1. Spirit Fanfics >
  2. It's You - meus 15 anos >
  3. Capítulo 18- Skater boy

História It's You - meus 15 anos - Capítulo 21


Escrita por:


Notas do Autor


Oiii genteeee !! Saudades?? Bem , eu sei que essa capitulo tinha que ser mandado na semana passada , maaas , eu não tinha terminado ele e estava viciada numa serie e não deu pra terminar o capítulo . Mas enfim , estou aqui para mais um capitulo e lamento informar , mas estamos chegando no nosso final .... Momento para limpar as lagrimas . Mas ainda não acabou , então espero que gostem e fiquem com mais um capítulo.

Capítulo 21 - Capítulo 18- Skater boy


*pov magali*

(Quinta-feira : 15:30)

-Não ! Não ! E não ! Meu deus gente , parece que vcs tem dois pés esquerdos !! Assim é difícil né .- E assim começou o nosso antepenúltimo ensaio . Todos estavam super nervosos principalmente por causa do pequeno terror que o professor passou para nós sobre o dia . Eu sei que era pra ser a minha festa e eu me divertir , mas eu tava começando a ficar com muito medo de errar algo e dar ruim depois .

Depois que o professor começou a explicar as posições por conta das fotos , todos entraram em pânico, afinal, era cada coisinha que nem a mente mais inteligente da turma -o cebola- estava entendendo algo . E com isso estamos tentando encaixar todas essas partes o que está dando uma dor de cabeça , porque toda vez que alguém errava algo ele voltava tudo de novo , e o cascão mesmo fazendo a coreografia certa , ele parava e voltava dizendo que a câmera tinha que pegar e ele tava na posição errada . E isso claramente já estava estressando ele .

-Vamos dar uma pausa !!- disse o professor desligando o som e indo mexer em algo do celular . Todos se sentaram no chão do terraço e ficaram bebendo água e alguns reclamando aos sussurros . Eu fui até o cascão que , mesmo odiando água , teve que se refrescar com ela pra melhorar o ânimo. Me aproximei dele e sentei ao seu lado . Mesmo suados não nos importávamos de ficar juntos.

-Desculpa por todo esse estresse…-disse recebendo um beijo na testa e sentindo o braço dele passar pelo meu pescoço me abraçando .

-Está tudo de boa . A vontade de tacar o foda-se pra ele e sair daqui é grande , mas de te fazer feliz supera qualquer coisa ….- disse ele fazendo eu segurar seu rosto com uma mão e dar um selinho nele .

-Só fiz isso porque vc é muito fofo .

-Serião , que vontade de vomitar arco íris que eu to agora !- disse o cebola de longe acabando com todo o clima .

-Vai tomar no cú , cebola! - disse eu e o cascão juntos fazendo nós dois rirmos .

-Ok , gente . Tá tudo lindo , maravilhoso, mas tempo é dinheiro , então bora pros lugares !!!- disse o professor fazendo todos levantarem sobre protestos .- Ah ! E príncipe! Vem aqui rapidinho . - pediu o professor , fazendo o cascão ir até ele conversando algo que eu não sabia . Talvez fosse alguma dica sobre as câmeras quem sabe . Depois que eles conversaram o cascão foi pro lugar dele e o professor tocou a música para começarmos mais uma valsa .

(Horas depois )

-Vamos acabar por hoje !! E treinem ! Na próxima aula não vou parar a música !!- disse aquele professor louco que acabou de sair .

-Não . Aguento . Mais !- disse o xaveco se jogando no sofá .

-Xaveco , modos por favor ! Vc tá na casa de outra pessoa e ainda por cima todo suado !- disse o jeremias , mas logo a denise faz a mesma coisa que o xaveco , só que com a diferença do xaveco estar nele .

-Não começa jê ! E xaveco , dá espaço ai !! Vc tá um nojo de grudento !!- disse denise quase batendo no menino para ele dar espaço . Mas antes de isso acontecer a mônica logo vem e puxa os dois pra fora do sofá .

