1. Spirit Fanfics >
  2. It's Real? >
  3. Número 16

História It's Real? - Capítulo 16


Escrita por:


Capítulo 16 - Número 16


Namjoon se sentou ao lado de Jin ofegante. Não acreditava que se meteu em uma briga pelo outro e estava acabado, havia usado muito sua magia incontrolável. Sim, incontrolável. Idai que já era o 3 ano de faculdade? Ele ainda não tinha o total controle de seus poderes mas tentava ameniza-los. 


Depois de ter salvado o outro de tirar a própria vida, Namjoon percebeu que Seok não era tão louco quanto aparentava. Não passava de um cara cabeça dura, e põe dura nisso, que só queria amar e ser amado de volta. 


-Eu sei que brilho de mais. Você pode se queimar se me olhar tanto. 


Ah, acrescente nazista a lista porém isso não era nem uma novidade para ninguém. Namjoon virou o rosto com a fala do mais velho que riu e se aproximou. O mais novo não entendia o motivo de seu coração estar batendo tão forte. Era a adrenalina, sim, não pode ser outra coisa. 


-Isso é sangue ou você está corado? - Jin disse segurando seu queixo. 


-Idai? Não importa. - Namjoon foi rápido em tirar a mão do outro de perto de si. 


-Qualé, não seja rabugento Namu. Não mandei Você se meter no meio. 


-Ah seu... 


Namjoon arregalou os olhos ao ter os lábios do outro nos seus. Havia sido apenas um selar demorado mais tinha mexido muito consigo. Não via Seok com aqueles olhos até hoje. 


Jin logo se separou e ouviu atento ao redor. Estavam em uma floresta, escondidos atrás de um arbusto para tentar escaparem do resto do pessoal. 4 pessoas ainda iam mas 7 ai já é apelação. 


O mais novo ainda sentia o gosto dos lábios alheios em si e o observou. Tinha hematomas em sua bochecha direita e perto da boca. Já si próprio estava com um corte no lábio inferior e um corte pequeno em sua barriga, causado por Jin sem querer no meio do caos. 


Seokjin segurou a mão do outro e ambos foram andando devagar por entre as árvores até chegarem na saída. Um dos caras os viu e o mais novo agiu rápido segurando o loiro pela cintura e se jogando no precipício. 


-Gelidus canis platform - Namjoon ditou antes de entrarem em contato com uma rocha e uma plataforma de gelo começou a aparecer. 


O Kim tinha uma expressão seria enquanto se equilíbrava com o loiro em seus braços. Pareceria que estava descendo uma ladeira em alta velocidade de skate só que a diferença era que não tinham o objeto e era muito mais radical. 


Conseguiram chegar no final em segurança e logo colocou Jin no chão. 


-Uou Namu, isso foi incrível. - Seok disse pulando pela euforia e viu o outro negar ofegante- Onde aprendeu isso? Você sempre foi quieto. 


-Eu não sou santo ta? Além do mais, suas aventuras tinham que servir pra algo não? 


Seok sorriu animado e abraçou o outro pelo pescoço como sempre fazia. 


Chegaram a casa de Namjoon, o atual esverdeado, e tudo estava em silêncio. O dono do lugar chamou por seu ajudante mas não obteve resultado. 


-Oi Namu, fui me divertir com o RJ e o Shooky. Te amo. Até mais. - Jin leu o bilhete e olhou para o outro.- Seu ajudante sai mais que você. 


-Ah vai arranjar coisa pra fazer. - revirou os olhos. 


-Oh Namu, seu amiguinho se machucou. Cuida do Jinie?


-Ta. 


Namjoon tentou ignorar a brincadeira do outro e foi buscar a caixa com remédios que tinha em seu banheiro. Voltou para Jin se sentando ao seu lado no sofá e abrindo a caixa. 


-Ai Namjoon. - Seok disse ao sentir o corte arder quando o cotonete com o remédio o tocou. 


-Se começar a reclamar, vou fazer pior. - Namjoon disse concentrado segurando o queixo do outro para não se mexer. 


O loiro permaneceu em silêncio após a ameaça e deixou que o mais novo fizesse seu trabalho. Estava gostando de ter a visão dele o cuidando, mesmo que com uma cara emburrada e travando o maxilar as vezes. Namjoon sempre fazia isso quando queria acabar consigo mas não podia ou quando lhe xingava mentalmente. 


-Pronto. - saiu de seu transe quando o outro colocou um bandeide em seu ferimento- Vê se demora um pouco dessa vez, você ainda ta com marcas da última. 


-Ah, você sabe, nada que não possa aguentar. 


-Mas qual foi o motivo dessa vez? 


-Ficaram me provocando e me chamaram pra briga, eu não recusei. - deu de ombros. -Vem cá, deixa eu te ajudar. 


-Não pre... 


Jin o calou de novo com um selar demorado. 


-Agora sei um jeito de você calar a boca. Oh, ta corado Namu? 


-Seu! 


O mais novo começou a dar soquinhos no outro que não parava de rir. Irritar Namjoon era seu passatempo preferido. Entre esses tapas, Namjoon percebeu que estava emcima de Jin e bem próximo a seu rosto. 


-Pra onde vai? - Namjoon se assustou quando sua cintura foi puxada o fazendo cair no peito do outro. 


