1. Spirit Fanfics >
  2. Izuku midoriya: Maverick Hunter >
  3. O representante da sala e sentimentos dos garotos.

História Izuku midoriya: Maverick Hunter - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


O my god, eu quero ...............

Esqueci

Capítulo 11 - O representante da sala e sentimentos dos garotos.


Mais um dia na u.a, mais um dia de paciencia.

Por mais que eles tentam, mais ele perdem a fé que as garotas de sua sala vão ter um bom futuro como heroínas, muitas mesmo eles tinha certeza que só vão ser heroínas para ficar mostrando o rabo para qualquer lugar e ganhar dinheiro com isso.

O dia tava indo bem até que a professora falou que nós íamos escolher um representante de classe, isso deu uma confusão dentro de sala, com muitas delas falando motivos fúteis para ela ser votada.

Mais uma delas falou uma coisa que simplesmente tirou toda a paciência dos garotos.

Mineta: votem em mim, e o meu primeiro decreto vai ser que os garotos vão ter que vim de cueca para escola e..... - enquanto ela falava isso os dois estava com uma aura assassina e com um olhar psicótico.

Mineta: ta bom ta bom eu paro de fala, mais não me mate - disse isso enquanto ela se esconde atrás de um livro.

Depois disso tudo, ilda deu a ideia de fazer uma votação para escolher o representante, algumas delas falaram que não ia dar certo pois todos vão vota em si mesmo, mais ai que ilda fala que não pode vota em si mesma.

E depois de um tempo, a votação avia terminado e a professora ia dar o vencedor.

Aizawa: por 3 votos midoriya vira o representante com yaoyoruzu como vice.

Bakugou reclamou disso, mais logo se  calou pois persebeu que isso não ia dar em nada.

As aulas continuaram até a hora do intervalo, todos foram para o refeitório para se alimentar e troca ideia.

As meninas foram todas para mesas perto uma da outra para conversarem, uraraka e ilda até chamaram izuku para sentar com elas e ele aceitou.

Já jarkor foi sentar em uma mesa bem longe de todos, ele foi ficar sozinho.

Jarkor: o izuku não precisa ficar preso a mim para ter sua vida, so porque somos parceiro não siginifica que sempre estaremos juntos.

Mas ai jarkor olha para o seu pulso com olhar de tristeza.

Jarkor: um dia nós vamos seguir caminhos diferentes, e ai eu irei para um lugar para onde ele não pode estar a meu lado.

Ele então começa a comer a sua refeição enquanto pessa em mais coisas reflexivas, em como ele não quer mas terá que deixar todos que ama para trás.

EM QUANTO ISSO COM IZUKU.

Izuku estava comendo junto com todas as garotas, muitas delas queriam muito perguntar sobre alguma coisa da vida dele mas nenhuma tinha coragem exeto uma.

Mina: ai midoriya, porque você e amigo do maricor.

Izuku: porque essa pergunta?

Toru: vocês dois são tão diferentes que a gente não entende como vocês se dão tão bem.

Izuku: se não fosse por ele eu seria um cadeirante e com um braço a menos.

Jiro: isso a gente entendeu, mais porque você ainda anda com ele.

Izuku: porque ele acreditou no meu sonho quando todos falaram que ele era impossível.

Momo: mas não e como se não tivesse ninguém que acreditasse em você, mais porque ele.

Izuku estava irritado, pois apesar de jarkor sempre o ajudar quando ele esta mal, izuku não conseguia ajudar o seu amigo e mal sabe como sua cabeça realmente funciona, já que e claro que ele força uma personalidade forte.

Izuku: até onde eu sei sobre o seu passado, ele se culpa de algo e teve sua cabeça totalmente afetada.

Ilda: parece algo bem pessoal, ao ponto de ele ne se abrir com você.

Uraraka: ele realmente esconde algo.

Tokoyami: algo que toda a vez que ele se lembra se sente culpado e fraco.

Apesar da compreensão dessas, as outras foram um pouco mais fechadas e menos abertas com tudo que izuku falou.

Kaminari: eu acho que isso ta muito mau contado.

Toru: falando assim ele parece apenas um sad boy qualquer.

Momo: realmente tenho que concordar.

Jiro: sinto que ele deve algum tipo de explicação.

