minha casa, sinto um braço me puxando pra longe, fico desesperada e começo a gritar. Até que de repente, minha visão escurece, não vendo mais nada ao meu redor, desmaiando.


Notas Finais


COMENTEM o que estão achando, e idéias, estou ficando sem e se vocês puderem ajudar, serei grata.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...