-A-Ah... Me solta Seok. -disse sério mas só sentiu um aperto maior em sua cintura. -Para de me provocar! 


-Qualé. Ta caidinho por mim por acaso? 


-Que? Que isso. Credo. Você não faz meu tipo loiro oxigenado. - sorriu de lado. 


-Nossa, como pode dizer isso? Seu mato ambulante. 


-Que eu saiba esse era o apelido do Suga. 


-Ele não ta mais com o cabelo verdade seu capim. Me pergunto se o Koya não te confunde com uma árvore de eucalipto. 


-Hahaha, você é hilário. - disse revirando os olhos e logo impediu o olhou de unir seus lábios de novo-Tu não era hetero? Porque ta querendo me beijar?


Seok se sentou com o outro no colo. 


-Eu sou bi querido e mesmo se fosse hetero, não vejo problema em beijar um homem. Se a pegada for boa. 


-Ah, então você tá querendo saber se o nerd sabe mesmo beijar ou ainda é virgem? - o esverdeado disse brincando. 


-Sim. Porque? É verdade? 


-Porque dúvida?- Namjoon levantou uma sombrancelha. 


-Porque você não prova? 


Namjoon puxou o outro pelo pescoço e o beijou com vontade dessa vez. SeokJin se surpreendeu no início mas lembrou que o outro não gostava de ser desafiado e logo se entregou segurando a cintura do mesmo com mais força. 


-Então... - ofegou- Provei? - Namjoon disse o encarando. 


Seok desceu o olhar até os lábios do outro e o empurrou no sofá, ficando por cima e apertou a cintura do outro. 


-Ainda tenho minhas dúvidas. - Jin sussurrou para o outro e voltou a tomar seus lábios. 


Namjoon se sentia estranho por esta gostando tanto daquele momento. Tudo bem, ele confessa que já tinha imaginado beijar o outro mas foi apenas um momento de carência extrema e deixou passar mas agora, ali, realmente o beijando, parecia mil vezes melhor do que na sua imaginação. 


Puxava os fios loiros, os deixando bagunçados enquanto sua cintura era apertada para colar mais seus corpos. Nossa, nunca se imaginaria naquela situação. 


Foram tantos amassos naquele sofá e nem um dos dois queria que acabasse. Seokjin ficou de joelhos para tomar fôlego enquanto Namjoon o observava deitado. Seus cabelos loiros todos bagunçados, sua camisa rosa tinha quarto botões abertos e seu ombro exposto deixando a mostra alguns arranhões que iam até o peito. Um pecado diria. 


Já Jin tinha a visão de um Namjoon com seus fios verdes escuros cada um pro lado, seus braços acima da cabeça descansando, sua boca carnuda vermelha pelas mordidas e pelo corte que havia ganhado durante a briga e sua blusa levantada até a metade de seu peito onde dava para ver sua cintura um pouco avermelhada e com alguns arranhões. 


Ambos não entendiam como haviam chegado aquele ponto.


-E-Eu vou tomar um banho. -Namjoon disse saindo de baixo do mais velho todo atrapalhado causando risos no outro- Eu acabei de beijar Kim Seokjin. - ditou ao se encostar contra a porta fechada. - O pior não é isso, eu g-gostei? 


Ainda estava confuso, nunca havia olhado Seok com outros olhos além de um ser irritante que não parava de lhe meter em encrencas. 


-Isso vai me meter em problemas. - murmurou a frase que sempre dizia a si mesmo quando era alguma coisa relacionada ao loiro. 


Sem muita escolha, apenas tirou a roupa e foi tomar um banho. Se lembrou já no final que não tinha pego nem uma roupa ou toalha e se amaldiçou por isso. 


Abriu uma fresta da porta e transformou seu braço direito em um tentáculo negro, sua especialidade com o tempo após ter que ajudar Jin em várias coisas. Conhecia sua casa de có então foi fácil chegar na varanda e pegar a toalha. 


-Oh, quer dizer que eu também sirvo para enxugar Namu?- Jin disse ao chegar no banheiro. 


Namjoon volto a ficar com o olho e o braço normal. Não acreditava que haviapuxado o outro pensando que era a toalha. Ele não tinha culpa, era difícil sentir algo com o tentáculo. 


-Não, nem ouse Seokjin. - disse quando o outro tentou empurrar a porta. 


-Tem medo de não conseguir mais andar? 


-Eu to com mais energia, se me irritar eu pego você pelo pescoço e o jogo para o seu apartamento. 


-T-Ta. Toma. - estendeu o pano para o outro. Tinha que admitir, Namjoon lhe dava medo as vezes. 


-Obrigado. - fechou a porta e enrolou a toalha na cintura. - Vou pegar outra para você. 


-Oh, um verdadeiro pitelzinho hein. - Jin disse o observando de cima a baixo mordendo o lábio. - O nerd é bem fortinho até. 


-Seokjin, não me testa a paciência, sai do meio. 


-Aish, ta bom estressadinho. - o loiro deu passagem e não resistiu em dar um tapa na bunda coberta do outro. 


Namjoon não teve tempo de reagir pois o mais velho havia entrado no banheiro aos risos. Por que fui ajudá-lo na enfermaria? se lamentou e foi colocar uma roupa.


Notas Finais


Então, lindo o passado não?

Chegamos a 40 favoritos, obrigada gente 💜💜💜💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...