1. Spirit Fanfics >
  2. ..it's never goodbye...- now United >
  3. " nem me apoia?"

História ..it's never goodbye...- now United - Capítulo 22


Escrita por: xoxo_duda_paliwal

Notas do Autor


🌌 boa leitura 💜

Capítulo 22 - " nem me apoia?"


Fanfic / Fanfiction ..it's never goodbye...- now United - Capítulo 22 - " nem me apoia?"

Josh Beauchamp p.o.v

: pode pegar essa caixa?- Ela negou,e pegou a caixa.

Any: pega aquela lá- apontou, então a any e o pai e o Arthur já estão se mudando,na verdade só roupas e outras coisas,a casa ficou toda para os meus avós, sinceramente foi estranho ver o Daniel arrumando o escritório que era do meu pai,mas agora é dele, não é ciúmes só sabe estranho,nunca passei pano para o meu pai.

Além do mas ele traiu a minha mãe.

Melissa: amor- tocou no meu ombro.

: Ah oi- ela também tava ajudando,assim como todos os outros.

Melissa: ta tudo bem?- assenti, entrei no escritório..

: Ou, você tem coleção de tequila- ele deu um sorrisinho.

Daniel: é,eu tento não beber mas é meio difícil,quem sabe você toma uma- piscou pra mim,dei um sorrisinho.

O Daniel e o Arthur é legal.

Daniel: você tá bem?- asssenti.

Eu e a any não estamos nos falamos,só falando o necessário.

Arthur: você fala de mim,mas também tem várias coisas inúteis nas suas coisas... Gabrielly olha fingir que hoje você nem falou comigo.

Any: vá a merda seu pirralho mimado- eu o jaden se olhou.

Mãe: any...o seu pai tá te chamando- ela suspirou.

Any: desculpa- a minha deu negou dando um sorrisinho,ela entrou.

Jaden: fiquei com medo- dei de ombros.

Gustavo: onde colocar isso?- perguntou pro Arthur.

Melissa: josh eu tenho que ir- assenti.

: Tá você já ajudou bastante,te amo- ela me deu um selinho e entrou no carro,e deu partida, entramos.

Daniel: vocês entendeu?- diz com a voz rígida,- eu te fiz uma pergunta Any Gabrielly- ela assentiu

Any: sim escutei- ela subiu,a minha mãe entrou no escritório e fechou a porta,eu ia subir.

Gustavo: acho melhor não- soltei uma risada sarcástica.

: O que?.

Gustavo: já percebeu, toda vez que você e ela conversa parece que ela fica pior,a Melissa bisa na any,e você não fala nada, então vamos deixa eu conversar com ela, olhei para os lados, peguei ele pela gola e bati as costas dele na parede.

: Já contou pra ela Gustavo?- apontei o dedo pra ele- não né, você fala de mim mas ela não conhece você, você é um cara legal, agora.

Noah: josh- olhei pro lado.

Any: o que caralhos você tá fazendo, solta ele- diz da parte de cima da escada, ela desceu- qual o seu problema?- soltei ele- vem- subiu com ele.

Bay: Josh- passei a mão no cabelo.

: Eu vou quebrar ele, foda-se Gabrielly.

Lamar: porque não conta pra ela- os meninos olharam pra ele.

: Contar o que ? Vocês ainda estão conversando sobre essa porra? vão- o Bailey me abraçou.

Bay: é bom ver você,mesmo vendo essa sua carinha de menina.

Mãe: oi meninos,tá tudo bem?.

Noah: tá sim,vamos- subimos,o lamar fechou a porta- Josh.

: Cala a boca,eu tô estressado só quero beber- dei um sorrisinho.

Noah: não Joshua, não mesmo,a sina vai me matar.

: Relaxa Jacob- me joguei na cama.

Bay: e onde tem festa? É meio de semana.

: Relaxa ok, já tenho festa pra ir já,umas 22:00 a gente vai.

Noah: e o que vamos falar para os nossos pais?.

: Festa do pijama na casa do lamar- o lamar deu de ombros.