-Vcs tem problemas né ? Vão sujar o sofá todo !- disse mônica fazendo o xaveco e a denise revirarem os olhos .

-Ah gente! Então eu já vou !! Bye bye , beijos me liga . Bora xaveco !- disse denise já na porta esperando o outro que por incrível que pareça não foi quando ela mandou .

-Porque eu tenho que ir ?? Não recebo as suas ordens não , sabia?- disse o xaveco enfrentando a denise que arregala os olhos .

-Ai cara ... Porque o xaveco faz uma dessas ??- disse o jeremias baixo enquanto estava com a mão no rosto de descrença . Mas por mais inacreditável que isso seja. A denise ,simplesmente , desfez a cara de surpresa e deu um sorriso de lado enquanto olhava para o menino .

-Está bem … Se não quiser vir , não venha …. É por sua conta em risco . - disse ela tão calmamente que nem reconheci que era a minha amiga escandalosa de sempre . Ela continuou com o sorriso de lado enquanto abria a porta e saia da casa deixando um xaveco de boca aberta .

-Então , galera. Eu meio que preciso sair agora , então…. Até mais !!- disse o xaveco se aproximando da porta até sair pela mesma o mais rápido possível.

-Homem é um bicho bobo mesmo …-disse mônica recebendo um “Ei !” dos meninos presentes .- Gente , até parece que vcs não se conhecem, né? !!!- disse a mesma também indo pra saída da minha casa . - Hora de sair , então tchau maga ! Tchau galera !

-Tchau , mônica!- dissemos todos ao mesmo tempo vendo a mônica sair daqui de casa. Assim , todos foram saindo rapidamente até que restou somente eu e o cascão .

-Desculpa mesmo por não poder ficar , mas a minha mãe é capaz de vir aqui e me levar pra casa pela orelha só pra eu arrumar o meu quarto .- disse ele com as mãos no meu rosto enquanto eu estava com as minhas por cima das dele .

-Eu sei … - rio com o comentário dele .- Além de que quando vc chegar em casa , sua mãe vai te colocar direto no banho . - disse vendo a cara dele mudar para desprezo .

-Nem me lembre …. Mesmo tomando banho , eu e a água não nos damos muito bem…- disse ele fazendo eu rir .

-Será que existirá algum dia que o senhor cassio marques de araujo gostará de água ??

-Tem sim … Na verdade dois .- disse ele balançando dois dedinhos na frente do meu rosto .

-E quais são ??

-Vc quer saber qual primeiro ? A fofa , ou a safada ?- ele disse e eu senti minhas bochechas queimarem com a última palavra.

-A fofa , por favor .

-Bom , eu vou gostar de água quando dermos banho nos nossos filhos no futuro . - disse ele me dando um beijo no ponta do nariz fazendo minhas bochechas ficarem mais mais coradas e meu sorriso chegar de orelha a orelha . Nunca imaginei que o cascão já pensasse no nosso futuro e até em filhos… Nesse momento eu já era a pessoa mais feliz do mundo .

-Depois dessa coisa linda , tô até com medo de saber a safada. - disse rindo cortando parcialmente o clima .

-Bom… É que assim … Eu iria amar água se um dia assim , quem sabe, você me convidasse para tomar um banho junto com você …- disse ele fazendo eu ficar muito vermelha e sentir ele beijar o meu pescoço .

-Garoto ! Não fala essas coisas !! Se minha mãe ouvir ela me mata !!

-Desculpa , desculpa. Mas não deu pra resistir …- disse ele rindo brincalhão e me abraçando pela cintura enquanto eu dava leves tapinhas no peito dele .

-Bobo !! Agora vai pra casa antes que sua mãe te deixe sem orelha !!- disse empurrando o menino para fora da minha casa sob protestos do mesmo .

-Ok, ok , eu já to indo ! - disse ele parando e depois virando pra mim e chegando bem perto .- Quero meu beijo de despedida …- assim que ele disse com aquele biquinho fofo eu segurei o seu rosto e puxei pra mim junto nossos lábios num selinho que logo foi aumentando deixando ele no controle da situação , mas logo a falta de ar chega acabando com o beijo .-Sempre Fico zonzo quando a gente se beija … Porque será em ?- ele pergunta sorrindo fazendo eu rir e o empurrar de leve para a direção da casa dele .

