1. Spirit Fanfics >
  2. Izuku midoriya: Maverick Hunter >
  3. A coelha e a psicopata do grupo e o encontro.

História Izuku midoriya: Maverick Hunter - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Ola a todos, vamos para o cap

Capítulo 10 - A coelha e a psicopata do grupo e o encontro.


Depois de um tempo descansado,  jarkor finalmente acordou porém ele não estava no beco que ele estava e sim em um quarto escuro e ele estava amarrado.

Jarkor: fui descuidado, agora eu estou imobilizado e desarmado.

Foi então que ele escutou alguém andando no lado de fora do quarto, essa mesma pessoa aparentemente ligou a luz do quarto no lado de fora.

Jarkor: parece que ja vou conhecer quem é.

Foi então que a porta abriu e mostrou que a pessoa do lado de fora era a heroina mirko e ela estava com uma caixa na mão.

Mirko: você acordou então.

Jarkor: porque me trouxe aqui em vez de me entregar para polícia?

Mirko: olha eu gostei de lutar com você garoto, então eu queria saber mais de você, para começa qual e o seu nome?

Jarkor: por que não me fala o seu primeiro.

Mirko: tudo bem, meu nome é rumi usagiyama.

Jarkor: o meu e jarkor maricor.

Mirko: então jarkor des de quando você luta contra o crime?

Jarkor: des dos meus 8 anos de idade.

Mirko: des de muito jovem então, você foi treinado por quem?

Jarkor: alguns dos lideres viram potencial em mim então me treinaram?

Mirko: então e isso, e oque achou da luta que tivemos a 2 horas atrás.

Jarkor: eu não estava usando todas as minhas habilidades então eu não estava me divertindo lutando.

Mirko olhou para ele com uma cara de surpresa pois com o garoto tinha comentado, ele não usou todo o seu poder.

Jarkor: ai já que você disse que já se passou 2 horas, então já são 21:10.

Mirko: sim e só mais uma pergunta, porque você invadiu a agencia da endeavor?

Jarkor: meus superiores descobriram que a heroína tinha arquivos com conteudos ilegais.

Mirko: que tipo de conteudo?

Jarkor: do tipo que pode ressuscitar os mortos e também com outros conteudos que podem levar a pena de morte, a habilidade de ressuscitar reploids ou outras raças e um crime imperdoável.

Mirko: mas ela é uma heroína.

Jarkor: você não sabe oque ela fez com a propria familia e com aqueles que a contrariaram.

Mirko: entendo, olha eu posso ir com você até sua base?

Jarkor: porque você quer isso.

Mirko: por duas coisa, a primeira e que eu quero ser mais forte para poder fazer o meu trabalho melhor.

Jarkor: ok

Mirko então chega perto dele e se agarra nele.

Mirko: a outra e que eu gostei de você.

Jarkor: olha eu até ia fala sobre que isso e errado pois eu sou 7 anos mais novo mas eu to pouco me fodendo agora.

Ele então nesse momento foda se as leis ele deu um beijo na heroina, ela não recuou em nenhum momento e só continuou por um longo tempo e so pararam quando os dois ficaram sem ar.

Mirko: por essa eu não espera.

Jarkor: cala a boca você gostou.

Mirko: acertou, bom vamos para a sua base.

Jarkor: ok mais pelo menos me desamarra.

Mirko: ok então - disse com vergonha pois ela não sabia se ele irria atacar ela.

Depois de o tira da corda e devolver seu equipamentos que estavam na caixa que ela trouxe para o quarto, depois de equipar tudo os dois saíram do local a onde estava, que era nada mais que um galpão bem longe da onde jarkor estava descansando.

Jarkor: você me trouxe para bem longe.

Mirko: queria um lugar mais particular.

Jarkor: ok se segura em mim.

Ela faz oque ele pediu, então ele teletransporta para base, e ao chegar nela vários dos seguranças miram suas armas nela junto com zero.

Zero: uma intrusa na base e ela esta com um hunter imobilizado e ferido.

Ele disse isso pois jarkor ainda estava machucado e com sua roupa danificada.

Mirko: não e isso.

Jarkor: relaxa zero, eu trouxe ela para base.

Zero: você e o izuku são idiotas por acaso.

Jarkor: ele também trouxe uma convidada.

Mirko: olha eu sou uma heroína, eu pedi para ele me trazer aqui para conversa com o líder.

Zero: pelo menos essa não e psicótica, ok pessoal deixa passa.

Então os segurança abaixam suas armas.

Zero: ta bem garoto?

Jarkor: to mas meu uniforme não.

Zero: vai para a ala medica ver se não tem nada grave e isso vale para você também "convidada".

Mirko foi junto com jarkor para a ala medica, ela também estava meio ferida com a luta porém como ela tem um estilo de vida que "vive o hoje como se não houvesse amanhã" ela já estava acostumada, mais uma visita não oa fazer mau.