Os meninos foram pra casa, tomei banho arrumei meus cabelos, coloquei uma calça branca uma blusa social um tênis da Nike. Passei perfume já tava pronto, a any foi arrumar o quarto dela e o Arthur o dele, aqui em casa tem 7 quartos em cima e dois em baixo, entrei no quarto da minha mãe.

Mãe: sem drogas,sem prostituição- revirei os olhos- boa noite,te amo.

: Também te amo- beijei sua Testa- Dan- eles assentiu,sair do quarto,vi a any sentada no chão do quarto olhando para uma Caixa cheio de roupas,dei de ombros e desci,abrir a porta,o Gustavo entrou- vai dormir aqui?.

Gustavo: não- diz subindo as escadas,dei de ombros,sair de casa entrei no carro,meu celular tocou,dei partida.

: Pode falar- coloquei o celular no viva voz.

Melissa: você vai sair?.

: Vou- escutei ela suspira- tá bem?.

Melissa: que se foda- ela desligou,dei de ombros, não tava com cabeça pra brigar, parei na frente da casa do lamar,os meninos entrou.

: Krys não vai?- perguntei assim que eles entraram.

Jackson: não- dei partida no carro.

Assim que chegamos na festa, pegamos uns copos,e fomos dançar,o Noah tava parecendo que nunca foi em uma festa.

: Jacob,para de coisa e bebe essa porra- digo alto em seu ouvido por causa da música,ele vira de vez- esse é o meu garoto- ele deu um sorrisinho.

(...)

Eu tava dançando,eu quase certeza de que tava começando a ficar bêbado, olhei pro Bailey ele tava pegando alguém,o Jackson tava dançando com o Noah e o lamar com eles.

Xx: oi- uma moça,que se pá tem o dobro da minha idades, colocou a mão no meu peito.

: Oi- dei um gole na bebida.

Xx: tudo bem?- assenti- você namora?- cheguei perto do ouvido dela.

: Foi mal gata,deixa pra depois- Andei até o Bailey- Bay, vamos- ele parou de beijar a menina.

Bay: tchau menina- pisco pra ela,ela saiu andando,saímos da balada, vomitei,em uma lixeira que tinha alí.

Lamar: vem cara vamos- entramos no carro.

: Me deixa na casa da Melissa vai.- lamar deu partida

Noah: tem certeza?- assenti,fui o caminho todo meio tonto,mas nada demais,deve tá se perguntar nossa josh deu mó fora na mina, eu apenas lembro da minha mãe, quando o meu pai traiu ela,ela ficou um caco, não saia do quarto,quase não comia,eu apenas coloco a Melissa no lugar dela.

Sem perceber chegamos, liguei pra ela,ela atendeu, logo abriu a porta,desci do carro,andei até ela, entramos e subimos.

Melissa: vai tomar banho- me jogou uma toalha, peguei, entrei no banheiro tirei as minhas roupas,tomei um banho,sair do banheiro entrei na quele meio mundo de roupa no closet dela, peguei uma cueca,escovei os dentes e me deitei com ela.

: Vem cá- abracei ela por trás

Melissa: como foi a festa- diz passando as no meu braço bem leve.

: Um saco,acho que não aguento mas vida de balada- ela riu- boa noite mel,te amo- desliguei o abajur.

Melissa: boa noite vida- se virou me deu um selinho, começou a fazer carinho no meu cabelo, demorou muito não tem peguei no sono com força.

(...)

Cheguei em casa da escola,um clima chata para um caralho levar Gabrielly pra escola e volta com ela,tá sendo nada divertido,ela subiu.

Arthur: oi- bati na mão dele- deixa eu te perguntar- deixei o celular de lado- porque não gosta da minha irmã,eu sei que ela é insuportável,chata mimada.

Mãe: Arthur- ele deu de ombros,ela subiu.

Arthur: mas tipo não tem como não gosta da any, é tipo ela é ela- levantei uma sombrancelha.

Jaden: para- diz rindo descendo as escadas,a any tava com ele no colo.

Arthur: tá vendo.

: Arthur,vai Tomar banho vai- ele revirou os olhos.