-Tchau amor !

-Tchau vida !!- fiquei lá fora até ele sumir da minha vista e depois voltei pra casa com um sorriso enorme no rosto e fui assim até o meu quarto .

(Quebra de tempo - Sábado : 11:00 -da manhã)

*pov narrador *

Todos os alunos ,professores e familiares já estavam na quadra que estava enfeitada com as barraquinhas de comida e doces , vários enfeites no teto e alguns papéis pelo chão . Era a famosa feira do ensino fundamental que a escola dos jovens fazia todos os anos . E essa seria a primeira vez que nossa turma de protagonistas não participaria desta feira.

-Ai, careca . Tô até aliviado de não participar mais desse negócio!- disse cascão chegando junto com o amigo .

-Pois é , cara. A gente tinha que abrir mão do nosso futebolzinho pra não perder ponto .

-Cara… Se lembra de quando fizemos os anos 60 ….- disse ele rindo .

-Puts, cara ! Nem me lembre ! Aqueles dias foram uma tortura …- falou cebola relembrando de quando quase torceu o pé em um dos passos loucos .

-Eu me sai incrivelmente bem .

-Claro ! Vc fez par com a magali . Parece que só com ela vc dava certo .- disse cebola vendo as duas amigas na frente deles .

-E isso é a mais pura verdade !- disse cascão enquanto chegava atrás de magali e a abraçava por trás levantando a mesma .

-Que susto cas !!- disse a menina rindo e logo quando foi para o chão se virou e o abraçou dando um beijo logo em seguida na boca do menino fazendo os dois outros amigos darem um sorriso de lado .

-Tava com saudades …- disse o cascão esfregando o nariz no da amada e os dois sorriam de orelha a orelha .

-Vcs são tão melosos …-disse o cebola se apoiando nas grades enquanto o outro garoto se virou pra ele.

-Cebola, vai tomar no cu!

-Se for um convite , eu topo ! - disse o cebola rindo fazendo o amigo revirar os olhos .

-Monica , da um jeito nesse menino . Pq eu to com medo dele querer meu corpinho .- disse o cascão fazendo todos rirem .

-Amor , vamos pegar alguns doces ??- perguntou magali segurando a mão do menino que deu um selinho nela.

-Claro , vida !! Tchau gente ! E oh ! Comportem Sem , crianças!!- disse o cascão rindo e saindo com a amada entrelaçando seus dedos.

-Esses dois em … Só falta o cascão pedir a magali em …- enquanto mônica dizia sentiu alguém se aproximar muito e quando ela vira é surpreendida com um beijo do ex-troca-letras que a prensa na grade e se beijam com volúpia . Até que depois de um tempo o ar acaba e param o beijo recebendo muitos olhares de pais que passavam ali .- O que foi isso ,cebola??- perguntou ela toda vermelha .

-Desculpa , mas é que eu vi aqueles dois ali e quis imitar .- disse ele apontando para trás dela vendo atrás das arquibancadas o xaveco e a denise se beijando enquanto seguravam uma câmera e um microfone , provavelmente para fazer um vídeo sobre o evento .

-Esses dois aí parece que se resolveram e muito depois do karaokê…

-Pois é , mas agora… Porque não seguimos o exemplo deles e…- foi dizendo o cebola , até que a voz da diretora aparece nos auto-falantes chamando a atenção de todos que estavam na quadra , inclusive do casal abaixo das arquibancadas que parou rapidamente o que estava fazendo e começaram a gravar como se nada tivesse acontecido.

-Melhor irmos pra arquibancada , afinal , hoje você é o responsável da maria . - disse mônica pegando na mão do menino e trazendo junto para as arquibancadas encontrando a magali sentada , com uma sacola de doces no colo .-Vc não muda mesmo ,né amiga?- comentou ela rindo fazendo aparecer um sorriso brincalhão da amiga de cabelos longos .