Tsuyu: midoriya você não teria como perguntar a ele mais sobre isso.

Izuku então depois disso levanta da mesa junto com o seu prato e vai embora.

Izuku: se querem tanto saber mais dele porque não levanta o cu da cadeira e vai pergunta a ele.

Ele foi até o jarkor e sentou junto com ele.

Jarkor: porque você tá aqui?

Izuku: elas querem me usa para saber mais sobre você.

Jarkor: não as culpo, eu não me abrir em nenhum momento com a turma.

Izuku: ai eu poderia saber mais sobre você, tipo eu não sei nada sobre oque era você antes dos hunters.

Jarkor respira fundo e fala: depois da aula eu vou fala ok.

Izuku: beleza.

Depois desse momento o alarme começou a apitar, dizendo que alguém invadiu a u.a, todos entraram em panico porém os dois não mecheram um musculo sobre esse assunto, só o izuku que gritou bem alto.

Izuku: O CARRALHO, SERA QUE VOCES PODEM SE ACALMAR PORRA, VOCÊS ESTÃO NESSA ESCOLA PARA SEREM AS MELHORES ENTÃO FIQUEM CALMAS.

Todas no local viram o garoto estremamente irritado, muitas finalmente viram que era verdade que esse ano a homens na turma de heróis e outras viram que eles poderiam espancar todas só por elas estarem em panico.

Todos se acalmaram e o alarme parou, e viram que era só um repórter que tentou invadir a escola.

As aulas continuaram, porem uma delas foi bem suspeita como da ultima vez.

Midnight mais uma vez fez em uma parte de sua aula ela fez a mesma dinâmica de fazer que os alunos falem algo que esta os incomodado, e dessa vez foi mina que levantou a mão.

Midnight: oque te perturba minha cara.

Mina: eu quero entender o porque jarkor e tão ignorante com a gente e do que têm de tão especial em seu passado.

Midnight: isso e um tipo de pergunta bem pessoal sabe - ela disse isso emquanto ela caminha até a mesa do garoto e sentou no colo dele - ele teria que estar a vontade para falar sobre isso.

Jarkor: eu no momento eu não estou a vontade pôr dois motivos.

Mina: quais - falou de um jeito de deboche.

Jarkor: primeiro eu tenho uma bunda em cima das minhas partes íntimas e isso ta tirando toda a minha vontade de fala.

Esse comentario todas viram que fazia sentido.

Jarkor: e o segundo e que nós não os conhecemos bem o suficiente para eu me abrir e fala sobre o meu passado como se fôssemos amigos de longa data.

Midnight: isso foi interesse, me deixou curiosa.

Jarkor: e você sentada em mim me da vontade de sacar minha espada.

Todos que escultaram isso e pensar em coisa errada Inclusive a professora, enquanto ele tava com uma cara de puto.

Midnight: você me deixou interessada porém a aula já acabou.

Então ela sai de cima dele e vai até a porta indo embora, todos od alunos também foram embora.

No portão izuku para jarkor e as garotas estavam.

Izuku: podemos conversa.

Jarkor: vamos para um lugar melhor que aqui, para descansar e descontrair.

Antes de eles sairem, momo jogou algo nas roupas de jarkor.

Então para corta caminho eles teletransporta na frente das garotas.

Todas: des de quando eles fazem isso.

Ilda: parando para pensar, nos não sabemos nada sobre eles.

Ojiro: e verdade.

Os dois depois do teleporte foram para um lugar a onde eles possam conversar, e então que jarkor falou para eles irei parar praia aonde eles tiveram um leve treinamento com o all might.

Izuku: agora pode fala.

Jarkor: muito bem, vamos começa com a minha familia.

FLASHBACK

jarkor nasceu no egito, na cidade de cairo.

Ele era o filho mais novo de sua família, ele tinha uma irmã mais velha de 11 anos e seu pai e sua mãe.

Ao ver que deu a luz para um menino, ficou decepcionada pois ele não poderia vira alguém util no futuro para ela, porém para sua sorte seu pai e sua irmã se importavam com ele.

O tempo foi passando, e agora com 5 anos de idade e tinha um sonho de fazer a diferença no mundo, so não sabia como.

Sua irmã já tinha 16 anos e estava estudando para fazer uma faculdade nos estados unidos.