Ao chegar no local eles se encontram com o izuku com vários marcas de arranhões e uma garota de cabelos loiros e de uniforme escolar com partes da roupa e do corpo meio queimadas.

Jarkor: você também não teve uma boa noite.

Izuku: e quase isso, jarkor essa e a toga.

Toga: ola espadachim.

Jarkor: como ela e você vieram para aqui?

Izuku: bom depois de você fugiu para despista as heroínas, eu entreguei o pendrive para o 9S e falei que ia compra uma besteira para comer  e era para eles voltarem sem mim.

FLASHBACK

Após isso izuku começou a procuram em algum lugar para compra algo para comer, e depois de uma longa procura ele encontra uma lanchonete e compra um x-burger com um refri.

E depois de comer o seu lanche ele foi tentar encontra o jarkor, porém ele escultou um grito de uma garota em um beco, ele foi até lá e encontrou uma garota com uma roupa de colegial.

Izuku: ai você está bem.

???: estou bem sim, principalmente agora que você está aqui. - então ela pula em izuku e começar  esfaquear o seu braço de leve.

Izuku: sai de cima de mim - disse usando o seu buster para tira ela de cima.

A garota voa até uma parede e começa a gritar de alegria.

???: você e um pouco familia, a gente já se conhece?

Izuku: espero que não - disse emquanto atira algumas rajadas de seu canhão nela com potencia pequena.

Izuku acertou vários tiros nela, para poder a incapacitar e a mesma conseguiu acerta algumas facadas nele.

Depois de um tempo lutando ela dar um soco bem na cabeça do izuku e tirando o seus capacete e mostrando o seu rosto.

A garota entra em choque ao ver quem era.

???: izuku e você?

Izuku: como você sabe o meu nome, a gente já se encontrou?

???: sim nós éramos amigos, não lembra de mim izuku - ela então se arruma um pouco e continua a fala - sou eu a toga lembra.

Izuku então teve um choque de realidade nnaquele momento, ele lembrou que ele conheceu uma garota quando era criança, ela era sua amiga porém um dia foi dito que a casa dela e dos pais foi invadida e seus pais mortos.

Izuku também lembrou o quanto ele sentiu falta dela e agora o destino faz os dois se emcontrarem de novo.

Toga: eu sei que mudei muito Desde da última vez que nós nos vemos mais ainda sou eu, so com uns parafusos faltando - disse enquanto ia começar a chorar.

Izuku chega perto dela e da um abraço nela.

Izuku: me desculpa por ter deixado você de lado.

Ela retribui o abraço com ele.

Izuku: me diga oque aconteceu com você des daquela época.

Então toga contou como a vida dela virou um inferno depois da morte dos seus pais, ela teve que ir para um orfanato bem longe da onde ela morava antes, e por causa disso ela não tinha mais contato com os antigos amigos e com izuku.

Depois de um tempo ela foi adotada por um casal e foi para a casa deles, oque foi um erro já que o não se inportava com ela e sim com o poder dela.

Izuku já sabia para onde essa estória vai.

Então ela comentou sobre cada uma dos "treinamento" que ela teve que fazer para ser mais forte, desde so beber sangue e não outros liquidos até mesmo eles sequestrava pessoas da parte pobre da cidade para ela mata e se transforma nelas para melhora o seu poder, e isso foi a enlouquecendo aos pouco e o fato de que ninguém se importava com ela em nenhum lugar só piorou a sanidade dela.

Então um dia ela cansou e matou o seus país adotivos e foi embora de sua casa com 14 anos de idade, e estava andando pelas ruas tentando sobreviver desde então.

Izuku: eu não sabia que isso aconteceu com você.

Toga: 2 longos anos aqui andando pelas ruas izuku, eu basicamente estou viva por causa da minha sede de sangue.

Izuku então mesmo sem entender começar a beijar toga, ele não intendia o por que dele ter feito isso mais algo dentro dele disse que isso, e isso o deixava feliz.

Toga em nenhum momento quis sair daquele momento, ela estava adorando a sensação de ser valorizada por alguém.

Durou um tempo essa troca de carinho, até que ele viu que tinha que volta para base porém ela foi junto com ele, e a situação quando ele chegou não foi muito boa.

FIM DO FLASHBACK.

Jarkor: isso foi realmente interessante esse re encontro.

Izuku: e você porque a heroina coelho está com você?

Jarkor: então....

Ele explicou tudo que aconteceu com ele nessas duas horas.

Izuku: eu peguei uma psicopata e você uma heroína, parece que a gente ta podendo em.

Jarkor: eu não diria isso, mais de certa forma eu to feliz, eu reamente não sei oque sentir - disse isso emquanto sentava em uma cadeira.

