História It's not a love story - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Originais, Tdm
Visualizações 28
Palavras 1.948
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


1° - Queria agradecer ao Gusta e a Tay pelo auxílio
2° - Todos os personagens são baseados em pessoas do meu convívio
3° - Esse capítulo é mais uma introdução a todos os personagens
4° - Aproveitem <3

Capítulo 1 - 1


Fanfic / Fanfiction It's not a love story - Capítulo 1 - 1

E finalmente, depois do melhor feriado de todos, que foram resumidos em ficar no meu quarto lendo livros aleatórios e vendo filmes, voltei para o inferno, mais conhecido como escola.

Pode ser normal ouvir de um adolescente que a escola é horrível e essas coisas, mas normalmente essas pessoas só falam por falar mesmo, em sua maioria é ótimo vir pro inferno, elas se sentem em casa e se juntam com seus colegas, a falsidade presente no ensino médio é de assustar.

E existem também os grupinhos, óbvio: populares, gostosas, nerds. E eu? Não me encaixo em nenhum, sendo bem sincera, nunca falei com ninguém daqui sem ser para trabalhos, por quê? Simples caro leitor, eu não consigo, por mais que eu veja pessoas com mesmos gostos que o meu eu sou tímida, mas não apenas tímida, eu tenho um treco toda vez que a atenção da sala é virada pra mim, o que acontece com frequência nas aulas de matemática desde que a professora percebeu que tenho futuro nessa área.

Ah claro, falei tanto e vocês nem sabem quem eu sou, pois bem, me chamo Alexis Grace, tenho 16 anos, sou de gêmeos, cor favorita é azul, gosto de k-pop, animes, animações e livros de ficção, sou boa em exatas e péssima em me expressar no geral, seja por escrita ou por fala e não tenho amigos, nenhum, meu único ciclo social é minha família, adoro animais, em especial cachorros e raposas.

Por mais que odeie admitir, eu tenho uma aparência boa, não sou de fazer cu doce igual aquelas “S/N” de fanfics por exemplo, mas do que adianta ser bonita se você é toda problemática? Já estou nos meus 16 e nunca nem cheguei perto de alguém pra ter uma conversa sem ser sobre escola.

Além da timidez ainda tenho outro problema, Glossofobia, fobia de falar na frente de pessoas, o que complica bastante na hora de apresentar trabalhos e também a fala é algo necessário pra carreira que eu quero, penso em fazer Direito, mas como uma pessoa que não consegue nem falar com um professor conseguiria ser advogada?

Agora vamos passar pro presente, estou no meio de uma aula de Biologia, totalmente entediada enquanto a professora fala do coração e coisarada. Minha atenção se volta para um grupo no meio da sala, devia ter umas 7 pessoas ali, mas meu foco mesmo é na ruiva que ficava no centro do grupo, pode parecer meio estranho o que vou falar agora, mas eu já stalkeei ela e tínhamos muito em comum, mesma paixão por leitura e por animes, mas o fator que complica era que Lucy era muito sociável, por que ela iria querer amizade com a esquisitona da escola?

Aquele grupo é simplesmente incrível, é tão diversificado, me parece que tem uma salvação nessa escola, nenhum deles parece se importar com o que os outros pensam, eles só são eles mesmo e é isso que eu acho incrível, desde que cheguei nessa escola eu os vejo juntos.

O sinal toca pra próxima aula que seria matemática, a louca logo entra na sala, sim louca, essa mulher toma remédio controlado e alguns chás estranhos, Mrs. White é como a chamamos, por mais que eu a chame de louca ela é uma professora legal.

-Prova surpresa em dupla, e eu que vou escolher - disse Mr. White.

Posso dizer que fiquei bem feliz com essa frase, já que era horrível pra eu ter que chamar alguém pra fazer dupla comigo

-Miss Grace vai fazer com a Miss Mertens.

Opa opa, calma, é a Lucy, eita porra. Ela arrasta uma cadeira pro meu lado enquanto a professora continuava a falar as duplas.

-Espero que seja boa em matemática porque eu sou péssima - ela fala rindo um pouco

-Sei me virar - Dei de ombros

A professora entrega a prova e vejo que nem é tão difícil assim, Lucy solta uma risada nervosa

-Eu realmente não sei nada daí.

-Nem é tão difícil assim.

-Como não?

-É simples olha. - Fiz a primeira questão rápido

-Eu não entendi porque ficou negativo.

-Simples… - comecei a dar um leve resumo do assunto.

-Acho que entendi, calma - ela faz uma questão. - é isso? - Perguntou Lucy.

