1. Spirit Fanfics >
  2. It's You - NamJin >
  3. Capítulo 1 - O começo...

História It's You - NamJin - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Capítulo 1 - O começo...


Fanfic / Fanfiction It's You - NamJin - Capítulo 1 - Capítulo 1 - O começo...

9 Meses atrás...

 P. O. V Seokjin

Terminava de me ajeitar, afinal já estava quase na hora da festa de aniversário de Jung Hoseok, um dos meus melhores amigos. Me encarava no espelho dando uma última olhada na roupa, para checar que tudo estava em seu devido lugar.

- Ótimo, tudo está perfeito! - Disse  sorrindo, depois de passar horas escolhendo uma roupa que me agradasse, finalmente pude optar por uma que  adequava à ocasião.

Minutos depois...

Cheguei na casa de Jung, logo sendo recebido pelo mesmo que sorria largamente. O garoto era como se fosse um irmão mais novo para mim, cuidava dele desde que éramos crianças e agora fico feliz em participar de um momento muito importante  em sua vida. Além de ser o aniversário dele, essa festa chegou com outro motivo também, um pedido de noivado! Isso mesmo, um noivado! Depois de três anos namorando, Yoongi finalmente o pediu em casamento.

Estava feliz por ele ter encontrado a pessoa que o completa, mas as vezes me perguntava se eu um dia iria encontrar o meu amor verdadeiro, sempre observei as pessoas achando sua outra metade, se casando e até mesmo construindo famílias lindas, e eu queria que acontecesse isso comigo também. 

- Oi Seokjin, fico feliz que esteja aqui! Já sabe que esse momento não iria ser especial, se você não estivesse aqui. - Falou o menor, já me puxando para dentro de sua casa.

- Oh se acalme Hoseok, assim não irei conseguir te acompanhar. - Disse rindo, ainda sendo puxado para dentro.

Nesse curto espaço de tempo, pude notar que havia um homem alto e muito bonito me encarando e ele parecia estar muito interessado em mim, e isso me deixava constrangido demais. Durante a festa tudo ocorreu normalmente, até todos os casais começarem á dançar, me sentei no sofá e fiquei mexendo no celular e nem percebi que aquele homem havia se aproximado.

- Olá! Qual o seu nome docinho? - Disse o maior já colocando uma de suas mãos  em minhas coxas, me senti desconfortável nesse momento.

Me encolhi um pouco e me afastei por medo, mas o maior foi mais rápido e agarrou meu pulso violentamente me puxando para um dos quartos mais afastados do andar de cima, conforme ele me arrastava até lá, eu tentava sair dali, o desespero era evidente e tudo isso aumentava quando já era visível a porta do quarto em que aquele homem estava me levando.

- ALGUÉM ME AJUDA! - Gritei desesperado e derramando diversas lágrimas, até ver aquele homem trancar a porta do quarto, e caminhar em minha direção com um olhar perverso.

- Ninguém vai te ouvir...estão todos na festa lá embaixo, já a minha festinha vai ser aqui em cima com você. - Falou aquele homem assustador, rasgando a maior parte das roupas que eu usava, me debatia e implorava para que ele não fizesse nada comigo.

Foram os piores momentos da minha vida, me senti tão péssimo e tão violado de todas as maneiras, estava quase perdendo as forças que eu somente implorava baixo para que ele parasse com aquilo. Minha vista já estava  embaçada, quando apenas escutei o barulho da porta sendo derrubada e os gritos de Hoseok e Yoongi que me tiraram de perto daquele homem nojento. Jung me levou com cuidado até seu quarto, e eu não conseguia dizer nada, estava traumatizado, jamais pensei que iria passar por isso na vida.

- Seokjin! Por favor me responde... - Comentou o garoto que chorava, por ter visto aquela cena horrível, eu estou com nojo de mim mesmo, eu não sei o que dizer.

- E-ele...e-eu...p-porque? - Perguntei ainda trêmulo e deixando as lágrimas escorrerem livremente por meu rosto, todos os meus sonhos de ter uma vida normal e achar um grande amor, foram interrompidos afinal quem irá querer viver com uma pessoa que foi violentada? Pelo menos eu penso dessa maneira.

Ambos passaram a madrugada toda me confortando, eles estavam se esforçando ao máximo para que eu pudesse me sentir normal novamente, mas eu sei que isso nunca vai acontecer, as marcas que aquele desgraçado deixou no meu corpo podem até desaparecer, mas tudo isso continuará nas minhas lembranças. 

Depois de algumas semanas...

fazia algumas semanas desde o ocorrido, tentava ao máximo levar uma vida normal mas era impossível, me sentia frágil e enjoado qualquer odor, seja de perfume até de comida, embrulhava meu estômago e me obrigava colocar tudo  fora. Em pouco tempo, recebi uma notícia que me deixou um pouco abalado.

- EU ESTOU GRÁVIDO?!

Atualmente...

Hoje aceitei bem o fato de que em poucos dias  estarei com o meu bebê em meus braços, não irei falar que foi fácil, pois não foi. Lidar com os olhares tortos das pessoas e até mesmo com as críticas desnecessárias de pessoas que já sabiam do ocorrido. Sei muito bem que teria uma jornada dupla para garantir o sustento do meu bebê que estava prestes à chegar, não queria depender de absolutamente ninguém, mas mesmo deixando isso bem claro, Jung sempre se fez presente durante o começo e até o final da gravidez, ele estava tão animado que sempre dizia o quanto seria um titio babão, juntamente de Yoongi que junto de sua família fizeram questão de comprar desde roupinhas até berço, e alguns outros utensílios que o bebê iria necessitar nas primeiras semanas de vida.

- Bom, eu sou muito grato à tudo o que vocês fizeram por mim e pelo Dack-Ho, que há qualquer momento pode nascer, e tenho certeza que ele irá gostar de receber esse carinho enorme que vocês sentem por ele. - Sorri sentindo meus olhos lacrimejarem, espero poder conseguir cuidar do meu filho e trabalhar também, pois não quero deixar meu bebê sob os cuidados de outra pessoa, quero poder aproveitar e estar presente em todos os momentos da vida dele, o mesmo vai crescer sem ter um pai ao lado, não quero que ele cresça sem ter uma mãe presente.

- Ah que isso Jin, sabe muito bem que sempre pode contar comigo e com Yoongi, para tudo o que precisar, você é um verdadeiro herói...enfrentou de tudo, e ainda continuou com uma gravidez que não foi planejada, e além de tudo isso, tenho certeza que o pequeno Dack, admira e muito a mãe/pai que ele tem. - Falou Yoongi sorrindo e abraçando Hoseok por trás.

Sorri os olhando e eles logo se despediram, pois teriam um compromisso empresarial, assim os mesmos foram embora, me deixando sozinho conversando com o bebê que não parava de se mexer, estava ansioso por essa nova etapa em minha vida. Subi as escadas e fui em direção ao meu quarto, me deitando na cama por conta das dores no corpo ainda acariciando minha barriga, até cair no sono.


Notas Finais


Esse foi o primeiro capítulo, espero que gostem! E aguardem, porque muitas coisas ainda vão acontecer! ✨


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...