-Claro ! - disse a magali rindo .

-Maga, cadê o cascão ?? - perguntou cebola sentindo a falta do amigo .

-Pelo que ele disse , ele vai ajudar a maria num negócio da apresentação da turma dela …-explicou a morena comendo um dos doces da sacola .

As apresentações finalmente começaram e não era nada de novo. Este ano haviam escolhido para cada ano representar um estilo de música , e claro que tiveram muitas que as crianças não conseguiam dançar por simplesmente não ter o ritmo dançante, ou que não tinha um coreografia característica . Portanto , muitas das turmas só balançavam os braços e corriam de um lado para o outro da quadra .

A turma da maria era a próxima a se apresentar e o estilo era todos os tipos de rock , ou seja, não teria muita dança , mas como eram já grandinhos , devem ter feito algo bacana .

Assim que a turma do 4 ano se apresentou , era a vez do 5 em ordem numérica . O cebola já preparou a camera pra gravar mesmo achando uma palhaçada , afinal isso era só pra sua mãe ver a apresentação da irmã podendo ela muito bem ter vindo ver pessoalmente , já que não fazia nada dentro de casa .

A apresentação começa com a turma entrando com tábuas de madeira nas mãos e se posicionando em seus lugares colocando a tábua de madeira no chão e logo começando a música . A qual começou em grande estilo com We will rock you da banda queen com os estudantes baterem com o pé na tábua causando um barulhão ao ritmo da música que pedia duas batidas na tábua e uma batida nas mãos fazendo a plateia fazer o mesmo ao som da música de fundo.

Logo após a música para fazendo os estudantes baixarem e começar a lenta parte de don’t stop me now também do queen . Nessa parte alguns estudantes levantavam e depois abaixavam até chegar na parte animada e fazer igual todas as outras turmas que era correr de um lado para o outro e depois formar três círculos que depois de girarem se juntaram e os dois de cada lado se juntaram com o do centro e a música foi trocada por uma pop rock da avril lavigne, sk8ter boy. Mas logo perceberam que não era a voz da avril quando a música começou , e sim de outra pessoa que surpreendeu a todos com a potência da voz .

O círculo logo foi se abrindo e do meio surgiu uma garotinha de cabelos pretos tocando guitarra e cantando o refrão da música enquanto vários garotos começaram a passar de skate pelos estudantes do quinto ano , sendo eles de várias séries diferentes , inclusive do ensino médio que nem participava da feira cultural , mas claro que os olhares estavam na pequena maria que tocava a guitarra junto agora com outros dois meninos terminando a música incrivelmente bem recebendo os gritos dos outros que estavam na plateia .

Mas como música de encerramento foi começada um solo de guitarra com um dos meninos seguido pela menina e pelo outro menino com o comecinho da música welcome to the jungle , do guns and roses . E foi assim que terminou a apresentação do 5 ano com uma surpresa daquelas de cair o queixo que foi uma garotinha de 10 anos cantando na frente de todos no meio de uma grande pressão . E claro que as comemorações não eram só entre a turma , e sim na plateia tinha um irmão mais velho deixando as duas melhores amigas surdas .

-UHULLLL!!! ESSA É A MINHA IRMÃ !!!! CARALHO QUE ORGULHO DESSE PIGMEU!!.- gritou cebola pulando de felicidade pela parte da irmã .

-Cebola , se controla !!!! Meu ouvido ta doendo !!!- gritou a monica devido ao som alto que se fazia presente nas arquibancadas .

-EU NÃO CONSIGO TE OUVIR , MÔ!!- gritou o cebola ainda comemorando , fazendo a mônica desistir de o segurar e se juntar a ele nos gritos .

-Que apresentação foi essa do nosso 5 ano !! Vários talentos revelados aqui hoje !! Mas não percam essa energia que daqui a pouco vai ter mais turmas !!- disse a diretora no microfone .

Enquanto isso , nos bastidores …

-Obrigada mesmo, cascão . - agradeceu maria abraçando o melhor amigo do irmão que tinha topado andar de skate na hora da música.