-Aham - ela sorri quando eu respondo.

-Consegui, você poderia me dar aulas de reforço, não entendo muito com a Mrs. White

-Claro. - Sorri.

- Vamos fazer logo a prova

-Realmente.

Terminamos a prova até que rápido, demorou mais do que eu demoro normalmente, mas foi pelo fato de eu explicar a Lucy algumas coisas. Assim que terminarmos entregamos a prova para a Mrs. White que falou que já iria corrigir

-Olha Miss Mertens, finalmente um A

A ruiva olhou incrédula para a professora logo depois me olhou

-Eu te amo - Sorri fraco

Ficamos esperando o sinal bater no silêncio, já que mesmo se quiséssemos falar não poderíamos, pois ainda estava tendo prova, então peguei uma folha e comecei a escrever coisas aleatórias como frases de filmes, animes e músicas. Lucy pegou uma folha escreveu algo e me entregou, lá estava escrito:

-”você gosta de HP?”

Respondi

-”Yep”

-”É de qual casa?”

-”Sonserina e você?”

-”Sonserina também, embora me identifique mais com a Corvinal. Já leu Cursed Child?”

-”Não consegui terminar na verdade, não gostei :/”

-”Eu só terminei por curiosidade mesmo, e também pelo Scorpio”

-”Scorpio é um amor”

-”Sim :), posso te perguntar uma coisa?”

-”Fala”

-”Por que eu nunca te vi andando com ninguém?”

-”Vai ver é porque eu não falo com ninguém”

-”Por que exatamente? Se eu estiver sendo muito intrometida me avisa”

-”Eu sou tímida, falar com as pessoas é difícil pra mim”

-”Mas você tá falando comigo normal” - levantei minha mão mostrando o quanto estava tremendo

- “ah saquei, mas se tu quiser eu posso ser sua amiga :3” - Sorri quando li aquilo

-”Pode ser :)”

-”Me fale mais de você”

-”Gosto de ler, minha saga favorita é Heróis do Olimpo, gosto de animes e de k-pop, gosto de fazer doces e acho que só"

-”Ainda não li Heróis do Olimpo :/”

-”Leia”

-”Que tipo de anime você gosta?”

-”Shonen, principalmente”

-”Anime favorito?”

-”Naruto”

-”O meu é Sakura Card Captors”

-”Não vi esse”

-”Veja :)”

-”Okay”

-”Posso te apresentar pros meus amigos? Eles são legais eu juro :)”

-”Não sei, é difícil falar com pessoas :/”

-”Tenta, você vai gostar deles”

-“Me deixa me preparar, amanhã você me apresenta pra eles, que tal?”

-”Tá bom, se você fica mais confortável assim”

Sorri pela última fala e quando estava pensando em começar outra conversa o sinal bateu

-Vou voltar pro meu lugar, tchau Alexis.

-Tchau.

Ela havia deixado o papel na minha mesa, olhei e no cantinho da folha estava escrito: “Esse é o meu número, me manda mensagem :3”

Sorri e guardei a folha no caderno, a ruiva de mechas roxas já estava no meio do grupo dela de novo, sorrindo para os amigos. Logo o professor de inglês entra na sala, esse é nosso último tempo antes do recreio, o qual eu passaria no jardim lendo.

O dia passa rápido, logo bate o sinal da saída fazendo todos os alunos começarem a se agitar novamente. Espero todos saírem para ir depois, assim que chego no pátio vejo o carro da minha irmã, vou na direção dele entrando rapidamente

-E como foi hoje? - Ashley pergunta enquanto coloco o cinto.

-Normal - Fico em silêncio por um tempo.

- Fiz uma amiga.

-Pera, Sério? - Ela me olha por poucos segundos, logo voltando a virar sua atenção para o trânsito

- Não pensei que esse dia chegaria. - Revirei os olhos depois de sua fala

-Pois aconteceu.

-Devíamos comemorar.

-Não exagera, menina. - Rimos.

Chegamos em casa e quando contei sobre Lucy para os meus pais eles tiveram a mesma reação da minha irmã, me fazendo revirar os olhos várias vezes durante a conversa.

Fui até meu quarto e fiquei naquela: “Mando mensagem ou não?”. E depois de minutos eu decidi mandar mensagem.

-“Salva meu número aí - Alexis”

Demorou uns 5 minutos ela responde

-”Está salvo :)”

Conversamos sobre coisas fúteis por horas, até que lembrei que tinha um exercício de Química pra fazer, me despedi de Lucy e fui terminar o tal exercício.