Jaden: tá pode me colocar no chão- colocou ele no chão,e sentou no sofá, peguei o meu celular,ela tava de short e blusão, joguei uma almofada nela.

Any: não vem procurando graça- disse séria mexendo no celular.

: Noah tá vindo pra cá,vai se cobrir- ela riu.

Any: não mesmo,nem em casa eu vou ficar- olhei pra ela sem entender.

Gustavo: ah oi- revirei os olhos,o Daniel veiu fa cozinha.

Danil: nada de dormir na casa dele- ela assentiu,e saiu de casa, joguei a cabeça para trás.

Mãe: Joshua vai tomar banho inferno- gritou do andar de cima, subir.

Uma mês depois.

Krystian Wang p.o.v

Mãe: você já falou com ele- diz me olhando.

: Já mamãe, olha tá tudo bem ok- ela assentiu, entramos no carro,o que rolou,vamos lá.

Flashback on

Eu estava em casa, mexendo no celular deitado na cama, mó tédio do caralho, alguém entrou no meu quarto.

: Jackson- sentei na cama- ei- ele tava chorando, sentou na ponta da cama,parei na frente dele- amor ei, porque o seu rosto da vermelho.

Jackson: é...a minha mãe- ele me olhou,com os olhos marejados,seu rosto da vermelho.

: O que tem a sua mãe?.

Jackson: ela disse que não consegue me aceitar,que " isso" não é normal,que homem tem que gostar de Mulher e mulher de homem,que ela não quer um Filho gay, acabamos brigamos eai ela me bateu- abracei ele.

: Não fica assim- peguei no rosto dele- tá tudo bem tá- ele negou abraçando a minha cintura- amor.

Jackson: ela me chamou de bichinha nojenta,o meu pai e ela brigou- suspirei beijando seus cabelos.

Flashback off

O pai do Jackson conversou com a minha mãe e resolveu conversa comigo e com os meus pais,só que a minha mãe odeia preconceito, então qualquer coisa que a mãe do Jackson fala ela vai rebater.

Assim que chegamos, descemos a minha mãe tinha feio uma torta de frango,eu tô como fome.

Pai: ok vamos lá- toquei a campainha,eu tava nervoso a minha mãe passou a mão no meu rosto,dei um sorrisinho,o Jackson abriu a porta.

Mãe: oi querido- eles se abraçou, abraçou o meu pai,e me abraçou, entramos.

Jonathan: boa noite- o pai do Jackson,tava na sala falaram com os meus pais- você deve ser o krys- asssenti pegando na mão dele.

Talia: boa noite,o jantar já tá pronto- entramos na cozinha,eles foram para cozinha.

: Jackson você tá bem,eu tô vendo você surta- ele me abraçou.

Jackson: eu to bem, vamos- entramos na cozinha sentei do lado do Jackson,os meus pais estavam na nossa frente e os pais do Jackson na ponta.

Jonathan: então krys, como tá a escola?.

: Tá bem,sou preguiçoso mas me esforço- fui simpático, colocamos nossos pratos,o pai do Jackson conversa com os meus pais, já a mãe dele.

Mãe: e você Talia?como anda o trabalho- eu amo a minha mãe,mas ela ama uma provocação,tá explicado de quem eu puxei.

Talia: tá indo bem, não vai comer Jackson.

Jackson: eu não tô com tanta fome- deu de ombros,por de baixo da mesa, peguei na mão dele,o vi relaxa os ombros,a mão dele tava fria.

Mãe: então vocês nose chamaram para ter uma conversa, não para falar sobre outras coisas- seguirei o riso- então.

Talia: como consegue aceitar o krystian- o Jackson abaixou a cabeça, brincando com os meus dedos.

Mãe: porque ele é o meu filho,antes de tudo sou a mãe dele,eu o amo mas que tudo, não me importo com o que vão dizer,a única coisa que eu e o pai dele quer é que ele seja feliz.

Talia: pra você é normal?- perguntou para o meu pai.

Pai: sim é acho normal- ele deu de ombros- olha eu sei que não é todo mundo que entende,no começo eu não entendia mas aceitava, hoje em dia eu entendo aceito, oi importante é ele tá feliz certo?- ela levantou.