-De boa , ma !! Além do mais , de onde saiu essa voz ai ?? Porque seu irmão sabemos que tem um disco passado no asfalto na garganta dele .- disse cascão rindo e fazendo a menina rir também .

-Não sei… Só do nada aprendi a cantar ! -disse sorrindo realmente tentando lembrar quando começou seu canto .

-Também fui assim , mas oh! Continua cantando em !! Vou lá ver a turma , tchau ma !!!- se despediu cascão logo se afastando e indo pras arquibancadas ao encontro da turma .

Maria continuou ali com sua turma não sabendo ao certo pra onde ir , até que sente uma mão no seu ombro e quando vira seu coração acelera por ver o menino mais alto meio ruivo na sua frente .

-Ma , vc foi demais !! Juro que quase atropelei algumas pessoas de tanto que eu tava te olhando cantar e…. Bem , quer dizer… Você foi incrível e …. Vc tava muito bonita cantando , e…. Eu … bem …. Queria dizer que … Sua voz é linda e… - realmente nosso querido dudu não encontrava as palavras certas para dizer o quanto havia ficado ainda mais apaixonado pela menina , e o como teve que se esquivar de várias pessoas por quase atropelar elas porque estava extremamente encantando na menininha que aos seus olhos era a criatura mais linda e incrível da face da terra .

-Obrigada , dudu . - disse maria achando graça do atropelamento do garoto nas palavras e ela se deu a liberdade de dar um beijo na bochecha dele deixando o menino estático no lugar .- E obrigada por ter andado de skate na música…. Acho que eu por saber que vc estava lá … Eu fiquei mais tranquila … é bom nesses momentos saber que uma pessoa que já te ouviu cantar esteja lá para te apoiar …- disse maria tímida por estar tão perto do crush dela .

-Claro! Eu sempre vou estar lá pra te apoiar e…. Bom, claro , se vc quiser né…. - disse ele tentando segurar o máximo possível a vermelhidão no seu rosto ,mas não percebendo que já havia perdido essa batalha.

-E-Eu … Gostaria muito… -disse a mesma totalmente vermelha sem conseguir encarar o menino direito . - Bem , e-eu preciso ir … Boa sorte na sua apresentação .- falou saindo para a arquibancada para encontrar seu irmão , deixando o garoto vermelho e sobre os olhares dos dois melhores amigos .

-Será que finalmente você percebeu que tá fazendo besteira ??- perguntou o amigo moreno se aproximando do ruivo , sendo seguido pelo loiro que também escutava tudo .

-Não sei do que vcs estão falando …- tentou desconversar ,mas sem sucesso .

-Cara, tá na cara que vcs se gostam . Tu que fica nessa palhaçada de diferença de idade . Mano , é só três anos !! Se o problema fosse pedir ela em namoro por serem ainda muito jovens , até que vai , mas por uma diferença de idade mínima ?? Vc realmente tem problemas…- disse o moreno se enchendo dessa palhaçada sem fundamento do amigo e saindo de lá . Não era novidade que todos gostavam da garotinha por ser muito gente boa , e ver o amigo fazendo burrada era pior ainda . Então o moreno resolveu sair dali pra se juntar ao resto da turma .

-Mano, só não faz nada para machucar a maria …. Ela não merece isso , ainda é muito jovem pra ter um coração partido . - disse o loiro seguindo o outro amigo deixando o dudu finalmente sozinho .

(quebra de tempo - final das apresentações)

*pov dudu*

O fim das apresentações haviam finalmente chegado , a minha foi a penúltima por eu ser do 8 ano , e digamos que não foi lá essas coisas. Estava mais preocupado com o que viria a seguir do que com a dança em si . A flavinha não largava do meu pé nem um segundo , e toda hora ela perguntava que horas a gente ia se beijar , e sinceramente . Eu já não tava nem mais afim disso , mas quando eu ia falar com ela , a mesma me já veio me puxando e me levando para uma parte abaixo da quadra , em que era pro pessoal se arrumar para apresentações , mas ninguém usava .