-ALEXIS DESCE AQUI! - Ouço Ashley.

Fui até a sala e encontro minha mãe acompanhada de duas pessoas desconhecidas e a louca da minha irmã

-Essa é a Alexis. - Minha mãe fala sorrindo para as duas.

-Como ela cresceu, não é? - A mais velha delas fala.

-Por que vocês duas não vão fazer algo? - Minha irmã pergunta direcionada a mim e a morena que até então estava calada.

-Tá bom. - Ela fala se levantando.

Mesmo um pouco nervosa fomos até a varanda

-Então, me chamo Amber.

-Alexis.

-Sua mãe disse que você é tímida, então terei paciência.

-Obrigada.

-Você tem quantos anos?

-16, e você?

-18, do que você gosta?

-Animes, k-pop, livros…

-Já assistiu One punch man?

-Não, eu queria, mas acabei esquecendo.

-Ainda não vi também, podíamos assistir. - Ela sorri.

-Pode ser.

Entramos em casa novamente e fomos até meu quarto. Chegando lá ligo a TV logo começando o primeiro episódio do anime.

Pode-se dizer que passamos muito tempo assistindo, já estávamos no terceiro episódio quando, do nada, um morcego passou pela janela aberta, se bateu na parede algumas vezes e saiu. Amber e eu nos entreolhamos e começamos a rir igual loucas.

-Mano, o que aconteceu? Qual foi a desse morcego? - Eu perguntei

-Não faço a menor ideia. - Voltamos a rir.

Ficamos assistindo mais alguns episódios até que Amber teve que ir embora.

Terminei a tarefa e fui dormir. Na verdade, tentei dormir, pois ainda estava na minha cabeça o fato de que amanhã eu iria ter que falar com os amigos da Lucy.

Na manhã seguinte me arrumei, tomei café e fui rumo a escola, de carona com a minha irmã.

Chegando lá, bem cedo como sempre, procurei por Lucy a vendo com seus amigos. Meu coração acelerou, comecei a tremer e não tive coragem de ir lá.

Fui até um banco que ficava debaixo de uma árvore e me sentei, peguei um livro e comecei a ler. Alguns minutos depois fui interrompida por Lucy, só podia ser ela eu não falava com mais ninguém.

-E aí? Pronta pra conhecer meus amigos?

-Não verdade…

-Vamos - Ela fez carinha de cachorro abandonado.

-Ah… Beleza.

Ela sorriu e fomos na direção do grupo.

-Gente, essa é a menina que eu falei ontem - Lucy fala.

-Alexis, esses são James, Josh, Will, Luna, Sarah e Sam. Povo essa é a Alexis.

Cumprimentei-os timidamente.

-Oi, eu sou James, a primeira vista eu posso parecer alguém sério e rígido, mas quando você acaba pegando intimidade comigo você consegue perceber que é muito pelo contrário. - O que usava headphone fala.

-Olá, sou o Josh, eu gosto de animes, k-pop e jogo lol, será um prazer conhecer você. - O de cabelos mais longos dos meninos diz

-E ele é dramático, tipo muito. - James fala.

-Oi, eu sou a Luna e seja bem-vinda ao nosso grupo maluco de amigos. - A de cabelos azuis se apresenta.

-Me chamo Will e eu sou do bode, legal te conhecer. - O loiro fala.

-Bode? - questiono.

-Ele é maçom - Lucy fala.

-Entendi.

-Oi eu sou Sarah, tenho plenos 17 anos de vida, tenho uma paixão gigante por bolo e todo tipo de música, me classifico como uma pessoa extrovertida e sempre arrumo alguém para conversar. - A mais baixa de todos fala

-Oi, sou Katy, tenho 17 anos , sou uma pessoa não muito extrovertida , prefiro ficar na minha lendo um bom livro, gosto animes, naruto é meu favorito, meu gosto musical é muito variado, sou canceriana mas com espírito de vingança de escorpião, sou calma, mas não tente ser meu motivo de ódio. - A morena de óculos fala

-Okay então. - Todos riram.

-Pois bem. - Lucy começa - Sejam legais com ela.

Ficamos conversando por muito tempo até que, finalmente, bateu o sinal para iniciar as aulas. Digo finalmente pois eu tremia igual louca.

Posso dizer que hoje foi um dos melhores dias da minha vida, depois de 16 anos sozinha eu finalmente tinha amigos.

E a história não acaba aqui, ainda tenho muito pra falar, esse grupo simplesmente é um ímã de loucuras.


Notas Finais


E é isso
Espero que gostem
Não sei quando sai o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...