Mirko: eu diria que você tirou a sorte grande.

Toga: eu gosto de ser seu premio izuku.

Depois desse momento estranho os dois forma atendidos pelos lifesavers e elas também.

Depois disso elas foram junto com os dois até a onde X estava.

Mirko: e aqui? - disse isso ao ver a porta estranha que estava em sua frente.

Toga: parece incrivel.

Izuku: vamos entrando.

Quando eles entraram viram X conversando com a diretora nezumi da u.a e all might  em um holograma.

X: eles chegaram com visita, vou ter que desligar.

Nezumi: ok então senhor X.

All might: tudo bem senhor.

As duas desligaram e X olha para eles.

X: a que devo essa visita.

Mirko: boa noite senhor X, meu nome e rumi usagiyama e eu queria vir para melhora as minhas habilidades em combate para fazer o meu trabalho ainda melhor.

X: então você que se tronar uma dos hunters.

Mirko: se para isso eu precisa me torna uma da vocês, então e um sim.

X pensa um pouco no assunto, e depois vem com a resposta.

X: pode ser interessante ter uma heroína nos hunters, mas por conta do video gravado de sua luta com um dos meus companheiros e por outras razões você não vai para uma unidade específica.

Mirko: entendo, então para ondexeu vou?

X: você vai para o esquadrão ZX, e um dos mais novos porém também e um dos mais fortes.

Mirko: ok e quem e os líderes desse esquadrão?

X: eles estão atrás de você.

Mirko então percebe que que estava falando de jarkor e izuku.

Mirko: parece que vamos ser parceiros então.

Izuku: pois é.

Jarkor: meio forçado mais tudo bem, o X e cheio dessas ideia.

Toga: e eu aqui.

X: pelo que eu intendi seu poder vem do sangue dos outros, mais tudo bem você também está dentro da equipe também.

Toga: viva eu vou ficar com você izuku!

Jarkor: boa garotão já e a segunda, qual e a meta?

Izuku: até a onde eu aguentar.

Jarkor: achei boa, vou adotar essa meta.

Depois desse momento de piadas infames, a heroína mirko e a psicopata toga entraram no esquadrão, e por mais de suas diferenças elas iria dar um novo gás a o grupo.

Depois disso todos foram para suas casa ir dormir.

NO DIA SEGUINTE

Izuku acordo no gás, em menos de 10 minutos ele escovou os dentes, tomou banho, trocou de roupa e foi tomar café com a sua familia.

Kalinka: porque você acordou tão energético?

Izuku: tenho coisa para fazer.

Izumi: o izuku vai sair para um encontro.

Izuku: IZUMI!!!!!

A menina sai corendo e se esconde na mãe.

Hisashi: bom já que está ocupado eu vou para o trabalho.

Kalinka: tchau querido.

Izuku e izumi: tchau pai.

Então o homem sai para ir trabalha e izuku se arumar para ir ao seu "encontro".

Depois de se depedir de sua madrasta e sua irmã, izuku começa a caminhar pelas ruas e do nada recebe uma mensagem de jarkor.

Izuku: ele me mandou uma mensagem.

Ao visualizar ele ver que era uma foto do zero com a iris e a B2 no seu colo dormindo e ele bebado.

Izuku: caralho.

Depois desse momento izuku vai até o shopping pois ele ia se encontra com a natsuki lá, então ela apareceu vestindo uma camisa branca com detalhes em rosa, uma calça legging com saia azul e sapato vermelho.

Natsuki: o zuku aqui.

Izuku: eai natsuki, oque que fazer.

Natsuki: que tal a gente ir compra algum livro, eu mal vejo você ler.

Izuku: mais eu leio, só que eu não tenho tanto tempo assim.

Natsuki: não e desculpa vamos até aquela livraria.

Izuku: ok madame.

Os dois foram até la e viram yuri e monika no local também.

Natsuki: olha as duas ai, eai como esta indo o seu dia.

Yuri: esta indo bem e nós até conseguimos trazer alguém para ler.

Natsuki: quem?

Monika então aponta para uma mesa a onde estava jarkor com o izuku lendo alguns livros.

Izuku estava lendo um livro chamado: como entender o pensamento de um sociopata.

Jarkor em conta a partida estava lendo um livro chamado: o inimigo da alma.

Monika: ele gostou do livro de terror.

Natsuki: e o izuku gostou de um livro bem suspeito.

Yuri: porque não perguntamos a eles.

Sayori: acho isso uma boa ideia.

Todas pularam de susto por causa da garota.

Monika: porra sayori já falei para não fazer isso denovo.

Sayori: mais e divertido.

Yuri: gente ele compraram os livro e estão vindo.

Depois desse momemto de alegria e diversão, os dois garotos chegam no quarteto.