Antes de entrar lá , olhei pro lado e a última coisa que eu vi foi a maria olhando pra gente e depois abaixando o olhar :O que que eu to fazendo ?

Chegamos lá e ela simplesmente já veio fechando os olhos e vindo na minha direção , e eu meio que estava decidido a fazer aquilo. Então fechei os olhos também , mas no momento que só via escuridão a imagem da maria cebolinha apareceu na minha frente com aquele sorriso lindo e dela cantando e saltitando no minha frente , igual quando levava ela pra casa ,e meu coração começou a acelerar e acabei abrindo meus olhos e me decepcionei por não ser realmente ela na minha frente :Eu não posso fazer isso … Se eu fizer… Vou perder aquele sorriso pra sempre…

Eu então larguei a flavinha que abriu os olhos confusa por não ter recebido nenhum beijo .

-Ué? O que aconteceu??

-Nada, e que …. Eu não posso ! Eu não posso passar por cima do meu coração desse jeito ! Eu não posso simplesmente fazer isso comigo , com a maria… Me desculpa flavinha , nada pessoal mas…. Eu gosto de outra pessoa ….- disse vendo a menina revirar os olhos e depois cruzar os braços bem em tom de birra , empinar o nariz e se virar , saindo dali com uma cara de raiva .

Eu me sentei no chão do lugar e coloquei a mão no rosto respirando fundo de alívio . Realmente , não era pra eu fazer isso , mas … E agora?

Fiquei um tempo lá só sentindo o alívio passando pelo meu corpo por eu não ter feito essa coisa que já chamava de estupidez . Eu iria desperdiçar meu primeiro beijo com alguém que nem sequer tinha interesse mais . Mas não sabia o que faria agora . Afinal, eu nem sabia se voltava pra quadra ou não . Sinceramente , minha mente estava muito confusa pra um garoto com só 13 anos de idade .

Continuei aqui no meu mundo até que ouço alguém me chamar e quando levanto a cabeça vejo uma garota de cabelos ruivos cacheados , calça jeans e um moletom branco .

-Dudu, porque vc tá aí ?- perguntou a marina me olhando de pé .

-Não quero voltar pra lá …

-Tudo isso é por causa da flavinha ? - olhei para ela surpreso por ela saber disso .- Eu vi vcs descendo aqui , mas logo depois ela subiu de novo com uma cara …

-Não é por causa dela não .- assim que disse, ela se sentou do meu lado .

-Então porque está assim ?

-Eu e ela íamos nos beijar ,mas eu não consegui …. É que eu gosto de outra pessoa…

-Entendo … Mas essa outra garota não gosta de vc ?

-Não é que seja isso…

-Então me fala o motivo , talvez eu consiga te ajudar .

-É que ela é mais nova do que eu … Ai eu tenho esse negócio na cabeça de que sempre vamos estar separados por isso …

-O quanto mais nova ela é ?- eu respondi levantando três dedos de uma vez só .- Tres anos ?- confirmei com a cabeça .- Por acaso essa menina é a maria cebola ?- arregalei meus olhos para ela quando a mesma adivinhou . - Não me olhe com essa cara . É bem difícil não notar o jeito que vc olha pra ela .

-Dá pra notar tanto assim ?

-Sim . E eu tenho quase certeza de que ela sente a mesma coisa … Porque vc não fala pra ela o que sente ?

-Eu não sei… Tenho medo que ela não goste de mim. Que a nossa diferença de idade nos atrapalhe . A magali namorou com um garoto 3 anos mais velho que ela e ela foi infeliz ! A última coisa que quero no mundo é fazer a maria infeliz …

-Bem, como eu disse , eu tenho quase certeza que ela também gosta de vc , e tem mais . Não se preocupa com isso de idade . Todo casal é diferente do outro . Vc deu o exemplo da magali e o quim , mas eu e o franja temos a mesma diferença de idade e meio que começamos a namorar na idade de vcs .- quando ela falou isso meus olhos arregalaram e começaram a brilhar . Era verdade , a marina e o franja também tem três anos de diferença de idade e ainda estão juntos .