Seu pai estava trabalhando em uma fabrica e ganhava bem com p seu trabalho e já sua mãe não fazia nada além de cuida dele.

Um dia ele viu que sua mãe estava se relacionado com um cientista russo, e o garoto ouviu que o cientista tinha uma teoria de como dar poderes para homens e ainda por cima ele ouviu de sua mãe que "isso faria aquele inutil ter utilidade".

E em uma noite o plano de sua mãe foi finalmente posto em pratica mas com consequencias.

Seu plano era mandar jarkor para a russia para ser rato de laboratório e ganhar dinheiro com a fórmula de dar poderes para homem, e para isso o cientista ia mandar seus homens sequestrar o garoto.

Porém no meio da missão o pai e a irmã de jarkor viu eles sequestrado o garoto, infelizmente os dois foram assassinados e jarkor viu tudo.

Então ele foi mandado para você no mesmo dia junto com sua mãe que não demonstrava nenhum tipo de arrependimento de tudo e o cientista que estava muito animado para testar suas pesquisas no garoto.

Foi então que a partir daqui o sofrimento do garoto começou, todos os dias ele era testado com vários tipos de experimentos para tentar despertar nele poderes especiais, desde de tratamento elétrico, ele se queimado vivo, ser pancado e até mesmo sofrendo abuso sexual.

Todos os dias por 2 anos ele sofreu isso, ele sempre ouviu de seu pai que se ele tivesse problemas, os heróis irriam o salvar porém durante esses anos de sofrimento ele viu além de piratas espaciais, ele viu também varios heróis pasando pela base e todos eles o ridicularizar por ser um rato e nem tiveram um pingo de humanidade com o garoto.

O garoto já não via mais motivo para continuar vivo, ninguém se importava com ele e era maltratada todos os dias, ele até mesmo pessoas que talvez se tirar sua própria vida ele parasse de sofrer.

Porém um dia sua vida mudou para melhor, foi o dia em que X e os hunters invadiram a base do cientista.

O garoto se aproveitou do momento e usou os seus poderes que finalmente apareceram, usando o seu controle de tecnologia ele quebrou os códigos das celas e conseguimos escapar de sua prisão.

Depois ele matou um dos guardasdo local e pegou o seu cassetete para poder se defender, então no caminho ele encontrou sua mãe e o cientista.

Mãe: você conseguiu sair da sua cela, isso siginifica que você tem poderes, muito bem filho.

Cientista: bom garoto, agora vamos sair daqui.

Porém quando eles menos preceberam o garoto usou sua arma e quebrou o pescoço dos dois e no final ele começou a chora e rir ao mesmo tempo.

Ele tava quase perdendo o controle, mais ele viu alguém azul chegar até ele.

X: esta tudo bem garoto, você está a salvo.

Foi então que depois de muito tempo, jarkor finalmente voltou a sentir a felicidade rodea o seu corpo e por finalmente encontra alguém que se importasse com sua vida.

FIM DOS FLASHBACK.

Jarkor: foi isso tudo que aconteceu comigo.

Izuku depois de escutar tudo que ele falou estava chorando e estava tentando não fazer som alto.

Jarkor: não fica assim cara.

Izuku: como você quer que eu relaxe depois de ouvir isso tudo.

Jarkor: vai cara, volte para casa ver sua familia.

Izuku: e você?

Jarkor: eu não tenho ninguém me esperando em casa.

Jarkor estava andando na areia até a rua para chegar em sua casa, enquanto izuku se teletransportou para sua casa.

Ao chegar na mesma seu pai ao ver o estado do filho perguntou oque aconteceu, izuku so falou que ouviu a historia da vida de jarkor e estava triste por ele.

Emquanto isso jarkor ao ver que ele não estava mais perto de izuku, pegou um mini microfone que estava em sua roupa e fala.

Jarkor: isso serve de respostas para vocês garotas.

Ele sabia que as garotas eventualmente iriam fazer isso.

Jarkor: espero que isso tenha alegrado vocês.

Jarkor já estava em casa e foi dormir, mas sem ele saber as garotas que escutaram toda a história dele, estava chorando e se sentindo um lixo.

Foi ai que elas viram do porque os dois continuaram amigos, porque um ajudar a cura as feridas fisicas, mentais e emocionais do outro.

Como se ele fossem irmãos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...