Jarkor: parece que ela assustou vocês denovo né.

Monika: né vem com essa.

Yuri: não gostei do seu comentário.

Jarkor: ok princesa gotica eu já intendi.

Yuri ficou envergonhada pelo comentário.

Sayori: porque não vamos da uma volta por aí.

Jarkor: olhou para cara da natsuki de puta para caralho e ele teve uma ideia genial.

Jarkor: o izuku porquê não vamos compra uns ingredientes e vamos fazer um bolo.

Izuki: porque isso de repente.

Jarkor falou telepaticamente: para você ter oque fazer com ela caralho, olha a cara de putasa dela quando a sayori quebrou o role dela.

Izuku: ata.

Yuri e monika perceberam que jarkor queria fazer e o apoiou.

Yuri: porque não.

Monika: acho isso uma otima ideia - disse equanto fazia usa cara de sabichona.

Sayori: que legal uma atividade em grupo.

Natsuki: porque não.

Com todos comcordando foram compra os ingredientes para fazer um bolo, sairam do shopping e foram para um mercado compra os ITENS.

Izuku: vamos fazer um bolo de que.

Natsuki: eu não sei.

Yuri: alguém tem um sabor em mente.

Monika: para mim tanto faz.

Sayori: são tantos sabores.

Jarkor: vai ser de banana.

Todos viram ele pegando um cacho de banana.

Izuku: lá vai ele e seu vício em potássio.

Yuri: kkkkk - ela iteralmente falou a letra.

Depois dessa piada de quimica e der pago as ingredientes, todos sairam do mercado foram para casa de sayori pois estava perto.

No caminho eles se encontra com algumas colegas da u.a, no caso eram a mina, jiro e a kaminari.

Mina: me explicar oque ta acontecendo.

Sayori: nós estamos...

Yuri: NÓS ESTAMOS EM UM ENCONTRO E ESTAMOS INDO PARA CASA FAZER ALGO QUE NÃO PODEMOS COMENTAR - ela falou nervosa e sem pensar.

Izuku e jarkor olharam para trás por uns segundos e entenderam oque ela queria dizer.

Kaminari: isso e serio, vocês dois realmente estão com elas - disse meio desacreditada.

Jiro: eu quero ouvir a resposta.

Izuku: isso mesmo, se não gostou cai fora.

Jarkor olhou para o izuku desacreditado com o que ele ouviu.

Natsuki: vamos logo queridinho - disse enquanto ela e sayori na bricadeira foram para os braços de izuku, uma em cada braço.

Yuri e monika fizeram o mesmo com jarkor.

Mina: então tá, tchau para vocês dois.

As outras duas foram para junto com ela para outro lugar.

Jarkor: que porra foi essa que aconteceu.

Izuku: vamos logo para casa antes que eu enlouqueça.

Depois de mais um momento bizarro Eles foram finalmente para casa de sayori, a mesma estava sozinha pois os pais foram viajar para trabalho.

Jarkor: ok então izuku você vai fazer o bolo junto com a Natsuki, yuri vai fazer oque ela gosta de fazer, a monika vai supervisionar tudo porque ela gosta de fazer e a sayori  vai possivemente fazer algo fofo.

Izuku: e você?

Jarkor: eu vou auxiliar em tudo que todos irão fazer.

Depois dessa e aplicação, todos foram fazer alguma coisa na casa de sayori.

Izuku e natsuki estava fazendo um bolo, apesar de izuku não ter tenta experiência em cozinhar um bolo ele tava tentando, isso deixava a natsuki puta e feliz com isso.

Yuri estava fazendo um chá em um bule da casa de sayori, monika como sempre estava supervisionado todos pois ela se sentia responsável por todos e sayori estava fazendo em todos para tentar tirar um sorriso nas caras deles e funcionou.

Depois de muito tempo o bolo estava pronto e tava uma delícia.

Yuri: muito bom.

Monika: esplêndido.

Natsuki: minha culinária deu certo denovo.

Izuku: esta muito bom.

Sayori: delicioso.

Jarkor: banana.

Todos: A NÃO ELE NÃO DISSE ISSO!

Jarkor: kkk.

Após esse momento de potassio e ter bebido todo o chá, izuku e jarkor estava se arrumando para irem embora.

Izuku: bom foi um dia turbulento mais foi divertido.

Jarkor: e amanhã temos que está na u.a bem cedo.

Natsuki: ok tchau izuku - ela deu um beijo nele.

Yuri e monika olharam uma para outra e falaram: tchau jarkor.

Deram também um beijo nele, ele ficou confuso para caralho mais aceito.

Sayori: tchau meninos até outro dia - ela disse isso emquanto abraçava os dois bem forte.

Então as 20:40 os dois voltaram para suas casas e foram dormir.


Notas Finais


Até a próxima reploids


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...