-Mas marina… Vc ainda ama o franja depois de tanto tempo ?

-Eu amo ele mais a cada dia , porque eu não só amo o franja de treze anos , mas também amei o franja de 14 , 15, 16 … Amei ele em cada fase nova dele , como ele também me amou em cada fase minha , até hoje . Não importa em que fase da vida estamos , se estamos dispostos a amar cada uma delas , então tudo vai dar certo. - Ela disse se levantando de onde estava e me estendendo a mão pra eu levantar também .- Vc e a maria cebola são bem jovens ainda , tem muito tempo pra pensar em uma relação boa pra vcs , mas isso só vai depender se ela tiver esperança nesse futuro . E o único jeito disso acontecer é…

-Eu me declarar pra ela … - eu disse abrindo um sorriso e aceitando a ajuda dela pra levantar e logo depois já ir indo pra quadra .- Obrigado marina !!- falei me despedindo dela com um aceno longe e logo entrando na quadra procurando pela menina .

Olhei praticamente a quadra inteira e não vi ela . Começou a me bater um desespero de não encontrar ela, que esse desespero deve ter aparecido na minha cara, já que meus amigos se aproximaram de mim .

-O que houve cara??

-Eu tô procurando a maria , vcs viram ela?? - perguntei vendo meus amigos ficarem confusos .- Eu explico depois !!! Agora , vcs viram ???

-Acho que ela foi embora com o irmão… - assim que meu amigo loiro falou eu sai correndo pra saída, pra ver se alcançava eles . Eu nem me importava com o fato dela estar com o irmão mais velho . Eu só sentia que precisava falar agora , senão ia perder a coragem .

Eu corria muito pelas ruas ,até que vejo os dois andando pela calçada e me aproximo mais chamando por ela . Ela deve ter me ouvido , já que parou , soltou a mão do irmão e se virou para trás dando tempo de eu chegar já abraçando ela sobre o olhar surpreso do cebola .

-Me desculpa . Eu sou um bobo mesmo . Eu tive que quase fazer burrada pra poder finalmente falar pra vc que é tu a menina que eu gosto ! - disse a abraçando e ela estava paralisada não sei porque , mas um sorriso brotou no meu rosto quando a pequena me abraçou de volta :Como senti falta desse abraço …

-E-Eu ta-também go-go-gosto de vc…- ela disse baixinho gaguejando um pouco fazendo meu sorriso aumentar e eu levantar ela do chão com o abraço .

-Eu não acredito … Não sei porque , mas me apaixonei por vc , projetinho de gente !

-E eu por vc , skater boy . - eu me separei dela e peguei no seu rosto e deu um beijo na testa dela e depois olhei pros olhos dela .

-Juro que não importa se um dia vc vai ter 13 e eu 16 , ou se eu terei 19 e vc 16 … Isso nunca mais vai ser um problema pra nós dois … Eu juro .- eu levanto o dedinho mindinho fazendo ela entrelaçar o dedinho dela também .

-Espera! Vc tava tendo problema com o fato de eu ser só 3 anos mais nova que vc ???

-Bem… Sim …

-Realmente , eu sempre fui a mais inteligente desse casal .- disse ela rindo pegando na minha mão e entrelaçando nossos dedos .

-Ei !! Eu tinha meus motivos tá !!

-Sei sei , conta outra .

-É verdade ! Eu tava muito relutante com isso …- saímos andando, conversando de mãos dadas , esquecendo completamente do louco atrás de nós dando piti .

-Ei , vocês dois !! Espera aí !! Que merda vcs acham que estão fazendo !! Ainda são muito pequenos pra namorar !! Desgruda vcs dois !!! SERÁ QUE DÁ PRA PARAR DE ME IGNORAR !! - nessa hora eu puxei a maria e a gente saiu correndo enquanto cebola vinha atrás da gente gritando .- MARIAAAA!!!!

 


Notas Finais


Ai , gente ... To tão feliz que esses dois se acertaram !!! Bom , espero que vcs tenham gostado desse capitulo e tenham um bom fim de semana .



Bye bye !!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...