Talia: vou ao banheiro.

Mãe: Jackson- ele olhou pra ela- tá tudo bem querido não precisa ficar assim- o pai dele tocou no ombro dele 

Pai: eu tô aqui meu filho- o Jackson deu um sorrisinho sem mostrar os dentes, terminamos de comer a Talia logo voltou, comemos, logo fomos comer a sobremesa.

Estamos na sala,eu não quiser comer,a Talia Continua bem quieta.

Mãe: bom foi tudo muito bom, mas acho que temos que ir- me olhou.

: Ta- levantei o meu pai também.

Jonathan: depois conversamos mas.

Pai: pode deixar você já tem o meu número- deram as mãos,fez aquilo de hetero sabe.

Mãe: boa noite senhorita Baker.

Talia: boa noite- disse sentada.

Mãe: tchau Jackson- abraçou ele.

Jonathan: krys- me abraçou,dei um sorrisinho.

Talia: eu ainda não aceito Jackson só pra colocar um ponto final- vi ele suspira.

Jackson: nem me apoia- ela assentiu- ok- sair com os meus pais.

: Podem ir,eu do um jeito de ir pra casa.

Mãe: não durma ai- assenti eles saíram andando,e logo entraram no carro,acenei e deu partida,me sentei na escada que tinha aqui.

Jackson: a sua mãe é tão legal- diz com as mãos no rosto, abracei ele.

: Eu sei que é difícil amor- ele negou- Jackson eu sei sim ok.

Jackson: tá desculpa- diz passando as mãos nas minhas costas.

: O Seu pai é um fofo- ele riu- sério mesmo.

Jackson: é ele é- ele me deu um selinho- mas enfim- ele levantou- você sabe que eu gosto muito de você né,,tá que a minha mãe não gosta mas o meu pai gosta- dei risada.

: Tá que que tem- ele meteu a mão no bolso,o Deus- Jackson.

Jackson: namora comigo, não é um pedido com a Taylor Swift cantando no fundo ccmo você quer acho que é impo...- beijei ele.

: Sim- ele colou as nossas testa.

Jackson: te amo krys- revirei os olhos.

: Eu sei, impossível não me amar- ele abriu a caixinha- eu também te amo- beijei ele.

Jackson: se você Tirar esse porra eu soco no seu cu- colocou as alianças.

: Não vou to reclamando- ele me abraçou, beijou a minha testa.

Talia: Jackson vamos.

Jackson: vou levar o krys em casa mãe- ela ia fala.

Jonathan: ok boa noite krys,venha mas aqui- assenti, entramos no carro e o Jackson deu partida.

: Me conta vai, Melissa e Any- ele negou- amor- choraminguei.

Jackson: ok, por favor não toca nesse assunto o josh odeia fala sobre isso- eu assenti,ele começou a falar,a minha boca abria com forma ele ia falando- fecha a boca krys- deu risada.

: Eu tô, chocado? Coitadinho- ele deu de ombros.

Jackson: ele fez a escolha dele.

: Amor não,ele só ta negando pra ele os fatos, gente que boiola- Ele deu de ombros, logo chegamos na minha casa- boa noite te amo- dei um selinho.

Jackson: também te amo, obrigada- dei um sorrisinho,dei um selinho nele,e sair do carro entrei em casa e subir.

: Mãe cheguei.- digo colocando a chave no chabrriiu

Mãe: ok meu amor.- ela gritou de alguém cômodo da casa.

(...)



Notas Finais


🌌 desculpem os erros, não esqueça de favorita♡a fanfic pós me ajuda bastante.

🌌 Instagram: https://www.instagram.com/p/COu6BW9AZ3o/?igshid=ru2d0uwyrvdy

🌌 Outras fanfics...⬇️

🌌 Um recomeço-https://www.spiritfanfiction.com/historia/now-united-um-recomeco-19596101

🌌 Simplesmente aconteceu- https://www.spiritfanfiction.com/historia/simplesmente-aconteceu-now-united-20232959


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...